caminhões

Ford entrega caminhões Cargo Kolector para o programa de coleta seletiva de São Paulo

 

A Ford iniciou o fornecimento de caminhões Cargo 1723 Kolector para a EcoUrbis Ambiental, concessionária responsável pela coleta, transporte e destinação de resíduos domiciliares e de saúde na região sudeste de São Paulo. As primeiras unidades foram entregues durante uma solenidade na capital paulista em que foi anunciada a ampliação do programa SP Recicla para mais dez distritos da cidade. Além do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, o evento contou com a presença de autoridades municipais e representantes da EcoUrbis.

Desenvolvido especialmente pela engenharia da Ford para aplicação na coleta de resíduos, o caminhão Cargo 1723 Kolector é um dos mais usados nesse segmento. Ele tem peso bruto total de 16.800 kg e sai de fábrica preparado para receber o implemento. Por oferecer duas distâncias entre-eixos, de 4.340 mm e 4.800 mm, permite a instalação de diversas opções de compactadores disponíveis no mercado.

“A operação de coleta e limpeza urbana é uma das mais exigentes em termos de resistência e desempenho dos veículos. A durabilidade e custo de manutenção do caminhão impactam diretamente a rentabilidade do negócio e o Cargo Kolector se destaca porque foi especialmente preparado para esse tipo de operação”, diz Osmar Hirashiki, gerente Nacional de Vendas Corporativas da Ford Caminhões.

Entre outras características, o Kolector da Ford conta com chassi reforçado, eixo traseiro de simples redução, tomada de força traseira, suspensão com feixe de molas mais alto e reforçado, escapamento vertical, para-choque estreito e protetor do radiador. “Além disso, oferece uma cabine muito confortável, excelente visibilidade para o motorista e um conjunto de espelhos que proporciona mais segurança na operação do veículo”, completa Hirashiki.

Vem com motor Cummins 6.7 L, de 230 cv, transmissão Eaton de seis marchas e também é equipado com câmeras de freio traseiro tipo pistão com lonas reforçadas, manete de freio no painel para auxílio na partida em rampa, controle manual de aceleração e bancos revestidos em vinil de fácil limpeza.

“Escolhemos o Cargo Kolector porque, além de atender as necessidades da operação de coleta de resíduos sólidos, proporciona uma excelente relação custo-benefício”, afirma Geraldo Talarico Filho, superintendente de Manutenção e Equipamentos da EcoUrbis.

Fonte: Imprensa Ford (24/09/2014)

Comente aqui

Parceria de sucesso: Edu Piano e Solon Mendes os hexacampeões, nos Caminhões, do Rally dos Sertões

 

Com trajetórias diferentes no off-road, Piano é um dos recordistas de títulos nos Caminhões, enquanto Mendes é o cearense com mais títulos na prova

São Paulo, 11 de setembro de 2014 – Desde que o piloto Edu Piano e o navegador Solon Mendes formaram dupla há sete anos subiram ao pódio em todas as edições, entre 2007 e 2014, na principal prova off-road do Brasil. A parceria entre o paulista e o cearense, na Equipe Ford Racing Trucks/Território Motorsport, deu tão certo que foram campeões do Rally dos Sertões, em seis edições, sendo o mais recente título conquistado há 12 dias. Piano é heptacampeão porque, antes de faturar os seis títulos nos Caminhões foi campeão na Geral dos Carros em 2005, já Mendes, com seis vitórias, é de longe o cearense com mais títulos na competição.
Após liderar a 22ª edição da competição, de ponta a ponta, e vencer com mais de 1h1min de vantagem no acumulado, o trio Edu Piano, Solon Mendes e Carlos Sales cruzou a rampa de chegada, em Belo Horizonte (MG), com mais um troféu nas mãos A prova aconteceu de 23 a 30 de agosto, entre os estados de Goiás e Minas Gerais, e teve aproximadamente 2.600 quilômetros de percurso, disputado em sete etapas. O gosto da vitória ainda é comemorado na sede da equipe, em Tatuí, interior paulista, porque o oitavo título consecutivo da equipe oficial da Ford Caminhões na competição veio com um sabor diferente. Os campeões da categoria Caminhões só tiveram a confirmação que iriam disputar a prova dias antes da largada, devido à dificuldade em captar patrocínio que atingiu a equipe nesta temporada.
“Terminamos o rali com o dever cumprido mas conquistamos este título mesmo foi na raça e pela paixão que temos pelo rali! Fomos com uma equipe reduzidíssima com apenas seis pessoas e não tínhamos nem peças de reposição. Para se ter uma ideia, o caminhão terminou com oito amortecedores estourados, talvez se fossem dez dias, correríamos o risco de perder esse título”, confidencia Piano, veterano na prova com 19 participações consecutivas.
Com uma trajetória de 16 participações na competição, dos quais nove dedicados à Equipe Ford Racing Trucks/Território Motorsport, o experiente navegador reúne seis troféus de campeão nos Caminhões. “Estou feliz por fazer parte deste time e poder cruzar a linha de chegada mais uma vez em primeiro lugar. Este ano foi o mais difícil para a equipe, mas isto só serviu de estímulo, pois foram as dificuldades que nos deram forças para mais esta vitória. Como bom cearense o humor superou qualquer obstáculo”, afirma Mendes. “Mas nada disso seria possível se não fosse a permissão de Deus. Quero agradecer à equipe e nossas famílias que sempre estiveram ao nosso lado mesmo nas horas ruins”, completa.
“Edu e eu temos um entrosamento muito forte, nos entendemos muito bem um ao outro e isto é importante para a conquista de bons resultados”, diz o navegador. Piano não poupa elogios: “A parceria com Solon é sensacional. Ele é uma pessoa amiga, do bem, divertido e, principalmente, comprometido com o que faz.”
Ao invés de dez etapas, a edição 2014 teve sete, sendo que os três primeiros dias somaram pontos para o Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. Como a equipe venceu as etapas obteve uma pontuação considerável e, agora, avalia possibilidade de competir mais algumas provas. “Estamos avaliando se vamos disputar outras provas do calendário até o final da temporada, mas certamente vontade e garra, depois de mais este título, não faltam à equipe”, finaliza Piano.
Para conhecer como foi o dia-a-dia da equipe durante a 22ª edição do Rally dos Sertões acessem o site www.territoriomotorsport.com.br/rally ou a página da equipe no Facebook http://migre.me/l4b7p
A equipe Ford Racing Trucks/Território Motorsport, que tem sede em Tatuí, no interior de São Paulo, tem parceria com: Ford Caminhões, Cummins, Garrett, Tortuga, Termicom, Truckvan, SuperCooler, Platodiesel, Fix, Território 4×4 Comercial e Casa Domingues de Pianos.

