primeira vez



“Mecânico virtual” Engie entra pela primeira vez na Black Friday com desconto de 18% para todo Brasil

Com tecnologia israelense, Engie pode gerar economia de até 30% na manutenção preventiva de carros e em gastos diários.

 

O Engie, solução que faz diagnósticos de prevenção e manutenção de mais de 10 mil itens de um carro em tempo real, participa pela primeira vez da Black Friday no Brasil com desconto de 18% para quem comprar o dispositivo até o dia 25 de novembro.

 

Disponível para modelos de carros a partir do ano 2002, o dispositivo funciona em conjunto com o aplicativo Engie para celular. Durante a semana da Black Friday, o Engie poderá ser adquirido por R$ 82,00  para o sistema Android e R$ 111,00 para o iOS. Além disso, a promoção Pague 2 e Leve 3 pelo valor de R$ 164 (para Android) e pelo valor de R$ 222 (para iOS), valerá até o dia 25 de novembro. A entrega é grátis e a promoção online pode ser acessada no link http://www.blackfriday.engieapp.com.

 

O dispositivo Engie verifica o estado geral do veículo e notifica automaticamente o motorista pelo app de celular, caso algum item não esteja funcionando bem. O app, além de indicar oficinas e mecânicos credenciados por região, permite também que o dono do carro peça orçamentos online de serviços e produtos, arquive informações sobre consumo de combustível. O Engie lembra o motorista onde o carro está estacionado, entre outros serviços úteis. Segundo o fabricante, usados juntos, dispositivo e app são capazes de gerar uma economia de até 30%  na manutenção do veículo e em gastos diários.

 

É super fácil instalar o Engie no carro:  o dispositivo é acoplado à entrada OBD2 do carro, geralmente localizada no painel, abaixo do volante. Por meio do sistema Bluetooth, o “gadget” envia os dados coletados do carro para o aplicativo Engie baixado no celular.

 

Criado por uma startup israelense, cofundada por um dos criadores do Waze e do Moovit, Uri Levine, o dispositivo Engie veio para revolucionar a experiência de manutenção preventiva ao funcionar como um “mecânico virtual”. Além de Brasil, o produto só é encontrado em Israel, Reino Unido, EUA, Espanha e México. Nesses países, são 150 mil veículos conectados e 250 mil downloads realizados. No Brasil, um de seus mercados mais promissores, são 30 mil veículos conectados e 90 mil downloads.

 

***

 

OUTROS PRODUTOS ENGIE NO BRASIL

O Engie Frotas coleta informações do dispositivo Engie instalado numa frota de carros — de pequeno e médio portes — e otimiza os dados para o gestor de forma automática e integrada. O gestor tem acesso a relatórios sobre os veículos, a serviços de manutenção e reparação de peças agendados, a eventuais falhas mecânicas ou elétricas e pode conversar diretamente com os motoristas, alertando-os sobre os procedimentos para manter a frota em pleno funcionamento.

 

O Engie Connect é uma plataforma criada para que mecânicos fiquem em contato remoto diário com os proprietários de veículos para resolver, com agilidade, eventuais problemas elétricos ou mecânicos dos carros. Com esse monitoramento diário, o motorista pode receber lembretes sobre manutenções que precisam ser realizadas, alertas sobre falhas eventuais e orçamentos de serviços detalhados, entre outros serviços. É também um importante canal de relacionamento do mecânico para fidelizar seus clientes com profissionalismo, informando-os sobre ofertas especiais ou conversando diretamente com os donos dos carros para saber suas necessidades, entre outros serviços.

Fonte:

Claudia Izumi – Vanessa Mayumi

www.grupocasa.com.br

Comente aqui


FORD APRESENTA PELA PRIMEIRA VEZ O MUSTANG GT PREMIUM PARA O MERCADO BRASILEIRO E ANUNCIA O INÍCIO DA SUA PRÉ-VENDA

INSCREVA-SE NO MEU CANAL NO YOUTUBE

CAMINHAR E PENSAR É SÓ COMEÇAR

https://www.youtube.com/c/Caminharepensarésócomeçar

 


A Ford realizou uma grande apresentação para anunciar a chegada do Mustang no Brasil, na versão GT Premium com o motor V8 5.0. Com 466 cv, este é o modelo mais poderoso da linha do esportivo mais emblemático do mundo. Lançado praticamente junto com os Estados Unidos, trazendo novo design e repleto de tecnologia e conectividade, o Ford Mustang 2018 terá o início de vendas antecipadas a partir de 11 de dezembro em um site exclusivo com diversas informações sobre o produto.

No evento de hoje com a presença da imprensa e convidados no Jockey Club de São Paulo, o presidente da Ford América do Sul, Lyle Watters, ressaltou a importância deste lançamento para a Ford no Brasil.

“A Ford tem uma habilidade única de combinar a grandeza da sua história com foco no futuro e o Mustang é um carro que resume tudo isso. Este é o momento certo de trazer ao Brasil tudo o que o Mustang oferece”, disse. “O Mustang ocupa um lugar especial no coração da Ford: ele simboliza a nossa paixão pela liberdade, nossa paixão pela aventura e nossa paixão pela inovação.”

