dia



Russos dominam a única final do dia na Copa do Mundo de Tiro Esportivo em Deodoro

unnamed(1)

Vladimir Maslennikov e Sergey Kamenskiy levaram as medalhas de ouro e bronze. Chinês ficou em segundo

18-04-2016

Na única final desta segunda-feira (18.04) da etapa do Rio de Janeiro da Copa do Mundo de Tiro Esportivo, dois atletas russos subiram ao pódio. O ouro da prova masculina da carabina de ar 10m ficou com Vladimir Maslennikov, que fez 207 pontos, com apenas dois tiros abaixo de 10 pontos nos 20 que disparou na final. A prata foi para o chinês Cao Yifei, com 206. O bronze foi para o russo Sergey Kamenskiy, que vibrou bastante com sua primeira medalha da carabina de ar 10m em edições da Copa do Mundo.

Na decisão, os russos desbancaram o campeão mundial de 2014, Yang Haoran (China); o medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Londres-2012, Niccolo Campriani; e o campeão olímpico de Atenas-2004 e prata em Pequim-2008, o chinês Zhu Qinan. Os brasileiros que disputaram a fase classificatória foram Bruno Heck (63°), Samuel Lopes (81°) e Ivan Bastos (82°).

“Foi um ótimo resultado. Fiquei muito feliz por ter conseguido uma medalha e por ter visto o Maslennikov vencer”, afirmou Kamenskiy. Sobre a instalação que receberá o tiro olímpico em agosto, o atleta reclamou apenas da temperatura do estande das finais. “A estrutura é boa, os estandes oferecem equipamentos de boa qualidade. No entanto, a cidade é muito quente para nós, principalmente aqui na área das finais”.

Vladimir Maslennikov (Rússia), medalha de ouro da carabina de ar 10m. Copa do Mundo de Tiro Esportivo, no Centro Nacional de Tiro Esportivo, em Deodoro. Foto: Wagner Meier/CBTE

Vladimir Maslennikov (Rússia), medalha de ouro da carabina de ar 10m. Copa do Mundo de Tiro Esportivo, no Centro Nacional de Tiro Esportivo, em Deodoro. Foto: Wagner Meier/CBTE

A Copa do Mundo de Tiro Esportivo é o maior dos eventos-teste para os Jogos Rio 2016, com a participação de quase 700 atletas de 88 países. A competição segue até 24 de abril no Centro Nacional de Tiro Esportivo (CNTE), localizado em área do Exército Brasileiro, no Parque Olímpico Deodoro. O CNTE foi construído em 2007 para os Jogos Pan-Americanos. Com 50 mil metros quadrados e estandes para todas as provas dos programas olímpico e paralímpico, a instalação passou por reforma e ampliação para 2016, com investimento federal de R$ 38,3 milhões.

No torneio, o Comitê Organizador Rio 2016 está testando protocolos das áreas esportivas e de tecnologia, o sistema de resultados, a logística de competição, aspectos de arquitetura e engenharia da instalação, a segurança e a apresentação das provas, com locutores e DJs.

Pistola 50m

Os competidores masculinos da pistola 50m enfrentaram a prova eliminatória nesta segunda, pois há mais inscritos que vagas na fase classificatória. Os 60 melhores – entre eles os brasileiros Júlio Almeida, Felipe Wu e Vladimir Silveira – disputarão na manhã desta terça-feira (19.04) a passagem para uma das oito vagas na final. Wu Já está classificado os Jogos Olímpicos Rio 2016 e Júlio busca pontuação para ser o último indicado da Confederação Brasileira de Tiro Esportivo (CBTE) para as Olimpíadas. Ele e Bruno Heck (carabina) estão na disputa.

