caminhões



Loja virtual exclusiva para lonas é novidade da Sansuy

ViewImage.aspx
Empresa investe na plataforma de comércio eletrônico Casa Vinilona
(www.casavinilona.com.br) e coloca à disposição de consumidores de todo o
Brasil os mais diversos tipos de lonas, que podem ser adquiridos com
segurança e facilidade pela internet
Precisando adquirir ou renovar as lonas de seu caminhão, comércio ou indústria? A partir de agora a Sansuy, uma das maiores fabricantes de laminados flexíveis de PVC no país, oferece uma opção ágil e segura: o e-commerce Casa Vinilona (www.casavinilona.com.br). Trata-se de um site destinado ao comércio eletrônico exclusivo de lonas para caminhões, cobertura estática de uso tanto industrial, comercial ou no agronegócio; barracas de feira e lonas de algodão.
O projeto de construção da loja virtual foi muito bem planejado, sendo que uma das etapas mais importantes foi a descrição de todos os itens, de modo a tornar as informações claras e de fácil compreensão para os consumidores. Outra vantagem é que o cliente da Sansuy pode encomendar on-line sua lona sob medida, preenchendo apenas um pequeno formulário.
Um dos benefícios do e-commerce Casa Vinilona é que a compra é realizada diretamente da fábrica e a entrega é feita em todo o Brasil. Na hora do pagamento o site oferece vantagens como o parcelamento em oito vezes sem juros no cartão de crédito ou com 10% de desconto no boleto. A entrega é efetuada em até 12 dias úteis após a confirmação do pagamento, com exceção da região Norte, cujo prazo é de 16 dias úteis.
Ainda pensando na comodidade dos clientes, a Sansuy inaugurou dentro do e-commerce Casa Vinilona uma seção de outlet, que reúne peças únicas de ponta de estoque com descontos de 7% a 17%.
Uma cobertura ideal para cada necessidade
Estes são os produtos que o consumidor encontrará no www.casavinilona.com.br:
Vinilona 1000
Confeccionada com laminado de PVC reforçado ou lona de PVC com tecido de poliéster de alta tenacidade, e acabamento com dupla costura, a vinilona 1000 é ideal para caminhões do tipo truck, carreta, bitrem, graneleiro, caçamba, entre outros. Dentre suas principais vantagens estão soldas eletrônicas de alta frequência, que garantem total resistência e durabilidade, e manuseio com menor risco de rasgamentos ou danos. Destaque também para as meias-argolas, que proporcionam melhor fixação e acabamento ao veículo, e para o material resistente a variações de temperatura.
Vinileve
Como já diz o nome, trata-se de um produto leve, destinado a atender coberturas estáticas domiciliares. O laminado de PVC reforçado com tecido 100% poliéster é impermeável, soldado com máquinas de alta freqüência e costuras duplas nas bainhas, e recebe ilhoses de latão a cada metro em todo o perímetro. Tem garantia de um ano contra defeitos de fabricação.
Cotonlona
O encerado de algodão para caminhões cotonlona é confeccionado com lona n0 8 e atende especialmente veículos urbanos de carga (VUC) e caminhões do tipo truck ou toco no transporte de frutas, verduras e legumes, pois a lona de algodão não abafa a carga. O produto também é indicado para a cobertura de cargas não uniformes, como máquinas e caixotes, pois pode ser amarrado com corda.
Barraca de feira
Lona de cobertura para barracas de feira confeccionada com laminado de PVC reforçado com tecido 100% poliéster, soldada com máquina de alta frequência, sendo dupla nas bainhas. Disponível em várias cores, com listras no sentido da menor medida. Garantia de um ano contra defeitos de fabricação.
Lona industrial
Para grandes ou pequenas propriedades, vinilona 500 é indicada para coberturas de uso geral, de áreas de estoques, sacarias, máquinas agrícolas e outros espaços reduzidos. De alta resistência mecânica, o laminado reforçado de PVC é impermeável, prático e de elevada durabilidade. Pode ser adquirida em variadas medidas, de acordo com cada necessidade.
Sansuy S.A.
Grande São Paulo: (11) 2139.2888
Demais regiões do Brasil: 0800 072.6789
Fonte:
Via Pública Comunicação
Sheila Diez – Anapaula Couto
Comente aqui