Fonte: Assessoria de Imprensa
Ford Racing Trucks/Território Motorsport

Mércia Suzuki

Fotos: Marcelo Machado/Webventure e Divulgação

 

 

Comente aqui

Ford lança os novos F-350 e F-4000 para o mercado de caminhões semileves e leves

 

A Ford apresentou em Bragança Paulista, no interior paulista, os novos caminhões F-350 e F-4000 nas versões 4×2 e 4×4, com motor Euro 5 que atende a nova legislação ambiental. Destinados aos segmentos de veículos comerciais semileves e leves, esses caminhões fazem parte da Nova Série F, linha que retorna ao mercado como resultado de um projeto que absorveu investimentos de US$ 70 milhões.

Os novos caminhões Ford serão produzidos na fábrica de São Bernardo do Campo e vão atender os mercados do Brasil e da Argentina, este último exclusivamente com a versão F-4000. A Ford criou uma linha de montagem exclusiva para a Nova Série F, que teve a abertura de 200 novas vagas nos últimos meses.

As principais diferenças entre o F-350 e o F-4000 estão na capacidade de carga e no sistema de rodas traseiras. O primeiro tem o chamado rodado simples, com duas rodas traseiras, enquanto o F-4000 tem rodado duplo, ou seja, quatro rodas traseiras.

O modelo F-4000 apresenta duas versões, com tração 4×2 e 4×4. Esta última é a única do segmento a oferecer essa característica técnica para uso em operações fora de estrada.

“O lançamento da Nova Série F para o mercado de transporte de carga de PBT de 4,5 t e 6,8 t reforça a nossa condição de liderança entre os caminhões de entrada. A marca já é líder no segmento de caminhões leves, com os modelos Cargo 816 e Cargo 1119, respectivamente para transporte de até 8 t e 11 t. É a mais completa linha do segmento”, diz Guy Rodriguez, diretor da Ford Caminhões para a América do Sul.

O preço do F-350 é R$ 101.290, enquanto o F-4000 sai por R$ 117.290 e o F-4000 4×4 custa R$ 133.290. Os modelos são habilitados ao financiamento pelo Finame e também contam com a opção de um grupo especial do Consórcio Nacional Ford para aquisição em até 100 meses.

Avanços técnicos

Os novos caminhões chegam ao mercado em setembro, trazendo avanços na potência, economia e conforto para atender diversas aplicações, junto com as características únicas de cabine, robustez e versatilidade que tornaram a linha famosa.

Eles vêm equipados com o novo motor 2.8 Euro 5 da Cummins, de 150 cv, e uma nova transmissão de cinco velocidades da Eaton, extremamente robusta e com uma relação de marchas que otimiza a força do motor em diferentes condições de rodagem, aumentando em mais de 11% o torque nas rodas. Entre outras vantagens, esse conjunto é cerca de 6% mais econômico no consumo de diesel, conta com tecnologia SCR para redução de emissões e tem um nível reduzido de ruído e vibrações na cabine.

Os novos modelos se destacam pela robustez e versatilidade tanto para uso urbano como rural, unindo potência e capacidade de carga superior com o conforto de uma picape. O novo conjunto de motor e transmissão aprimora a dirigibilidade e também reduz o ruído e vibração na cabine. Freios ABS com distribuição eletrônica (EBD) e ar-condicionado são equipamentos de série.

O projeto da Nova Série F foi liderado pela engenharia da Ford Brasil e envolveu mais de 700.000 km de testes no Campo de Provas da Ford em Tatuí, no interior paulista, o único do gênero no Brasil equipado para o desenvolvimento de caminhões.

Versatilidade de aplicações

O F-350 tem peso bruto total de 4.500 kg e capacidade de carga útil de 2.128 kg. É ideal para transporte de hortifrútis, entregas fracionadas, serviços de manutenção e distribuição comercial.

 

O F-4000, com peso bruto total de 6.800 kg e capacidade de carga útil de 3.949 kg, é indicado para o transporte de hortifrútis, insumos agrícolas, materiais de construção e animais vivos, além de entregas fracionadas, manutenção de serviços públicos e aplicações fora de estrada.

O F-4000 4×4 tem peso bruto total de 6.800 kg e capacidade de carga útil de 3.810 kg. Seu ângulo de entrada de 26 graus e ângulo de saída de 27 graus facilitam a rodagem em terrenos de difícil acesso. Único do segmento com tração 4×4, pode ser utilizado em serviços especiais como manutenção de redes elétricas, telefonia, água e esgoto, além de aplicações rurais diversas, suporte na mineração, construção civil e militar.