Confira os brasileiros já classificados para os Jogos Olímpicos

Felipe Wu – pistola
Cassio Rippel – carabina deitado
Emerson Duarte – pistola
Rosane Budag – carabina
Daniela Carraro – tiro ao prato
Janice Teixeira – tiro ao prato
Renato Portella – tiro ao prato
Roberto Schmits – tiro ao prato

Resultados da final desta segunda(18.04) da etapa do Rio da Copa do Mundo de Tiro Esportivo

Carabina de ar 10m (masculino)

1) Vladimir Maslennikov (Rússia)
2) Cao Yifei (China)
3) Sergey Kamenskiy (Rússia)
4) Julian Justus (Alemanha)
5) Haoran Yang (China)
6) Anton Rizov (Bulgária)
7) Niccolo Campriani (Itália)
8) Zhu Qinan (China)

Provas em disputa nesta terça (19.04)

Masculino
Pistola 50m (9h às 12h15)
Tiro ao Prato – Fossa Double (9h às 17h)

Abelardo Mendes Jr – brasil2016.gov.br

Ascom – Ministério do Esporte 

unnamed

Comente aqui


Marcos Campos desafia seus limites e encara dia de “bombeiro aquático”

marcoscampos abre

Maratonista aquático participa da tradicional Prova de Natação Equipada do 11º Grupamento de Bombeiros

Marcos Campos é ultramaratonista aquático e já encarou vários desafios ousados como dar a Volta na Ilha Anchieta, segunda maior ilha do estado de São Paulo, e ficou no Top-10 da maior travessia do planeta conhecida como Hernandárias-Paraná (88Km). Mas nesta quinta-feira (7), o taubateano viverá uma experiência inusitada. O nadador vai participar da 30ª Prova de Natação Equipada do 11º Grupamento de Bombeiros, um evento tradicional da corporação para militares e também aberto à civis, que será disputado às 10h na Represa do Jaguari, em Jacareí, à 125 km de São Paulo.
Nessa prova, os nadadores deverão percorrer um trajeto de 3.500 metros nadando olhando apenas para a água, se guiando com uma corda amarrada no chão, e utilizar obrigatoriamente uma série de equipamentos (nadadeira – pé de pato, snorkel, máscara, roupa de neoprene e touca) simulando as condições reais de um bombeiro em um salvamento aquático.

279344_589703_img_20160401_wa0008_web_
“Essa prova tem características únicas. Os atletas serão divididos em duas categorias: militar e não militar. Nós, civis, vamos para a água para nadar na condição deles (os bombeiros), equipados com tudo o que eles utilizam numa situação real, o que é absolutamente outra realidade de nado. Acredito que isso irá agregar muito como atleta e pessoa mesmo. Como toda competição, o que vale a pena sempre é fazer mais força do que você faria num treino. Então vamos mudar um pouco o estímulo para se manter motivado na busca por novos desafios”, explica o atleta.
O principal objetivo de Marcos Campos na temporada 2016 é concluir a Volta à Ilha de Key West, na Flórida (EUA). A prova, que será realiza no dia 18 de junho, conta com percurso de 12,5 milhas (aproximadamente 20km) por dois mares diferentes, o Golfo do México e o Oceano Atlântico. As provas que o nadador vem realizando fazem parte de sua preparação para a competição.


Marcos Campos tem 32 anos e é natural de Taubaté. Apaixonado pela natação em águas abertas desde 2008, é tricampeão e atual recordista da 14 Bis (24km), a mais tradicional travessia aquática do Brasil. Em 2013, foi Top-10 na maior travessia do planeta, a Hernandárias-Paraná (Argentina, 88K) e encarou algumas provas do Grand Prix de Águas Abertas da FINA, principal circuito de longa distância da modalidade. Atualmente o paulista está em busca de novos desafios e percursos, visando divulgar a maratona aquática e seus benefícios.
Fonte:
Flávio Perez e Andressa Rufino
www.onboardsports.com.br

Fotos: Matheus Zica

marcoscampos patrocinios

Comente aqui
 

Rally dos Sertões: amanhã é dia de velocidade

Falta pouco para os veículos serem alinhados e autorizados para a primeira disputa da 22ª edição do segundo maior rali do mundo. É neste sábado, a partir das 10h30, no Autódromo Ayrton Senna, em Goiânia