Scania é a marca com maior reputação no mercado de caminhões pesados do Peru

scania peru

Pesquisa desenvolvida por consultoria especialista no mercado latino-americano, posicionou a empresa entre as marcas mais fortes do país andino

A Scania, referência mundial na fabricação de caminhões pesados, ônibus e motores industriais e marítimos, foi a única montadora do segmento de caminhões pesados a figurar na lista das 100 empresas com maior reputação no mercado peruano em 2015, segundo pesquisa realizada pela consultoria espanhola Merco, especialista em análise de mercados latinoamericanos.

O material que avalia as marcas que possuem operação no país andino em diversos setores apontou a Scania pela primeira vez como marca de destaque na categoria que corresponde ao setor automotivo daquele país. O levantamento é feito com base nas opiniões de empresários, analistas e jornalistas econômicos.

“Somos muito gratos aos nossos clientes que continuam confiando em nossa marca. Devemos este reconhecimento a eles que nos dão apoio para continuar apostando no Peru para melhorar a qualidade do transporte e reduzir os impactos ambientais”, afirmou Andrés Leonard, diretor executivo da Scania Peru.

Para Julio Lira Segura, diretor da Merco Peru, a reputação da empresa gera valor e reflete no desempenho de sua operação internacional. “É importante ter em conta que as empresas são observadas por diversos ângulos e que propiciar condutas solidárias e atuar com transparência são qualidades observadas pelas pessoas no momento de avaliar uma marca antes de fazer uma compra”, disse.

O estudo é realizado há 15 anos pela consultoria e avalia também mercados de outros países da região, como México, Brasil, Colômbia e Argentina.

Sobre a Scania

A Scania é um dos principais fabricantes mundiais de caminhões pesados, de ônibus e de motores industriais e marítimos. Os serviços têm participação crescente nos negócios da empresa, assegurando aos clientes soluções de transporte econômicas e com alta disponibilidade operacional. Com 42 mil colaboradores, a Scania está presente em mais de 100 países, com linhas de produção na Europa, Ásia e América Latina e com possibilidade de intercâmbio global de componentes e veículos completos. Em 2014, a receita líquida da Scania alcançou 92,05 bilhões de coroas suecas e o lucro líquido do exercício, após a dedução de impostos, foi de 6 bilhões de coroas suecas.
Para mais informações: http://www.scanialatinamerica.com

Fonte: Scania Latin America
Cristiano Soares
Assessoria de imprensa
Bruno de Oliveira

Comente aqui


Apta Caminhões e Ônibus promove vendas com benefícios para clientes

Delivery

A Apta Caminhões e Ônibus oferece benefício para o cliente que comprar um modelo MAN/Volkswagen financiado com o Cartão BNDES. Quem optar pela modalidade terá como cortesia a documentação completa (licenciamento e IPVA). A promoção é válida para caminhões faturados até 20 de dezembro deste ano para as linhas Delivery, Worker e Constellation.

A concessionária MAN/Volkswagen é uma das mais modernas da rede com amplas instalações e com sedes na região metropolitana de São Paulo e litoral. Opera com uma linha completa de caminhões, ônibus, novos e usados, além da área de assistência técnica. A Apta atende 39 municípios da Grande São Paulo e 11 do litoral paulista.

As condições financeiras em vigor para o Cartão BNDES são: limite de crédito pré-aprovado, concedido pelo banco emissor, de até R$ 1 milhão, financiamento automático em até 48 meses, taxa de juros atrativas (informada mensalmente na página inicial do site www.cartaobndes.gov.br

O Cartão BNDES financia investimentos de micro, pequenas e médias (MPMEs) empresas dos microempreendedores individuais (MEIs). Podem obter o cartão as empresas com faturamento bruto anual de até R$ 90 milhões.

