mercado brasileiro



JAC T80 É CONFIRMADO PARA O MERCADO BRASILEIRO. ESTREIA SERÁ EM NOVEMBRO

 

  •     Chamado de S7 no mercado chinês, o JAC T80 é o grande destaque do Auto China 2018 (Salão Internacional de Pequim), que abre as portas ao público na próxima sexta 27
  •     Testes de durabilidade já estão sendo realizados no Brasil por quatro unidades do modelo
  •     O JAC T80 irá se somar à família de SUV´s mais completa do mercado nacional, atualmente composta de três modelos: T40, T5 e T6

Lançar um SUV de porte grande no mercado brasileiro que ofereça as medidas mais generosas da categoria e defina um novo patamar de referência tecnológica neste disputado segmento foram as premissas que nortearam a decisão de importação do JAC T80 para o Brasil. A confirmação veio hoje, por intermédio do presidente do Grupo SHC e da JAC Motors Brasil, Sergio Habib, durante entrevista coletiva no Auto China 2018, o Salão do Automóvel de Pequim, na China.

Chamado de S7 no mercado chinês, onde foi lançado em 2017, o modelo tem como compromisso acomodar confortavelmente sete ocupantes, o que, como se sabe, é uma tarefa difícil para SUV´s. Com uma carroceria de 4,79 metros de comprimento por 1,90 m de largura, e entre-eixos de 2,75 m, o T80 cumprirá essa missão. Ele será o maior e mais espaçoso SUV de sua classe.

Na esteira do JAC T40, que criou um novo capítulo na produção de utilitários-esportivos da marca chinesa, o T80 será equipado com motor 2.0 16V turboalimentado, capaz de gerar algo ao redor de 200 cv e mais de 30 kgfm de torque. “Estamos refazendo todo o mapa desse propulsor para adaptá-lo à gasolina brasileira”, explica Habib. O câmbio será automático de 6 velocidades com dupla embreagem.

“Estamos propondo uma agenda intensa de lançamentos de SUV´s da JAC Motors no Brasil. Além do T40 CVT, que chegou há poucos dias no mercado, vamos apresentar o T50, de porte maior, nos próximos meses. Depois dele será a vez do T80, que chegará em novembro”, comenta Habib.

“Vamos dobrar as vendas em 2018”

O JAC T40 continua sendo o astro principal nessa retomada de vendas da marca no país. Está nas primeiras posições na lista dos importados mais vendidos do país, com 718 unidades emplacadas entre janeiro e março deste ano. Com a chegada do T40 CVT, a JAC Motors deverá elevar-se ao patamar de 700/800 unidades vendidas por mês. “Nossa meta é duplicar as vendas neste ano, atingindo 8 mil unidades”.

Fonte:

Grupo SHC / JAC Motors Brasil

Eduardo Pincigher

Comente aqui


MERCADO BRASILEIRO DE AUTOMÓVEIS AUMENTA 13,6% EM NOVEMBRO E JAC MOTORS DUPLICA SUAS VENDAS

INSCREVA-SE NO MEU CANAL NO YOUTUBE

CAMINHAR E PENSAR É SÓ COMEÇAR

https://www.youtube.com/c/Caminharepensarésócomeçar

 

 

O mercado brasileiro de automóveis consolida sua recuperação nas vendas com crescimento de dois dígitos. Em novembro, o total de emplacamentos foi de 197.247 unidades de automóveis e comerciais leves, registrando aumento de 13,6% quando comparado às vendas do mesmo mês em 2016, com 173.561 veículos.

 

Considerando que outubro de 2017 anotou 196.394 unidades, tivemos um ligeiro aumento em novembro de 0,4% em relação ao mês anterior. Mas é preciso ressaltar que outubro teve 21 dias úteis contra 19 em novembro, uma vez que boa parte do país celebrou o feriado da Consciência Negra.

 

Se compararmos as vendas por dia útil, portanto, tivemos 8.678 unidades em novembro de 2016 contra 10.381 unidades no mês passado, o que indica o sólido crescimento de 19,6%. Contra outubro de 2017, as vendas por dia útil saltaram 11%.

 

Já no acumulado de 2017, as vendas somam 1.965.443 unidades, o que gera crescimento cravado de 10% quando observado o volume dos primeiros onze meses de 2016 (1.786.668 unidades).

 

“Vencer a barreira das 10,3 mil unidades vendidas por dia útil é algo que não obtínhamos desde abril de 2015. Tanto que, conforme previmos meses atrás, fecharíamos o ano com um crescimento acima de 10%. Agora é só esperar dezembro pra confirmar o percentual exato”, esclarece Sergio Habib, presidente da JAC Motors Brasil. “Se projetarmos essa média de 10,4 mil unidades para um ano cheio, no entanto, nosso mercado estaria subindo para 2,58 milhões de unidades”, exemplifica.

 

JAC DUPLICA AS VENDAS

 

Figurando entre as três marcas que registraram os maiores percentuais de crescimento, a JAC Motors confirma, em novembro, a escalada observada em todo o ano de 2017. No último mês, a marca anotou alta de 133,3% quando consideradas as vendas de novembro de 2016 – 357 unidades contra 153 unidades, respectivamente.

 

“Como o T40 já representa acima de 60% do nosso mix de vendas, eu estimo que em dezembro tenhamos volumes melhores, pois iremos entregar alguns lotes de unidades vendidas nos meses anteriores e que os clientes ainda aguardavam. Estamos caminhando para fechar o ano com mais de 4 mil JAC Motors emplacados em 2017”, explica Habib.

 

No acumulado do ano, a marca anotou alta de 43,5% – versus 10% do mercado. Com esse percentual, a JAC Motors assegura a invejável terceira colocação dentre os percentuais de crescimento de todas as marcas do país.