O Mustang 2018 é considerado pela imprensa internacional como o melhor de todos os tempos. O esportivo teve uma grande renovação no design, que valoriza a essência da sua personalidade, com interior inteiramente atualizado e um surpreendente painel digital totalmente configurável e esportivo.

A linha está sendo lançada nos Estados Unidos, Europa e China. O Mustang ganha as ruas brasileiras no primeiro trimeste do próximo ano, trazendo a versão mais imponente da série.

“O Mustang tem potência que desperta grandes emoções e também representa o que a Ford tem de mais avançado em tecnologia. Ele combina desempenho e tecnologias de assistência com alto padrão de segurança. É fruto do trabalho dedicado e da paixão de todo o time da Ford por automóveis”, afirmou Rogelio Golfarb, vice-presidente de Assuntos Governamentais, Comunicação e Estratégia da Ford América do Sul.

Conheça o Mustang GT Premium V8 5.0

O Mustang GT Premium é um ícone da linha global do esportivo voltado à performance. Ele é equipado com o poderoso propulsor V8 5.0 de 466 cv e transmissão sequencial de 10 velocidades com acionamento por borboletas no volante. Além do desempenho e ronco marcante dessa versão V8, que desperta paixão nos entusiastas do mundo inteiro, o Mustang 2018 traz um design ainda mais arrojado e imponente.

Entre outros itens, o Mustang conta com saídas exclusivas de ar no capô, conjunto óptico único e exclusivo em LED, com as lendárias luzes de assinatura de três barras na dianteira e na traseira, rodas esportivas de 19 polegadas com acabamento preto brilhante, aerofólio traseiro e um recurso exclusivo: luzes de cortesia nos retrovisores que projetam a imagem do ícone no chão. Outras informações sobre o veículo serão divulgadas mais próximo do lançamento.

A pré-venda do Mustang será feita por um site exclusivo, onde os interessados poderão se inscrever para ser os primeiros proprietários do lote inicial, em unidades limitadas. A partir da opção de pré-reserva do Mustang, o cliente terá um atendimento exclusivo por meio de um serviço de concierge, que vai orientá-lo sobre as condições comerciais e detalhes técnicos do produto. O lote inicial limitado contará ainda com um presente especial e exclusivo, preparado para os apaixonados por este ícone.

As primeiras unidades do veículo devem ser entregues aos proprietários no final do primeiro trimestre de 2018.

Lançamento aguardado

A primeira apresentação do Mustang no Brasil foi realizada num evento digno do legado e da tradição do esportivo, com a presença da imprensa de todos os segmentos, mídias sociais, empresários e celebridades.

O veículo foi exibido na pista principal do Jockey Club, em meio a uma tropa de cavalos puro-sangue, simbolizando a origem do seu nome emprestado da raça nativa do Oeste americano. Vários Mustangs desfilaram no hipódromo, com destaque para um modelo vermelho dirigido pelo ator Rodrigo Lombardi. Um dublê simulou a sua chegada, lançado em rapel de um helicóptero.

O ator comandou a parte social da festa de lançamento para cerca de 300 convidados. Fã de automóveis, o astro destacou a experiência de dirigir o Mustang pela primeira vez em solo brasileiro. “Foi uma sensação incrível”, resumiu Lombardi.

O Mustang é lendário. Símbolo de liberdade, foi imortalizado no cinema e na televisão em mais de 3.800 produções, protagonizando cenas memoráveis ao lado de grandes astros. Agora, assume esse protagonismo também no mercado brasileiro.

 

(29/11/2017)

 

Imprensa Ford

Comente aqui


Última seletiva da natação, Troféu Maria Lenk testa Estádio Aquático pela primeira vez

unnamed(1)

Mais de 350 brasileiros entrarão na piscina olímpica de 15 a 20 de abril em busca dos índices para o Rio 2016. Comitê Organizador observará principalmente a área de competição, a ação dos voluntários e o sistema de cronometragem

15-04-2016

O Troféu Maria Lenk 2016 tem início nesta sexta-feira (15.04), no Estádio Olímpico de Esportes Aquáticos, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, dando aos atletas brasileiros a última chance de conquistar os índices para as 14 provas olímpicas da natação. Participam da competição, que vai até o dia 20 de abril, mais de 350 nadadores de 58 clubes na disputa nacional, além de 57 estrangeiros de 11 países: Argentina, Canadá, Chile, China, Eslováquia, Finlândia, Japão, Paraguai, República Tcheca, Ucrânia e Uruguai. Além de seletiva olímpica, o Maria Lenk será o primeiro evento-teste realizado no Estádio Aquático, entregue ao Comitê Organizador no último dia 8 de abril.