22 de agosto de 2014 – A movimentação das equipes no Autódromo Internacional de Goiânia é grande. Pilotos, navegadores, chefes de equipes, mecânicos e organização andam de um lado para o outro, correndo para finalizarem os poucos detalhes que ainda estão em aberto… E o tempo é curto, pois amanhã, 23, a partir das 10h30 começa oficialmente o 22º Rally dos Sertões.
São aproximadamente 200 competidores, divididos entre as categorias motos, quadriciclos, UTVs, carros e caminhões, que acelerarão por 2.679 quilômetros, em roteiro inédito. O certame visitará as cidades de Caldas Novas (GO), Catalão (GO), Paracatu (MG), São Francisco (MG), Diamantina (MG), com destino final, no dia 30, na capital mineira Belo Horizonte, que estreia na história do Rally dos Sertões.
“Esse Rally dos Sertões promete muitas emoções. São várias novidades e isso aumenta nossa apreensão. E não importa quantas vezes já tenhamos participado da prova, todo ano dá um frio na barriga”, declarou o piloto da Salvini Racing, Guido Salvini, que compete ao lado do navegador Flávio Bisi e do copiloto Fernando Chwaigert.
A Salvini Racing irá acelerar o consagrado Mercedes-Benz Atego 1725, que possui o novo motor Euro 5. Para alimentar o propulsor, e deixá-lo diariamente em condições de disputas, eles não podem titubear. “Em uma competição como o Rally dos Sertões, não há margens para erros. Uma simples quebra mecânica, pode nos tirar da briga pelo pódio. Por isso, todas as decisões devem ser acertadas, assim, optamos por utilizar os lubrificantes da Mobil Delvac”, explicou Salvini.
E de fato, ao longo do roteiro, os veículos deverão ter a resistência suficiente para sobrepor os mais variados obstáculos, a exemplo de erosões, pedras, cascalhos, travessias de rios, subidas e descidas de serra, trechos de trial pesado, chão batido e etc.
“Seguimos em busca do nosso sétimo título no Rally dos Sertões na categoria dos Caminhões Pesados, e não mediremos esforços para isso. Vem por aí, uma longa jornada, e o prólogo é o nosso primeiro desafio”, encerrou Bisi.
Programação – 22º Rally dos Sertões
23/08 – Prólogo – Goiânia (GO)
24/08 – 1ª etapa – Goiânia (GO)/Caldas Novas (GO)

Deslocamento inicial: 40,5 km
Trecho especial: 155,65 km
Deslocamento final: 20,6 km
Total do dia: 216,21 km
25/08 – 2ª etapa – Caldas Novas (GO)/Catalão (GO)
Deslocamento inicial: 39,54 km
Trecho especial: 202,23 km
Deslocamento final: 18,59 km
Total do dia: 260,36 km
26/08 – 3ª etapa – Catalão (GO)/Paracatu (MG)
Deslocamento inicial: 22,20 km
Trecho especial: 209,86 km
Deslocamento final: 128,39 km
Total do dia: 360,45 km
27/08 – 4ª etapa – Paracatu (MG)/São Francisco (MG)
Deslocamento inicial: 135,24 km
Trecho especial: 363,85 km
Deslocamento final: 86,21 km
Total do dia: 585,30 km
28/08 – 5ª etapa – São Francisco (MG)/Diamantina (MG) – MARATONA
Deslocamento inicial: 223,57 km
Trecho especial: 335,98 km
Deslocamento final: 85,89 km
Total do dia: 645,44 km
29/08 – 6ª etapa – Diamantina (MG)/Diamantina (MG)
Deslocamento inicial: 0 km
Trecho especial: 178,87 km
Deslocamento final: 25,42 km
Total do dia: 204,29 km
30/08 – 7ª etapa – Diamantina (MG)/Belo Horizonte (MG)
Trecho especial: 54,38 km
Deslocamento inicial: 125,88 km
Deslocamento final: 151,96 km
Total do dia: 336,96 km
*Para obter mais informações sobre a Mobil Delvac Salvini Racing, acesse o site www.salviniracing.com.br
A equipe Mobil Delvac Salvini Racing é patrocinada pela Mobil e Mercedes-Benz. E tem copatrocínio de BorgWarner

Crédito das Fotos: Fábio Davini/DFOTOS, Doni Castilho/DFOTOS e Márcio Machado/DFOTOS