 

 

JAC Motors Brasil

Eduardo Pincigher

1 Comentário


FORD APRESENTA PELA PRIMEIRA VEZ O MUSTANG GT PREMIUM PARA O MERCADO BRASILEIRO E ANUNCIA O INÍCIO DA SUA PRÉ-VENDA

INSCREVA-SE NO MEU CANAL NO YOUTUBE

CAMINHAR E PENSAR É SÓ COMEÇAR

https://www.youtube.com/c/Caminharepensarésócomeçar

 


A Ford realizou uma grande apresentação para anunciar a chegada do Mustang no Brasil, na versão GT Premium com o motor V8 5.0. Com 466 cv, este é o modelo mais poderoso da linha do esportivo mais emblemático do mundo. Lançado praticamente junto com os Estados Unidos, trazendo novo design e repleto de tecnologia e conectividade, o Ford Mustang 2018 terá o início de vendas antecipadas a partir de 11 de dezembro em um site exclusivo com diversas informações sobre o produto.

No evento de hoje com a presença da imprensa e convidados no Jockey Club de São Paulo, o presidente da Ford América do Sul, Lyle Watters, ressaltou a importância deste lançamento para a Ford no Brasil.

“A Ford tem uma habilidade única de combinar a grandeza da sua história com foco no futuro e o Mustang é um carro que resume tudo isso. Este é o momento certo de trazer ao Brasil tudo o que o Mustang oferece”, disse. “O Mustang ocupa um lugar especial no coração da Ford: ele simboliza a nossa paixão pela liberdade, nossa paixão pela aventura e nossa paixão pela inovação.”

O Mustang 2018 é considerado pela imprensa internacional como o melhor de todos os tempos. O esportivo teve uma grande renovação no design, que valoriza a essência da sua personalidade, com interior inteiramente atualizado e um surpreendente painel digital totalmente configurável e esportivo.

A linha está sendo lançada nos Estados Unidos, Europa e China. O Mustang ganha as ruas brasileiras no primeiro trimeste do próximo ano, trazendo a versão mais imponente da série.

“O Mustang tem potência que desperta grandes emoções e também representa o que a Ford tem de mais avançado em tecnologia. Ele combina desempenho e tecnologias de assistência com alto padrão de segurança. É fruto do trabalho dedicado e da paixão de todo o time da Ford por automóveis”, afirmou Rogelio Golfarb, vice-presidente de Assuntos Governamentais, Comunicação e Estratégia da Ford América do Sul.

Conheça o Mustang GT Premium V8 5.0

O Mustang GT Premium é um ícone da linha global do esportivo voltado à performance. Ele é equipado com o poderoso propulsor V8 5.0 de 466 cv e transmissão sequencial de 10 velocidades com acionamento por borboletas no volante. Além do desempenho e ronco marcante dessa versão V8, que desperta paixão nos entusiastas do mundo inteiro, o Mustang 2018 traz um design ainda mais arrojado e imponente.

Entre outros itens, o Mustang conta com saídas exclusivas de ar no capô, conjunto óptico único e exclusivo em LED, com as lendárias luzes de assinatura de três barras na dianteira e na traseira, rodas esportivas de 19 polegadas com acabamento preto brilhante, aerofólio traseiro e um recurso exclusivo: luzes de cortesia nos retrovisores que projetam a imagem do ícone no chão. Outras informações sobre o veículo serão divulgadas mais próximo do lançamento.

A pré-venda do Mustang será feita por um site exclusivo, onde os interessados poderão se inscrever para ser os primeiros proprietários do lote inicial, em unidades limitadas. A partir da opção de pré-reserva do Mustang, o cliente terá um atendimento exclusivo por meio de um serviço de concierge, que vai orientá-lo sobre as condições comerciais e detalhes técnicos do produto. O lote inicial limitado contará ainda com um presente especial e exclusivo, preparado para os apaixonados por este ícone.

As primeiras unidades do veículo devem ser entregues aos proprietários no final do primeiro trimestre de 2018.

Lançamento aguardado

A primeira apresentação do Mustang no Brasil foi realizada num evento digno do legado e da tradição do esportivo, com a presença da imprensa de todos os segmentos, mídias sociais, empresários e celebridades.

O veículo foi exibido na pista principal do Jockey Club, em meio a uma tropa de cavalos puro-sangue, simbolizando a origem do seu nome emprestado da raça nativa do Oeste americano. Vários Mustangs desfilaram no hipódromo, com destaque para um modelo vermelho dirigido pelo ator Rodrigo Lombardi. Um dublê simulou a sua chegada, lançado em rapel de um helicóptero.

O ator comandou a parte social da festa de lançamento para cerca de 300 convidados. Fã de automóveis, o astro destacou a experiência de dirigir o Mustang pela primeira vez em solo brasileiro. “Foi uma sensação incrível”, resumiu Lombardi.

O Mustang é lendário. Símbolo de liberdade, foi imortalizado no cinema e na televisão em mais de 3.800 produções, protagonizando cenas memoráveis ao lado de grandes astros. Agora, assume esse protagonismo também no mercado brasileiro.

 

(29/11/2017)

 

Imprensa Ford

Comente aqui


Cox Automotive anuncia expansão no mercado brasileiro

Cox Automotive logo (PRNewsFoto/Cox Automotive)

Cox Automotive logo (PRNewsFoto/Cox Automotive)

 

SAO PAULO, Abril 13, 2016 – /PRNewswire/ — Cox Automotive, líder mundial em recolocação de veículos e desenvolvimento de soluções digitais no segmento automotivo, está se preparando para ampliar ainda mais sua presença global por meio da participação majoritária na empresa brasileira líder em avaliação de veículos no país, a Molicar.

