Supermoto Brasil Cup



Backflips de Kiko Silva são atração do Supermoto Brasil Cup neste domingo

Piloto realizará apresentação de freestyle motocross na etapa do campeonato, em Araraquara (SP)

No próximo domingo, 5 de junho, a cidade de Araraquara (SP) sediará a 2ª etapa do Supermoto Brasil Cup. Além de toda velocidade e disputas das corridas, o Kartódromo Adalberto Cattani receberá dose extra de emoção: o freestyle motocross. Kiko Silva mostrará as manobras mais desafiadoras de seu repertório em apresentação realizada pelo Jorge Negretti Motocross Show.

Kiko afirma que se preparou bastante para o show no Supermoto Brasil Cup. Adianta que manobras como backflip nacnac, whip flip e kiss of death estão programadas. E frisa que contará com o reforço de seu companheiro de equipe, Cyro de Oliveira, para aumentar ainda mais o impacto visual da apresentação.

Em 2015, Kiko realizou 37 shows por todo o Brasil. Apesar do longo histórico manobrando, Araraquara será a primeira apresentação de Kiko num evento Supermoto. Algo que acentua a expectativa do piloto de Boa Vista (RR) para domingo. Que até deixa escapar um desejo:

Acho muito legal (Supermoto Brasil Cup). É uma modalidade veloz, com alternância de técnicas de pilotagem. Estou bem ansioso para assistir às corridas. Quem sabe, até faça algumas voltas na pista para sentir a emoção do Supermoto”, diz Kiko de modo bem-humorado.

Outro aspecto que reforça a expectativa de Kiko Silva para o show é o ambiente. Baseado na própria experiência, o piloto destaca que apresentações realizadas para amantes do motociclismo resultam numa troca de energia especial. “É inexplicável a vibração do público. Sempre nos recebem muito bem. E retribuímos com um belo show, com muitas manobras.”

Araraquara também será especial por um motivo a mais: marca o início de nova parceria para o piloto. A partir do show no Supermoto Brasil Cup, Kiko Silva estará protegido pelos capacetes Bell. Precisamente, pelo modelo MX-9. Capacete que segundo Kiko oferece perfeito equilíbrio entre leveza, conforto e segurança.

Serviço

2ª Etapa Supermoto Brasil Cup

Local: Kartódromo Adalberto Cattani – Araraquara (SP)

Data: 5 de Junho de 2016

Horário: 13h00

Entrada: 1kg de alimento não perecível (exceto açúcar e sal)

Informações: [email protected]

Fonte:

Whipress Comunicação

Fotos: Richard Mazzochi

unnamed

Comente aqui


Supermoto Brasil Cup definiu campeões neste domingo em Itu

O paulista Adelmo Vieira foi o campeão na SM3 Pró e Igor Varone garantiu a vitória na SM1

A última etapa do Supermoto Brasil Cup, disputada neste fim de semana, em Itu (SP), foi uma das mais eletrizantes do ano

Após um duelo de alto nível, que contou com a presença de vários pilotos do Brasil , a primeira categoria que alinhou no grid foi a Sm3. A briga todos já sabiam que seria entre Khadun Lima e Roberto Gazquez. Khadun largou na pole e logo na primeira volta foi ultrapassado por Gazquez. Khadun foi pra cima e assumiu sua posição novamente e assim permaneceram até a linha de chegada, numa disputa ferrenha com Gazquez que estava na cola do adversário. O santista Khadun Lima garantiu seu primeiro título no motociclismo. Khadun e Gazquez fizeram uma temporada brilhante e lutaram ponto a ponto até a última etapa. Não tinha favorito nessa categoria. O nível técnico dos dois era praticamente igual. Completaram o grid Fernando Pan em terceiro, Alex Borges em quarto e Kleriston Garden em quinto.

Na Sm3 Pró, Adelmo Vieira tinha vantagem, precisava apenas completar a prova para levar o título. Felipe Teixeira fez a pole, mas na primeira curva errou e deu a chance para Alex Pavaneli fazer a ultrapassagem. Na terceira volta Felipe tentou recuperar a posição e errou novamente, favorecendo Adelmo Vieira que assumiu a segunda posição. O grid se manteve assim, os três colados até o final. Adelmo não faturou o primeiro lugar, mas comemorou o título que almejava desde o início da temporada. Completaram o pódio Paulo Brito em quarto e Rodrigo Medeiros em quinto.

Na Sm2 a disputa demonstrou também a grande competitividade dos pilotos, que puderam brigar apenas pelas posições, pois o título já havia sido definido na etapa anterior, onde Bruno Campanatti (Genaro Racing) sagrou-se campeão. Wilson Guimarães fez a pole, largou tranquilo, mas na segunda volta Thyrson fez a ultrapassagem. Wilson tentou recuperar a posição e caiu. Quem se deu bem com a queda foi Francisco Fox, que terminou a prova em segundo lugar, embutido em Thyrson. José Ferreira Junior  terminou a prova em terceiro, Wilson Guimarães em quarto e Guilherme Rocha em quinto.