Concessionária – A Apta Caminhões e Ônibus possui unidades estrategicamente bem localizadas às margens da rodovia dos Imigrantes, uma no planalto no Km 26 na junção com o Rodoanel e outra na Baixada Santista no KM 64.

Fonte:

Simone Amaral
Relações Públicas

 

Comente aqui


CAOA Consórcios comemora alta na venda de cotas de caminhões

 Imagem 143 - baixa

  • Com aumento de 173% no número de cotas comercializadas, CAOA Consórcios comemora alta no ticket médio e no volume de crédito
  • Em 2014, a CAOA verificou crescimento no número de consorciados ativos

 São Paulo, 27 de fevereiro de 2015 – O CAOA Consórcios fechou o ano de 2014 com um espetacular crescimento no volume de créditos referente às cotas comercializadas no segmento de Caminhões. Durante o ano foram comercializados R$ 39,3 milhões em créditos para consórcio de caminhões, totalizando um aumento de mais 1.467% sobre o crédito disponibilizado em 2013.

O ótimo resultado deve-se ao crescimento no número de cotas comercializadas, de 67 em 2013 para 183 em 2014, e, também ao considerável aumento no ticket médio que passou de R$ 37,4 mil, no ano anterior, para R$ 215 mil no ano passado.

A quantidade de consorciados ativos também apontou alta no período, passando de 11.765 participantes, em 2013, para 17.425 em 2014, um crescimento de 48,11%.

Em janeiro de 2015, ainda sem o aquecimento de mercado desejado, o crédito comercializado para o segmento de Caminhões foi de R$ 2.171.509,90, representando fatia de 11,5% das vendas totais da CAOA Consórcios que ainda tem como seu principal produto o consórcio de automóveis, com 69,5% dos créditos, seguido de imóveis, com 18,87%.

Segundo Bruno Espínola, diretor Comercial de Serviços Financeiros e Consórcio da CAOA, a modalidade consórcio tem sido bem aproveitada no segmento de Caminhões, para o planejamento na reposição de frotas. “O consórcio, além de ajudar principalmente o pequeno transportador a planejar a reposição da frota, é uma maneira prática e viável de adquirir produtos sem dispor das altas taxas de juros cobradas nos financiamentos”, explica o executivo.

Perfil

A faixa etária destes compradores de consórcios está, principalmente, entre 25 e 55 anos, sendo ainda dividida em 45% para o público feminino e 55% para o masculino.

Regionalmente, os créditos comercializados pelo CAOA Consórcios (automóveis, imóveis, caminhões, serviços e motos) estão distribuídos da seguinte forma: Sudeste, 53%; Sul, 21%; Nordeste, 19%; Centro-Oeste, 6% e a região Norte, com menos de 1%.

Fonte: Departamento de Comunicação – CAOA

Anderson Cavalcante – Gerson Almeida – Maira Nascimento – DéborahEncarnato      

Sites: www.caoaconsorcios.com.br e www.caoa.com.br

CAOA Consórcios
Há 27 anos no mercado, o CAOA Consórcios consolidou mais uma etapa do Plano de Expansão 2014 ao investir na ampliação dos negócios com foco na inovação, visando atender com mais excelência os consorciados, parceiros, representantes e toda rede de Concessionárias Hyundai, Ford e Subaru. Em novembro de 2013 foi inaugurado mais um amplo e moderno centro de trabalho na capital paulista e novas unidades de relacionamento em Florianópolis, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Cuiabá.
O CAOA Consórcios tem ajudado muitas pessoas a conquistar objetivos e realizar projetos, pois com os consórcios também é possível fazer cirurgias de saúde ou plásticas, procedimentos odontológicos, viagens, cursos de graduação, entre outros serviços.
Com profissionais altamente qualificados, as equipes comercial e administrativa garantem atendimento personalizado.