Com sede em São Paulo, a Molicar é amplamente reconhecida nacionalmente como a empresa que definine o padrão de avaliação de veículos da indústria automotiva brasileira e, como tal, representa um excelente ajuste estratégico para Cox Automotive, que já detém a marca KBB (Kelley Blue Book) icónica nos Estados Unidos, e ainda a marca Jingzhen Gu na China.

John Bailey, Presidente da Cox Automotive para assuntos internacionais comenta que “a chegada da Molicar para complementar as já estabelecidas marcas KBB e Jingzhen Gu significa que a Cox Automotive passa a marcar expressiva presença dentro dos três principais mercados globais”.

“A empresa Molicar, que atualmente facilita cerca de 13 milhões de avaliações de veículos por ano, é amplamente reconhecida como o padrão da indústria para as avaliações de veículos no Brasil. Seu catálogo do veículo contém 22.000 modelos diferentes e os preços são atualizados semanalmente em 12 regiões diferentes do país”.

“O negócio criou uma reputação muito forte em seu mercado de atuação e estou confiante de que Molicar vai continuar crescendo fortemente com o apoio da Cox Automotive”. Esta parceria representa um desenvolvimento muito expressivo, que aumenta ainda mais a gama de produtos e serviços que Cox Automotive é capaz de oferecer aos clientes em todo o mundo.

“O acordo estabelecido com a empresa Molicar também irá consolidar a nossa presença no que é hoje o segundo maior mercado de veículos usados do mundo, que é o Brasil, onde já operamos com uma empresa de recolocação de veículos muito bem sucedida, após a nossa aquisição da companhia Carbizz em 2014.

“Vindo logo após a compra de uma instituição autraliana especializada em soluções de softwares automotivos, no início deste ano, a aquisição da Molicar realmente serve para reforçar o nosso compromisso com o desenvolvimento de nossas operações fora da América do Norte, para transformar a maneira como o mundo compra, vende e adquire veículos.”

Sobre Cox Automotive
C
ox Automotive , Inc. está transformando a forma como o mundo compra, vende e adquire veículos, por meio de soluções digitais líderes na indústria automotiva, além de softwares, soluções financeiras, e-commerce para consumidores, distribuidores, fabricantes e todo o ecossistema automotivo global. Empenhada em ampliar escolhas e dedicada em suas fortes parcerias, a família Cox Automotive inclui em seu comglomerado as empresas Manheim®, Autotrader®, Kelley Blue Book®, Dealertrack®, vAuto®, Xtime®, NextGear Capital® e uma série de outras marcas de alta expressão em seus mercados. A empresa global tem cerca de 30.000 membros na equipe, em mais de 200 localidades em todo o mundo.

Cox Automotive é uma subsidiária da Cox Enterprises Inc., uma companhia com sede em Atlanta cujas receitas ultrapassam US$ 17 bilhões, e com aproximadamente 55.000 funcionários em varios países. A Cox Enterprises é formada por outras grandes subsidiárias: Cox Communications e Cox Media Group. Para mais informações sobre Cox Automotive, visite www.coxautoinc.com.

FONTE: Cox Automotive

 

Comente aqui


Honda lança CG 160 Start no mercado brasileiro

Modelo evolui, ganha motor de 162,7 cm³ e novos detalhes visuais para atender consumidores que buscam por mais desempenho e baixo custo

Uma motocicleta com melhor performance, econômica e resistente para quem busca uma opção acessível e versátil não só para o uso urbano mas também para trajetos de maiores distâncias. Assim pode ser definida a nova Honda CG 160 Start 2016, que chega às concessionárias da marca a partir de abril. Com motorização de 162,7cm³, o modelo traz ainda novo grafismo e tampa do tanque de combustível do tipo esportivo.

Mais desempenho e economia
A CG 160 Start 2016 incorporou o já confiável motor monocilíndrico OHC (Over Head Camshaft), a gasolina, quatro tempos, arrefecido a ar e com comando de válvulas no cabeçote. Sem alteração de peso, teve potência aumentada de 14,2 cv a 8.500rpm para 14,9 cv a 8.000rpm e o torque passou de 1,32 kgf.m a 6.500rpm para 1,40 kgf.m a 6.000rpm.

Com a nova configuração o motor atinge a máxima performance em menores faixas de rotação, o que confere melhores marcas de consumo além de melhores repostas em retomada e aceleração. Todo o conjunto já atende à segunda fase do PROMOT 4 (Programa de Controle da Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares), em vigor desde janeiro.

Pilotagem facilitada
A CG 160 Start conta ainda com chassi de aço do tipo Diamond, pneus 80/100-18 (dianteiro) e 90/90-18 (traseiro). Na frente, a suspensão utiliza garfo telescópico de 135 mm e sistema de duplo amortecimento e mola na traseira com 106 mm, que proporciona uma pilotagem tranquila mesmo em vias em desnível ou piso irregular.

Produzida em Manaus (AM), a nova CG 160 Start chega em versão única nas cores vermelha e preta em toda rede de concessionárias da marca a partir de abril. O preço público sugerido é de R$ 7.390,00, base estado de São Paulo, sem despesas de frete e seguro. A garantia é de três anos, sem limite de quilometragem, com óleo grátis em sete revisões.