Tradição e garantia

Com a Nova Série F, a Ford Caminhões passa a oferecer caminhões em todos os segmentos do mercado: semileves, leves, médios, pesados e extrapesados. Os novos caminhões dão sequência a uma história de sucesso de mais de cinco décadas, com forte tradição de robustez, durabilidade e confiança entre os frotistas e transportadores autônomos de todo o País.

A Nova Série F conta com garantia de 12 meses para os veículos e 24 meses para motor, câmbio e diferencial, sem limite de quilometragem.

Test-Drive

Para a apresentação da Nova Série F, a Ford montou um Centro Experimental em que os jornalistas puderam testar os veículos em vários tipos de terreno. O local foi preparado com diferentes estações simulando condições reais de uso, como por exemplo rampa “king”, tanque de água, “caixa de ovos” e ondulações para mostrar a potência do motor, a suavidade da transmissão e o comportamento da suspensão, com um nível superior de conforto na cabine.

Fonte: Imprensa Ford (21/08/2014)

 

 

Comente aqui

Leilão de 321 veículos de frota acontece no dia 21/08

Automóveis, caminhões e motos fazem parte da frota da empresa Energisa; o leilão é organizado pela Superbid  

Para renovar sua frota, a Energisa, distribuidora de energia com atuação em todas as regiões do País, vai leiloar 321 veículos. Entre os destaques estão os modelos de Fiat Uno, GM Meriva, Fiat Strada, Toyota Hilux, GM S10 Colina, Caminhão Ford, Caminhão VW, Moto Honda NXR, Moto Honda CG 125 e o Quadriciclo Fourtrax 4×4. Os lances iniciais variam de R$ 1.200 a R$ 27,5 mil. 

Veja lista completa 

Os veículos estão localizados em cinco estados – São Paulo, Paraíba, Sergipe, Minas Gerais, Tocantins e Mato Grosso do Sul. Os lances podem ser feitos online até o dia 21/08, por meio do site da Superbid (www.superbid.net), empresa que organiza a venda,  ou na sede da Superbid (Alameda Lorena, 800, 2º andar, Jardim Paulista – São Paulo/SP). O resultado é processado eletronicamente. Para participar, pessoas físicas ou jurídicas devem se cadastrar no site e solicitar habilitação. 

Os interessados em visitar os ativos devem entrar em contato com a Central de Atendimento da Superbid: 11 2163-7800 / cac@superbid.net.

SERVIÇO:

Leilão Energisa

Quando: até 21/08, a partir das 11h30

Onde: página do leilão na internet ou, no dia e hora do encerramento, na sede da Superbid (Alameda Lorena, 800, 2º andar, Jardim Paulista – São Paulo/SP). 

Sobre a Superbid

A Superbid (www.superbid.net) é especializada na gestão da venda de ativos para empresas. Entre os serviços oferecidos estão avaliação dos bens, identificação do mercado comprador, gestão da venda, leilão eletrônico e liquidação financeira.  É a líder em seu segmento, com escritórios no Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Peru e Estados Unidos. Possui entre seus clientes mais de 600 grandes companhias nacionais e multinacionais, como Petrobras, Grupo Votorantim, Volkswagen, Vale, Embraer, Braskem e Louis Dreyfus, além de 800 PMEs. Conta, ainda, com mais de 500 mil cadastros ativos de compradores e 4,5 milhões de visitantes únicos/ano em seu site.

Fonte: Assessoria de Imprensa

MISASI COMUNICAÇÃO
Dayane Tapi

Comente aqui

Piloto de Uberlândia, Kenner Garcia, confirma participação pelos Caminhões no Rally dos Sertões 2014

230674_426527_kenner3_web_

A expectativa é grande e equipe Competikar prepara os últimos detalhes para o maior rali das Américas

