participação



NLMK participa da Fenasucro & Agrocana

 

Na sua primeira participação na feira, a multinacional vai expor suas chapas antidesgaste QUARD® e as aplicações para o setor sucroenergético

 

A siderúrgica NLMK vai participar da edição de 2018 da Fenasucro & Agrocana, feira sobre o mercado sucroenergético, que acontece de 21 a 24 de agosto, no Centro de Eventos Zanini. A siderúrgica vai expor suas chapas de alta resistência ao desgaste QUARD®, disponíveis em durezas de 400, 450, 500 e 550 brinell.

As chapas QUARD são as mais modernas disponíveis no mercado brasileiro. “Elas são produzidas na nossa usina NLMK Clabecq na Bélgica, fundada em 1792, ou seja, temos mais de 2 séculos de experiência na fabricação de aços especiais, sendo a usina siderúrgica com mais anos de experiência dentre os players no mercado brasileiro”, conta Paulo Seabra, diretor-geral para América do Sul da empresa.

No setor agrícola, a principal aplicação do produto está nas colheitadeiras, que têm suas  facas, disco de corte e facões feitos com QUARD 450 e QUARD 500, com ganhos excepcionais em vida útil. Na área industrial, ele aparece na linha de moenda, que inclui as barras chatas para as esteiras alimentadoras, placas desfibriladoras, além de facas e martelos.

Segundo Seabra, o segmento sucroalcooleiro vem aumentando o consumo de aços de qualidade premium, principalmente porque ele gera aumento de vida útil dos equipamentos e redução de custos de manutenção.  Dessa maneira, o setor vem aumentando o volume de negócios para a siderúrgica NLMK. “Ao se utilizar chapas de alta resistência ao desgaste QUARD, devido sua pureza e altíssima resistência mecânica, ao invés de chapas similares que não apresentam a mesma performance, os clientes ganham em redução de custos com manutenção e aumento da produtividade”, explica Seabra.

As chapas QUARD da NLMK são pintadas com primer na cor verde, exclusivo dos produtos da siderúrgica. Isso permite que os clientes reconheçam que as peças solicitadas foram produzidas com as chapas QUARD originais, evitando desta forma receber peças produzidas com chapas similares que não possuem a mesma performance nem a mesma qualidade premium.

“O segmento reconhece a siderúrgica como uma das principais fornecedoras de aços de alta resistência ao desgaste, sendo o QUARD uma referência de qualidade, estabelecendo padrões técnicos e comerciais. Seguiremos com foco constante neste segmento, sempre trazendo novidades em produtos, aplicações e processamento. Estamos bastante otimistas em relação à nossa participação no evento”, conta Paulo Seabra.

Local: Centro de Eventos Zanini | Sertãozinho | SP

Data: 21 a 24 de agosto de 2018

Horário: Ter. à Sex. das 13h às 20h

Sobre a NLMK 

Fundada em 1931, a Novolipestsk Steel, NLMK, possui um dos mais eficientes sistemas integrados de aço do mundo. Seus produtos de alta qualidade são utilizados em vários segmentos da indústria, de construção a engenharia de fabricação de equipamentos para geração de energia e turbinas eólicas. Com bases de produção localizadas na Rússia, Europa e Estados Unidos, a companhia é considerada uma das mais rentáveis do mundo e gera US$ 10 bilhões em receita.

Assessoria de Imprensa – NLMK

COMMUNICA BRASIL

Andrea Funk – Vanessa Victoria

www.communicabrasil.com.br

Comente aqui


NLMK participa da MT&Expo 2018

 

Durante a feira, a multinacional vai expor suas chapas antidesgaste QUARD® e seu aço estrutural de alta resistência QUEND® e suas aplicações para o setor

 

A siderúrgica NLMK vai participar da edição de 2018 da MT&Expo, Feira Internacional de Equipamentos para Mineração e Construção, que acontece de 5 a 8 de junho, no São Paulo Expo, apresentando suas chapas de alta resistência ao desgaste QUARD®, disponíveis em durezas de 400, 450, 500 e 550 brinell e na apresentação das chapas QUEND® com alto limite de escoamento disponíveis na resistência de 700, 900, 960, 1100 e 1300 Mpa.

“Cada vez mais os fabricantes de máquinas e equipamentos vêm buscando aços de alta resistência com nível de qualidade premium e, neste quesito, nossas chapas QUARD® e QUEND® se diferenciam dos concorrentes pois são produzidas com minério de ferro puro, enquanto concorrentes produzem as chapas com base de sucata, o que torna as chapas QUARD® e QUEND® as primeiras opções nesta linha de aços de alta resistência por seu alto nível de qualidade, homogeneidade e confiabilidade”, afirma Paulo Seabra, diretor-geral para América do Sul da empresa.