Sobre o grupo Honda no Brasil – Presente no País desde 1971, quando começou a importar, e em seguida a produzir motocicletas em Manaus (AM), a Moto Honda da Amazônia Ltda. é atualmente a maior fabricante de motos do Brasil, com mais de 20 milhões de unidades produzidas. Desde 2001, a empresa produz, também em Manaus, modelos de motores estacionários, além de comercializar geradores, motobombas, roçadeiras, cortadores de grama e motores de popa importados de outras unidades da marca no mundo. Um ano depois iniciou a fabricação de quadriciclos na unidade. Em 1992, com a criação da Honda Automóveis do Brasil Ltda., a empresa entrou no competitivo mercado automobilístico brasileiro por meio de importações e, a partir de 1997, com a produção nacional de automóveis no município de Sumaré (SP). Em 2013, anunciou sua segunda planta de automóveis, em Itirapina, interior de São Paulo, com inauguração prevista para o primeiro semestre de 2016. Em uma iniciativa inédita no segmento automotivo no País, a empresa iniciou, no mesmo ano, a construção do seu primeiro parque eólico na cidade de Xangri-Lá, no Rio Grande do Sul, inaugurado em novembro de 2014. Para administrar as operações do parque, que supre toda a demanda de energia elétrica da fábrica de Sumaré, foi criada a Honda Energy do Brasil.No País, também faz parte do grupo a Honda Serviços Financeiros, que reúne o Consórcio Nacional Honda, a corretora Seguros Honda, a Leasing Honda e o Banco Honda. Presentes na rede autorizada de todo o Brasil, o serviços oferecidos facilitam o acesso dos clientes aos produtos da marca. Em 2015 a Honda Aircraft Company, subsidiária da Honda Motor Co. anunciou a expansão das vendas do HondaJet, o jato executivo mais avançado do mundo, para a América do Sul, sendo o Brasil o representante regional.

Fonte: Linkpress Comunicação Integrada
www.linkpress.com.br
Ricardo Ghigonetto

Comente aqui


JAC T5 ESTREIA NO MERCADO BRASILEIRO

  • As primeiras unidades começarão a ser vendidas em março
  • Cinco meses depois, em agosto, será vez do T5 com transmissão automática. A caixa de câmbio será tipo CVT (continuamente variável)
  • Posicionado abaixo do T6, o novo SUV da JAC Motors com câmbio manual vai custar entre R$ 59,9 mil e R$ 68,9 mil
  • Exibido pela primeira vez no Salão Internacional do Automóvel, em São Paulo, em 2014, o T5 prima por design e custo/benefício
  • Kit multimídia com mirror link e tela de 8 polegadas é exclusividade do novo SUV da marca no mercado nacional
  • Com motor 1.5 16V VVT Jet Flex, que lhe garante o selo de eficiência “A” do Inmetro, o JAC T5 vai se tornar a nova referência do segmento de entrada de SUV´s  do Brasil

Depois de sua primeira aparição no Brasil, durante o Salão Internacional do Automóvel, em São Paulo, no final de 2014 e ter rodado cerca de 1 milhão de km em território brasileiro para os devidos testes de durabilidade, o JAC T5 está pronto para começar a ser vendido no mercado brasileiro. Comercializado em versão única de motorização (1.5 16V VVT JetFlex), ele estreia com câmbio manual de 6 marchas – a JAC apresentará a versão automática (caixa CVT) em agosto.

De acordo com o pacote de equipamentos de série, mais os “Pack´s” de opcionais, o SUV chinês tem tudo para se tornar uma nova referência em nosso mercado. Mesmo se for escolhido com o Pack 3, isto é, totalmente completo, ele é ainda mais acessível que seus dois principais adversários.

A proposta de introduzir uma imbatível relação custo/benefício não é exatamente inédita para a JAC Motors, mas parece ganhar contornos efetivamente de destaque neste novo SUV. Completo, bonito, bem equipado e extremamente recheado de equipamentos – alguns deles até indisponíveis como opcionais nos rivais –, o JAC T5 oferecerá ao comprador do “SUV de entrada” a experiência só vivida até então por consumidores de modelos de patamares bem mais elevados de preço. Um ótimo exemplo disso é o kit multimídia, feito pela Foxconn, com mirror link e tela de 8 polegadas. Nenhum outro carro deste segmento possui uma tela tão grande e recursos que aprimoram tanto a experiência da conectividade ao usuário.

O kit multimídia é o grande destaque do T5. Trata-se do item que mais irá se destacar aos olhos do consumidor. Mas isso não é tudo. Itens como ESP, assistente de partida em rampas, luzes diurnas de LED e uma extensa lista de equipamentos fazem do nosso SUV um opção extremamente atraente ao cliente dessa faixa de preços”, explica Sergio Habib, presidente da JAC Motors.

Design marcante

Segundo SUV da marca no mercado nacional, o T5 exibe um design atual e agressivo, que certamente se distinguirá no segmento ao qual vai disputar, mesclando belas linhas da carroceria à combinação de spoiler preto na parte inferior dos para-choques, incluindo frisos cromados na parte de cima.

Na frente, a grade em formato de trapézio é caracterizada por aletas cromadas espessas, que lhe garantem identidade única. O capô em forma de cunha e o para-choque envolvente, com luzes de neblina, complementam o conjunto. O T5, inclusive por incluir as luzes diurnas de LED, oferece forte personalidade estética. Não é um carro que será confundido com nenhum outro neste segmento.

A lateral mescla linha alta na “cintura” e traços que surgem no capô dianteiro e no para-choque que promovem sensação de fluidez dinâmica e constante movimento. A pequena janela e a coluna C mais larga, bem pronunciada, dão o tom da robustez que convém a um SUV, a exemplo das rodas de liga de 16 polegadas e dos apliques plásticos em linha ascendente nas portas traseiras.

Já a traseira, igualmente sólida na impressão de robustez, caracteriza-se pela tampa mais “bojuda”, grupo ótico com formas orgânicas e vidro traseiro de menor dimensão, formado por uma linha descendente do teto. Com o pequeno aerofólio montado na extremidade do teto, o T5 ganha um ar efetivamente “esportivo” na confluência desses ingredientes visuais. Com proposta de se integrar a um estágio superior de acabamento na percepção do consumidor, ele ganha um pequeno friso cromado sobre o para-choque, assim como nas molduras de saídas de escape na parte mais inferior.