Fonte:
Liberdade de Ideias
Isis Moretti

www.liberdadedeideias.com.br

Comente aqui


8º Rally Barretos: dia de alta velocidade e adrenalina

Em percurso altamente técnico, repleto de curvas, lombadas e poeira, o trio da Mobil Delvac Salvini Racing garantiu a vitória entre os caminhões pesados com o tempo de 2h35min11s

 

21 de julho de 2014 – É período de inverno, mas na cidade de Barretos, SP, a temperatura esquentou com o 8º Cross County Rallymakers Barretos, válido pela 7ª etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country; que aconteceu no último sábado, 19. Estiveram alinhados no grid da competição 86 veículos, entre motos, quadriciclos, UTVs, carros e caminhões.
Para o piloto Guido Salvini, o navegador Flávio Bisi e copiloto Fernando Chwaigert, representantes da Mobil Delvac Salvini Racing, essa prova é a melhor da temporada 2014. Segundo eles, o roteiro apresenta vários tipos de terrenos e obstáculos, exigindo uma rápida leitura do piso e alternância na técnica de pilotagem. “É sempre bom participar das etapas de Barretos, mas há tempos não enfrentávamos um chão tão bom de acelerar. O trecho cronometrado nos surpreendeu positivamente… Foi desafiador”, afirmou Salvini.
A especial teve 140 quilômetros; composto por trechos sinuosos, com várias lombadas (característica da região), curvas negativas, com cercas e árvores bem próximas da trilha, o que pedia atenção redobrada dos competidores.
E, mais uma vez, a equipe fez um bom trabalho e venceu o 8º Rally Barretos. De acordo com Bisi, esse rali é tradicional no Campeonato Brasileiro e, um dos poucos que preserva pelo espírito do cross country. “Na largada estávamos com uma grande expectativa: o trecho era sinuoso e quase não tirei o olha da planilha. Só assim para evitar erros”, declarou empolgado. Devido um grave acidente no final da disputa, a programação de domingo foi cancelada.
Líder do Brasileiro 2014, a Mobil Delvac Salvini Racing foca agora em seu próximo desafio: o 22º Rally dos Sertões, que acontece de 23 a 30 de agosto, com largada de Goiânia, GO, e chegada em Belo Horizonte, MG.
*Para obter mais informações sobre a Mobil Delvac Salvini Racing, acesse o site www.salviniracing.com.br
A equipe Mobil Delvac Salvini Racing é patrocinada pela Mobil e Mercedes-Benz

Crédito das Fotos: Fábio Davini/DFOTOS e Márcio Machado/DFOTOS

Fonte:
Liberdade de Ideias
Isis Moretti

www.liberdadedeideias.com.br

Comente aqui


Dia de dobradinhas na quinta etapa da Mitsubishi Lancer Cup

Elias Jr. vence as duas provas do dia e mantém briga pelo título em aberto para a última e decisiva etapa; na categoria Premium, Carlos Falletti foi o primeiro em ambas as provas e se mantém na liderança
Mogi Guaçu, 07 de setembro de 2013 – Com o campeonato chegando a sua reta final, a quinta etapa da Mitsubishi Lancer Cup, que aconteceu neste sábado no autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu, foi marcado por duas dobradinhas, a de Elias Jr. e Carlos Faletti e uma disputa incrível na pista, que fizeram o público vibrar a cada curva.

O dia não poderia começar melhor para Elias Jr. Com o resultado, o piloto carioca tira oito pontos do Bruno Mesquita, e agora está a apenas sete pontos na pontuação geral. Na primeira bateria, ele liderou de ponta a ponta, e não deu muitas chances para Bruno Mesquita, que largou e completou a prova em segundo. “Elias é um piloto muito experiente. Quando sai na frente é muito difícil alcançá-lo”, diz Bruno.

Outro destaque da primeira corrida foi o pega entre Michelle de Jesus e Sérgio Alves pelo terceiro lugar. A paulista perdeu uma posição na largada, mas conseguiu se recuperar e subiu ao pódio em terceiro, sua melhor classificação até aqui. “Foi o resultado de um trabalho que fazemos desde o começo do campeonato. Agora é se esforçar para alcançar essa posição com regularidade”, diz a piloto, que é a única mulher no grid.