Nadadores treinam no Estádio Olímpico de Esportes Aquáticos na véspera do Maria Lenk. Foto: Satiro Sodré/SSPress

Nadadores treinam no Estádio Olímpico de Esportes Aquáticos na véspera do Maria Lenk. Foto: Satiro Sodré/SSPress

Serão testados vários aspectos da área de competição – como o sistema de largada e as raias –, a ação dos voluntários específicos do esporte, o sistema de cronometragem, a apresentação esportiva e um pouco da operação de espectadores, já que amigos e familiares de atletas e convidados estarão presentes nas arquibancadas. Não haverá venda de ingressos para o público em geral. O diretor de Esportes do Rio 2016, Rodrigo Garcia, explicou que a estrutura para o Maria Lenk no Estádio Aquático não é exatamente como ficará para o chamado “Games Time”.

“Ainda há trabalho a ser feito na instalação. Faremos o Maria Lenk sem a cobertura na piscina de aquecimento, mas haverá cobertura nos Jogos, uma estrutura temporária. O painel será fixado em local diferente. Os sistemas de iluminação e ventilação ainda não estão 100%, e os testes feitos agora vão ser fundamentais para entregar a melhor estrutura em agosto”, disse.

A competição terá somente provas olímpicas, de forma que as provas de 50m estilos (costas, peito e borboleta), 1.500m livre feminino e 800m livre masculino ficarão de fora. Também não serão realizadas as provas de revezamento. O foco da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) é formar a melhor seleção brasileira possível.

“O Maria Lenk 2016 será disputado com muitos ingredientes complementares, tais como o ambiente olímpico, a presença dos familiares no apoio pela conquista de uma vaga olímpica, a proximidade dos Jogos Olímpicos, a participação em casa, a expectativa e a pressão. Faz toda a diferença disputar a competição já na piscina olímpica: conhecer o local de batalha antecipadamente ajuda, já se cria uma intimidade com a instalação. Por isso, fizemos todo o esforço para realizar o Maria Lenk no Estádio Aquático”, disse o superintendente executivo da CBDA, Ricardo de Moura.

Depois da natação olímpica, serão realizados mais dois eventos-teste no Estádio Aquático: natação paralímpica (22 a 24 de abril) e polo aquático (25 a 29 de abril).

Formato e finais

As eliminatórias, disputadas pela manhã, classificarão oito atletas com os melhores tempos para nadar a Final A, sejam eles brasileiros e estrangeiros. Os nadadores brasileiros que terminarem as eliminatórias da manhã entre a nona e a 16ª posições participarão da Final B.

O pódio da prova internacional (Final A) será definido logo após a disputa. Já o pódio do evento nacional será determinado depois da realização das duas Finais (A e B). Isso porque o atleta que nadar a final B terá a mesma oportunidade daquele que nadar a final A na busca do índice olímpico, na pontuação para seus clubes e também estará concorrendo ao pódio nacional. Dessa forma, as colocações e as pontuações do Campeonato Nacional só serão divulgadas após a realização das duas provas decisivas.

Há três estrangeiros nadando pelos clubes brasileiros. Eles competem há mais de três anos no Brasil, já são considerados “brasileiros” esportivamente, segundo o regulamento, e podem disputar a Final B (nacional) do Maria Lenk. São eles: a argentina Julia Sebastian, recordista sul-americana dos 200m peito, pela Unisanta, e os equatorianos Esteban Enderica, recordista sul-americano dos 1500m livre, e Samantha Arevalo, também fundista, que nadarão pelo Fluminense.

Primeira seletiva

Seguindo o padrão dos últimos anos, a CBDA adotou como tempos mínimos para participação nas provas individuais dos Jogos Olímpicos os chamados índices A da  Federação Internacional de Natação (FINA).

A primeira seletiva ocorreu em dezembro de 2015, em Palhoça (SC). As disputas foram divididas em dois torneios simultâneos: o 25º Campeonato Brasileiro Sênior – Troféu Daltely Guimarães, e o 11º Torneio Open. Pela manhã, os atletas disputaram o Daltely, como se fosse uma fase eliminatória. Os oito melhores de cada prova se classificam para o Torneio Open, uma espécie de final, realizado no período da tarde. Os tempos anotados nas 14 provas olímpicas das duas competições valeram como índice para o Rio 2016 (veja a lista dos atletas ao final).

Revezamentos

No caso dos revezamentos, o Brasil garantiu, no  Mundial de Kazan 2015, na Rússia, vagas para quatro provas: 4x100m livre masculino, 4x100m medley masculino, 4x100m livre feminino e 4x200m livre feminino. A definição das equipes será feita também com base nos tempos das duas seletivas olímpicas. Os nadadores que conseguirem índice nas provas individuais automaticamente entram para os quartetos dos revezamentos, sempre seguindo a ordem dos melhores tempos. Caso o número de vagas não seja preenchido por atletas com índice, serão classificados nadadores adicionais que tenham alcançado o tempo mínimo de participação nos Jogos exigido pela FINA – os chamados índices B, um pouco mais altos que os índices A.

