segundo dia



Rally dos Sertões: Edu Piano/Solon Mendes/Carlos Sales vencem no segundo dia e lideram no acumulado


Equipe Ford Racing Trucks/Território Motorsport é a mais rápida também na etapa que chegou a Catalão. Nesta terça (26) o rali chega à cidade mineira de Paracatu

25 de agosto de 2014 – O trio Edu Piano, Solon Mendes e Carlos Sales, da Ford Racing Trucks/Território Motorsport venceu mais uma. Nesta segunda-feira, a equipe faturou a segunda etapa do Rally dos Sertões, que largou em Caldas Novas e chegou a Catalão, com o tempo de 59m59s. Com duas vitórias seguidas, além de ter vencido o Prólogo, a equipe segue na liderança no acumulado com um total de 3h24m19s e 2m52s de vantagem.
Os competidores esperavam um trecho cronometrado de 202 quilômetros, no entanto, acabaram percorrendo apenas 68, pois a organização reduziu a Especial por questão de segurança. Mesmo curta, o percurso exigiu cautela como explica Piano, hexacampeão do Rally dos Sertões, com 19 participações consecutivas:
“Mesmo curta a Especial foi travada, quebradeira, mas muito boa. Foi importante vencer mais uma etapa e nos manter na liderança neste início de Sertões. O caminhão não teve problemas, foi tranquilo e passará apenas por uma revisão hoje para largamos para uma etapa mais longa.”
Meu dia foi bom e tranquilo, a navegação foi muito legal, fizemos uma prova perfeita e não tomamos penalização, mas vários ponteiros foram penalizados.O caminhão também se comportou bem e, agora, é somente uma manutenção preventiva, para amanhã acelerar de novo”, diz o experiente navegador Mendes, que é o cearense com mais títulos na competição.
A bordo do F4000 Território 4×4, preparado pela equipe de Tatuí (SP), o trio que conquistou o título do ao passado, sai de Goiás e adentra o estado mineiro, nesta terça-feira. O destino será Paracatu com um total de 360,45 quilômetros de percurso, dos quais 209,86 de trechos cronometrados. O dia promete mas os atuais campeões estão preparados para superar mais um desafio. O Rally dos Sertões termina no dia 30 de agosto, em Belo Horizonte. Nesta edição 2014 o rali terá sete etapas.
Mais informações no site www.territoriomotorsport.com.br/rally ou na página da equipe no Facebook http://migre.me/l4b7p
A equipe Ford Racing Trucks/Território Motorsport, que tem sede em Tatuí, no interior de São Paulo, tem parceria com: Ford Caminhões, Cummins, Garrett, Tortuga, Termicom, Truckvan, SuperCooler, Platodiesel, Fix, Território 4×4 Comercial e Casa Domingues de Pianos.
Resultado Extra-oficial – Etapa 2 – Categoria Caminhões
1 #401 EDU PIANO/SOLON MENDES/ANTONIO SALES (FORD RACING TRUCKS) 0h59min59s
2 #404 KENNER GARCIA/RAFAEL BELLO/RAPHAEL BETTONI (COMPETIKAR) 1h01min23s
3 #403 FELICIO BRAGANTE/EVANDRO BAUTZ/PACO CORDER (ASA ALUMÍNIO RALLY TEAM) 1h46min44s
4 #402 GUIDO SALVINI/FLAVIO BISI/FERNANDO CHWAIGERT (MOBIL DELVAC SALVINI RACING) 2h00min00s
Acumulado, após duas etapas:
Categoria Caminhões

1 #401 EDU PIANO/SOLON MENDES/ANTONIO SALES (FORD RACING TRUCKS) 3h24min09s
2 #404 KENNER GARCIA/RAFAEL BELLO/RAPHAEL BETTONI (COMPETIKAR) 3h27min01s
3 #403 FELICIO BRAGANTE/EVANDRO BAUTZ/PACO CORDER (ASA ALUMÍNIO RALLY TEAM) 4h14min44s
4 #402 GUIDO SALVINI/FLAVIO BISI/FERNANDO CHWAIGERT (MOBIL DELVAC SALVINI RACING) 6h06min40s
Programação 3ª etapa Rally dos Sertões
26/08 – Catalão (GO)/Paracatu (MG)
Deslocamento inicial: 22,2 km
Trecho especial: 209,86 km
Deslocamento final: 128,39 km
Total do dia: 360,45 km

Fonte: Assessoria de Imprensa

Ford Racing Trucks/Território Motorsport

Mércia Suzuki

Fotos: Marcelo Machado/Webventure e Divulgação

Comente aqui


Quebra de motor tira Equipe Acelera Siriema do segundo dia do Rally do Espírito Santo


Luiz Facco e Humberto Ribeiro bem que tentaram mas não conseguiram completar a prova neste domingo (16). Agora, a dupla foca na próxima etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country