O QUARD® é um aço resistente à abrasão projetado para resistir ao desgaste em aplicações usadas nos setores de movimentação de terra, construção, mineração, pedreiras e reciclagem. Já o QUEND® refere-se a um alto limite de escoamento em aços desenvolvidos para aplicação de baixo peso, que exige alta capacidade de carregamento, com elevação ou transporte. “Nossos aços são produzidos na usina NLMK Clabecq na Bélgica, localizada a poucos quilômetros do porto de Antuérpia, nos dando uma vantagem competitiva em logística para a América do Sul”, diz Seabra.

Os dois produtos permitem que os equipamentos, tais como caçambas de escavadeiras e pás carregadeiras, básculas de caminhões fora de estrada, revestimentos de britadores, chutes e laterais de transportadores, sejam mais resistentes, em substituição aos aços comuns de menor resistência e em substituição a outros aços descritos como resistentes ao desgaste, mas sem a mesma performance do QUARD®, agregando valor aos produtos dos clientes, que terão um tempo de vida útil maior, além da redução do período perdido com paradas para manutenção. “Isso irá resultar em um aumento de produtividade”, ressalta Seabra.

A durabilidade das chapas QUARD® e QUEND® as tornam ideais para máquinas grandes usadas em condições exigentes. Além disso, possuem propriedades excepcionais, pois permitem corte de alta precisão independentemente da técnica usada: usinagem, fresagem, furação e escareamento são feitos sem falhas; o raio de dobramento é reduzido para melhor desempenho e a soldagem é de maneira mais fácil com um resultado de qualidade, enquanto mantém altas propriedades mecânicas das chapas.

A utilidade máxima só pode ser conseguida devido a combinação exclusiva de quatro fatores: planicidade, acabamento superficial, rigorosa tolerâncias de espessura e uma composição química otimizada de baixa liga com nível de pureza de aço acima do padrão.

 “São mais de 40 anos de experiência na produção de chapas finas e largas, combinada com extensa experiência em laminação, movimentação e transporte. Por isso, produtividade é a palavra chave para os produtos fabricados com as chapas QUARD®”, afirma Paulo Seabra. Para ele, participar do evento é sempre uma oportunidade de criar relações e atrair novos clientes de diversos setores e que possuem a necessidade de melhorar seus equipamentos.

Sobre a NLMK 

Fundada em 1931, a Novolipestsk Steel, NLMK, possui um dos mais eficientes sistemas integrados de aço do mundo. Seus produtos de alta qualidade são utilizados em vários segmentos da indústria, de construção a engenharia de fabricação de equipamentos para geração de energia e turbinas eólicas. Com bases de produção localizadas na Rússia, Europa e Estados Unidos, a companhia é considerada uma das mais rentáveis do mundo e gera US$ 10 bilhões em receita.

Informações para a Imprensa – NLMK

COMMUNICA BRASIL

Andrea Funk

www.communicabrasil.com.br

Comente aqui


SABÓ PARTICIPA DE CONGRESSO SAE 2017 COM NOVAS TECNOLOGIAS APLICADAS

INSCREVA-SE NO MEU CANAL NO YOUTUBE

CAMINHAR E PENSAR É SÓ COMEÇAR

https://www.youtube.com/c/Caminharepensarésócomeçar

 

 

 

Mais um ano consecutivo, a Sabó marcou presença expondo suas novas tecnologias em vedações no Congresso SAE 2017, que aconteceu de 7 a 9 de Novembro de 2017, no Pro Magno Centro de Eventos, em São Paulo, demonstrando que tradição e inovação caminham juntas quando o assunto é tecnologia de ponta.

 

O SAE BRASIL é o maior evento de Tecnologia da Engenharia da Mobilidade da América Latina e este ano teve como tema “ A mobilidade inteligente e a transição para o futuro” e a Sabó levou para a mostra tecnológica suas mais novas tecnologias desenvolvidas para aplicação veicular:
– Solução F-RED para lábios de vedação com baixíssimo atrito e alta durabilidade (500.000 milhas de validação), que contribuem para:

  • Economia de combustível;
  • Solução totalmente amigável ao Meio Ambiente (menos poluição);
  • Maior vida útil das vedações. Jamais será desmontado um agregado (motor; transmissão ou diferencial) por falha de um retentor ou da vedação.