Interior requintado

Na China, o modelo é líder absoluto de seu segmento, com vendas médias de 15 mil unidades/mês. Um dos pontos mais fortemente enaltecidos pelo consumidor chinês é exatamente a beleza da parte interna. O quadro de instrumentos possui dois grandes mostradores hexagonais: velocímetro e contagiros. Neles, a parte central de cada instrumento revela o nível do tanque e o termômetro de água do motor, respectivamente.

Já no meio dos mostradores, o motorista encontra as luzes-espia e o computador de bordo. Chama a atenção, em um olhar mais atento, a riqueza de detalhes no acabamento do T5. Molduras acetinadas envolvem o quadro de instrumentos e as aletas de ventilação, compondo um cenário visivelmente de bom gosto com as superfícies pretas que compõem o restante do painel.

À esquerda do volante de direção, encontra-se o botão de acionamento elétrico de altura do facho dos faróis, o controle dos retrovisores e a tecla de desligamento do ESP (controle eletrônico de estabilidade). Este volante, inclusive, seguindo o padrão de outros modelos da JAC Motors comercializados no mercado brasileiro, é multifuncional: você comanda as funções do rádio e atende ao celular por intermédio de simples toques, sem soltar as mãos do volante.

O sistema de ar-condicionado, por sua vez, posicionado no console central, logo abaixo do kit multimídia, é digital e automático. Sua principal função é definir a temperatura desejada e fixá-la no mostrador. O aparelho variará a velocidade de resfriamento até que a temperatura desejada seja atingida. Logo abaixo, o motorista encontra as tomadas USB e HDMI, que serão utilizadas para espelhamento do telefone celular do kit multimídia.

Kit multimídia com mirror link e tela de 8 pol é único

Como maior destaque, porém, o JAC T5 exibe um aparelho de multimídia com mirror link e tela de 8 polegadas, produzido pela Foxconn, que certamente irá criar outro patamar de conectividade para o consumidor desse segmento de SUV´s. Nada é parecido à quantidade de recursos e funções que o sistema da JAC proporciona ao seu usuário. O sistema incorpora, também, a câmera de ré.

Inédito em carros dessa categoria, o sistema multimídia da Foxconn (opcional), totalmente intuitiva e em português, possui conexão HDMI e Bluetooth, leitor de MP3, entradas USB e SD Card. A novidade fica por conta da função “Link”, que permite conectar, espelhar e operar todas as funções de alguns modelos de smartphones ou tablet através do touchscreen da tela HD de 8 polegadas.

Essa flexibilidade permite utilizar e operar aplicativos como o Waze, verificar e-mails ou acessar o Facebook, e até visualizar o álbum de fotos do seu celular, diretamente do painel do carro. Em virtude de apresentar uma tela tão grande, a novidade é que ela pode ser visualizada por todos os ocupantes do carro.

Nível de equipamentos de SUV´s de porte maior

Com 4,325 metros de comprimento e 2,56 m de distância entre-eixos, o T5 possui porte bem semelhante ao dos principais modelos do país, considerando suas respectivas versões de entrada. Mas o “recheio” do modelo da JAC é bem maior que o dos rivais: independentemente do Pack escolhido, o SUV chinês já é equipado com diversos itens que, às vezes, não são nem opcionais na concorrência.

Observe a lista dos principais equipamentos de série já no Pack 1 (R$ 59.990):

  • Ar-condicionado digital e automático;
  • Vidros das quatro portas, trava central e retrovisores com acionamento elétrico
  • Alarme antifurto;
  • TPMS (Tyre Pressure Monitoring System), sistema que identifica quando algum dos pneus está com calibragem 20% abaixo da recomendada e acusa no painel;
  • Banco traseiro com sistema Isofix para fixação de cadeirinhas infantis;
  • Sensor de estacionamento;
  • Abertura interna do porta-malas e do tanque de combustível;
  • Sistema de freios com ABS (antibloqueio), BOS (pedal “inteligente” de freio, que anula a aceleração quando os dois pedais são pressionados simultaneamente. Esse recurso aprimora a segurança do veículo, à medida que previne qualquer tipo de aceleração involuntária, como um objeto que trave o pedal do acelerador pressionado. Ao “perceber” que ambos os pedais estão sendo usados, o sistema anula a aceleração e “entende” que os freios devem prevalecer) e BAS (assistente nas frenagens de pânico)
  • Computador de bordo com funções de consumo instantâneo e médio, autonomia, velocidade média e cronômetro;
  • Faróis com regulagem elétrica de altura e acendimento automático (sensor crepuscular);
  • Banco traseiro bipartido 60/40;
  • Banco do motorista com ajuste de altura;
  • Cintos de segurança de três pontos e encostos de cabeça para os cinco ocupantes;
  • Sistema JetFlex, bicombustível, que dispensa o uso do tanquinho suplementar para partidas a frio.

Quando equipado com o Pack 2 (R$ 64.990), o JAC T5 acresce os seguintes dispositivos além do Pack 1:

  • Rodas de liga leve aro 16;
  • Faróis de neblina dianteiros e traseiro;
  • Rack no teto;
  • HSA (Hill System Assist), ou Assistente de Partidas em Aclives, recurso que “segura” o carro imobilizado mesmo em subidas para as arrancadas, sem necessidade de uso do freio de estacionamento. Você engrena a primeira marcha e solta o pé do freio: o carro permanece parado por 2 segundos, tempo suficiente para dar início à aceleração;
  • ESP (Electronic Stability Program), ou Controle Eletrônico de Estabilidade, que age através de sensores em todas as rodas, que vão, em frações de segundo, monitorando constantemente as diferenças de velocidade entre elas. Caso ocorra alguma desaceleração repentina de uma das rodas versus as demais, o sistema “entende” que o carro está iniciando uma derrapagem e passa a frear individualmente as rodas do carro com o objetivo de devolvê-lo à trajetória. O sistema também age na aceleração do veículo, interrompendo-a quando necessário.