Neste domingo (16), o Rally do Espírito Santo manteve o nível de exigência técnica e de obstáculos do dia anterior: variedade de pisos, estradas entre plantações de eucalíptos, cacau, cana-de-açúcar e, sobretudo, areia pesada margeando o litoral , que demandou muita pilotagem e também resistência dos equipamentos. O trecho cronometrado do dia também foi de 175 quilômetros, de um total de 230 do roteiro, porém Luiz Facco e Humberto Ribeiro, conseguiram completar cerca de 115 quilômetros da Especial. O motor da Mitsubishi L200 Triton SR quebrou em meio ao areião e a dupla não pode completar a Especial.
“Tivemos um curto no painel alguns quilômetros antes e ficamos sem noção do que estava acontecendo. Mas quando o motor começou a bater resolvemos parar porque o carro não tinha condições de encarar mais 15 quilômetros de areia pesada pela frente”, explicou o piloto Facco, que compete pela categoria Pró Brasil e é Bicampeão Brasileiro na categoria (2012 e 2013).
A dupla da Equipe Acelera Siriema finalizou o primeiro dia de disputa na quarta colocação na categoria e, devido ao problema com o motor, não pontuou neste domingo. A prova foi válida pelas primeira e segunda etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, que nesta temporada, teve início pela primeira vez, na cidade capixaba de Linhares.
Tanto Facco como o navegador Ribeiro aprovaram o percurso e elogiaram a prova, mas agora, o foco total é na próxima etapa do Campeonato Brasileiro. “A prova deste final de semana foi muito boa, completa com vários tipos de terrenos, com nível de dificuldade que instigou, ainda mais, a competitividade. A equipe vai trabalhar para refazer o motor e vamos nos preparar para a próxima etapa, pois a temporada só está começando”, finaliza o piloto.
O Rally do Espírito Santo contou também com outras categorias e os vencedores da prova de abertura da temporada 2014 de Rally Cross Country foram: Lucas Moraes/Alberto Andreotti (Carros), Guido Salvini/Flávio Bisi/Fernando Chwaigert (Caminhões), Jean Azevedo (Motos), Gabriel Varela (Quadriciclos) e Carlos Ambrósio/Dionizio da Silva (UTV´s).
A Equipe Acelera Siriema, com sede na região de Alphaville (SP), conta com patrocínio da Gonçalves S/A Indústria Gráfica, Yokohama e apoio da Fontoura Dias Stands e Acelera Siriema Rally.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Equipe Acelera Siriema
Mércia Suzuki

Fotos: Magnus Torquato/Webventure, Marcio Machado/Dfotos e Gustavo Epifânio/Webventure

Comente aqui


Segundo dia da prova de motos no Rally Cerapió foi mais completo

DSC_0197

Com características que mediram a capacidade técnica, resistência física do piloto e terrenos dos mais variados possíveis, a prova de motos do segundo dia do Rally Cerapió, nesta quarta-feira (29), foi por isso considerada completa. “A primeira parte teve muita areia e exigiu muita navegação do piloto e na segunda parte mudou totalmente, passando a ter características de subida, descida e muita pedra”, considerou o participante de Teresina, Piauí, Lauro Lopes, da categoria sênior.

A primeira moto largou de Jijoca de Jericoacoara pouco depois das sete horas e o primeiro piloto chegou em Viçosa às 14h30, com um total de seis horas de prova para cada piloto completar, em 184 km de percurso. Para o vencedor da categoria Executivo da edição de 2013, Paolo Mussalém: “Foram os dois dias mais difíceis dos meus 14 anos de Cerapio”, disse o maranhense de São Luís.  Para Túlio Borges, categoria Sênior, o dia foi bastante técnico e a alta temperatura também castigou os pilotos. “Depois do primeiro neutro, tivemos a serra, que dividiu a prova, em seguida veio um trecho com bastante pedra e o dia foi mais técnico que o primeiro dia”, avaliou Túlio.

Márcio Miranda, da categoria Over-40, o roteiro da prova foi de muita resistência. “Mesmo com as médias baixas havia bastante dificuldade nos trechos”. O 3º dia de prova, nesta quinta-feira (30), a prova de motos deixará Viçosa do Ceará e entrará no Piauí pela cidade de Parnaíba, percorrendo 238 km em pouco mais de cinco horas de duração do roteiro, que terá chegada em Parnaíba, no litoral do Piauí.

André Azevedo, que já participou de 25 edições do Rali Dakar, disse ter ficado surpreso com as trilhas levantadas no Cerapió e teve que levar o segundo dia de Cerapió navegando apenas com o relógio e odômetro. “Meu rastro totem quebrou, me senti voltando às minhas origens e estou encantado com as trilhas. Eu fiz o Dakar e os Sertões e quando passei por aqui nos Sertões, foi pelo asfalto. O piloto que não tem dinheiro nem preparo físico para enfrentar o Dakar pode vir para o Cerapió, pois o nível técnico e a aventura andam juntos, no mesmo patamar”, afirmou. A expectativa é de que os dois últimos dias do rali sigam no ritmo desta quarta-feira, mas que continue exigindo muita técnica dos pilotos.