– Sistema de vedação integrado (Flange de Vedação), incorporando lábio de vedação; Flange em Plástico ou Metal ou Alumínio; Sensor de posição; roda fônica; luva de montagem e insertos para suportar o torque dos parafusos de fixação, que contribuem para:

  • Menor número de componentes nas linhas de montagens das montadoras ou sistemistas.
  • Maior acuracidade em um único produto que agrega 9 diferentes tecnologias.
  • Maior valor agregado para Sabó, para seus clientes e para o consumidor final.

– Mostra de linhas de Produção já no conceito da Manufatura 4.0, que contribuem para:

  • Produção de vedações com Erro Zero:
    • Na qualidade de produto;
    • Nos setores de recebimento dos clientes;
    • Nas linhas de montagens dos clientes;
    • Nas garantias dos clientes;
    • Na satisfação total do consumidor final.

– Mostras de trabalhos desenvolvidos com conceito de Impressora “3D”, que contribuem para:

  • Antecipação da fabricação dos produtos, eliminando possíveis erros;
  • Evitar erros em produtos e de processos que poderiam ocorrer no futuro.

 

“É sempre um prazer e é muito gratificante levar a nossa marca para um evento tão grandioso e importante como o Congresso SAE, onde temos a visibilidade e o acesso direto aos grandes sistemistas, nos aproximando ainda mais de um público extremamente técnico e específico, que busca soluções tecnológicas inovadoras, um dos principais atributos da Sabó.”, comenta Lourenço Oricchio, Diretor Sabó Américas.

 

E para lembrar sua comemoração de 75 anos, a empresa também levou para expor um dos seus primeiros carros de entrega, um Ford F-1, pertencente ao acervo da família. “Este carro faz parte da história não somente da Sabó, mas também da evolução tecnológica dos veículos no Brasil. Ele tinha que estar presente!”, finaliza Oricchio.

 

Paula Skoretzky

Assessora de Imprensa
PSC COMUNICAÇÃO

www.facebook.com.br/sabogrupo

www.instagram/sabogrupo

1 Comentário


Renault tem participação de mercado estável no primeiro bimestre

A Renault encerrou o primeiro bimestre de 2017 com 6,6% de participação de mercado, nível igual ao registrado no mesmo período de 2016. Novamente o Sandero foi um dos destaques do mês, ficando na quinta posição entre os veículos mais vendidos, com 4.181 emplacamentos. O Renault Master, líder há três anos do segmento de furgões com capacidade de até 3,5 toneladas de Peso Bruto Total, emplacou 451 unidades no mês.

Renault Captur

O mês de fevereiro foi marcado também pela chegada ao mercado do Renault Captur, o novo SUV da marca. O veículo impressiona à primeira vista graças a seu design sensual e elegante. O modelo oferece maiores altura do solo, posição de direção, comprimento e entre-eixos de sua categoria. Fabricado no Complexo Ayrton Senna, no Paraná, o Captur traz o conforto e espaço interno do universo SUV, com alta oferta de conectividade, tecnologia e segurança.

O Captur chega com uma gama completa ao mercado brasileiro. Há duas opções de motorização: o recém-lançado 1.6 SCe (120 cv), que oferece economia e prazer ao dirigir; além do 2.0 16V (148 cv), opção para quem busca ainda mais desempenho. Em matéria de segurança, todas as versões saem de fábrica com quatro airbags e controle de estabilidade (ESP).

Fonte: Renault do Brasil – Sala de Imprensa

Comente aqui


Com Sandero no top 3, participação de mercado no primeiro semestre é recorde na Renault

unnamed

A Renault terminou o primeiro semestre do ano com participação de mercado de 7,3%, um aumento de 0,3 ponto percentual em relação a 2015. Este foi o maior resultado já registrado pela marca no acumulado dos primeiros seis meses do ano em toda a sua história no país. No mês de junho, a Renault alcançou 8,2% de market share, ganho de 0,6% em comparação com o mesmo mês em 2015. O destaque nas vendas ficou com o Sandero, que, com 6.013 unidades emplacadas, alcançou o terceiro lugar no ranking dos veículos mais vendidos do mês – outra marca histórica.
O resultado positivo foi impulsionado pela maior campanha de varejo da Renault no ano. Em conjunto com a tradicional promoção “Girou, Ligou, Ganhou”, que, neste ano, envolveu o sorteio de sete picapes Duster Oroch, a Renault ofereceu condições oficiais de aquisição de um veículo zero km, com 1% de entrada e o saldo dividido em até 60 vezes ou o valor total dividido em até 36 vezes, com taxa zero
“Registramos a visita de mais de 35 mil pessoas durante a ação nas lojas, com mais de 1 milhão de acessos ao site de ofertas e mais de 10 milhões de interações com os posts da nossa campanha nas redes sociais. Conseguimos mostrar para os nossos clientes que este pode, sim, ser um bom momento para adquirir um carro novo”, afirma Bruno Hohmann, diretor de Marketing da Renault.
Em outro destaque do mês de junho, o Sandero Stepway voltou a ficar na liderança do segmento dos hatches aventureiros, com 1.140 unidades emplacadas.
Comerciais leves
O Renault Master manteve, por mais um mês, sua liderança no segmento dos furgões de carga com capacidade de até 3,5 toneladas de Peso Bruto Total. No mês de junho, o veículo teve participação de 51,2% no seu segmento, com 615 emplacamentos. No acumulado do ano, são 3.304 licenciamentos, o que é aproximadamente o dobro do concorrente direto do mercado.