 

CAOA Montadora de Veículos – Hyundai

A CAOA é a importadora exclusiva da marca Hyundai no Brasil desde 2.000. Com um trabalho exemplar de reposicionamento da marca e investimentos maciços em pós-vendas, em poucos anos, a CAOA conquistou excelentes níveis de participação no mercado brasileiro. Esses surpreendentes resultados motivaram o empresário Carlos Alberto de Oliveira Andrade a construir uma montadora com capital 100% próprio. Em abril de 2007 é inaugurada a CAOA Montadora de Veículos – Hyundai, na cidade de Anápolis (GO), e começa a produção da camioneta HR. Em 2010, a planta passou a fabricar o Tucson com exclusividade em todo o mundo. A marca ampliou a participação no mercado de caminhões, dando início a fabricação e a venda do comercial leve HD78 em 2011. Em setembro de 2013, a fábrica de Anápolis iniciou a produção de mais um modelo, o utilitário esportivo ix35 Flex. A CAOA acumulou 114.826 mil unidades vendidas no Brasil no ano de 2013. Durante dois anos consecutivos, a CAOA Montadora – Hyundai recebeu o título de distribuidor do ano entre os 179 distribuidores Hyundai do Planeta. Entre os itens avaliados estão: o extremo cuidado com o Pós-vendas e a satisfação absoluta de seus clientes. Prova desse comprometimento, o Brasil conquistou a 1ª colocação na pesquisa de satisfação dos clientes em 2013 (Hyundai Global Satisfaction Index), ficando na frente de todos os países da América Latina e Caribe. Esse ano, a Hyundai CAOA também conquistou o maior índice de satisfação com o processo de vendas em pesquisa realizada pelo conceituado instituto J.D. Power. Saiba mais sobre a CAOA e seus produtos no site www.caoa.com.br.

 

Comente aqui


Engemix leiloa caminhões no dia 06/03

foto_1424458490_63034_01_00_00

Veículos estão avaliados em R$ 1milhão; lances podem ser feitos pelo site da Superbid

São Paulo, 2015 – A Engemix, empresa do grupo Votorantim, realiza no dia 06/03 um leilão online de caminhões. São, ao todo, 32 lotes localizados na cidade de São Paulo.

Entre os destaques estão diversos modelos da Ford Cargo, Mercedes-Benz e Volkswagen. Os valores iniciais variam de R$ 10.250 a R$ 31.500.

Veja lista completa

Os lances podem ser feitos online, por meio do site  www.superbid.net, ou na sede da Superbid, empresa que organiza a venda (Alameda Lorena, 800, 2º andar, Jardim Paulista – São Paulo/SP). O resultado é processado eletronicamente. Para participar, pessoas físicas ou jurídicas devem se cadastrar no site e solicitar habilitação.

Os interessados em visitar os ativos devem entrar em contato com a Central de Atendimento da Superbid: 11 2163-7800 / [email protected].

SERVIÇO:
Leilão Engemix

Quando: até 06/03, a partir das 14h

Onde: página do leilão na internet ou, no dia e hora do encerramento, na sede da Superbid (Alameda Lorena, 800, 2º andar, Jardim Paulista – São Paulo/SP)

Sobre a Superbid

A Superbid é especializada na gestão da venda de ativos através de leilão eletrônico e presencial simultâneo. Os serviços oferecidos pela Superbid vão desde a avaliação dos bens, identificação do mercado comprador, gestão da venda e a liquidação financeira.  É a empresa líder em seu segmento, com escritórios no Brasil, Argentina, Chile, Colômbia e Estados Unidos. Possui entre seus clientes algumas das maiores empresas nacionais e multinacionais como Vale, Grupo Votorantim, Walmart, Klabin, Volkswagen, Rhodia, Embraer, Braskem, Louis Dreyfus, White Martins, Schincariol e Duratex entre outras.