Cielo tem a última chance de se classificar para o Rio 2016 no Troféu Maria Lenk. Foto: Alex Menendez/Getty Images

Cielo tem a última chance de se classificar para o Rio 2016 no Troféu Maria Lenk. Foto: Alex Menendez/Getty Images

O desafio do campeão olímpico

Recordista mundial dos 50m livre (20s91) e dos 100m livre (46s91), com tempos alcançados em 2009, Cesar Cielo tem no Maria Lenk a última chance de se garantir no Rio 2016,  já que ficou fora da final dos 100m em Palhoça, deixou o campeonato antes de nadar os 50m livre e ainda não tem índice nessas provas.

Mas o campeão olímpico dos 50m em Pequim 2008 – que também conquistou o bronze nos 100m em Pequim e nos 50m em Londres 2012 –  enfrenta um desafio ainda maior que os índices estabelecidos pela FINA. Como só podem ir aos Jogos, em cada prova individual, dois atletas por país, Cesar terá que superar os companheiros de seleção que já fizeram tempos abaixo do índice.

No caso dos 50m livre, o índice FINA é 22s27, mas Bruno Fratus fez 21s50 em Palhoça e Ítalo Duarte, 22s08. Isso significa que Cielo terá que ser pelo menos mais rápido que Ítalo para estar nessa prova no Rio 2016.  Mais três nadadores (Marcelo Chierighini – 22s17, Matheus Santana – 22s17 e Henrique Martins – 22s25) nadaram abaixo do índice no torneio de dezembro, e todos eles ainda têm a chance de melhorar as marcas no Maria Lenk. No caso do revezamento, vão os quatro mais rápidos.

A situação dos 100m livre não é muito diferente. O índice FINA é 48s99, mas Nicolas Oliveira – 48s41, Matheus Santana – 48s71, Marcelo Chierighini – 48s72  e Alan Vitória – 48s96 superaram a marca em Palhoça.

Thiago Pereira fora dos 400m medley
Outro medalhista olímpico brasileiro, Thiago Pereira não vai lutar pelo índice nos 400m medley, prova que lhe rendeu a prata em Londres 2012. Ele não está inscrito nessa prova no Maria Lenk. O maior medalhista de Jogos Pan-Americanos da história – 23 pódios, sendo 15 ouros – já tem o índice olímpico para os 200m medley.

Programação do Troféu Maria Lenk 2016
-Eliminatórias a partir de 9h30
-Finais a partir de 17h30 até o dia 19, e a partir de 17h no dia 20

Sexta-feira (15.04)
400m medley masculino
100m borboleta feminino
400m livre masculino
400m medley feminino
100m peito masculino

Sábado (16.04)
100m costas feminino
200m livre masculino
100m peito feminino
100m costas masculino
400m livre feminino

Domingo (17.04)
200m livre feminino
200m borboleta masculino
200m medley feminino

Segunda-feira (18.04)
100m livre masculino
200m borboleta feminino
200m peito masculino

Terça-feira (19.04)
100m livre feminino
200m costas masculino
200m peito feminino
200m medley masculino

Quarta-feira (20.04)
50m livre masculino
50m livre feminino
100m borboleta masculino
200m costas feminino
1500m livre masculino
800m livre feminino

Atletas que conquistaram índice para o Rio 2016 em Palhoça (SC)

50m livre masculino(22s27)
Bruno Fratus – 21s50 / Ítalo Duarte – 22s08 / Marcelo Chierighini – 22s17 / Matheus Santana – 22s17 / Henrique Martins – 22s25

50m livre feminino (25s28)
Etiene Medeiros – 24s71 / Graciele Herrmann – 24s92

100m livre masculino (48s99)
Nicolas Nilo Oliveira – 48s41  / Matheus Santana – 48s71 / Marcelo Chierighini – 48s72/ Alan Vitória – 48s96

100m livre feminino (54s43)
Etiene Medeiros – 54s26

200m livre masculino (1m47s97)
Nicolas Nilo Oliveira – 1m47s09 / João de Lucca – 1m47s81

200m livre feminino (1m58s96)
Manuella Lyrio – 1m58s43

400m livre masculino (3m50s44)
Luiz Altamir Melo – 3m50s32

100m borboleta masculino (52s36)
Henrique Martins – 52s14 / Marcos Macedo – 52s17 / Nicholas Santos – 52s31

200m borboleta masculino (1m56s97)
Leonardo de Deus – 1m56s14

100m costas masculino (54s36)
Guilherme Guido – 53s09

200m costas masculino (1m58s22)
Leonardo de Deus – 1m57s43

100m peito masculino (1m00s57)
Felipe França – 59s56  / João Gomes Junior – 1m00s00 / Felipe Lima – 1m00s09 / Pedro Cardona – 1m00s14

200m peito masculino (2m11s66)
Thiago Simon – 2m11s29

200m medley masculino (2m00s28)
Henrique Rodrigues – 1m58s26 / Thiago Pereira – 1m58s32