Fonte: Renault do Brasil – Sala de Imprensa

Comente aqui


FORD RANGER GANHA PARTICIPAÇÃO DE MERCADO COM NOVIDADES DA LINHA 2017

 NovaRanger2017-8

A nova Ford Ranger mostrou um bom desempenho no seu primeiro mês completo de vendas, com crescimento de 50% na participação de mercado. A linha respondeu por 21,9% do segmento de picapes médias em junho, com 1.888 unidades, e foi a segunda mais vendida com motorização diesel, a mais importante na categoria, nas versões 3.2 e 2.2.

                A versão de topo Limited 3.2 Diesel, com design exclusivo e as últimas tecnologias, ampliou sua participação de 20% para 35% das vendas da linha. Além de ter o motor mais potente da categoria, de 200 cv, e transmissão automática, é a única a contar com cinco anos de garantia e sete airbags. Vem também com piloto automático adaptativo, alerta de colisão, sistema de permanência em faixa, acendimento automático dos faróis, farol alto automático, ajuste elétrico do banco do motorista, sensor de chuva e de estacionamento, entre outros itens.

“A Ranger Limited veio muito forte para competir no segmento de topo das picapes diesel e venceu todos os comparativos com a atual líder da categoria. Esse crescimento de participação mostra que o consumidor reconheceu suas qualidades, com tecnologias voltadas tanto para o desempenho e dirigibilidade como para a segurança, conveniência e conforto”, diz Fabrizzia Borsari, supervisora de Marketing de Picapes da Ford.

Outra versão muito bem aceita da nova Ranger é a 2.2 Diesel XLS automática, novo catálogo que se tornou o segundo mais vendido da linha, combinando preço atrativo com excelente oferta de equipamentos de segurança e conforto. É equipada de série com sete airbags, controle eletrônico de estabilidade e tração, direção elétrica, computador de bordo e piloto automático. Como as demais versões diesel, já vem com tração 4×4 e diferencial traseiro blocante.

(05/07/2016)

Imprensa Ford

Comente aqui


FPT Industrial amplia sua participação na Agrishow 2016

  • Lançamento oficial do portfólio Tier3 marca a participação da FPT Industrial na Agrishow 2016, já somando 30 motores homologados em conformidade com o MAR-I

A FPT Industrial, uma das maiores produtoras de motores industriais do mundo, participa da edição 2016 da Agrishow em espaço exclusivo, com exposição dos novos motores Tier3 e preparada para oferecer o melhor atendimento aos seus clientes e visitantes. A marca equipa a nova linha de colheitadeiras e tratores da CNH Industrial, além de máquinas de construção, geradores e sistemas de irrigação de diversos fabricantes.

Com espaço próprio, integrado na área da Case IH, a FPT Industrial marca presença no maior evento voltado ao agronegócio na América Latina. Com ambientes para atendimento aos clientes e visitantes, a FPT Industrial expõe os motores Cursor 13 e NEF4, amplamente utilizados para aplicações em máquinas agrícolas e de construção, além da nova linha de peças de reposição. Juntamente com a nova linha Axial-Flow Série 130 da CASE IH, a marca apresenta também os motores Cursor 9 e NEF6.

Para Marco Aurélio Rangel, presidente da FPT Industrial para a América Latina, “a presença ampliada da FPT na Agrishow neste ano está em linha com sua crescente participação no mercado agrícola, onde equipa as máquinas de empresas líderes no setor. Sua atuação comprova a capacidade de atendimento às exigências desse crescente mercado”, acrescenta.