Finalmente no Pack 3, onde o JAC T5 passa a custar R$ 68.990, o modelo acumula ainda os seguintes equipamentos, adicionados ao Pack 2:

  • Bancos revestidos em couro;
  • Kit multimídia com mirror link e tela de 8 polegadas;
  • Câmera de ré.

Mesmo nessa configuração topo de gama, o JAC T5 mantém a competitividade diante de seus principais concorrentes. Modelos bem menos equipados e aprimorados do que o SUV chinês, em suas respectivas versões mais vendidas, custam sempre acima de R$ 71 mil. “Estamos muito bem posicionados nesse segmento de entrada dos SUV´s. Essa faixa de preços que ocupamos é preenchida por hatches compactos em suas versões aventureiras, que são modelos bem menores do que o T5”, garante Habib.

Motor JetFlex oferece boas razões de desempenho e consumo

Já utilizado com êxito na família J3 S, bem como no J5, o motor 1.5 16V VVT JetFlex é o responsável pelo desempenho do T5. Possui potência máxima de 125 cv a gasolina e 127 cv com etanol, a 6000 rpm. De torque, são 152 Nm (gasolina) e 154 Nm (etanol), ambos a 4.000 rpm. Apesar do peso acima de 1.200 kg, o T5 faz-se valer do câmbio manual de seis marchas para garantir um desempenho de destaque em sua categoria. Tanto que faz 0 a 100 km/h em menos de 11 segundos e chega a 194 km/h de velocidade máxima.

O foco no desempenho, porém, não prejudica o JAC T5 em relação ao consumo. É aí que tecnologia VVT entra. O Variable Valve Timing, ou Comando Variável de Válvulas, permite a variação no tempo de abertura das válvulas, fazendo com que o motor ofereça torque em baixas e médias rotações, bem como apresente potência nos altos regimes. Além disso, as primeiras marchas e o diferencial têm relações curtas (isso ajuda nas arrancadas), mas as marchas ascendentes oferecem relações longas, onde o motor “gira” pouco e favorece o consumo.

A maior prova disso é o selo “A” de eficiência energética conferido pelo Inmetro. De acordo com os testes do órgão, o T5 está entre os modelos mais econômicos de sua categoria: 6,80 km/l na cidade e 9,63 km/l na estrada (etanol) ou 8,18 km/l e 12,2 km/l (gasolina).

Fonte:

JAC Motors Brasil

Diretoria de Assuntos Corporativos

Eduardo Pincigher

Comente aqui


Honda mostra novas CB 650F e CBR 650F no Brasil Motorcycle Show

Sucesso absoluto no exterior, modelos chegam à rede de concessionárias como novas opções em alta cilindrada

Dois lançamentos, que representaram um dos maiores destaques no 71º Salão de Milão de 2013, passam a ser comercializados também no Brasil. Tratam-se da street fighter naked CB 650F e da esportiva CBR 650F, que serão produzidas na fábrica da Moto Honda da Amazônia, em Manaus (AM). Como resultado, a empresa se reposiciona no segmento e passa a oferecer produtos com novos conceitos, mais modernos e com alta tecnologia, em sintonia com o mercado atual de motocicletas nessa faixa específica de cilindrada.

Tanto a CB 650F quanto a CBR 650F simbolizam uma verdadeira evolução na categoria, com produtos totalmente novos, que não compartilham nenhuma característica técnica com outra motocicleta da marca disponível no mercado brasileiro. Desde o início, o desenvolvimento do projeto esteve voltado a um novo produto para atender aos consumidores mais jovens, que não abrem mão de desempenho e design moderno e buscam preços mais acessíveis. Com foco na esportividade e facilidade de pilotagem, o desafio foi criar um estilo ousado e atraente, além de iniciar um novo capítulo no line up oferecido pela marca nessa faixa de cilindrada.

O desenvolvimento das novas CB 650F e CBR 650F ficou sob a responsabilidade de uma equipe formada por jovens engenheiros da Honda. Do chassi ao motor, os modelos trazem uma proposta totalmente diferenciada. Devem despertar a atenção de motociclistas das categorias street e esportiva, além de representar uma ótima opção de up grade do segmento de 500 cm³. As características técnicas também beneficiam o piloto novato, recém-saído da faixa de cilindrada entre 250 e 300 cm³, uma vez que todo o conjunto tem tecnologia mecânica e ciclística mais simples e compacta, adequadas para o uso diário em grandes cidades ou estradas.

Conceito inovador

A tradição da Honda com as primeiras versões da linha CB, equipadas com os lendários motores de quatro cilindros da década de 1970, ou mesmo nas versões superesportivas de competição, representou uma receita de sucesso que também contribuiu para a criação dos modelos lançados agora no Brasil.

Todo esse legado serviu de inspiração para um projeto sem precedentes, iniciado totalmente do zero. Seu desenvolvimento teve como base pesquisas e desenvolvimento de novas tecnologias, adequações à atual legislação ambiental, além de padrões conceituais mais alinhados às atuais necessidades do consumidor brasileiro.

Desempenho e conforto

O motor é um dos principais destaques e compartilhado em ambas as versões. Totalmente novo, possui quatro cilindros em linha, com sistema DOHC (Double Over Head Camshaft), duplo comando de válvulas no cabeçote, 649 cm³ de capacidade, arrefecido a líquido. A potência máxima é de 87 cv a 11.000 rpm com torque de 6,4 kgf.m a 8.000 rpm. O câmbio é de seis velocidades, com a transmissão final feita por corrente.