Na Sm4, tivemos a grata surpresa da presença de Simão Lawant, que teve seu dia de glória. Simão fez a pole e, durante a volta de apresentação caiu e entortou o pedal de câmbio da sua motocicleta. Foi para os boxes alinhar o pedal e perdeu a largada. Após o reparo do pedal, Simão largou dos boxes com grande desvantagem e foi passando um a um até assumir a liderança e ganhar a corrida. O favorito ao título Emerson Menezes preferiu não arriscar e terminou na segunda colocação, o que lhe rendeu o título na categoria. Compuseram o pódio Anderson Fornielles em terceiro, Guilherme Fullman em quarto e Ranieri Brasil em quinto.

Já no final do dia entraram na pista as motos da Sm1, a categoria principal. Sem dúvida alguma essa foi a categoria mais conturbada do dia. Os pilotos largaram e na primeira volta começou a chuviscar e a organização resolveu parar a prova. Os pilotos se reuniram e resolveram andar nas condições em que a pista estava e fizeram uma nova largada. O já consagrado campeão Kleber Augusto fez a pole, largou na ponta, mas não conseguiu se manter na posição por causa da chuva e caiu. Fernando Orsi assumiu a liderança por duas voltas e caiu também…e assim aconteceu com quase todos os pilotos. Quase todos assumiram a liderança e caíram na sequência. O destaque da prova ficou para o vencedor Igor Varone, que mesmo após a queda, levantou rapidamente e conquistou novamente a liderança para assim vencer a prova. Completaram o pódio Juliano Meira em segundo, Cleber Guimarães em terceiro, Kleber Augusto em quarto e Fernando Orsi em quinto.

Confira todos os resultados em: http://www.dlcronometragemesportiva.com.br/site/resultados.php

O Supermoto Brasil Cup conta com o patrocínio:
METZELER / TUTTO MOTO / SHOEI / SERVE PEÇAS.
Co-Patrocínio:
Alemão Pneus / America Sports / Laser Tech / Zeus Capacetes / kwt Cobertores de Pneus / RB5 / Impacto Suspension / R2L.
Apoio: Ituano Motor Clube
Supervisão: SULMERJ//BR-SP

Texto: Daniella Velasco

Fotos: Factor Media / Ricardo B. Santos

Comente aqui


Supermoto Brasil Cup define campeões no próximo fim de semana

IMG-20141124-WA0004

As supermotos terão momentos decisivos neste final de semana, dia 30/11, na etapa final do Supermoto Brasil Cup.  O certame será realizado no Arena Brasil Kirin em Itu/SP e promete encerrar a temporada em grande estilo.

Das cinco categorias presentes no campeonato, apenas três terão os títulos definidos em Itu. A categoria principal, a SM1 e a SM2 já tiveram seus campeões definidos na penúltima etapa.
O kartódromo conta com uma infraestrutura fantástica, está entre os melhores do Brasil. Possui restaurante e lanchonete. Por esse motivo não será permitida a entrada de nenhum tipo de alimento ou bebida. Um dos diferenciais do kartódromo é a arquibancada coberta, que permite ao público uma visão completa do circuito. A locução ficará por conta do experiente Alexandre Eiras e a organização é da Race promoções e eventos.
Patrocínio:
METZELER / TUTTO MOTO / SHOEI / SERVE PEÇAS.

Co-Patrocínio:
Alemão Pneus / America Sports / Laser Tech / Zeus Capacetes / kwt Cobertores de Pneus / RB5 / Impacto Suspension / R2L.
Apoio: Ituano Motor Clube

Supervisão: SULMERJ//BR-SP
Fonte: Supermoto Brasil
Comente aqui


Resultados da 5ª etapa Supermoto Brasil Cup

 

Os principais pilotos de Supermoto do país seguiram em ação no último final de semana com a quinta etapa do Supermoto Brasil Cup.  O complexo esportivo da Praia Grande foi sede do evento no qual os líderes do campeonato mantiveram suas posições.

Na categoria Sm3, a disputa entre Khadun Lima e Roberto Gazquez deixou para trás o restante dos pilotos. Os dois brigaram durante toda a prova, Khadun tentou se manter na frente boa parte da corrida, mas Gazquez aproveitava cada oportunidade e ultrapassava o adversário. Foi uma troca de posições em vários momentos da corrida. Com isso chegaram a dar uma volta na terceira colocada, Indy Munoz. Na última volta, durante mais uma ultrapassagem Khadun caiu e enroscou a perna na roda de Gazquez e os dois ficaram parados. Indy Munoz recebeu a bandeira quadriculada em primeiro lugar, porém, depois revendo a cronometragem, a organização deu a vitória para Khadun e o segundo lugar para Gazquez, já que os dois terminaram a prova com 17 voltas e o restante dos pilotos com uma volta a menos.