12 de agosto de 2014 – O experiente Kenner Garcia é o piloto convidado para compor a equipe Competikar e confirma que está preparado para a edição 2014 e contará com o navegador Rafael Del Bello para a disputa pelo Sertões Series, competição inserida no Rally dos Sertões, sendo os quatro primeiros dias da prova, de 23 a 26 de agosto. A dupla está inscrita na categoria Caminhões Leves. A equipe Competikar chegará no dia 21, na cidade de Goiânia para a montagem do box da equipe no parque de apoio que ficará localizado no Autódromo Internacional de Goiânia.
A equipe faz os últimos preparativos nos dias que antecedem a largada do Sertões e o ritmo é acelerado para levar tudo organizado para seguir com a caravana do certame. “O maior problema na pré prova do Sertões é a preparação do veículo e definir a estratégia para acompanhar a logística do próprio rali. Finalizamos a preparação do caminhão, está 100% pronto e agora são os últimos detalhes para o acerto da logística da equipe de apoio, organização das peças extras, trajeto que vai fazer e da alimentação”, disse o piloto. “A equipe Competikar deverá levar mais de dois mil quilos de bagagem para a competição”, explica Kenner já acostumado com o rali.
Para certificar que está tudo pronto com o veículo Ford F4000, a equipe estará realizando um treino. “No próximo final de semana realizaremos um treino que servirá para testar e fazer um shakedown completo no caminhão e equipamentos”, conta o mineiro.
Apaixonado por automobilismo e velocidade, Garcia não vê a hora de poder acelerar novamente nos Caminhões. “Desde a primeira vez que apreciei pilotar os Caminhões e está chegando a hora de voltar a sentir novamente essa sensação graças ao convite da equipe Competikar”, diz o piloto.
Garcia, que é de Uberlândia está no off-road há 14 anos. Iniciou no Rally de Velocidade, mas como tem preferência por provas longas, não abre mão de disputar o Rally dos Sertões. Nesta trajetória já fez nove edições e conquistou um título na competição em 2007, quando foi Campeão da categoria Production Light com uma picape Chevrolet S-10.
Kenner diz ainda que não vê a hora de reviver o clima do Rally dos Sertões. “O melhor da experiência é a tranquilidade adquirida, sei que vou estar lá porque gosto. São vários anos de rali que não tenho mais aquela ansiedade, estou ciente do que virá e o que vou enfrentar e a maior expectativa é para a largada. É uma aventura maravilhosa!”, destacou.
Já para o navegador será sua segunda participação consecutiva no evento ao lado do piloto Kenner. “Espero corresponder na navegação em mais esta edição e toda a confiança depositada pela equipe Competikar com o piloto Kenner”, declara Rafael Del Bello.
22ª edição do Rally dos Sertões
No dia 23 de agosto acontece a primeira etapa em Goiânia (GO) com a realização do Prólogo. No dia 24 de julho, a caravana do Rally dos Sertões/Sertões Series parte de Goiânia rumo à Caldas Novas (GO), segunda etapa do evento. O rali passará por Caldas Novas (GO), Catalão (GO), Paracatu (MG), São Francisco (MG), Diamantina (MG) e a chegada acontecerá em Belo Horizonte (MG), dia 30 de agosto, com a cerimônia de premiação.
Roteiro
Com um total de 2.679 quilômetros a serem percorridos, serão 1.623 de especiais, o que corresponde a aproximadamente 60% do roteiro total. A competição será dividida em prólogo mais sete etapas. O prólogo será em linha, em estrada de terra, próxima a Goiânia, dia 23 de agosto. No dia seguinte (24), a caravana segue para Caldas Novas.
No dia 25 os competidores iniciam os trajetos pelas três cidades que recebem pela primeira vez o Rally dos Sertões: Catalão, destino final da segunda etapa, Paracatu, dia 26, e São Francisco, na quarta etapa, dia 27.
A quinta etapa, que vai de São Francisco à Diamantina, está prevista como a única maratona do Sertões 2014, quando os competidores não poderão receber manutenção da equipe de apoio quando chegarem à Diamantina. A etapa seis será a segunda parte da maratona e terá formato de laço, com a chegada no mesmo local da largada. Após concluída, as equipes estarão liberadas para fazer manutenção nos veículos.
De Diamantina a caravana segue para a sétima etapa, com destino final em Belo Horizonte, que participará do rali pela terceira vez e estreará como a cidade de encerramento.
”É um roteiro totalmente diferente dos anos anteriores. Isso mostra a diversidade de terreno”, avalia Medeiros, que sonha um dia em fazer o Dakar.
Kenner Garcia e Rafael Del Bello contam com patrocínio da Competikar e Water Park.
Datas e locais das etapas da edição 2014
23/8 – Prólogo: Goiânia
24/8 – Etapa 1: Goiânia – Caldas Novas
25/8 – Etapa 2: Caldas Novas – Catalão
26/8 – Etapa 3: Catalão – Paracatu
27/8 – Etapa 4: Paracatu – São Francisco
28/8 – Etapa 5: São Francisco – Diamantina
29/8 – Etapa 6: Diamantina – Diamantina
30/8 – Etapa 7: Diamantina – Belo Horizonte
Distâncias de cada etapa do Sertões 2014:
23/08 – Prólogo – Goiânia (GO)
24/08 – 1ª etapa – Goiânia (GO)/Caldas Novas (GO)

Deslocamento inicial: 40 km
Trecho especial: 155 km
Deslocamento final: 21 km
Total do dia: 216 km
25/08 – 2ª etapa – Caldas Novas (GO)/Catalão (GO)
Deslocamento inicial: 39 km
Trecho especial: 201 km
Deslocamento final: 20 km
Total do dia: 260 km
26/08 – 3ª etapa – Catalão (GO)/Paracatu (MG)
Deslocamento inicial: 22 km
Trecho especial: 206 km
Deslocamento final: 132 km
Total do dia: 356 km
27/08 – 4ª etapa – Paracatu (MG)/São Francisco (MG)
Deslocamento inicial: 135 km
Trecho especial: 364 km
Deslocamento final: 86 km
Total do dia: 585 km
28/08 – 5ª etapa – São Francisco (MG)/Diamantina (MG) – MARATONA
Deslocamento inicial: 223 km
Trecho especial: 413 km
Deslocamento final: 81 km
Total do dia: 718 km
29/08 – 6ª etapa – Diamantina (MG)/Diamantina (MG)
Deslocamento inicial: 23 km
Trecho especial: 159 km
Deslocamento final: 30 km
Total do dia: 213 km
30/08 – 7ª etapa – Diamantina (MG)/Belo Horizonte (MG)
Deslocamento inicial: 59 km
Trecho especial: 125 km
Deslocamento final: 146 km
Total do dia: 331 km

Fonte: Assessoria de Imprensa piloto Kenner Garcia
SIG Comunicação – Silvana Grezzana Santos
www.sigcomunicacao.com.br

Fotos: Luciano Santos/SigCom

 

Comente aqui

Ford Caminhões cresce no segmento de leves com o Cargo 1119

 

A Ford Caminhões teve um crescimento de mais de 5 pontos porcentuais no segmento de caminhões leves  no acumulado entre janeiro e julho deste ano, comparado com o mesmo período de 2013, e elevou a sua participação para  30%. O principal responsável por esse avanço foi o Cargo 1119, que trouxe uma nova opção para os transportadores com a maior capacidade de carga em sua faixa de peso. Lançado em janeiro, o modelo somou  1.188 unidades até julho e já responde por  29% das vendas  entre os modelos de 9 e 10 toneladas de Peso Bruto Total.