Fonte: MISASI COMUNICAÇÃO
Dayane Tapi 

 

Comente aqui


Iveco leiloa caminhões e ônibus amanhã (02/12)

Veículos estão avaliados em R$ 10 milhões; lances podem ser feitos pelo site da Superbid

São Paulo, 2014 – A Iveco, montadora de veículos pesados que mais cresce no país, realiza, na próxima terça-feira (02/12), um leilão online de caminhões e ônibus semi-novos, utilizados apenas em showrooms de lojas e eventos promocionais. São, ao todo, 103 lotes localizados na cidade de Sete Lagoas/MG e Caxias do Sul/RS.  

Entre os destaques estão os modelos de caminhões Cesto Daily, Carga Vertis, Baú Vertis, Cavalos Mecânicos Tector, Trakker 410 e Micro Ônibus City Class. Os caminhões serão vendidos sem garantia. 

Veja lista completa  

Os lances podem ser feitos online, por meio do site  www.superbid.net, ou na sede da Superbid, empresa que organiza a venda (Alameda Lorena, 800, 2º andar, Jardim Paulista – São Paulo/SP). O resultado é processado eletronicamente. Para participar, pessoas físicas ou jurídicas devem se cadastrar no site e solicitar habilitação. 

Os interessados em visitar os ativos devem entrar em contato com a Central de Atendimento da Superbid: 11 2163-7800 / [email protected].

SERVIÇO:
Leilão Iveco

Quando: até 02/12, a partir das 18h

Onde: página do leilão na internet ou, no dia e hora do encerramento, na sede da Superbid (Alameda Lorena, 800, 2º andar, Jardim Paulista – São Paulo/SP). 

Sobre a Superbid 

A Superbid (www.superbid.net) é especializada na gestão da venda de ativos para empresas. Entre os serviços oferecidos estão avaliação dos bens, identificação do mercado comprador, gestão da venda, leilão eletrônico e liquidação financeira.   É a líder em seu segmento, com escritórios no Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Peru e Estados Unidos. Possui entre seus clientes mais de 600 grandes companhias nacionais e multinacionais, como Petrobras, Grupo Votorantim, Volkswagen, Vale, Embraer, Braskem e Louis Dreyfus, além de 1.000 PMEs. Conta, ainda, com mais de 750 mil cadastros ativos de compradores e 4,5 milhões de visitantes únicos/ano em seu site.

Fonte:

MISASI COMUNICAÇÃO
Dayane Tapi

Comente aqui


MA8 Consulting prevê ano difícil para caminhões em 2015

Orlando Merluzzi 1

  • Anúncio de equipe econômica mais ortodoxa não deve alterar quadro de dificuldades que o setor enfrentará no próximo ano.
  • O esperado recorde da safra agrícola no Brasil não deverá puxar o setor de caminhões em 2015

Uma das mais especializadas empresas de consultoria do setor automotivo brasileiro, a MA8 Management Consulting Group avaliou os impactos no mercado brasileiro de veículos comerciais após a divulgação da nova equipe econômica. De acordo com Orlando Merluzzi, presidente da consultoria, “o mercado de caminhões vai andar de lado em 2015 por várias razões e o FINAME não será o vilão desta vez”.

A MA8 apresenta alguns fatores que dificultarão a expansão das vendas de caminhões no Brasil no ano que vem. As incertezas de curto prazo na economia farão o empresário parar no primeiro semestre do ano para analisar o contexto do cenário econômico do País. Para Merluzzi, maiores volumes de compras devem acontecer apenas no segundo semestre, “mas em ritmo moderado”.

Segundo avaliação da consultoria, o anúncio da nova equipe econômica do governo é, sem dúvida, uma luz no fim do túnel. Os primeiros sinais indicam um tratamento de choque ortodoxo e isso deve ser seguido de aperto monetário, dificuldade no crédito e aumento dos juros. Tudo para equilibrar as contas e segurar a inflação. “Não é de todo mal, mas fará com que os empresários parem para observar o sentido dos ventos no início do ano, lembrando que o ano para o setor só começa em março”, comenta Merluzzi.