200m medley feminino (2m14s26)
Joanna Maranhão – 2m14s04

400m medley feminino (4m43s46)
Joanna Maranhão – 4m40s78

400m medley masculino (4m16s71)
Brandonn Almeida – 4m14s07

Carol Delmazo, brasil2016.gov.br

Ascom – Ministério do Esporte

unnamed

Comente aqui


Pilotos participarão pela primeira vez do Rally Barretos

Todos os anos, o evento recebe novos competidores. São dez anos de existência, registrando muitas histórias e um elenco importante que contribui para o crescimento do esporte no País

São dez anos contínuos de realizações e, quem é adepto do rali cross country, conhece a fama do Rally Barretos – que todos os anos é o responsável pela abertura das temporadas dos Campeonatos Brasileiro de Rally Cross Country e Rally Baja. A cada edição, pilotos e navegadores se juntam a esse grid que, em 2016, será formado nos dias 05 e 06 de março, em Barretos, SP.
Ele não é estreante no esporte, mas será a primeira vez que disputará o Rally Barretos. O piloto cearense Cléber Rodrigues Rosa disse que este é um sonho antigo, e que agora, tomou a decisão de participar de todas as etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. “Essa é uma bela prova, bastante comentada pelos amigos, e para mim, será uma boa novidade. Desta forma, por ser minha estreia, terei muito juízo na hora de acelerar, conhecendo primeiramente o tipo de terreno da região”, comentou Cléber, que estará ao lado do navegador João Victor Ribeiro, a bordo de uma Mitsubishi L200 Triton.
O 10º Rally Barretos terá dois dias de disputas e aproximadamente 300 quilômetros. Serão duas especiais que preservarão as características naturais que os off-roaders gostam de encarar em um certame como esse: erosões, pedras, lombas, curvas de diversos tipos, e setores que mesclarão média e alta velocidade.
Outro piloto que fará sua primeira participação no Rally Barretos será o catarinense Adriano José Benvenutti, da categoria UTVs. “Já estive na competição como apoio, e gostei bastante do que vi. É um rali importante para o automobilismo nacional”, afirmou ele que acelerará um Polaris RZR 100. “É uma prova bem organizada, com credibilidade no fora-de-estrada. Alcançar a marca dos dez anos de existência é resultado de conquistas positivas em todas as edições”, opinou Benvenutti.
O briefing do 10º Rally Barretos será no dia 19 de fevereiro, às 19h30, no Bar Filial – Divino Fogão da Alameda Rio Negro, 1033, Barueri, SP. A organização do evento – a Rallymakers – passará mais detalhes sobre o percurso e as novidades preparadas para a edição comemorativa. As inscrições estão abertas em www.rallymakers.com.br. Juntamente com o briefing será realizada a Festa dos Campeões, com premiação dos vencedores da temporada 2015 dos Campeonatos Brasileiro de Rally Cross Country e Rally Baja das categorias motos, quadriciclos e UTVs.
Serviço – Briefing 10º Rally Barretos e Festa dos Campeões
Dia: 19 de fevereiro
Horário: 19h30
Local: AlphaShopping
Bar Filial – Divino Fogão
Endereço: Alameda Rio Negro, 1033 – lojas 54 e 55
Alphaville Industrial – Barueri, SP
O 10º Rally Barretos tem apoio da Prefeitura de Barretos, os Independentes. Apoio de Divino Fogão e FD Stands & Displays. Promoção da Black Box

Fonte: Liberdade de Ideias – Isis Moretti

Fotos: Luciano Santos/DFOTOS e Ney Evangelista/DFOTOS

Comente aqui


Irmãos Zettel treinam pela primeira vez com o Gol GV Rally

 

 

Na última semana a ProMacchina realizou um treino para os pilotos que vão defender a equipe na temporada 2015. Leo e Fred Zettel puderam sentir pela primeira vez o comportamento do VW Gol GV de rally em condições de rally. 

“Testei um Gol no final do ano passado, mas tivemos uma pequena mudança de regulamento. Hj pude andar pela primeira vez com o carro que vamos disputar a temporada 2015 já com todas as alterações técnicas necessárias”, conta Leo Zettel que ficou impressionado com precisão do carro. “Ele é mais dócil que o Peugeot. Fica mais fácil de apontar para onde quer”, completa o piloto.

O navegador Fred Zettel também gostou do comportamento do novo bólido. “Em nosso primeiro treino, com piso muito liso, o novo carro superou as expectativas. Em todo tempo tinha a certeza que ele estava sempre na mão, mesmo em algumas escapadas mais fortes. Parecia estar andando no asfalto. 2015 promete ser bastante competitivo.”

Nova parceria

Para esta temporada a dupla ainda conta com suprimentos de competição da marca italiana OMP, que há mais de 40 anos produz equipamentos e acessórios, sempre buscando um diferencial competitivo para os carros. 