A Ford tem uma grande tradição no segmento de caminhões leves, no qual conta também com o Cargo 816, um dos líderes de vendas. Em breve, sua linha será reforçada com mais um produto de peso, o F-4000, que volta com motorização renovada e as características de cabine, robustez e confiabilidade que o tornaram um dos caminhões de maior sucesso do Brasil.

“O segmento de caminhões leves é um dos mais importantes do mercado, responsável por cerca de  20% das vendas da indústria no Brasil. A Ford sempre deu uma atenção especial a esse segmento e continua evoluindo, oferecendo veículos modernos e sintonizados com as necessidades dos clientes”, comenta Antonio Baltar Jr., gerente nacional de Vendas e Marketing da Ford Caminhões.

O Cargo 1119 é um caminhão de configuração única no mercado, com a maior potência e capacidade de carga em sua faixa para aplicações urbanas e rodoviárias de curta distância. Equipado com motor Cummins 4.5L Euro 5 de 189 cv de gerenciamento eletrônico, freios ABS e Controle de Tração  de série, tem peso bruto total de 10.510 kg e é indicado para vários tipos de uso, como baú isotérmico, baú frigorífico, carga seca, guincho plataforma e bebidas, entre outros.

Além disso, conta com um chassi robusto, desenvolvido especialmente para facilitar a instalação dos implementos e otimizar o transporte, com capacidade de carga líquida de 7.164 kg.

“O Cargo 1119 é resultado da filosofia de fazer mais com menos, com soluções inteligentes e racionais para aumentar o rendimento da frota com mais carga transportada por viagem. A economia de combustível e a cabine confortável são outras vantagens responsáveis pelo seu sucesso”, completa Baltar.

Fonte: Imprensa Ford (06/08/2014)

Comente aqui

Melhor Motorista de Caminhão do Brasil promove ação para embarcadores

 

 Objetivo é mostrar aos condutores importância do treinamento e da capacitação e valores promovidos na competição

São Paulo, 21 de julho de 2014 – A competição Melhor Motorista de Caminhão do Brasil, promovida pela Scania, organiza este ano uma ação focada nos embarcadores de carga. Uma equipe da Scania fará visitas mensais a embarcadores parceiros desta edição, como Danone, C&A e BRF, para apresentar a importância de fazer parte de uma competição como essa, que na edição anterior, em 2012, contou com 47 mil inscritos.

O objetivo da ação é apresentar aos motoristas como o treinamento e a capacitação são valores fundamentais para a condução segura e econômica, pois refletem em bons resultados para os embarcadores, o meio ambiente e a valorização do próprio profissional.

Durante as visitas, os condutores poderão se inscrever e realizar a primeira prova teórica. “O motorista de caminhão precisa ser valorizado e incentivado a receber treinamento constante, visando a economia de combustível, redução das emissões e direção segura nas estradas. O apoio dos embarcadores mostra o quanto as empresas parceiras enxergam a importância desses condutores no futuro de seus negócios”, diz Rodrigo Machado, coordenador do Melhor Motorista de Caminhão do Brasil.

A Scania já visitou cinco embarcadores nas regiões Sul e Sudeste do Brasil, como a BRF em Concórdia (SC) e Toledo (PR), a C&A em São Paulo (SP) e Barueri (SP), e a Danone em Poços de Caldas (MG). A próxima ativação será realizada na BRF em Várzea Grande (MT), nos dias 24 e 25 de julho.

Até o fim do período de inscrições, no dia 27 de julho, a competição espera atingir o recorde de 50 mil inscritos.

Como participar

“O motorista que tiver interesse na competição deve possuir carteira de habilitação categoria E, preencher um formulário e responder a um questionário no ato da inscrição”, explica Rodrigo Machado. “Os participantes serão avaliados por meio de provas teóricas e práticas que abordarão temas relacionados a legislação, preocupação ambiental e condução responsável, defensiva e econômica.”

Etapas

A competição 2014 está dividida em quatro fases. Na inscrição, o participante já será testado, e só passará para a etapa seguinte se for aprovado no questionário obrigatório do cadastro. A segunda fase será um teste teórico online; a terceira consistirá nas provas práticas das 28 etapas regionais, e a grande final ocorrerá no período de 4 a 7 de dezembro, em São Paulo.

Caso o participante seja aprovado na primeira fase, poderá fazer a prova teórica online até 30 de julho. Ela terá 20 questões de múltipla escolha e uma dissertativa, que abordarão temas como direção, segurança, equipamentos e legislação. No ato da inscrição, o participante receberá um folheto educativo (digital ou impresso, dependendo da forma do cadastro), com conteúdo que reforça os temas da prova, além de dicas para uma condução eficaz, economia de combustível, manutenção preventiva e preservação do meio ambiente.

Na ficha de inscrição, o condutor apontará dentre os locais preestabelecidos onde pretende realizar a final regional, caso seja aprovado na primeira fase. Os classificados na prova online serão informados por telefone. Em caso de dúvida, o motorista poderá saná-las pelo telefone 0800 772 9822.

De acordo com o regulamento, a pontuação mínima de aprovação para a segunda fase será de 12 pontos. Em caso de igualdade, o critério de desempate será a questão dissertativa com maiores notas; num último recurso, a pontuação da Carteira Nacional de Habilitação selecionará o classificado.

As finais regionais serão organizadas de 2 de agosto a 16 de novembro, em 14 cidades diferentes e nos fins de semana, com uma prova por dia (sábado e domingo) e um total de 28 motoristas finalistas. Portanto, estarão classificados o primeiro colocado do sábado e o campeão do domingo. Cada desafio regional avaliará os condutores por provas teóricas e práticas (checklist e segurança de carga e percurso – direção econômica e manobra).