Resultado Moto – Master

1º Carlos A. Minet – ES

2º Guilherme Cascaes- SC

3º Emerson Loth Bombadinho Curitiba – PR

4º Jomar Grecco Domingos Martins – ES

5º Rodrigo Pedrosa – MG

Resultado Moto – Senior

1º Jony Jachtchechen Curiitba – PR

2º Tulio Borges Malta Lagoa da Prata – MG

3º Charles G Pio Lagoa da Prata – MG

4º Nilson Jose Alves Campos do Jordao – SP

5º Pericles Dutra Londrina – PR

Resultado – Executivo

1º Rodrigo Gondim de Oliveira Fortaleza – CE

2º Fredy Oliveira de Carvalho Parnaiba – PI

3º Paolo Mussalem Sao Luis – MA

4º Mauro Sergio Follmann Belem – PA

5º Jose Alber Nogueira Leite Jaguaruana – CE

Resultado – Over 40

1º  Marcio Jose Miranda Lagoa da Prata – MG

2º Edson Castro Maciel Lagoa da Prata – MG

3º Sandro Hoffmann Venda do Imigrante -ES

4º Gildo Jose Soares Tavares Palmas – TO

5º  Jefferson Colantonio

Resultado – Over 50

1º Heleno Gontijo de Sousa Divinopolis – MG

2º George Parik Jandira – SP

3º Helio Lucio Venancio Caratinga – MG

4º Villegaignon Lage de Oliveira Timoteo – MG

5º Jose Roberto Cunha Viana Vila Velha – ES

Resultado – Junior

1º Lucas Carvalho de Matos Teresina – PI

2º Alex Nunes Azevedo Lagoa da Prata – MG

3º Saul Gabriel Zakkour Rio de Janeiro – RJ

4º Lauro Rodolpho Soares Lopes Teresina – PI

5º Pedro Henrique Castro Lage Timoteo – MG

Resultado – Novato

1º Luiz Gustavo Camargo Penteado Guarulhos – SP

2º Vicente M. Marinho de Andrade Vitoria da Conquista – BA

3º Leandro de Castro E Alves Lagoa da Prata – MG

4º Gustavo Murad Sao do Rio Preto – SP

5º Rodrigo Malizia Balasso Araguaina – GO

Fonte: Aldeia Com.

Comente aqui


Sandro Hoffmann e Ronald Santi ficam entre os cinco primeiros no segundo dia do Enduro da Independência

Experiência e juventude são destaques dos pilotos Honda na competição off-road que reúne principais nomes da modalidade

Manhuaçu (MG) – Os pilotos Honda tiveram mais um dia desafiador nesta quinta-feira (5) na 31ª edição do Enduro da Independência, que partiu de Venda Nova do Imigrante (ES) até Manhuaçu (MG). O capixaba Sandro Hoffmann e o mineiro Ronald Santi, ambos da ASW Endro Team, terminaram em quarto e quinto lugares, respectivamete, na categoria Master. Dário Júlio, piloto da Equipe Honda Mobil de Rali, foi mais uma vez o nono colocado.

Para encarar os 204 quilômetros de trilhas, em trechos com neblina e chuva, os pilotos Honda tiveram estratégias diferentes. O experiente Sandro Hoffmann, de 42 anos, 18 de Enduro da Independência e bicampeão da competição, preferiu se precaver para completar o dia mais uma vez no top 5. “Pegamos muita serração em uma região difícil, o que comprometeu a visibilidade. Com isso, fui com cautela e mesmo assim tive uma queda, mas nada grave”, conta.

Já Ronald Santi, de 21 anos, aproveitou a situação do clima e do percurso para ganhar posições. “Não esperava ter ido tão bem, me surpreendi com meu desempenho. Como a prova estava mais difícil para todo mundo por causa da chuva no começo do dia, ganhei vantagem na hora de enfrentar os obstáculos. Estou aprendendo bastante andando com os principais pilotos de enduro do país”, destaca o jovem que participa de provas de enduro FIM, isto é, que envolvem circuito e velocidade.

Longe dos enduros de regularidade devido à participação de provas de rali, Dário Júlio, segue na readaptação. “A gente perde o ritmo ao ficar muito tempo sem fazer enduro. O piso escorregadio e com muito barro complicou o trecho deste segundo dia. Acredito que agora teremos uma mudança no terreno e vamos ver no que consigo evoluir”, diz.

Entre as mulheres, Sabrina Katana, também da ASW Enduro Team, venceu novamente e segue firme na busca do pentacampeonato.

Nesta sexta-feira (6), os competidores encaram o dia mais longo da edição com 231 quilômetros, saindo de Manhuaçu até Viçosa (MG). Cidades como Divino (MG) e Ervália (MG) estão no percurso, que terá trilhas em zigue-zague, além da vista de um dos pontos mais altos do Brasil: o pico da Bandeira.