A marca está oficialmente no Brasil desde 2011 através do seu distribuidor exclusivo goBS e, aos poucos, vai aumentando sua participação no país. “Queremos conquistar o mercado do rally no Brasil, pois é muito importante para a OMP em todo o mundo”, conta Emerson Bersaghi – diretor da goBS. “A OMP é parceira da VW com três carros no WRC e Sebastian Ogier levou o dois últimos campeonatos com essa parceria”, completa Bersaghi.

A equipe vai disputar os campeonatos brasileiro e paranaense de rally na categoria RC5, para veículo 1.6, tração 4×2 de produção. Ao todo estarão presentes em nove provas realizadas em três estados brasileiros:

21/03 – Rally de Itaiacoca (PR) – RallyPR

18/04 – Rally de Estação (RS) – CBR

22/05 – Rally de Erechim (RS) – CBR

05/06 – a definir (PR) – RallyPR

03/07 – Rally de Pomerode (SC) – CBR

15/08 – Rally das Araucárias (PR) – RallyPR

11/09 – Rally de Ponta Grossa (PR) – CBR e RallyPR

23/10 – a definir – CBR

05/12 – Rally de Morretes (PR) – CBR e RallyPR

A agenda da dupla está cheia no mês de março. Com objetivo de divulgar o Rally Itaiacoca o VW Gol participará de duas exposições, mas piloto e navegador ainda pretendem realizar dois treinos para conhecer melhor o equipamento e aprimorar a pilotagem. 

Para a temporada 2015 de rally os irmãos Leo Zettel e Fred Zettel contam com patrocínio da WZ Comm – Comunicação que mostra resultados, GoBS – distribuidor Excusivo OMP no Brasil e Dmack Motorsport Brasil – pneus de rally.

Fotos: Fernando Shuartz / Daniel Zielonka

Fonte:

WZ Comm | Imprensa

Comente aqui


FS MotorSport acelera pela primeira vez no rali e fecha o dia entre os primeiros colocados

Agora, eles formam uma verdadeira equipe do rali cross country. Após acelerar pelos 138 quilômetros do primeiro dia do 9º Rally Barretos, a dupla Fábio Simsen e Fábio dos Santos teve a estreia que tanto planejou

 

07 de março de 2015 – Eles chegaram chamando a atenção no 9º Cross Country Rallymakers Barretos. Com a nova picape Chevrolet S10, o piloto Fábio Simsen e o navegador Fábio dos Santos, da FS MotorSport, fazem ressurgir no grid do rali cross country a marca americana (tão embora, não tenham qualquer vínculo com a montadora).

Mas essa não é a única novidade que envolve a equipe… Juntos, Simsen e Santos estão estreando no esporte e vivenciando todas as emoções que só essa modalidade é capaz de oferecer. O Rally Barretos acontece neste final de semana, na cidade de Barretos, SP, e tem a responsabilidade de abrir a temporada 2015 do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country para carros e caminhões. A concentração do evento está no famoso Parque do Peão.

E eles já mostraram que tem potencial para a velocidade, pois cumpriram os 172 quilômetros desta primeira etapa (sendo 138 quilômetros de trecho cronometrado), com o tempo de 02h53min35, conquistando assim o terceiro melhor tempo da categoria Production T2, e 11º lugar na classificação geral (entre todos os carros inscritos).

“É muita adrenalina. Estávamos bastante ansiosos e apreensivos, pois queríamos fazer bonito, afinal é carro e equipe nova. Precisávamos causar um boa impressão”, disse o piloto. “Estamos satisfeitos com esse resultado, apesar da pouca experiência superamos nossas expectativas. Porém, há muito o que fazer em melhorias mecânicas, e nós, como competidores, também temos bastante para aprender. Essa foi a primeira de muitas provas que iremos competir”, reconheceu.

Logo de início, a FS MotorSport já encarou uma prova que apresentou o melhor do rali cross country. Momentos antes da largada, choveu em alguns setores do trajeto, aumentando o número de obstáculos de percurso e tornando o certame ainda mais técnico. Entre as erosões, pedras, lombas (com saltos), curvas de diversos tipos, poças d’águas, somou-se o terreno escorregadio e lama. “Já tivemos algumas lições de como controlar o veículo em piso liso, onde ele escorrega para todos os lados”, falou o navegador.

Amanhã, Simsen e Santos encararão mais 138 quilômetros de especial. O roteiro é o mesmo, porém, algumas surpresas deverão aparecer pelo caminho. A previsão de encerramento do 9º Rally Barretos é para às 15h30. “Para o primeiro evento, essa foi uma ótima escolha. A organização é espetacular”, encerrou o piloto.