As 28 fases regionais serão disputadas dentro das concessionárias Scania, nas cidades de Sumaré, SP (2 e 3 de agosto); Guarulhos, SP (9 e 10 de agosto); São José dos Pinhais, PR  (16 e 17 de agosto); Eldorado do Sul, RS (23 e 24 de agosto); Lajeado, RS (30 e 31 de agosto); Dourados, MS (6 e 7 de setembro); Sinop, MT (13 e 14 de setembro); Porto Velho, RO (20 e 21 de setembro); Uberlândia, MG (27 e 28 de setembro); Feira de Santana, BA (11  e 12 de outubro); Jaboatão dos Guararapes, PE (18 e 19 de outubro); Marituba, PA (1º e 2 de novembro); Contagem, MG (8 e 9 de novembro), e Rio de Janeiro (15 e 16 de novembro).

 

Premiação

Todos os inscritos na competição poderão fazer um curso online com o tema “Atendimento Eficaz”, totalmente gratuito. Aqueles que passarem pela prova teórica online, segunda fase, ganharão o curso Série de Logística – Conceitos e Aplicações, do Sest Senat. Todos os 28 campeões regionais ainda recebem o curso de Treinamento de Motoristas Scania “Master Driver”, de 40 horas.

Na grande final, o vencedor da competição receberá um pacote de prêmios no valor de R$ 40 mil (aumento de R$ 10 mil em relação à última edição), que inclui aparelhos eletrônicos, móveis e eletrodomésticos. Além disso, ele ganhará uma viagem com acompanhante para conhecer a matriz da Scania, na Suécia, um jogo de seis pneus da Bridgestone e um curso de 40 horas do Sest Senat. O segundo e o terceiro colocados ganham uma série de prêmios, entre eles uma viagem com acompanhante para um resort no Brasil, um jogo de seis pneus da Bridgestone, kits promocionais e um curso de 40 horas do Sest Senat.

A quinta edição da competição Melhor Motorista de Caminhão do Brasil conta com o patrocínio do Scania Banco, Bridgestone/Bandag, Shell Brasil, Noma do Brasil e Rede Graal.

A Scania é um dos principais fabricantes mundiais de caminhões e ônibus para transporte pesado e de motores industriais e marítimos. Os produtos de serviços têm participação crescente nos negócios da empresa, assegurando aos clientes soluções de transporte econômicas e com alta disponibilidade operacional. Com 41.000 colaboradores, a Scania está presente em mais de 100 países, com linhas de produção na Europa e América do Sul com possibilidade de intercâmbio global de componentes e veículos completos. Em 2013, as receitas totais da Scania alcançaram 86,8 bilhões de coroas suecas e o resultado financeiro após a dedução de impostos foi de 6,2 bilhões de coroas suecas.

Para mais informações sobre a Scania acesse:

www.scania.com.br

www.newsroom.scania.com.br

Fonte: Assessoria de imprensa

Kreab Gavin Anderson

Fernando Irribarra –  Amanda Moreira

Comente aqui

Rally dos Sertões: Mais de 100 competidores estarão na disputa entre os Carros e Caminhões

Faltando pouco mais de um mês para a largada do maior rali do país, organização divulga lista de inscritos