Para o consultor, se a nova equipe econômica tiver independência e pulso firme, o mercado de caminhões refletirá a confiança dos setores produtivos do País, com sinais de recuperação no segundo semestre do próximo ano. Contudo, Merluzzi alerta que não há nenhum fator mágico no horizonte de 2015 que faça a indústria de caminhões acelerar. “Não deve haver expansão de negócios que demande mais caminhões e nem o esperado recorde da safra agrícola afetará positivamente o setor, pois os preços das commodities agrícolas devem continuar caindo e o crédito ficará mais escasso”.

A MA8 considera que o FINAME deve voltar logo, seja convencional ou PSI, com juros um pouco mais alto, dependendo de repasse do governo ao BNDES e também de regulamentação para os operadores. “Isso sempre atrasa um pouco a retomada, mas dessa vez o FINAME não é o principal fator que afetará o setor de caminhões em 2015”.

A consultoria destaca que o ano deve ser marcado pela seletividade dos bancos na aprovação de crédito. Há um setor da indústria de caminhões que não depende do FINAME e que representa cerca de 15% adicionais no volume reportado pela ANFAVEA. São os caminhões semi-leves vocacionados com carroceria sobre chassi. “Esse segmento também enfrenta dificuldades na aprovação de crédito bancário e quem pode comprar à vista vai empurrar a decisão de compra mais para frente”.

Quanto à agricultura, a safra agrícola de grãos continuará em expansão. “Mas utilizar o jargão da safra recorde da agricultura para justificar um aumento de volumes no segmento de caminhões pesados em 2015, pode ser um equívoco”, destaca Merluzzi. A MA8 Consulting identificou que mais de 25% do frete no setor agrícola é contratado na hora da colheita por quem não tem estrutura para armazenamento de grãos e precisa movimentar sua safra.

Ocorre que os preços das commodities agrícolas estão despencando e o Brasil tem um déficit de armazenagem (silos) de aproximadamente 20% da safra, ou seja, uns 40 milhões de toneladas. O agricultor tem que mandar a safra embora e isso ocorre em um cenário financeiro desfavorável para seus negócios devido à queda dos preços das commodities agrícolas.

De acordo com estudos da MA8, os produtores rurais hoje enfrentam margens de lucro muito apertadas e incertezas econômicas também nos mercados externos, uma vez que países europeus e a própria China desaceleraram. Este cenário, afeta a decisão dos agricultores em fazer novos investimentos. “E se tiverem que decidir, provavelmente vão optar primeiro em silos para armazenagem e depois em caminhões”. Em adição a isso, muitos produtores agrícolas estão endividados e com a redução da rentabilidade, a seletividade dos bancos para financiamento vai aumentar. “O resultado é que em 2015 não vai ter crédito fácil”.

No setor de construção civil e suporte aos programas de investimento das obras do governo, os estudos da MA8 apontam que quem tinha que comprar caminhões novos já comprou. “Dificilmente empresas que atuam neste setor vão comprar mais caminhões em 2015 além do ritmo regular de renovação”. O sinal mais positivo virá dos setores de distribuição e logística, que devem ter um pequeno crescimento acompanhando o PIB.

Para a MA8, em 2015 nenhum segmento específico deverá puxar o setor de caminhões e a expectativa é que a indústria ande lateralmente, com algum soluço de crescimento esporádico em um mês ou outro e efeitos colaterais nos meses seguintes, “a não ser que tenhamos um fator inesperado de aceleração da economia e do mercado, mas o sistema financeiro para o setor de caminhões não costuma ser uma entidade beneficente e se a capacidade de tomada de crédito e de pagamento dos consumidores apresentar qualquer risco, os bancos travam”.