Programação – 9º Cross Country Rallymakers Barretos

Domingo – 08 de março
08h – Largada da primeira moto na Prova Especial
10h30 – Largada do primeiro carro na Prova Especial
11h – Início Super Prime CBM – seguido de premiação
13h – Início Super Prime CBA – seguido de premiação
15h30 – Cerimônia de encerramento

A FS MotorSports tem patrocínio de Construpema e Metronorte

Crédito das Fotos: Luciano Santos

Fonte:
Liberdade de Ideias
Isis Moretti

www.liberdadedeideias.com.br

Comente aqui


Honda mostra pela primeira vez no Brasil a Barracuda CB 1000 R

 

Público que comparecer ao Brasil Motorcycle Show, em Curitiba, verá modelo inédito exposto no estande da marca japonesa

Devaldo Gilini Junior

A Honda mostra pela primeira vez no Brasil a versão Barracuda da CB 1000 R. Ela está no estande da marca no Brasil Motorcycle Show, no Expo Renault Barigui, em Curitiba, e foi mostrada para jornalistas do Paraná nesta sexta-feira (21/11) durante apresentação do nova CG 150 Titan CBS 2015 (veja reportagem neste link – http://blogs.odiario.com/sportcars/?p=45531).

O modelo que, até então, é vendido apenas na Itália, possui cor, visual e acabamentos diferenciados e chega as concessionárias a partir de janeiro de 2015.

Entre as modificações para a versão tradicional estão apenas as cores e grafismo diferenciado. O modelo italiano conta ainda com pequenas mudanças nas rodas, espelho retrovisor e setas, manes e punhos, o que não virá na Barracuda brasileira. Não existe nenhuma alteração mecânica no motor e suspensões.

A versão Barracuda chega para ser a top de linha da naked de 1000 cc a partir de 2015. Com sua chegada o modelo tradicional deverá ter uma redução de preço para atrair o público que ficou sem a esportividade da Hornet 600, agora fora de linha.

Comente aqui


Após 44 anos, prova das 500 Milhas de Motovelocidade deixa São Paulo pela primeira vez e será disputada em Curitiba (PR)

 

Categoria 500 Milhas na 500 Milhas Motovelocidade de Interlagos 2014 Crédito: Donini Produções/VIPCOMM

Categoria 500 Milhas na 500 Milhas Motovelocidade de Interlagos 2014
Crédito: Donini Produções/VIPCOMM

18ª edição de uma das principais provas do motociclismo brasileiro acontecerá dias 27, 28 de fevereiro e 1º de março

Curitiba (PR) – A prova das 500 Milhas de Motovelocidade está de casa nova. A tradicional prova brasileira de endurance, realizada anualmente em São Paulo desde 1970, muda pela primeira vez em sua história para o Paraná. A 18ª edição será nos dias 27, 28 de fevereiro e 1º de março de 2015, no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais (PR).
“Antes de decidirmos o novo local, fizemos um levantamento completo em outros autódromos pelo Brasil. Curitiba tem ótima infraestrutura, comodidade de transporte para os pilotos e equipes, além da ótima qualidade da própria pista. Com essa mudança, queremos abrir novos horizontes e expandir ainda mais o motociclismo nacional”, explica Terlange Souza, organizador do evento.
Reconhecida internacionalmente, a competição é considerada a prova de gala do motociclismo brasileiro e é um verdadeiro desafio para as montadoras e participantes, que precisam resistir a quase seis horas de intensa disputa.
“A nossa meta é surpreender cada vez mais. Queremos fazer um evento para que todos saiam satisfeitos e ansiosos por uma próxima oportunidade, assim como foi em 2014. Será uma prova inesquecível”, garante Souza.
Outra novidade é a criação de mais uma categoria. A organização promove no próximo ano as 100 milhas, exclusivas para motos de 250 e 300cc e com equipes de no máximo de dois pilotos.
O autódromo
Novo palco das 500 Milhas, o Autódromo Internacional de Curitiba possui 3.695 metros de extensão e é considerado um dos melhores do país, atendendo a todos os padrões das federações internacionais, como segurança, funcionalidade e qualidade. Tanto para os pilotos e equipes, quanto para a imprensa e público.
Além disso, Curitiba (PR) é uma cidade de grande porte, preparada para sediar um evento dessa magnitude. O Aeroporto Internacional Afonso Pena garante que todos cheguem ao local com facilidade.
Fonte: VIPCOMM
Assessoria de imprensa 500 Milhas de Motovelocidade

Comente aqui


Aliança Renault-Nissan patrocina o TED Global 2014, realizado pela primeira vez na América Latina

 

A Aliança Renault-Nissan estará presente no TED Global 2014, evento internacional de conferências que acontece todo ano em diversos locais do mundo. As palestras acontecerão de 5 a 10 de outubro, no Hotel Copacabana Palace, no Rio de Janeiro.

Durante todos os dias do evento a Aliança Renault-Nissan terá circulando nas ruas da cidade carros 100% elétricos, os modelos Renault Zoe e Nissan Leaf. A Aliança é líder mundial no segmento de veículos zero emissão com mais de 180 mil de carros vendidos e investe 4 bilhões de euros no desenvolvimento dessa tecnologia.

O TED (Technology, Entertainment, Design, em português: Tecnologia, Entretenimento, Design) é uma organização não governamental dos Estados Unidos que realiza palestras e conferências abrangendo quase todos os aspectos de ciência e cultura.