A Dunas Race, organizadora do Rally dos Sertões, divulgou a lista de inscritos para a 22ª edição do evento nas categorias Carros e Caminhões. O evento, que terá sua largada no dia 24 de agosto em Goiânia (GO) e a chegada no dia 30 em Belo Horizonte (MG), contará com 45 veículos e 90 competidores entre os carros e cinco caminhões e 12 competidores na categoria dos “gigantes” do rali.
Entre os carros muitas novidades e a expectativa de uma briga acirrada entre os principais nomes do off-road nacional. Na principal categoria, a T1 FIA, serão quatro “super máquinas” e as duplas brasileiras vão acelerar forte na busca por este cobiçado título do Sertões.
Maior vencedor da prova na categoria carros, o tetracampeão Guilherme Spinelli é um deles. Após dois vice-campeonatos seguidos, ao lado do navegador Youssef Haddad na equipe Mitsubishi Petrobras, eles querem o título de volta. Parceiros há cinco anos, eles conquistaram dois Sertões juntos e esperam repetir a dose nesta temporada com o modelo Mitsubishi ASX Racing.
Mas, para isso, terão de superar outras duplas de peso: Reinaldo Varella, detentor de um título mundial de rali e também campeão do Rally dos Sertões, estará ao lado do navegador Gustavo Gugelmin na equipe Divino Fogão Rally Team/Overdrive, com um Toyota Hilux; a equipe da África do Sul X Rally / NWM também chega forte para a briga com as duplas Marcos Baumgart/Kleber Cincea e Cristian Baumgart/Beco Andreotti, com modelos Ford Ranger.
Nas categorias Protótipos – T1 e T3, serão 11 veículos, entre eles os atuais campeões João Antonio Franciosi e Rafael Capoani, que correm pela equipe Mitsubishi Ralliart Brasil com uma L200 Triton SR. Na Super Production, Glauber Fontoura e Minae Miyauti também vão defender o atual campeonato a bordo de uma Mitsubishi Triton ERS. Já na Pró Brasil, serão oito carros na disputa, com diversas marcas e protótipos.
Com três inscritos, a Production – T2 terá uma das novidades deste ano: a volta da Suzuki à competição. A marca – que conquistou o primeiro título do Sertões entre os carros em 1995 – terá duas duplas: Juliano Diener/Gilson Rocha e Marcelo Mendes/Luis Felipe Eckel, que pilotarão um Suzuki Jimny. O outro carro na disputa da categoria será um Toyota FJ Cruiser da dupla Marcus Kffuri e Rodrigo Czech.
E, fechando a modalidade carros, o grande destaque fica para a nova categoria Production T2/TR4, que vai contar com 11 carros na competição. Criada para incentivar a base do rali no país, ela atraiu um bom número de participantes, que era o objetivo inicial da Dunas Race ao lançar o projeto.
Caminhões
A categoria caminhões, que sempre chama a atenção por onde passa e surpreende com a velocidade destes “gigantes” do Sertões, tem cinco equipes inscritas: dois trios e três duplas. Dois hexacampeões estão entre os favoritos: Edu Piano – atual campeão – estará a bordo de um Ford Cargo 1933 4×4, ao lado dos navegadores Solon Mendes e Antonio Carlos de Sales; e Guido Salvini Netto, que ficou com o vice em 2013, divide o Mercedes Benz Atego 1725 4×4 com os navegadores Flavio Bisi e Fernando Chwaigert.
A modalidade ainda terá três equipes com caminhões Ford F4000: Fábio Freire/Fabio Rocha, Felício Bragante/Ricardo Costa e Kenner Garcia/Rafael dal Bello.
Além de Goiânia e Belo Horizonte, mais cinco cidades irão receber a caravana do Sertões em 2014. Dessas cinco, três serão sede do rali pela primeira vez. A goiana Catalão e as mineiras Paracatu e São Francisco. Completam o percurso, Caldas Novas (GO) e Diamantina (MG), que já receberam o Sertões em outras edições. Antes de partir para as especiais, os competidores ainda disputarão o prólogo em Goiânia no dia 23 de agosto, com a largada promocional neste mesmo dia à noite, no reformado autódromo internacional de Goiânia. Além dos carros e caminhões, o Sertões também tem a disputa das categorias motos, quadriciclos e UTVs e, em breve, será divulgada a lista de inscritos.
Confira a lista de inscritos entre os carros e caminhões (extraoficial):
http://www.sertoes.com/ListaExtraOficial_2014.html
Apoio
Além do apoio dos Governos de Goiás e de Minas Gerais, o Sertões já anunciou alguns de seus patrocinadores para a 22ª edição: Mitsubishi Motors, Polaris, Outback e Séotres Cosméticos.
A programação do Rally dos Sertões 2014:
23/08 – Prólogo – Goiânia (GO)
24/08 – 1ª etapa – Goiânia (GO)/Caldas Novas (GO)
25/08 – 2ª etapa – Caldas Novas (GO)/Catalão (GO)
26/08 – 3ª etapa – Catalão (GO)/Paracatu (MG)
27/08 – 4ª etapa – Paracatu (MG)/São Francisco (MG)
28/08 – 5ª etapa – São Francisco (MG)/Diamantina (MG) – MARATONA
29/08 – 6ª etapa – Diamantina (MG)/Diamantina (MG)
30/08 – 7ª etapa – Diamantina (MG)/Belo Horizonte (MG)
Outras informações: www.sertoes.com
Acesse o Rally dos Sertões no Facebook:
http://facebook.com/sertoesoficial
Siga o Sertões no Twitter:
www.twitter.com/sertoesoficial
YouTube – Canal Rally dos Sertões:
www.youtube.com/dunasrace
Fonte:
Imprensa Rally dos Sertões
FGCom

Fernanda Gonçalves / Caio Scafuro / Guilherme Silva

Fotos: Gustavo Epifanio / Webventure.com.br, Ricardo Leizer / Webventure.com.br, Vinicius Branca / Webventure.com.br, David Santos Jr / Webventure.com.br e Eric Schroeder / Webventure.com.br

 

Comente aqui

Lavrita fornece caminhões com plataforma Scania de combate a incêndio aeroportuário

 

 Por meio de parceria entre as empresas, os veículos CCI-AP2-Fênix, com plataforma do Scania P 440 4×4, serão usados nos aeroportos brasileiros

 

São Paulo, 15 de julho de 2014 – A Lavrita Engenharia entregou hoje, terça-feira 15 de julho, 33 caminhões de combate a incêndio aeroportuário,com plataforma do Scania P 440 4×4, à Secretária de Aviação Civil (SAC) com a presença do ministro-chefe da pasta, Moreira Franco. A cerimônia realizada na sede da Lavrita, em São Bernardo do Campo (SP), faz parte do Programa de Investimento em Logística: Aeroportos, da SAC, que pretende levar a aviação comercial ao interior do Brasil.

“O CCI-AP2-Fênix, montado pela Lavrita, utiliza a plataforma do Scania P 440, que é o único caminhão 4×4 produzido no país que atende as exigências das normas contra incêndio de aeródromos e pode ser usado em qualquer aeroporto das Américas. É o modelo pioneiro, exclusivo e mais completo do mercado brasileiro”, afirma Rogério Rezende, diretor de Assuntos Institucionais e Governamentais da Scania Latin America. Segundo o executivo, o desenvolvimento deste caminhão em parceria com a Lavrita é motivo de orgulho para a empresa. “Mundialmente ofereceremos soluções de transporte completas de produtos e serviços para aplicações especiais e customizadas. Esse fornecimento reforça o nosso compromisso com o entendimento das necessidades dos clientes.”

A licitação vencida pela Lavrita prevê nesta primeira fase a compra de 64 unidades do CCI-AP2-Fênix, com plataforma do Scania P 440 4×4, num acordo de R$ 101.750,400 milhões. Os 31 modelos restantes do lote total de 64 serão entregues até o final deste ano à SAC.