Econômico, versátil e compacto, oferece força e torque em qualquer rotação, mas com respostas mais suaves para o piloto, especialmente até os 4.000 rpm, característica que irá facilitar deslocamentos com tráfego intenso ou em baixas velocidades. Neste sentido, sua concepção também considerou o desempenho na faixa acima dos 6.000 rpm, para pilotagem em vias mais rápidas. O objetivo foi assegurar uma condução mais eficiente, principalmente em velocidades de cruzeiro em estradas.

Simples e inovadora, a estrutura mecânica foi concebida com dutos internos no motor para passagem de água e fluidos. A proposta foi eliminar mangueiras externas e dar um visual mais limpo e moderno. Outro ponto de destaque é o posicionamento do filtro e radiador de óleo, alocados em posições estratégicas que permitiram um visual mais clean, além da utilização de um escapamento lateral com ponteira curta e esportiva.

A taxa de compressão do motor é de 11.4:1, com diâmetro e curso dos pistões em 67 x 46mm. Fabricados com a tecnologia Computer Aided Engineering (CAE), trabalham agora de forma a minimizar o atrito graças à assimetria de suas saias, que reduz o contato com o interior do cilindro e garante uma melhor transferência de calor.

Concebida sob a mesma tecnologia, a câmara de combustão também recebeu tratamento especial, com componentes revestidos em vanádio (tipo especial de aço inoxidável, formado pela combinação de diferentes ligas)para melhorar a performance. Pequenas fissuras para respiração na parede interna do cárter durante o movimento dos cilindros auxiliam na melhora do desempenho, reduzindo perda de força no bombeamento em rotações mais altas. Outra novidade é o sistema de indução que regula o fluxo de ar do motor. Sua função é melhorar o torque em acelerações mais bruscas.

Eficiente e moderno, o propulsor conta com injeção eletrônica PGMF-I (Programmed Fuel Injection) de última geração, com quatro sensores no corpo da borboleta, responsáveis por uma leitura mais precisa. Além disso, a programação no mapeamento eletrônico foi otimizada. Em conjunto, os dois sistemas resultam em economia de combustível e baixa emissão de poluentes. A nova linha 650cc já está em conformidade com o Promot 4 – Programa de Controle da Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares no Brasil.

Design arrojado e equilíbrio ciclístico

Com as novas CB 650F e CBR 650F, a Honda espera também atender seu público-alvo na faixa formada por consumidores com menos experiência ou aos que preferem deslocamentos mais tranquilos, com conforto e segurança.

Para isso, além de uma arquitetura mecânica moderna, seu conjunto ciclístico foi projetado para oferecer um modelo menos arisco nesta faixa de cilindrada. A ideia foi seguir uma tendência de mercado mundial, com a proposta de um conceito totalmente novo, um conjunto simplificado e acessível, mas com desempenho e qualidade presentes em outras motocicletas da Honda comercializadas no exterior.

Em comum, a CB 650F e a CBR 650F compartilham a mesma base. As diferenças são mínimas e basicamente visuais, mas presentes principalmente em razão do apelo mais esportivo com o uso de carenagens na CBR. Neste ponto, destaque apenas em suas dimensões e guidões. Na CB 650F, as medidas são de 2110mm x 775mm x 1120mm para comprimento, largura e altura, respectivamente; já na CBR 650F os valores são de 2110mm x 755mm x 1145mm. Outra diferença está no semi-guidão, presente apenas na CBR, que traz um visual diferenciado, mais agressivo.

Painel completo

Os painéis dos dois modelos compartilham a mesma instrumentação, com indicação de velocímetro, tacômetro e relógio digitais, medidor gráfico de combustível, hodômetros parcial e total, além de avisos luminosos sobre o funcionamento elétrico dos componentes. Em ambas, o tanque de combustível é amplo e tem capacidade de 17,3 litros, que garante excelente autonomia. O grupo óptico segue protegido por semicarenagens, com para-brisa incorporado à CBR 650F. Os faróis estão equipados com lâmpadas de 55w.

O quadro nas duas motocicletas é em aço e do tipo Diamond, com ótima rigidez, que fixa o motor em um posicionamento levemente adiantado, como forma de distribuir melhor o peso e proporcionar um equilíbrio dinâmico mais eficiente. Um dos pontos mais explorados pela engenharia Honda nas novas CB 650F e CBR 650F foi justamente manter o equilíbrio ao buscar uma centralização de massas eficaz para todo o conjunto.

Os bancos possuem dois níveis, revestidos em espuma macia, que garantem conforto, melhor postura e facilidade na pilotagem. A rabeta curta segue uma padronização com design moderno e arrojado. Aliás, as formas compactas da parte mecânica e ciclística foram bem exploradas no desenvolvimento do projeto e muito bem adequadas. O resultado pode ser conferido no desempenho, com ótimas respostas em curvas nas duas versões.

Nos dois modelos, a balança traseira é do tipo monochoque em alumínio fundido. Seu desenho inovador apresenta uma forma curvilínea sobre o silenciador, à direita, com componentes forjados, sem utilização de solda. Totalmente ajustável e com curso de 43,5mm, permite sete estágios de configuração na pré-carga da mola. As rodas traseiras, nos dois modelos, são de 17 polegadas e equipadas com pneus 180/55-ZR17M/C. O sistema de freio possui disco com diâmetro de 240mm e cáliper simples.

Na dianteira, a suspensão de ambas apresenta garfo telescópico convencional de 41mm, com curso de 120mm. As rodas são de 17 polegadas e pneus 120/70-ZR17M/C. O freio tem dois discos duplos de 320mm, com cáliper duplo. Os modelos contam com versão equipada com sistema ABS (Anti-lock Brake System), que garante segurança e grande eficiência em situações adversas de pilotagem. Outro item presente nas duas versões é o sistema H.I.S.S. (Honda Ignition Security System), que dificulta a possibilidade de furto ou roubo. Com essa tecnologia, somente a chave original pode acionar o motor por meio da leitura de um chip eletrônico.