“Todo ambiente FPT foi concebido para que o público do evento possa conhecer de perto a inovação e tecnologia presentes em nossos motores.  Para isso, teremos uma equipe técnica à disposição em tempo integral para apresentar todo o portfólio e para demonstrar toda a capacidade tecnológica da FPT hoje no Brasil e na América Latina”, conclui Marco Rangel.

FPT Industrial já soma 30 motores homologados em conformidade com o MAR-I

A Agrishow é o momento em que a FPT Industrial reforça o lançamento do portfólio Tier3 (MAR-I). A empresa é a produtora com maior quantidade de motores homologados em conformidade com a legislação MAR-I no mercado sul americano. As 49 novas versões previstas para serem homologadas de todas as famílias de propulsores são específicas para utilização no mercado agrícola e de construção.

A FPT industrial já obteve a validação para mais da metade do total previsto, com 30 motores em conformidade com a nova legislação. Entre eles, dois são modelos NEF45, 21 modelos NEF67, cinco Cursor 9 e mais dois modelos Cursor 10, todos destinados a aplicações em máquinas agrícolas e de construção.

O processo de desenvolvimento e testes envolveu mais de 12 meses de trabalho conjunto da equipe de engenheiros do Centro Técnico da FPT e clientes.

Motores FPT Industrial equipam máquinas da CASE IH em exposição na Agrishow 2016

A FPT Industrial é a responsável pela propulsão da nova linha Axial-Flow Série 130, destaque no estande da Case IH durante a Agrishow. A linha composta pelas colheitadeiras AF4130, AF5130 são equipadas com o motor NEF6, e modelos AF6130 e AF7130 são equipados com o Cursor 9.

Os motores NEF6 fornecidos à Case IH para propulsão dos modelos AF4130 e AF5130 já são homologados para atender a norma PROCONVE/MAR-I no mercado brasileiro.  Nesta versão do NEF6 foram adotadas as mais modernas soluções em sistemas de injeção eletrônica e hardware, tudo para garantir a potência de pico de 313 cv associado ao baixo consumo de combustível na operação.

Resultado de um desenvolvimento regional integrado para atender às normas de emissões, o Cursor 9, que equipa os modelos AF6130 e AF7130, entregam maior potência em relação às versões anteriores. Seu destaque é a nova turbina de geometria variável com comando eletrônico (e-VGT) para a versão AF7130, que associado ao novo sistema de injeção e calibração específica são responsáveis pela alta performance e economia de combustível na operação. A colheitadeira AF6130 recebe motor com potência de 326 cv, enquanto o modelo AF7130 trabalha com um propulsor de 378 cv de força, chegando a 442 cv de potência de pico.

Máquinas da New Holland recebem motores FPT Industrial

A FPT Industrial também está presente no estande da New Holland durante a Agrishow 2016, tanto com exposição do motor NEF6, como em máquinas já equipadas com motores FPT. No total são 29 equipamentos entre tratores, colheitadeiras, pulverizadores, retroescavadeiras, escavadeiras de esteiras e de rodas, motoniveladoras, manipulador telescópico e minicarregadeiras equipadas com motores FPT Industrial e que estão em exposição no evento.

A marca leva também máquinas agrícolas para a feira como as colheitadeiras CR8090 equipada com o motor Cursor 13 com potência máxima de 550 hp, além da CR5.85, que recebe o motor NEF 6 com potência máxima de 312 hp, que se destaca por ser um equipamento menor que os demais, mas com alto conteúdo tecnológico. A colheitadeira CR5.85 é equipada com duplo rotor, alta capacidade de colheita e o mesmo comprometimento com a qualidade dos grãos. O motor, com injeção eletrônica do tipo Common Rail, garante baixo consumo e operações mais silenciosas, tornando o dia a dia do agricultor mais rentável e agradável.

O já consagrado motor NEF4 equipa os modelos de retroescavadeiras B90B e B95B com potências de 94 hp e 100 hp, respectivamente. O manipulador telescópico (telehandler) modelo LM 1745 também utiliza o NEF4 de 118 hp de potência como propulsor.

A escavadeira de esteiras E215C e a de rodas modelo WE190B PRO recebem o motor NEF6 com potências de 158 hp. Também com o mesmo propulsor, mas com potência máxima de 173 hp, a FPT Industrial equipa a motoniveladora RG 140B.

Tratores Landforce e Landpower da Landini expostos na Agrishow 2016 são equipados com motores FPT Industrial

A FPT Industrial marca presença também em tratores da Landini, empresa com mais de 130 anos de tradição e pertencente ao Grupo Argo Tractors. A parceria entre as marcas teve início no Brasil em 2015, quando a FPT Industrial passou a fornecer seus motores para equipar dois modelos de tratores destinados ao mercado brasileiro, o Landforce e o Landpower. A parceria é resultado do trabalho que as marcas já realizam a partir da Europa.