“A Scania foi a única fabricante a nos atender com esta solução. É um projeto que nasceu em 2009 e foi fruto de um trabalho intenso de profissionais das duas empresas. Trata-se de um momento muito especial para a qualificação dos veículos de emergência nos aeroportos nacionais”, diz Wilson Molina Ribas, diretor técnico da Lavrita Engenharia. “A nossa divisão de equipamentos especiais oferece as mais completas e atuais tecnologias de desenvolvimento. Esse veículo de última geração é uma ferramenta de extrema importância para as operações de segurança aeroportuária, nas missões de combate a incêndio em aeronaves, bem como dos arredores dos aeródromos”.

Os 33 caminhões entregues neste primeiro lote serão locados pela SAC a aeroportos das cidades de Alta Floresta (MT), Altamira (PA), Araguaína (TO), Barreiras (BA), Bonito (MS), Cacoal (RO), Caruaru (PE), Cruzeiro do Sul (AC), Fernando de Noronha (PE), Ilhéus (BA), Imperatriz (MA), Ji-Paraná (RO), Juazeiro do Norte (CE), Macapá (AP), Marabá (PA), Paulo Afonso (BA), Santarém (PA), Sinop (MT), Tabatinga (AM), Tefé (AM) e Vitória da Conquista (BA).

Parceria que gerou uma solução customizada

“O CCI-AP2-Fênix é um sonho realizado. Conheci a linha Scania de veículos especiais importados e foi uma grande satisfação saber que a marca iria produzir no Brasil o modelo, especialmente para atender a esta licitação”, revela o diretor da Lavrita. “O objetivo agora é participar de outros pregões e oferecer ainda mais soluções para os órgãos públicos.”

O nome técnico do CCI-AP2-Fênix tem por significado: carros de combate a incêndio do tipo ataque principal classe 2, modelo Fênix. Com base na cabine e no chassi do P 440 4×4, veículo tradicional da linha especial para combate a incêndios e de eficácia já reconhecida pelos clientes da Scania na Europa, a Lavrita projeta, fabrica e monta o equipamento com implementos da Rosenbauer (da Áustria) com produtos da mais alta tecnologia disponível como bomba de água, canhões monitores e demais itens determinados pelas normas contra incêndio aeroportuário.

O CCI-AP2-Fênix possui motor Scania de 13 litros com potência de 440cv, tração 4×4 (para atuar em qualquer tipo de terreno), gerenciamento eletrônico total, ar condicionado, sistema de freios ABS/EBS, capacidade para transportar no mínimo 6.100 litros de água para produção de espuma, reservatórios de LGE (líquido gerador de espuma) de 780 litros e de PQS (pó químico seco) de 200 kg, bomba de 5.500 lpm, canhão monitor superior com alcance mínimo de 70m e canhão inferior de alcance mínimo de 46m. Vale a pena ressaltar que estes veículos só atuam em caso de emergências e para serem eficientes atingem uma velocidade de 0 a 80 km/h em menos de 35 segundos, atendendo a normas internacionais. A velocidade final chega a 113 km/h.

Outro diferencial está na caixa de transmissão automática Allison série HD 4500 que permite o deslocamento do veículo e o uso da moto bomba simultaneamente, ou seja, é possível jogar água e andar ao mesmo tempo, o que reverte ao bombeiro um ganho de velocidade e eficiência. O câmbio, em forma de joystick, também deixa a marcha ser engatada em alta rotação, além de ser equipado com tomada de força e divisor de potência.

Cada caminhão pode atuar em quaisquer aeroportos das Américas, pois recebeu homologações de 260 itens para atender normas e regulamentações internacionais e nacionais de instituições como NFPA (EUA – Standard for Aircraft Rescue and Fire – Fighting Vehicles), ICAO (Canadá – International Civil Aviation Organization), FAA (EUA – Federal Aviation Organization), ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) e SAC (Secretaria da Aviação Civil).

Linha de caminhões especiais

A Scania oferece ao mercado seus veículos especiais da linha de resgate para aplicações em aeroportos, de caminhões-tanque de água/espuma e de água/resgate, escadas elevatórias e plataforma e de veículos de combate a incêndio para diversos objetivos; nas configurações de rodas 4×2, 6×2, 6×4, 8×4, 4×4 e 6×6. Além de um completo portfólio de serviços para tornar a operação ainda mais rentável e com máxima disponibilidade.

Sobre a Scania

A Scania é um dos principais fabricantes mundiais de caminhões e ônibus para transporte pesado e de motores industriais e marítimos. Os produtos de serviços têm participação crescente nos negócios da empresa, assegurando aos clientes soluções de transporte econômicas e com alta disponibilidade operacional. Com 41 mil colaboradores, a Scania está presente em mais de 100 países, com linhas de produção na Europa e América do Sul, com possibilidade de intercâmbio global de componentes e veículos completos. Em 2013, as receitas totais da Scania alcançaram 86,8 bilhões de coroas suecas e o resultado financeiro, após a dedução de impostos, foi de 6,2 bilhões de coroas suecas.

Sobre a Lavrita

A Lavrita Engenharia há 40 anos no segmento de mineração, criou há quatro anos uma divisão de equipamentos especiais com o objetivo de trazer tecnologia para a nacionalização de equipamentos importados. Nesse período projetou e fabricou vários modelos de equipamentos, entre eles o CCI – AP2 Fênix, carro de combate a incêndio de ataque principal 2, para atender o padrão de segurança dos aeroportos.

Para mais informações sobre a Scania acesse:

www.scania.com.br

www.newsroom.scania.com.br

Fonte:

Scania – Assessoria de Comunicação

Renata Nascimento
Kreab Gavin Anderson

Carlos Eduardo Biagini

Comente aqui