A edição 2013 do Enduro da Independência vai até sábado (7), quando os pilotos chegam em Ouro Preto (MG), completando 821 quilômetros de trilhas da Rota Imperial, caminho utilizado por Dom Pedro II em viagens ao interior do país. Ao todo, são cerca de 400 participantes divididos em 12 categorias: Master, Sênior, Over 40, Over 45, Over 50, Junior, Dupla Graduado, Over 55, Feminino, Novato e Dupla Estreante. A Vintage será apenas no último dia da competição.

A Equipe Honda Mobil de Rali tem o patrocínio de Pirelli, ASW, BRC, Master & CIA, Oakley e SIG Visual.

Resultados extraoficias – 2º dia
Master 
1º #25 Emerson Bombadinho
2º #1 Jomar Grecco
3º #12 Eduardo Shiga
4º #11 Sandro Hoffmann
5º #2 Ronald Santi
9º #27 Dário Júlio
Resultados extraoficias – Acumulado – Cinco primeiros
Master
1º #1 Jomar Grecco – 91 pontos
2º #25 Emerson Bombadinho – 90 pontos
3º #4 Carlos Minet – 75 pontos
4º #12 Eduardo Shiga – 66 pontos
5º #11 Sandro Hoffmann – 61 pontos
Fonte: VIPCOMM – Assessoria de imprensa Honda Racing
Comente aqui


Emerson Bombadinho supera pilotos locais e vence segundo dia do Enduro da Independência 2013

Piloto de Curitiba (PR) esquenta disputa pelo título da competição. Jomar Grecco mantém liderança com apenas um ponto de diferença
Manhuaçu (MG) – O segundo dia da 31ª edição do Enduro da Independência mostrou que a competição está cada vez mais disputada. Nesta quinta-feira (5), os pilotos saíram de Venda Nova do Imigrante (ES) e chegaram ao estado de Minas Gerais, na cidade de Manhuaçu. Foram 204 quilômetros de prova que terminou com vitória de Emerson Bombadinho. O curitibano superou os pilotos locais e confirmou a boa fase na modalidade, já que lidera o Campeonato Brasileiro de Enduro. O capixaba Jomar Grecco ficou com a segunda colocação e, no acumulado, segue na frente na classifição geral com 91 pontos. A terceira posição foi do paulista Eduardo Shiga. 
A primeira etapa do dia foi marcada pela neblina e chuva que apimentaram a competição. Os participantes encararam subidas de serra em piso bastante escorregadio. Entre os obstáculos da segunda parte estava a travessia de um rio, que deu trabalho para alguns pilotos. “A prova estava bastante técnica e com uma média alta de velocidade. Acredito que o piso molhado me favoreceu porque estou acostumado a treinar na chuva na minha região. Esta é a segunda vez que participo do Enduro da Independência e espero manter esse bom resultado. Por ser líder do Brasileiro, a pressão aumenta, mas estou com a cabeça bastante tranquila para ir até o final”, comenta Bombadinho, que assumiu a segunda colocação na corrida pelo título com 90 pontos, apenas um atrás de Jomar.
Nesta sexta-feira (6), os competidores encaram o dia mais longo da edição com 231 quilômetros, saindo de Manhuaçu até Viçosa (MG). Cidades como Divino (MG) e Ervália (MG) estão no percurso, que terá trilhas em zigue-zague, além da vista de um dos pontos mais altos do Brasil: o Pico da Bandeira.
A edição 2013 do Enduro da Independência vai até sábado (7), dia da Independência do Brasil. Serão no total 821 quilômetros de trilhas até Ouro Preto (MG), através da Rota Imperial, caminho utilizado por Dom Pedro II em viagens ao interior do país. Cerca de 400 participantes estão divididos em 12 categorias: Master, Sênior, Over 40, Over 45, Over 50, Junior, Dupla Graduado, Over 55, Feminino, Novato e Dupla Estreante. A Vintage será apenas no último dia da competição.
O Enduro da Independência 2013 tem patrocínio da Honda, Secretaria de Turismo do Estado do Espírito Santo, Prefeitura Municipal de Ouro Preto, Ipiranga, Instituto Rota Imperial, Microcity, ASW, Prefeitura Municipal de Vitória, Cervejaria Backer e Plena Alimentos. Apoio da Prefeitura Municipal de Viçosa, Prefeitura Municipal de Manhuaçu, Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante e Motostreet.
Resultados extraoficiais – 2º dia – Cinco primeiros
Master 
1º #25 Emerson Bombadinho
2º #1 Jomar Grecco
3º #12 Eduardo Shiga
4º #11 Sandro Hoffmann
5º #2 Ronald Santi
Resultados extraoficiais – Acumulado – Cinco primeiros
Master
1º #1 Jomar Grecco – 91 pontos
2º #25 Emerson Bombadinho – 90 pontos
3º #4 Carlos Minet – 75 pontos
4º #12 Eduardo Shiga – 66 pontos
5º #11 Sandro Hoffmann – 61 pontos
Programação:
6/9 (Sexta-feira)
Manhuaçu (MG) a Viçosa (MG)
Total percuso – 231 km
7/9 (Sábado)
Viçosa (MG) a Ouro Preto (MG)
Total percurso – 168 km