O Landforce equipado com motor NEF4 é fornecido em dois modelos com potências de 112 e 122 cv e torque de até 524Nm a 1300 rpm, respectivamente. Já o Landpower, este equipado com NEF6, está disponível em dois modelos com potências de 143 e 184 cv e torque de até 716Nm a 1400 rpm, respectivamente.

FPT Industrial mantém parceria com a Jimenez Irrigação, que atua no mercado de geração de energia

A Jimenez Irrigação, empresa que atua principalmente no mercado nacional de sistemas de bombeamento e geração de energia, colocou em prática na Agrishow uma ação promocional que conta com a participação da FPT Industrial, responsável pelo fornecimento dos brindes personalizados que estão sendo distribuídos aos clientes e visitantes da Jimenez durante o evento.

A parceria entre as empresas iniciada em 2008 rende bons frutos desde então. Laercio Machado Jimenez, sócio-presidente da Jimenez Irrigação, ressalta que “é de grande satisfação para a Jimenez ter a FPT Industrial como parceira para reforçar sua presença em eventos, principalmente na Agrishow.” São produtos de fácil acessibilidade para reposição de peças. Além disso, são econômicos e com preços competitivos, ou seja, oferecem o melhor custo-benefício aos clientes”.

Em se tratando de geradores de energia, além da Jimenez, clientes da FPT Industrial como a Stemac, o Grupo Bambozzi e Lintec estão na Agrishow. Parte dos grupos geradores dessas marcas também são equipados com motores FPT Industrial.

Serviço:
FPT Industrial na Agrishow 2016
Estande: Rua A, estande 10/11D
Endereço: Rod. Prefeito Antônio Duarte Nogueira, Km 321 – Ribeirão Preto – São Paulo
Data: 25 a 29 de abril
Horário: das 8h às 18h

FPT Industrial
A FPT Industrial é uma empresa do Grupo CNH Industrial voltada ao design, produção e comercialização de sistemas de propulsão para veículos on-road e off-road, máquinas agrícolas e de construção e também aplicações marítimas e de geração de energia. Com uma gama de produtos diversificada, com potência máxima de 31 kW (41 cv) até 740 kW (992 cv), cilindradas de 2,3L a 20,1L e transmissões com torque máximo de 200Nm a 500Nm. Líder mundial na produção de powertrain e de venda de motores GNV, a companhia conta com aproximadamente 8.000 colaboradores em todo o mundo distribuídos em 10 plantas e 6 centros de P&D (Pesquisa e Desenvolvimento). Duas delas, na América Latina, em Sete Lagoas (MG/Brasil) e em Córdoba (Argentina), além de um centro de P&D em Betim (MG/Brasil). Tudo isso faz da FPT Industrial uma empresa completa. Para mais informações, visite www.fptindustrial.com

São Paulo, 26 de abril de 2016

FONTE: ASSESSORIA DE IMPRENSA
MM Editorial

Marta de SouzaSimone Sabatini
www.mmeditorial.com.br

Comente aqui


Enduro do Jenipapo terá a participação de jovens e experientes pilotos no Campeonato Piauiense de Enduro

 

A abertura do Campeonato Piauiense de Enduro de Regularidade, evento organizado pela Federação de Motociclismo do Piauí – FMP, com supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo ,teve sua primeira etapa adiada para o próximo dia 17 de abril, a prova mais antiga e uma das mais tradicionais do calendário da entidade, que é presidida pelo organizador de eventos, Ehrlich Cordão. O 31º Enduro do Jenipapo é organizado pelo Teresina Trail Clube – TTC.

Cordão lembra que ele e outros amigos apaixonados por trilhas, natureza e por motos criaram essa competição, no início muito amadora, no ano de 1984, inclusive ele próprio foi o primeiro presidente do Teresina Trail Clube – TTC, no mesmo ano, sendo o clube de enduro mais antigo do Norte e Nordeste do Brasil. O Enduro do Jenipapo leva esse nome por  homenagear os heróis piauienses que deram suas vidas na sangrenta Batalha do Jenipapo, ocorrida em 13 de março de 1823, às margens do Rio Jenipapo, na região de Campo Maior, ao Norte do Piauí, quando homens simples e sem armamentos de guerra, enfrentaram e morreram frente ao forte exército português, sendo a única batalha sangrenta do país pela libertação do Piauí da coroa portuguesa.