Na segunda prova, que é realizada com o grid invertido até o oitavo colocado, Elias Jr. conseguiu ultrapassar seis adversários logo na primeira curva. Sem tirar o pé do acelerador, estava à frente do pelotão já no fim da primeira volta. Após um começo perfeito, o piloto manteve a liderança sem ser incomodado pelo segundo colocado, Sérgio Alves. Bruno Mesquita não conseguiu ultrapassá-lo e terminou na terceira colocação, após largar em sétimo.

Com esses resultados, a decisão da Lancer Cup fica para a sexta e última etapa, marcada para o dia 5 de outubro no Autódromo Velo Città. Bruno segue para a última etapa na liderança do campeonato, com 204 pontos, e Elias Jr. vem logo atrás, com 197. Se repetir os resultados de hoje, Elias Jr. se consagrará campeão. “Consegui me aproximar de Bruno na pontuação geral. Mesmo assim, a tática é focar em vencer cada prova. Não posso pensar em minha posição no campeonato”, explica Elias que terá uma difícil missão. “Agora preciso me esforçar para chegar, pelo menos, em segundo nas provas restantes. Com isso, somarei pontos suficientes para ser campeão”, confia Bruno.

Categoria Premium
Carlos Faletti mostrou todo o seu talento em ambas as provas, conseguindo somar duas vitórias na categoria Premium, reservada a pilotos com mais de 45 anos. “Tive um dia muito bom, consegui me acertar bem com o carro. Nessa altura do campeonato, cada ponto faz muita diferença”, diz.

Outro piloto que voltou para feliz para casa é Luis Fontoura que, em sua estreia em competições, conseguiu um terceiro lugar na categoria Premium. Resultado que, para ele, tem uma boa explicação. “Participei do Mitsubishi Racing School, o que foi essencial para meu aprimoramento como piloto. Ter nomes como Ingo Hoffmann e Duda Pamplona como professores é uma experiência única”, explica Luis.

Lancer Evo Day
O dia foi especial também para os proprietários do modelo Lancer Evolution que participaram do Lancer Evo Day, evento exclusivo que permite aos participantes usar a pista do Velo Città para desfrutar de todas as qualidades de seus veículos.

“Participei de todos os Evo Day organizados até hoje. Não há lugar mais apropriado para aproveitar todas as qualidades do Lancer Evolution. O traçado do Velo Città é bastante técnico e desafiador, o que torna tudo mais divertido”, garante o consultor William Brazão Fadul. “Além disso, a estrutura que a Mitsubishi Motors oferece é única. Trago sempre minha mulher e meus filhos para aproveitar o dia”, explica.

A sexta etapa da Mitsubishi Lancer Cup e do Lancer Evo Day será realizada no dia 5 de outubro, no autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu (SP).

A Mitsubishi Lancer Cup tem patrocínio de Castrol, Pirelli, BTG Pactual e Armura. Mais informações no site www.mitsubishimotors.com.br, no Facebook Mundo Mit (www.facebook.com/Mundomit) e no Facebook do Autódromo Velo Città (www.facebook.com/AutodromoVeloCitta).

Resultado – 1ª prova
1) Elias Jr
2) Bruno Mesquita
3) Michelle de Jesus
4) Sergio Alves
5) Sergio Maggi

Resultados categoria Premium – 1ª prova
1) Carlos Falletti
2) Renato Favatti
3) Luis Fontoura

Resultado – 2ª prova
1) Elias Jr
2) Sergio Alves
3) Bruno Mesquita
4) Sergio Maggi
5) Fabio Viscardi

Resultados categoria Premium – 2ª prova
1) Carlos Falletti
2) Sidney Campos
3) Paulo Pomeli

Classificação Geral da Mitsubishi Lancer Cup
1) Bruno Mesquita – 204 pontos
2) Elias Jr – 197 pontos
3) Sergio Alves – 150 pontos
4) Sergio Maggi – 116 pontos
5) Sylvio – 111 pontos

Clique aqui e veja os resultados completos.