Fonte: Assessoria de Imprensa Enduro da Independência

Jornalistas responsáveis: Ricardo Ribeiro/Carolina Yada

Site oficial: www.tcmg.com.br – Facebook: www.facebook.com/EnduroDaIndependencia

Comente aqui


Troller Racing/Território Motorsport fecha o segundo dia do Rally Sertões entre os Top Five

Ulysses Marinzek/João Víctor Ribeiro chegaram em 3º e Fabio Cadasso/Fábio Grochowsky em 5º na Production T2. Neste sábado, as duplas encaram a terceira etapa rumo a Uruaçu (GO)

Na primeira Especial (trecho cronometrado) da edição 2013 do Rally dos Sertões, as duplas da Equipe Troller Racing/Território Motorsport foram guerreiras e completaram o duro percurso entre os cinco melhores tempos da categoria Production T2. Ulysses Marinzek/João Víctor Ribeiro (carro 332) ficaram com o terceiro tempo 1h31m56s, enquanto Fabio Cadasso/Fábio Grochowsky (carro 333) percorreram o trecho em 1h38m29s, na quinta posição.

Apesar de curta (84 quilômetros) a Especial exigiu muito dos equipamentos devido ao trial, lombas, travessia de rios e, sobretudo, das pedras que marcaram quase todo o trecho. Mas o Troller T4 mostrou porque é tão guerreiro. Em meio a vários carros que ficaram pelo caminho, o carro saiu inteiro da segunda etapa e teve um desempenho exemplar.

“O carro é perfeito, com tanta quebradeira que passamos e ele terminou inteiro. Estamos nos entrosando e optamos por ser conservadores, pois este é meu primeiro Sertões com um Troller e cumprimos nosso objetivo que era chegar”, diz o piloto maranhense, que participa pela segunda vez da competição. “Foi um dia duro, uma Especial técnica, com navegação exigente, mas estamos dentro da expectativa e nosso equipamento mostrou porque é superior”, completa Grochowsky.

Já os vice-campeões da Production T2 de 2011, Marinzek e Ribeiro conhecem bem o carro e chegaram duas posições a frente. “Particularmente gosto deste tipo de Especial com muita pedra, ideal para o Troller, e foi bem gostosa de se andar, quanto mais dificuldade melhor. Agora seguimos para o terceira etapa, que será um dia mais longo e uma Especial completa com vários tipos de terreno”, explica o mineiro Marinzek. O goiano disse que teve trabalho na navegação mais foi ideal para esquentar os motores. “Agora o rali começou! Passamos pela primeira Especial e nossa estratégia não muda: acelerar quando der e poupar equipamento quando for necessário. Mas vamos encarar 287 km só de trechos cronometrados neste sábado e buscar um melhor resultado”, declara o navegador Ribeiro.

Neste sábado (27), os competidores partem de Pirenópolis rumo a Uruaçu, ainda em Goiás. O dia terá 414 quilômetros, dos quais 287de trechos cronometrados. O rali termina em 3/8 em Goiânia e até lá a caravana passa por oito cidades com um total de 4.115 quilômetros de percurso.

Ação Social – Rali e solidariedade caminham juntos na equipe oficial da Troller, que também está envolvida na parte de ação social do Rally dos Sertões. A equipe apoia o Projeto Ideia Fixa dentro da ação “Sorria para o Rally” e está ajudando a distribuir cerca de 700 kits de higiene bucal em cidades bem carentes ao longo do roteiro do rali. Já aconteceram duas ações, uma delas em uma creche em Goiânia, onde João Víctor Ribeiro participou, o navegador que é nascido no Estado de Goiás, trabalha como voluntário do projeto deste o início em 2002. O Ideia Fixa foi idealizado por Tania Mara que há 13 anos distribui doações nas cidades percorridas pelo Sertões.

Para acompanhar a aventura das duplas, a partir desta quarta-feira, basta acessar o site da www.territoriomotorsport.com.br/troller, as redes sociais no Facebook Equipe Troller Racing e no Twitter @trollerracing ou mesmo o blog www.webventure.com.br/sertoes2011/blog/home/id/101

A Equipe Troller Racing/Território Motorsport, que tem sede em Tatuí (SP), conta com patrocínio da Motorcraft, Pirelli, Castrol, Alfa Seguradora, Gabardo, Wurth ,Truckvan e Mateus e apoio da Garrett, OffShox e EcoPads.