A CB 650F estará disponível nas cores preta (STD e ABS) e tricolor – branca, azul e vermelha – (ABS), inspirada no Team HRC. Já a CBR 650F será oferecida na cor vermelha (STD e ABS) e branca (ABS). Os modelos têm garantia de um ano, sem limite de quilometragem.

Fonte: Linkpress Assessoria e Comunicação

Ricardo Ghigonetto – Carolina Lenoir – Marcello Ghigonetto

 

1 Comentário


Garrett, marca preferida de turbo do mercado brasileiro pelo 15º ano consecutivo

 

Turbo Garrett completou 15 anos de preferência entre os profissionais do setor de transporte de cargas e de passageiros

Pelo décimo quinto ano consecutivo, o turbo Garrett foi considerado o preferido por motoristas autônomos e de empresas transportadoras de cargas e de passageiros do mercado brasileiro. Produzido pela Honeywell, recebeu mais de 30 mil votos em eleição promovida pela entidade Trio International Distinction.

O turbo Garrett mantém-se como o melhor do mercado desde 1999, quando o concurso foi instituído para eleger as melhores empresas e produtos de diferentes atividades industriais, comerciais e de serviços. Essa sequência de vitórias garantiu também, neste ano, ao turbo Garrett, os prêmios Top Plus Marca Brasil, por ter sido reconhecida como a melhor marca em quinze anos seguidos, e Top Absolute Marca Brasil pela invencibilidade desde a instituição do prêmio.

A eleição das melhores marcas de produtos e serviços é feita por votação espontânea dos leitores de diferentes publicações especializadas do País. No setor de transportes, a pesquisa foi centralizada na revista O Carreteiro, uma das mais tradicionais do mercado brasileiro do setor de transportes.

Para o gerente de Vendas e Marketing da Honeywell, Douglas Gonçalves, a escolha espontânea da marca Garrett revela o prestígio conquistado entre os mais experientes profissionais do mercado. Douglas salienta que os caminhoneiros dependem da eficiência de seus veículos e que o turbo Garrett contribui para o cumprimento dessa missão de fazer com que as mercadorias cheguem ao destino com qualidade, segurança e aos menores custo e tempo possíveis.

A Honeywell é a maior fabricante de turbocompressores para motores de pick-ups, caminhões e ônibus das marcas Ford, Mercedes-Benz, Volvo, Scania, Volkswagen, Mitsubishi, Troller, entre outros, além de máquinas agrícolas e motores estacionários.

Fonte: Secco Consultoria de Comunicação

www.secco.com.br

Comente aqui


Novo Ford Ka apresenta recursos de conectividade inéditos no mercado brasileiro

NovoFordKa-SYNC

A Ford revela mais um recurso inédito do Novo Ka para o mercado brasileiro durante o programa SuperStar que vai ao ar no próximo domingo (29 de junho), na TV Globo: o sistema de conectividade SYNC com AppLink. O novo compacto da Ford será o primeiro no País a contar com esse equipamento avançado, que permite o acesso a aplicativos pelo celular e agrega várias funcionalidades de conexão a bordo do veículo por meio de comandos de voz.

A divulgação faz parte da estratégia de pré-lançamento do Novo Ka, em parceria com o “reality show” musical que vai revelar uma nova banda e premiar a vencedora com o carro. A apresentação do Novo Ka e Ka+ – respectivamente, versões hatch e sedã da linha – é feita pela atriz Fernanda Paes Leme, que vai demonstrar as características principais do equipamento.

Desenvolvido no Brasil para grandes mercados globais, o Novo Ka é um veículo que vai completar a renovação da linha de produtos da marca no segmento de maior volume do mercado. Para se destacar da concorrência, ele investe em características inovadoras de design, conteúdo e desempenho, que incluem o motor 1.0 mais potente e econômico do mercado.

O carro vai oferecer também equipamentos inéditos na categoria, como o AdvanceTrac (controle eletrônico de estabilidade e tração) e o HLA (assistente de partida em rampa), além do sistema de conectividade SYNC com AppLink.

Serviços a bordo

Desenvolvido pela Ford em parceria com a Microsoft, o sistema SYNC já equipa mais de 10 milhões de veículos em todo o mundo e está disponível no Brasil no New Fiesta, Focus, Fusion, EcoSport e Edge. Dependendo da versão, ele permite desde fazer e receber chamadas do celular, selecionar músicas e estações de rádio até controlar o ar-condicionado e navegação, sem precisar tirar as mãos do volante ou a atenção da pista, por comando de voz.

Com o AppLink, o sistema ganha uma nova gama de possibilidades, com aplicativos que permitem o acesso a uma infinidade de informações e serviços. A Ford criou um site especial de lançamento do veículo, o www.ford.com.br/novoka, onde é possível se cadastrar para ser informado das novidades.

Fonte: Imprensa Ford (26/06/2014)

Comente aqui


Fiat lidera o mercado brasileiro no quadrimestre

Ao encerrar o mês de abril com 60.248 unidades emplacadas, a Fiat consolidou a liderança no mercado brasileiro de automóveis e comerciais leves no quadrimestre. De janeiro a abril, a Fiat superou a marca de 235 mil unidades emplacadas, liderando o mercado com 22,3% de participação. A empresa ampliou para mais de 48 mil unidades a diferença acumulada de vendas em relação ao segundo colocado. Os dados de vendas foram divulgados nesta sexta-feira pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

Em 2013, a Fiat conquistou a liderança do mercado brasileiro de automóveis e comercias leves pela décima segunda vez.

Fonte: Imprensa Fiat

Comente aqui