Crédito das Fotos: Ricardo Leizer / Mitsubishi

Fonte:

Assessoria de Imprensa

Carolina Vasconcellos
Thiago Padovanni

Fernando Menezes
Fernando Solano – Gerente de Comunicação

Comente aqui


Dia de muitas pedras no caminho


Com a classificação de ontem, a Niterói Rally Team largou na frente pela categoria Carros – PT2 e conquistou a 6ª posição do dia
26 de julho de 2013 – A cidade de Pirenópolis, GO, foi o destino da 2ª etapa do Rally dos Sertões, que partiu de Goiânia, GO, na manhã desta sexta-feira. O roteiro de 249 quilômetros – com 84 quilômetros de trecho cronometrado – deu indícios do que virá pela frente: pedras, muitas pedras. No total, serão dez dias de competição e 4.155 quilômetros. O grid desta 21ª edição está em 118 veículos – motos, quadriciclos, UTVs, carros e caminhões.

Embora curto, o percurso desta etapa foi bem trabalhoso e exigiu concentração e habilidade dos competidores, que precisam cuidar do veículo. De acordo com os irmãos Rodrigo e Ronald Leis, da Niterói Rally Team, havia muitas pedras ao longo do caminho que judiaram bastante da suspensão da Mitsubishi TR4 ER da dupla. “Eram muitas pedras, buracos… Um piso bem acidentado, com erosões”, disse o piloto. “Além das curvas, que não nos deixou imprimir alta velocidade, ou seja, o trajeto estava bem travado”, completou.

A equipe é estreante no Rally dos Sertões e disputa o título da categoria Carros – PT2. Depois da vitória no prólogo, realizado ontem, a Niterói Rally Team fechou a 2ª etapa na 6ª posição, no tempo de 01h41min26s. “Mais uma etapa concluída, e estamos satisfeitos com o nosso desempenho”, afirmou o navegador, que falou mais sobre o percurso de hoje: “com certeza foi difícil para o veículo. Os degraus com as pedras judiaram bastante da máquina, mas mantivemos a concentração e o foco, e nosso 4×4 teve uma ótima performance”.

Amanhã, 27, o destino é a cidade de Uruaçu, GO, ainda no estado goiano. Serão 414 quilômetros – com 287 quilômetros de especial -, nos quais os off-roaders terão que mostrar suas técnicas e habilidades entre canaviais e com o visual da serra e cristas. O início será bem travado em estradas de fazendas. “Seguimos o planejamento traçado para a etapa de hoje, que previa preservar o equipamento em função do tipo de piso e o resultado alcançado foi dentro daquilo que esperávamos. A partir de amanhã teremos terreno mais adequados ao nosso veículo, o que nos permitirá estabelecer um ritmo mais forte”, afirmou Ronald.

Roteiro – 21º Rally dos Sertões

27 de julho – Etapa 3 – Pirenópolis a Uruaçu, GO
28 de julho – Etapa 4 – Uruaçu a Porangatu, GO
29 de julho – Etapa 5 – Porangatu, GO, a Natividade, TO
30 de julho – Etapa 6 – Natividade a Palmas, TO
31 de julho – Etapa 7 – Palmas a Palmas, TO
01 de agosto – Etapa 8 – Palmas, TO, a Minaçu, GO
02 de agosto – Etapa 9 – Minaçu a Goianésia, GO
03 de agosto – Etapa 10 – Goianésia a Goiânia, GO – Premiação na chegada

A Niterói Rally Team tem patrocínio de Cerveja Itaipava e TNT Energy Drink

Crédito das Fotos: Fábio Davini/DFOTOS

Fonte:
Liberdade de Ideias

 
Isis Moretti
www.liberdadedeideias.com.br
Comente aqui


No dia do embarque para os EUA, piloto Honda Felipe Zanol é atração no Red Bull Cross Choice

01/12/2012
Legenda: Felipe Zanol, piloto Honda Mobil no Red Bull Cross Choice 2012
Crédito: Gaspar Nóbrega/VIPCOMM