Resultado da 2ª etapa (Extra-oficial):
1) 360 Kenner Garcia/Rafael Dal Bello, 01:29:51 (Sertões Series, participará até etapa4)
2) 319 Marcus Kffuri/Rodrigo Czech, 02:31:36
3) 332 Ulysses Marinzeck Filho/João Victor Ribeiro, 01:31:56
4) 334 Willem van Hees/Doris van Hees, 01:37:08
5) 333 Fábio Freire /Fabio Grochowsky, 01:38:29
6) 361 Vilson Thomas/William Thomas, 01:39:48
7) 331 Rodrigo Leis/Ronald Leis, 01:41:05
8) 330 Cristiano Rocha/Anderson Geraldi, 01:42:09

3ª etapa: 27/07, sábado
Pirenópolis (GO) – Uruaçu (GO)
DI: 37 km
TE: 287 km (183 km para caminhões)
DF: 89 km
TOTAL: 414 km

Crédito das Fotos: Fabio Davini/Dfotos e Doni Castilho/Dfotos

Fonte: Equipe Troller Racing / Território Motorsport
Assessoria de Imprensa:
Mércia Suzuki

Comente aqui


Damini e Meneses garantem 5º lugar na Super Production no segundo dia de Rally dos Sertões


Nesta sexta-feira, Equipe Candide (Santos) enfrentou o percurso entre Goiânia e Pirenópolis (GO)

Se o objetivo era subir algumas posições na classificação da categoria Super Production, do Rally dos Sertões, esse foi alcançado pelo santista Marcelo Damini e pelo brasiliense Elson Meneses, da Equipe Candide. Piloto e navegador andaram rápido na etapa desta sexta-feira (26), em um trecho onde muitas equipes tiveram problemas mecânicos devido ao grande número de pedras e trial.

Foram 84 quilômetros de Especial (trechos cronometrados), onde Damini e Meneses arriscaram um pouco mais do que seus adversários. Completaram em 1h25m38s, mas sempre mantendo a cautela: “Andamos bem e também poupamos o carro nas horas certas, o que foi necessário para manter o equipamento. O resultado foi positivo e está dentro de nossa estratégia de largar todos os dias para completar”, declara o piloto.

O trecho difícil até o leste goiano não atrapalhou o entrosamento da Equipe Candide neste segundo dia de Rally dos Sertões: “A prova de hoje (26) foi bem dura, com trechos de trial interessantes. Acho que pela ânsia do primeiro dia, muitos aceleram demais e ficaram pelo caminho. E nos demos bem por seguir uma tocada mais tranquila. O resultado foi bem positivo e estamos melhorando o entrosamento, pois a última prova que fizemos juntos foi em dezembro”, afirma o navegador Meneses.

Na terceira etapa do rali que acontece neste sábado (27), a Equipe Candide não quer aliviar. Piloto e navegador irão aproveitar a Especial mais longa, de 249 quilômetros, para acelerar mais. De acordo com a Dunas Race, organizadora do Rally dos Sertões, o trecho terá partes de alta velocidade, regiões de savana e pedras também. A terceira etapa chegará a Uruaçu, norte do Goiás.

Até o dia 3 de agosto, a caravana do 21º Rally dos Sertões passará por nove cidades goianas e tocantinenses. Serão percorridos ao todo 4.115 quilômetros de rali, entre Especiais e deslocamentos.

Ação social – A distribuição de brinquedos da Candide já começou. Na equipe, esporte e competitividade caminham juntos também com responsabilidade social. Como aconteceu nos anos anteriores, durante o Rally dos Sertões, a equipe distribuirá cerca de 2 mil brinquedos às crianças carentes que residem nas cidades por onde o rali passará ao longo dos 10 dias de disputa. Com tradição de mais de 45 anos no segmento de brinquedos, a Candide é a maior fabricante e importadora do setor do Brasil.

Para acompanhar a aventura da equipe no Rally dos Sertões é possível acesse o blog http://www.webventure.com.br/comunidade/blog/home/id/116

A dupla Marcelo Damini e Elson Meneses conta com o patrocínio da Candide.

Resultado Extra-Oficial – Super Production (Etapa 2 – 26/7)
1) 318 Glauber Fontoura/Minae Miyauti, 1:20:22
2) 312 Régis Maia/Ana Carolina Braga, 1:20:27
3) 329 Glaucio Vanderlinde/Andre Munhoz, 1:21:42
4) 311 Rafael Cassol /Lélio Carneiro Jr., 1:23:44
5) 328 Marcelo Damini /Elson Oliveira, 1:25:38
6) 346 Helena Soares/Claudia Grandi, 1:28:46
7) 336 Gunter Hinkelmann /Pipo Mirone, 1:33:09
8) 337 Helena Deyama/Rafael Dias, 1:45:37
9) 343 Armando Cruz /Sergio Bessa, 1:51:38
10) 342 Bartolomeu Carvalho/Celio Di Pace Neto, 2:22:26

Programação Rally dos Sertões 2013

3ª etapa: 27/07, sábado
Pirenópolis (GO) – Uruaçu (GO)
DI: 37 km
TE: 287 km (183 km para caminhões)
DF: 89 km
TOTAL: 414 km

Crédito das Fotos: Sanderson Pereira/Photo-S

Fonte: Assessoria de Imprensa – Equipe Candide
Contatos com: Mércia Suzuki e Caroline de Paula

Comente aqui


Glauber Fontoura e Minae Miyauti vencem o segundo dia do Rally dos Sertões na categoria


Dupla da FD Rally Team foi a mais rápida da Super Production nesta sexta-feira (26), no trecho entre Goiânia e Pirenópolis

A determinação e a parceria formada entre Glauber Fontoura e Minae Miyauti, da Equipe FD Rally Team, está dando resultados positivos à equipe nesta 21ª edição do Rally dos Sertões. Na tarde desta sexta-feira (26), piloto e navegadora largaram em segundo na categoria e conseguiram cravar o melhor tempo – 1h20m22s – dentre seus concorrentes da categoria Super Production.