Um dos pilotos mais experientes do Estado é o veterano Peter Ferreira, piloto por paixão e engenheiro civil por profissão, atualmente na categoria moto rally, já conquistou troféus de campeão em todas as demais categorias, sendo o piloto com maior número de títulos de piauiense. “Este ano vou em busca do 20º troféu do campeonato piauiense e o tetracampeonato consecutivo. Em 2015, participei de doze provas, contando com o Rally Piocerá e uma prova no Ceará e ganhei todas, entre elas campeão do Piocerá, campeão brasileiro do Campeonato Brasil Nordeste e campeão piauiense”, destacou o piloto, orgulhoso do seu desempenho.

Mas se tem pilotos experientes na disputa, também tem os quase estreantes ou novatos. É o caso do advogado Francisco Pitombeira, de Teresina, há pouco mais de um ano no esporte, embora em seu primeiro campeonato, já tenha conquistado o título de vice-campeão estadual novato. “Meu objetivo esse ano é pontuar bem no Piauiense e disputar etapas dos campeonatos Cearense, Maranhense e o Campeonato Brasil Nordeste”, disse o piloto da equipe WM Racing.

Outro destaque entre as feras é o piloto Lucas Matos. Com sua companheira de trilha, uma moto modelo KTM 250 2T, o piloto e empresário do ramo de imobiliária treina com frequência nos finais de semana. A meta é ficar entre os líderes da categoria sênior, que é super competitiva. Lucas foi escolhido o piloto revelação do Piauí em 2013, é bicampeão do Rally Cerapió – Piocerá (2013 na novato e 2014 na categoria júnior), terceiro colocado sênior do Piocerá em 2015, vice-campeão brasileiro de enduro de regularidade, nas etapas de abertura do Cerapió este ano e também campeão piauiense em 2013. Em 2015 ainda foi o terceiro melhor piloto sênior no Campeonato Norte e Nordeste de Enduro de Regularidade.

O briefing da etapa de abertura do campeonato ocorrerá no próximo sábado, dia 16, na concessionária CN Motos, em Teresina. A chegada será no centro de Campo Maior e terá cerca de 170 km de percurso, passando ainda por Altos e Coivara. A premiação acontecerá em Campo Maior. As categorias em disputa são a Sênior, Júnior, Novato e Moto Rally.

Fonte: Aldeia Com.

Comente aqui


No salto com vara, Fabiana Murer abre participação do Brasil em seu quinto Mundial Indoor

unnamed(1)

A saltadora, que tem duas medalhas em pista coberta, incluindo um ouro, vai usar a experiência em Portland para brigar pelo pódio 

15-03-2016

A saltadora Fabiana Murer estará em ação no primeiro dia de competições do Mundial Indoor de Portland (EUA), disputado no Oregon Convention Center. O salto com vara abre o campeonato em pista coberta, nesta quinta-feira (17.03), às 23h05 (horário de Brasília). Augusto Dutra, também também compete. O Clube ainda terá Darlan Romani, no arremesso do peso, e Keila Costa, no salto triplo, no Mundial que termina domingo (20.03).

“A temporada que eu fiz na Europa foi muito boa e cumpri o objetivo de ir crescendo a cada competição, ganhando ritmo, confiança. Gostei da competição em Estocolmo, apesar de ser uma pista difícil para mim fiz 4,71m. A prova de Clermont-Ferrand também foi legal. Até poderia ter saltado mais alto e faltou acertar detalhes. Fiz mais duas semanas de treinos fortes no Brasil para poder chegar aqui, em Portland, na minha melhor forma. O Mundial é para saltar alto e buscar uma medalha”, avisou Fabiana após fazer uma revisão das competições que disputou na Europa.

atletismo_fabianamurer

Este será o quinto Mundial Indoor da brasileira, que já tem duas medalhas no currículo: a de ouro, conquistada em Doha 2010 (4,80m) e a de bronze, em Valência 2008 (4,70m). Na última edição, em Sopot (POL) 2014, Fabiana ficou em quarto lugar, com a mesma marca da segunda e terceira colocadas (4,70m). Ela ainda disputou o Mundial de Moscou, em 2006, quando foi a 15ª, com 4,35m, quando ainda era uma novata no circuito mundial.

Fabiana observou que não será fácil chegar ao pódio. “Muitas meninas novas estão saltando alto e a concorrência vai ser forte”, declarou. Em sua última temporada na carreira – está entre as top 10 do mundo nos últimos dez anos –, a brasileira espera que sua experiência ajude na briga por uma medalha. “Espero que isso conte para a disputa da medalha. Vai ser muito difícil, mas estou confiante para saltar alto. Se for suficiente para uma medalha vou ficar muito contente. Se não, mas se eu conseguir saltar alto, fico contente também.”