Mineiro participa de evento neste sábado (1º) ao lado de grandes nomes nacionais e estrangeiros; Equipe Honda Mobil de Motocross também estará na prova que definirá o piloto mais completo de off-road

São Paulo (SP) – O atual campeão do Rally dos Sertões, Felipe Zanol, é atração na primeira edição do Red Bull Cross Choice, que acontece neste sábado (1º), em Itu (SP). Ao lado de feras das modalidades off-road, como o heptacampeão mundial de Moto Trial, Adam Raga (ESP), o sul-africano Brian Capper e o guatemalteco Diego Orodoñes, o mineiro encara a prova, que definirá o piloto mais completo. Sem tempo para descanso, à noite o piloto Honda viaja para os EUA, onde finalizará a preparação para o Rally Dakar 2013.
“Foi uma ideia excelente a criação desta prova. Os melhores de cada modalidade estarão em Itu e será uma disputa acirrada. O vencedor terá que ser completo, pois a pista terá um grau elevado de dificuldade. Claro que todos querem ganhar, mas será uma confraternização. Vou encontrar amigos, conhecer novos pilotos e trocar experiência”, comenta Zanol, que está no cartaz oficial de divulgação do evento.
Nos EUA, Zanol ficará na cidade de Barstow, na Califórnia, e fará os últimos testes com a Honda CRF 450 Rally para o Rally Dakar 2013, prova que acontece entre os dias 5 e 20 de janeiro na América do Sul. “A equipe estará completa e será a última oportunidade de acertar a moto. Serão dez dias extremamente úteis e importantes. A CRF 450 Rally passou por uma evolução e agora vamos testá-la”, complementa o piloto, que terá companhia completa da Team HRC nos EUA.
A prova colocará frente a frente competidores de diversas modalidades que disputarão em um circuito diferente de mil metros, com obstáculos artificiais e de enduro, rali, motocross, trial e freestyle. Ao todo, o evento distribuirá R$ 20 mil em prêmios. Serão 32 participantes, mas apenas 12 se classificarão para bateria final. Cada participante terá que escolher durante a corrida uma das quatro opções de caminho, que exigirão habilidades distintas, como velocidade e técnica, além de sorte.
Além de Zanol, o Red Bull Cross Choice contará com a presença da Equipe Honda Mobil de Motocross, representada pelos pilotos Leandro Silva, Wellington Garcia, Hector Assunção e Thales Vilardi. Na expectativa para corrida, Leandro espera trocar informações com competidores de outras modalidades. “Será a primeira vez que participo de uma prova neste estilo. Confesso que vou corrê-la com o intuito de aprender com cada um dos pilotos presentes e me divertir, pois o principal objetivo é o Arena Cross”, afirma o piloto, que no próximo dia 7 compete a última etapa do Arena Cross em Goiânia (GO).

Fonte:

VipComm Agência de Comunicação

Comente aqui


Domingo é dia de maratona internacional em Foz do Iguaçu


A sexta edição da Maratona Internacional de Foz do Iguaçu Sesc PR se renova, apresenta um percurso ainda mais belo e traz a maratona de revezamento em dupla como opção aos atletas de corrida