Alcançar o objetivo não foi fácil. Foram 84 quilômetros de trecho cronometrado até Pirenópolis, no Leste do Goiás, e com uma pequena diferença para Fontoura e Minae: “Hoje o dia foi de trial pesado, prova dura e com muita poeira. Ultrapassamos dois carros e isso graças ao nosso equipamento, que se comportou bem demais. A briga foi bem apertada e o segundo colocado chegou só cinco segundos atrás de nós Agora é manter a concentração para amanhã. Vamos continuar sendo conservadores para chegar ao final”, declara o piloto da FD Rally Team.

Mesmo a dupla tendo se formado há poucos meses, o entrosamento foi rápido o que ajudou no resultado desta sexta: “O resultado foi acima de nossa expectativa, uma vez que ainda estamos nos familiarizando com nós mesmos e com o carro. Alinhamos detalhes de comunicação e acredito que a cada dia será melhor. A prova foi muito bacana e o Glauber é um piloto que passa segurança. Estou muito feliz”, afirma Minae.

O terceiro dia do Rally dos Sertões seguirá rumo ao Norte goiano. Os 46 carros sairão de Pirenópolis sentido Uruaçu. Será um dia longo, com 287 quilômetros de Especial e mais 126 quilômetros de deslocamentos. Até o final do rali, no dia 3 de agosto, as equipes percorrerão 4.115 quilômetros, atravessando o Goiás e Tocantins.

A FD Rally Team, equipe da região de Alphaville (SP), conta com patrocínio da Fontoura Dias Stands e apoio da Equipe Mitsubishi Brasil. Para acompanhar a dupla durante as dez etapas acesse o blog http://www.webventure.com.br/comunidade/blog/home/id/118

Resultado Extra-Oficial – Super Production (2ª etapa – 26/7)

1) 318 Glauber Fontoura/Minae Miyauti, 1:20:22
2) 312 Régis Maia/Ana Carolina Braga, 1:20:27
3) 329 Glaucio Vanderlinde/Andre Munhoz, 1:21:42
4) 311 Rafael Cassol /Lélio Carneiro Jr., 1:23:44
5) 328 Marcelo Damini /Elson Oliveira, 1:25:38
6) 346 Helena Soares/Claudia Grandi, 1:28:46
7) 336 Gunter Hinkelmann /Pipo Mirone, 1:33:09
8) 337 Helena Deyama/Rafael Dias, 1:45:37
9) 343 Armando Cruz /Sergio Bessa, 1:51:38
10) 342 Bartolomeu Carvalho/Celio Di Pace Neto, 2:22:26

Programação Rally dos Sertões
3ª etapa: 27/07, sábado
Pirenópolis (GO) – Uruaçu (GO)
DI: 37 km
TE: 287 km (183 km para caminhões)
DF: 89 km
TOTAL: 414 km

Crédito das Fotos: Doni Castilho/Dfotos, Sanderson Pereira/Photo-S e Fabio Davini/Dfotos
Fonte: Assessoria de Imprensa – Equipe FD Rally Team
Contatos com: Mércia Suzuki e Caroline de Paula
Comente aqui


TRT Tep Rally Team larga para o segundo dia do Rally Sertões

Equipe do Vale do Paraíba (SP) participou do Prólogo em Goiânia e, nesta sexta-feira (26), segue para o leste de Goiás