O técnico Elson Miranda confirma que o objetivo era ter uma Fabiana a 100% no Mundial, uma meta que foi alcançada. “Queremos fazer um bom Mundial. A temporada indoor teve poucas boas competições, mas ela compete por boa marca e para brigar pelo pódio”. Augusto Dutra, que treina no grupo de Fabiana, está bem fisicamente e acumula boa experiência em provas indoor: fez 5,71m em 2013; 5,65m em 2015 e o seu melhor nesta temporada é 5,57m. “Seria interessante que ele fizesse 5,70m e confirmasse o índice para a Olimpíada”, declarou o treinador.

Fonte: Assessoria de imprensa da atleta

Ascom – Ministério do Esporte

unnamed

Comente aqui


Sprint Race: Marcus e Lucas Peres, pai e filho, confirmam participação na edição 2016

A primeira etapa das oito programadas para o ano será no dia 20 de março, no Autódromo de Curitiba

Pelo segundo ano, Marcus Peres e Lucas Peres, estarão presentes na Sprint Race Brasil. Pai e filho, retornam nos dias 19 e 20 de março ao circuito de Pinhais, localizado na região metropolitana de Curitiba, no Paraná onde fizeram suas estreias em setembro de 2015 no campeonato que tem se desenvolvido como escola para pilotos turismo nacional e comandarão o Sprint Race #78, com motor V6 de 270 cv, nas duas corridas no circuito misto com 3.695 metros de extensão.

Para a etapa de abertura programada da quinta edição, Lucas Peres garante que a expectativa é grande. “Após disputar três corridas no final da temporada 2015, começo 2016, focando em minimizar os erros e aproveitar a quilometragem adquirida com o carro para melhorar o meu desempenho, tanto em voltas rápidas quanto em ritmo de corrida”, conta.

A pista de Curitiba é a preferida do piloto Lucas Peres. “Curitiba sempre esteve entre as minhas pistas preferidas, ano passado, infelizmente, não tive bons resultados nas duas ocasiões em que corremos no circuito. Esse ano irei participar de todas as três disputas (oval, misto e inverse) e espero reverter o histórico”, disse o piloto de 24 anos.

O piloto iniciou a carreira aos 16 anos em campeonato regional na categoria Speed Fusca, na cidade de Londrina (PR). Disputou mais tarde o Campeonato Paranaense da mesma categoria, andando em pistas como Curitiba e Cascavel. Participou também da Marcas A com modelo VW Gol.

Em 2015, Lucas dividiu o carro com o pai (Marcus) na categoria GP e a dupla representante da região Norte paranaense conta com o patrocínio da Construblok. “Com poucas corridas disputadas na Sprint Race conquistei um pódio de segundo lugar na penúltima etapa em Curitiba e larguei da pole position na última etapa em Interlagos. Espero melhorar o desempenho nesta edição”, finaliza Marcus Peres.

O experiente piloto de 53 anos, iniciou a carreira no automobilismo em 1987 no kart, com participações na Speed Fusca, Copa Corsa, Brasileiro de Fiat Uno, Fiat Palio, Omega Stock Light e Protótipos. Os seus melhores resultados foram: 3º lugar (classificação final) no Brasileiro de Fiat Uno Novatos em 1997, 3º lugar (classificação final) na Palio B em 1998 e vice-campeão da Brascar-Protótipos em 2005. Já no ano de 2000, fez o Campeonato Brasileiro de Stock Light.

A Sprint Race têm patrocínio da Alpina, Pirelli, Ecopads, Bardahl, Fremax e Rio Custom.

Calendário
20/03 – Curitiba (PR) – AIC – Circuito Misto
24/04 – São Paulo (SP) – Interlagos
29/05 – Curitiba (PR) – AIC – #Inverse Track/Grid
19/06 – Curitiba (PR) – AIC – #Oval
31/07 – Mogi-Guaçu (SP) – Velo Cittá
18/09 – Londrina (PR) – #NightChallenge
23/10 – Cascavel (PR) – #SetUpFree
18/12 – São Paulo (SP) – Interlagos – #Pontuação Dobrada

Mais informações:
Site: www.sprintrace.com.br
Facebook: Sprint Race Brasil
Twitter: Sprint Race

Texto: Silvana Grezzana Santos

patrocinios

Comente aqui