A responsabilidade sobre a concessão e operação do crédito é também um dos entraves que impedem um programa de renovação da frota de decolar no Brasil. “No momento de conceder o crédito e administrar o risco com o caminhoneiro autônomo, que é o elo da cadeia que compra o caminhão usado e faz movimentar a venda do caminhão novo, as instituições financeiras não querem bancar isoladamente”.

Sobre a MA8 Management Consulting Group

Fundada em 2012 e com sede em Alphaville, São Paulo, a empresa é conduzida pelo engenheiro Orlando Merluzzi, experiente executivo do setor automotivo brasileiro. A MA8 atua nas áreas de gestão, planejamento estratégico, governança corporativa, sucessão e “coaching” e conta com experientes colaboradores em diversas áreas.

Fonte:
MM Editorial –
www.mmeditorial.com.br
Marta de Souza

 

Comente aqui


Ford entrega caminhões Cargo Kolector para o programa de coleta seletiva de São Paulo

 

A Ford iniciou o fornecimento de caminhões Cargo 1723 Kolector para a EcoUrbis Ambiental, concessionária responsável pela coleta, transporte e destinação de resíduos domiciliares e de saúde na região sudeste de São Paulo. As primeiras unidades foram entregues durante uma solenidade na capital paulista em que foi anunciada a ampliação do programa SP Recicla para mais dez distritos da cidade. Além do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, o evento contou com a presença de autoridades municipais e representantes da EcoUrbis.

Desenvolvido especialmente pela engenharia da Ford para aplicação na coleta de resíduos, o caminhão Cargo 1723 Kolector é um dos mais usados nesse segmento. Ele tem peso bruto total de 16.800 kg e sai de fábrica preparado para receber o implemento. Por oferecer duas distâncias entre-eixos, de 4.340 mm e 4.800 mm, permite a instalação de diversas opções de compactadores disponíveis no mercado.

“A operação de coleta e limpeza urbana é uma das mais exigentes em termos de resistência e desempenho dos veículos. A durabilidade e custo de manutenção do caminhão impactam diretamente a rentabilidade do negócio e o Cargo Kolector se destaca porque foi especialmente preparado para esse tipo de operação”, diz Osmar Hirashiki, gerente Nacional de Vendas Corporativas da Ford Caminhões.

Entre outras características, o Kolector da Ford conta com chassi reforçado, eixo traseiro de simples redução, tomada de força traseira, suspensão com feixe de molas mais alto e reforçado, escapamento vertical, para-choque estreito e protetor do radiador. “Além disso, oferece uma cabine muito confortável, excelente visibilidade para o motorista e um conjunto de espelhos que proporciona mais segurança na operação do veículo”, completa Hirashiki.

Vem com motor Cummins 6.7 L, de 230 cv, transmissão Eaton de seis marchas e também é equipado com câmeras de freio traseiro tipo pistão com lonas reforçadas, manete de freio no painel para auxílio na partida em rampa, controle manual de aceleração e bancos revestidos em vinil de fácil limpeza.

“Escolhemos o Cargo Kolector porque, além de atender as necessidades da operação de coleta de resíduos sólidos, proporciona uma excelente relação custo-benefício”, afirma Geraldo Talarico Filho, superintendente de Manutenção e Equipamentos da EcoUrbis.

Fonte: Imprensa Ford (24/09/2014)

Comente aqui


Parceria de sucesso: Edu Piano e Solon Mendes os hexacampeões, nos Caminhões, do Rally dos Sertões

 

Com trajetórias diferentes no off-road, Piano é um dos recordistas de títulos nos Caminhões, enquanto Mendes é o cearense com mais títulos na prova