Realizado pela primeira vez na América Latina, o TED Global 2014, que tem a Aliança Renault-Nissan como uma das patrocinadoras oficiais do evento no Brasil, tem como tema este ano o hemisfério Sul e todas as palestras vão permear o tema que intitula a edição: South! (sul, em inglês).

SOBRE A ALIANÇA RENAULT-NISSAN

A Aliança Renault-Nissan é uma parceria estratégica entre a francesa Renault, com sede em Paris, e a japonesa Nissan, com sede em Yokohama. Juntas, as duas empresas são responsáveis pela venda de 1 a cada 10 carros comercializados em todo o mundo. Parceiras desde 1999, elas comercializaram em 2013 cerca de 8,3 milhões de carros, em aproximadamente 200 países, das marcas Renault, Nissan, Dacia, Renault Samsung Motors, Lada, Infiniti, Datsun e Venucia. A Aliança é um dos quatro maiores grupos automotivos do mundo e líder mundial na produção de veículos zero emissão, com mais de 180 mil carros vendidos em todo o mundo.

Fonte: Assessoria de Imprensa Renault

Caique Ferreira
Adriana Costa (Institucional)
Ubirajara Alves (Institucional)
Glenda Pereira (Produto)
Arthur Lustosa Santos (Produto)

Comente aqui


Copa EFX Honda de Enduro vai ao Rio de Janeiro pela primeira vez

Terceira etapa do ano será cheia de atrações em Barra do Piraí (RJ)

Pela primeira vez, a Copa EFX Honda vai ao Estado do Rio de Janeiro. A competição de enduro, que começou o ano com uma grande participação de pilotos nas duas primeiras etapas, parte para a terceira prova da temporada no dia 18 de maio, em Barra do Piraí. A organização prevê uma disputa acirrada, apimentada pelas dificuldades do percurso, exigente até para os mais experientes. A etapa contará com desafios de Enduro Teste, Cross Teste e Extreme Teste, todas as especiais terão a largada e a chegada no mesmo lugar, um diferencial que deixará mais fácil para o público acompanhar os detalhes da prova.
Os grandes nomes do motociclismo, destaques nacionais e internacionais, estarão na disputa. O líder no geral e na categoria Elite, o português Luis Oliveira deve travar uma bela batalha com seus principais concorrentes, que incluem o mineiro Rômulo Bottrel, que acaba de retornar da Europa, onde disputou duas etapas do Mundial de Enduro, e o francês Adrien Metge, entre muitos outros.
A organização, feita pelo Adrenatrilha Trail Club, já definiu todo o percurso, que irá passar por lindas paisagens. O Extreme é um dos destaques e será montado ao lado da área de box, no Espaço Único Vale do Café. O palco das disputas contará com uma área especial para o público conferir tudo de perto. O Cross Teste será disputado próximo ao centro de Ipiabas em um dos pontos mais conhecidos da cidade. Lá também haverá visão privilegiada para os espectadores.
Outro Enduro Teste será disputado em um túnel, por onde passará também boa parte do deslocamento e da especial. Esta parte será dividida em duas e com dois controles de horário. O Enduro Teste V do Arrepio também terá largada e chegada no mesmo lugar, bem próximo da concentração da prova. Muitas curvas, subidas, descidas, riachos e cavas farão parte do percurso.
Além dos pilotos experientes, o evento terá mais uma vez espaço para as crianças, com o CAAC Kids. A categoria correrá separadamente no sábado (dia 17). A pista que servirá como palco para os pequenos também será exclusiva. Está classe tem atraído cada vez mais novos pilotos aos motociclismo e sempre é garantia de diversão.
No mesmo dia haverá apresentação de wheeling da equipe KR. O show será no centro do Distrito de Ipiabas. No domingo durante a disputa, também haverá apresentação no mesmo local.
A Copa EFX Honda é organizada pelo Adrenatrilha Trail Club com o patrocínio de Honda, o copatrocínio da Rinaldi, IMS, ASW, Ipiranga e Razec, e apoio Motofield, Dust Off Road, JetFio, Estopa Joanita, Sacramento, Dahna Comércio de Areia e Pedra, Sig Visual, Stocovich e Prefeitura Municipal de Barra do Piraí (RJ). A terceira etapa da competição é uma realização da Secretaria de Turismo Cultura e Lazer de Barra do Piraí.
Serviço
Copa EFX Honda – 3ª etapa

Data: 18 de maio de 2014 – (CAAC Kids no sábado, dia 17)
Local: Espaço Único Vale do Café (Casarão), no Distrito de Ipiabas em Barra do Piraí (RJ)
Endereço: Rua Diogo de Macedo S/N
Inscrições antecipadas: até o dia 15 de maio
Valor: antecipada R$ 130,00 ou R$ 150,00 na secretaria da prova
Informações: (11) 4513-5421 Adrenatrilha / (11) 99956-8006 Fábio Simões (Fabião)
Site: www.adrenatrilha.com.br

Fonte: PubliX Agência de Comunicação

Fotos: Adrenatrilha/PubliX

Comente aqui