O primeiro dia de Rally dos Sertões foi de cautela para Davison Rabbechi e Deco Muniz, da Equipe TRT Tep Rally Team. A dupla da categoria Protótipos T1 preferiu não acelerar como está acostumada, para não comprometer a Mitsubishi Triton L200 SR e preservá-la para etapa desta sexta-feira (26). Rabbechi e Deco disputaram na quinta-feira, o Prólogo, onde 46 duplas de carros – além de caminhões, motos, quadriciclos e UTV´s – definiram a ordem de largada, disputado em uma pista de cerca de 1600 metros, ao lado do Shopping Flamboyant, em Goiânia (GO).
“A pista estava escorregadia e com muito barro e tirei o pé do acelerador para não arriscar o equipamento. O foco maior, neste momento, é a prova que começa agora e já fomos alertados que terá muitas pedras, trial e qualquer vacilo pode comprometer o resultado final”, explica Rabecchi, de São José dos Campos.
Nesta sexta-feira, a caravana do Sertões 2013 segue de Goiânia a Pirenópolis, onde pilotos e navegadores enfrentarão 84 quilômetros de Especial e mais 165km de deslocamentos. Até o final do rali, no dia 3 de agosto, serão 4.115km a serem percorridos entre Goiás e Tocantins. “Foi falado que será uma das edições mais difíceis da história do Sertões e, como este será um rali de sobrevivência, será necessário correr com a cabeça para completar todas as etapas. Temos um carro bem confiável nas mãos”, declara o navegador Deco.
Para acompanhar o dia da dia da dupla durante o Rally dos Sertões acesse o blog www.webventure.com.br/comunidade/blog/home/id/95 ou ainda, o site www.teprallyteam.com.br.
A Equipe TRT Tep Rally Team conta com o patrocínio da Tep Engenharia, Reintech e Supplement apoio da F3 Entretenimento e Cachaça Engenho de Minas.
Programação do 21º Rally dos Sertões:
2ª etapa: 26/07, sexta-feira
Goiânia (GO) – Pirenópolis (GO)
Deslocamento Inicial: 133 km
Trecho de Especial: 84 km
Deslocamento Final: 32 km
TOTAL: 249 km

Crédito das Fotos: Fabio Davini/Dfotos, Ricardo Leizer/Webventure e Sanderson Pereira/Photo-S

Fonte:

Assessoria de Imprensa Equipe TRT – Tep Rally Team
Mércia Suzuki e Caroline de Paula

 

 

Comente aqui


Segundo dia do Rally Transcatarina manterá ritmo intenso

No embalo do primeiro dia de prova, as equipes continuarão suando a camisa para garantir uma boa classificação e um lugar no pódio da final

02 de julho de 2013 – O 5º Rally Transcatarina será marcado por um roteiro impecável. Cada dia trará um desafio diferente, no qual os competidores terão que batalhar muito para garantir uma boa colocação ao final dos três dias de rali. De 17 a 20 de julho, serão aproximadamente 800 quilômetros percorridos e sete cidades visitadas: Fraiburgo, Timbó Grande, Canoinhas, Mafra, Rio Negrinho, Guaramirim e Balneário Camboriú, SC.
Depois de divulgado o primeiro dia de competição, chegou a hora de falar do segundo dia. Serão 250 quilômetros, sendo 180 quilômetros de trecho cronometrado. A largada será em Canoinhas e chegada em Rio Negrinho, com parada do neutro de almoço em Mafra. “Estaremos em uma altitude média de 1.000 metros, onde belas paisagens poderão ser apreciadas (isso se a dupla conseguir desviar o foco da competição)”, salientou o diretor de prova, Wagner Souza. “Passaremos por grandes áreas de reflorestamento, lavouras de soja e milho”, confirmou.
Abastecendo o rali
Além da aventura, os participantes poderão aproveitar a ação realizada pelo representante da fábrica de pneus Hankook, que pelo terceiro ano patrocinará o Rally Transcatarina. “Desta vez faremos ações de vendas no local e com preços diferenciados para os inscritos”, afirmou o proprietário da revenda da Hankook, Ventus Pneus, Diogo Pereira Garcia.
Há três anos, a Hankook é o pneu oficial dos eventos promovidos pela SC Racing. É equipada com esses pneus que a organização faz os levantamentos de todos os roteiros. No ano inteiro, milhares de quilômetros são percorridos para oferecer o melhor em off-road aos competidores, e neste contexto, os pneus correspondem 100% aos diversos tipos de piso que aparecem ao longo do caminho, com total performance e segurança.
O 5º Rally Transcatarina é formado por cinco categorias: Super Máster, Graduados, Júnior, Turismo Light e Turismo Adventure, entretanto, restam vagas apenas para a categoria Turismo Light. Para mais informações e inscrições basta acessar: www.transcatarina.com.br.
Roteiro – 5º Rally Transcatarina
17 de julho – Prológo em Fraiburgo
18 de julho – Fraiburgo – Timbó Grande – Canoinhas
19 de julho – Canoinhas – Mafra – Rio Negrinho
20 de julho – Rio Negrinho – Guaramirim – Balneário Camboriú
O 5º Rally Transcatarina tem patrocínio de Ensimec, Hankook Pneus, Hotel Renar, Troller Veículos Especiais S.A, Santur, Petrobras e Governo Federal
Apoio de Infinity Blue, Trilha SC, Ativa, Grafimax, Prefeitura Municipal de Balneário Camboriú, Prefeitura Municipal de Rio Negrinho, Prefeitura Municipal de Fraiburgo, Prefeitura Municipal de Canoinhas, Prefeitura Municipal de Guaramirim, Prefeitura Municipal de Mafra, Governo do Estado de Santa Catarina, Funturismo e Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte
Realização: SC Racing
Supervisão: CBA e FAUESC

Crédito das Fotos: Cadu Rolim/DFOTOSDoni Castilho/DFOTOSMárcio Machado/DFOTOS

Fonte:
Liberdade de Ideias
Isis Moretti

www.liberdadedeideias.com.br

Comente aqui