São Paulo, 11 de setembro de 2014 – Desde que o piloto Edu Piano e o navegador Solon Mendes formaram dupla há sete anos subiram ao pódio em todas as edições, entre 2007 e 2014, na principal prova off-road do Brasil. A parceria entre o paulista e o cearense, na Equipe Ford Racing Trucks/Território Motorsport, deu tão certo que foram campeões do Rally dos Sertões, em seis edições, sendo o mais recente título conquistado há 12 dias. Piano é heptacampeão porque, antes de faturar os seis títulos nos Caminhões foi campeão na Geral dos Carros em 2005, já Mendes, com seis vitórias, é de longe o cearense com mais títulos na competição.
Após liderar a 22ª edição da competição, de ponta a ponta, e vencer com mais de 1h1min de vantagem no acumulado, o trio Edu Piano, Solon Mendes e Carlos Sales cruzou a rampa de chegada, em Belo Horizonte (MG), com mais um troféu nas mãos A prova aconteceu de 23 a 30 de agosto, entre os estados de Goiás e Minas Gerais, e teve aproximadamente 2.600 quilômetros de percurso, disputado em sete etapas. O gosto da vitória ainda é comemorado na sede da equipe, em Tatuí, interior paulista, porque o oitavo título consecutivo da equipe oficial da Ford Caminhões na competição veio com um sabor diferente. Os campeões da categoria Caminhões só tiveram a confirmação que iriam disputar a prova dias antes da largada, devido à dificuldade em captar patrocínio que atingiu a equipe nesta temporada.
“Terminamos o rali com o dever cumprido mas conquistamos este título mesmo foi na raça e pela paixão que temos pelo rali! Fomos com uma equipe reduzidíssima com apenas seis pessoas e não tínhamos nem peças de reposição. Para se ter uma ideia, o caminhão terminou com oito amortecedores estourados, talvez se fossem dez dias, correríamos o risco de perder esse título”, confidencia Piano, veterano na prova com 19 participações consecutivas.
Com uma trajetória de 16 participações na competição, dos quais nove dedicados à Equipe Ford Racing Trucks/Território Motorsport, o experiente navegador reúne seis troféus de campeão nos Caminhões. “Estou feliz por fazer parte deste time e poder cruzar a linha de chegada mais uma vez em primeiro lugar. Este ano foi o mais difícil para a equipe, mas isto só serviu de estímulo, pois foram as dificuldades que nos deram forças para mais esta vitória. Como bom cearense o humor superou qualquer obstáculo”, afirma Mendes. “Mas nada disso seria possível se não fosse a permissão de Deus. Quero agradecer à equipe e nossas famílias que sempre estiveram ao nosso lado mesmo nas horas ruins”, completa.
“Edu e eu temos um entrosamento muito forte, nos entendemos muito bem um ao outro e isto é importante para a conquista de bons resultados”, diz o navegador. Piano não poupa elogios: “A parceria com Solon é sensacional. Ele é uma pessoa amiga, do bem, divertido e, principalmente, comprometido com o que faz.”
Ao invés de dez etapas, a edição 2014 teve sete, sendo que os três primeiros dias somaram pontos para o Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. Como a equipe venceu as etapas obteve uma pontuação considerável e, agora, avalia possibilidade de competir mais algumas provas. “Estamos avaliando se vamos disputar outras provas do calendário até o final da temporada, mas certamente vontade e garra, depois de mais este título, não faltam à equipe”, finaliza Piano.
Para conhecer como foi o dia-a-dia da equipe durante a 22ª edição do Rally dos Sertões acessem o site www.territoriomotorsport.com.br/rally ou a página da equipe no Facebook http://migre.me/l4b7p
A equipe Ford Racing Trucks/Território Motorsport, que tem sede em Tatuí, no interior de São Paulo, tem parceria com: Ford Caminhões, Cummins, Garrett, Tortuga, Termicom, Truckvan, SuperCooler, Platodiesel, Fix, Território 4×4 Comercial e Casa Domingues de Pianos.

Fonte: Assessoria de Imprensa
Ford Racing Trucks/Território Motorsport

Mércia Suzuki

Fotos: Marcelo Machado/Webventure e Divulgação

 

 

Comente aqui