A Maratona Internacional de Foz do Iguaçu Sesc PR, uma iniciativa do Sesc PR, integrante do Sistema Fecomércio Sesc Senac PR, será realizada neste domingo (30), em parceria com a Itaipu Binacional, Parque Nacional do Iguaçu e Prefeitura. A prova tem o apoio do Sindicato Patronal do Comércio Varejista de Foz do Iguaçu, da Câmara da Mulher Empreendedora e Gestora de Negócios de Foz do Iguaçu (CMEG) e patrocínio da Caixa Econômica Federal.
A prova não tem a intenção de ser reconhecida apenas como uma competição, pois além de coroar o trabalho físico, técnico e tático dos corredores, pretende favorecer o intercâmbio social e cultural entre os participantes, a evolução profissional constante dos funcionários do Sesc e instituições parceiras e ainda fomentar o comércio e o turismo local, bem como valorizar os atletas vinculados ao comércio (empresários, comerciários, dependentes e sindicatos do comércio). De acordo com os organizadores, 1641 atletas participarão de todas as provas, neste domingo.
A maratona é dividida nas categorias Cadeirante, Atleta com Deficiência (AcD), Elite Feminina e Masculina, Comerciários e faixa etária masculina e feminina. Segundo o regulamento da maratona, todos os atletas deverão completar a prova no tempo máximo de seis horas, podendo assim desfrutar de toda a segurança, infraestrutura e atendimento médico. Os atletas terão à sua disposição, guarda-volumes, banheiros químicos, frutas, isotônicos, ônibus de resgate, água, além de placas de sinalização, policiamento, ambulâncias e atendimento médico na chegada da prova.
Outra novidade é a maratona de revezamento em dupla, com vagas limitadas para 400 atletas, que farão a troca de corredores no km 21, em frente ao Hotel Mabu, na Rodovia das Cataratas. “Este é um incentivo aos atletas e uma forma de acolher aqueles que ainda não se sentem preparados a encarar a Maratona, mas querem fazer parte deste evento e participar de uma corrida inesquecível nas belezas de Foz do Iguaçu”, enfatiza o Gerente de Esportes e Lazer do Sesc PR, Otton Bernardelli.
Na entrada do parque também ocorrerá a largada da corrida dos 11,5km. Assim, a Maratona Internacional de Foz do Iguaçu Sesc PR se notabiliza por oferecer distâncias alternativas. O objetivo, segundo Bernardelli, é incentivar e possibilitar a formação de novos maratonistas sem comprometer a andamento e estrutura da prova individual, que por atender a todos os requisitos da CBAt tem seu lugar garantido  no calendário oficial há seis anos.
O que não mudou foram os conceitos da prova, que continua sendo ambientalmente responsável e a mais acolhedora do país. Neste ano, no sábado (29 de setembro) que antecede à competição, será realizado o plantio simbólico de uma árvore, no parque, pelo atleta e padrinho da prova, Vanderlei Cordeiro de Lima. Posteriormente, haverá a doação e plantio de 2.200 mudas. Além disso, em todo o trajeto da prova é feita uma varredura e todo o lixo produzido é recolhido, separado e destinado a uma associação de reciclagem.
Preocupada com o bem-estar dos atletas desde a primeira edição, equipes fazem a recepção dos corredores na rodoviária e no aeroporto de Foz do Iguaçu e o traslado até os principais hotéis da cidade. Para realizar a Maratona Internacional de Foz do Iguaçu Sesc PR o atleta precisa apresentar de atestado médico, com isso, tanto corredores e comissão organizadora estão certificados da aptidão para a prática esportiva.
Os resultados, fotos e informações sobre as provas estarão disponíveis no site www.sescpr.com.br/maratonafoz.

Ruas Interditadas
No domingo (30 de setembro), durante a realização da prova, algumas ruas de Foz do Iguaçu serão interditas para a segurança dos atletas:
– Avenida Tancredo Neves: Parcialmente interditada – sentido Itaipu/Centro.
– Avenida Juscelino kubitschek: Parcialmente interditada – sentido Centro.
– Avenida República Argentina: Parcialmente interditada – sentido JK/Centro. Totalmente interditada – sentido Avenida Paraná, entre JK e Avenida Brasil.
– Avenida Brasil: Parcialmente interditada. Lado esquerdo interditado para Atletas.
– Avenida Jorge Schimmelpfeng: Totalmente interditada, sendo o trânsito desviado para a paralela, Rua Belarmino de Mendonça.
– BR-469 (Avenida das Cataratas): Parcialmente interditada, sendo que o tráfego funcionará como barreira, um lado da pista liberado cada vez.
ATENÇÃO!!!!

Aeroporto: Como o trânsito funcionará em sistema de barreira com um lado da via liberado de cada vez, o trânsito ficará mais lento, sugerindo desta forma que os passageiros e trabalhadores do entorno antecipem-se aos seus horários, pois não há rota alternativa.
Fonte:
Assessoria de Imprensa

Silvia Bocchese de Lima
Karen Bortolini
Sistema Fecomércio Sesc Senac PR  |  Núcleo de Comunicação Social e Marketing

 

Comente aqui