Na categoria SM3 Pró quem entrou na briga e deu um show de pilotagem foi o piloto local Dorival Junior. Adelmo Dias Vieira largou na frente, Junior pressionou, trocaram de posição algumas vezes, até que Junior assumiu a liderança e abriu certa distância. Adelmo terminou a prova em segundo lugar, com Alex Pavaneli em terceiro e Felipe Teixeira em quarto.

Na Categoria Sm2 José Ferreira Junior, Bruno Campanatti e Thryson Rodriguez fizeram uma largada sensacional. José Ferreira assumiu a liderança e segurou a posição contra as investidas constantes de Thyrson Rodriguez. Bruno Campanatti acabou perdendo o contato com os ponteiros e terminou a prova em terceiro lugar.

Na SM1, Cleber Guimarães largou na ponta, mas logo foi ultrapassado por Kleber Augusto, que mostrou muita técnica e segurou a posição até o final da prova. Igor Varone e Cleber Guimarães brigaram a corrida toda pela segunda posição. Igor segurava de um lado, Guimarães tentava de outro.  No meio da corrida Guimarães ultrapassou Igor e foi atrás do ponteiro, mas sofreu uma queda e voltou para a terceira colocação. Guerreiro como é, Guimarães foi pra cima de Igor novamente, mas caiu na última volta, porém como tinha boa distância para o quarto colocado, conseguiu levantar e terminar a prova em terceiro.

A última categoria a entrar na pista foi a SM4. O líder Emerson Menezes caiu ainda na primeira curva e fez uma corrida de recuperação. A surpresa foi o piloto Gilson Viscardi que correu pela primeira vez com uma moto importada. Gilson assumiu a liderança logo no início da prova, seguido por Beto Vieira. Os dois imprimiram um ritmo forte, trocaram de posição algumas vezes e se distanciaram dos demais pilotos. Gilson estava em segundo quando teve seu pneu traseiro furado e teve que abandonar a prova na metade. Com a saída de Gilson, Beto precisou apenas administrar o primeiro ligar até a bandeirada. Emerson Menezes terminou a prova em segundo, seguido por Marcello de Souza em terceiro, Anderson Fornielles em quarto e José Luis Villamarim em quinto.

A próxima etapa será dia 21 de setembro no kartódromo de Registro/SP

Resultados: http://www.dlcronometragemesportiva.com.br/site/resultados.php

A quinta etapa do Supermoto Brasil Cup contou com a organização da Race Promoções e Eventos e teve os patrocínios:

Tutto Moto, Serve Peças, Shoei, e Alemão Pneus.

Co-patrocínio: Zeus capacates, America Sports, Hícaro Alumínios, R2L, Impacto Suspensões e Cricri Motos.

Apoio: Prefeitura Municipal de Praia Grande.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Texto: Daniella Velasco

Fotos: Barbara Bonfim / Daniella Velasco

 

Comente aqui


Supermoto Brasil Cup agita Praia Grande neste fim de semana

cartaz

Quem procura diversão deve ficar atento à programação deste final de semana na região da Baixada Santista

O Supermoto Brasil Cup promete agitar os amantes das duas rodas durante a quinta etapa do seu campeonato. Pilotos de várias partes do Brasil já confirmaram presença e a expectativa é grande, pois a maioria dos pilotos dessa modalidade são da região, conhecida como celeiro de campeões.

O evento acontece no próximo domingo, 17 de agosto, com largadas a partir das 12:00h.

A entrada á 1 kg de alimento não perecível, que serão doados a entidades carentes.

Pista – O Kartódromo Municipal de Praia Grande ocupa área de aproximadamente 36 mil metros quadrados. Tem o percurso oficial de 1.150 metros e ainda outro alternativo de 800 metros de extensão, no formato oval. Com inversão de mão, pode oferecer mais dois traçados. De acordo com pilotos, trata-se de circuito de alta velocidade e com pontos de ultrapassagens.

Endereço: A pista está localizada no Complexo Esportivo e Cultural Leopoldo Estásio Vanderlinde, Bairro Sítio do Campo, ao lado do Terminal Rodoviário Tude Bastos. Além do circuito, o pólo conta ainda com pista de atletismo, bosque com árvores nativas e atrações para pessoas das mais diversas faixas etárias, como espaço para aeromodelismo, aparelhos de ginástica e mesas para jogos, entre outros equipamentos.

Patrocínio: TUTTO MOTO, SHOEI, SERVE PEÇAS, ALEMÃO PNEUS.

Co-patrocínio: America Sports, Laser Tech, Hícaro Alumínios, Velasco Racing, R2L, Cricri Motos, Zeus Capacetes, Auto Posto Espumas, Impacto Suspensões.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Supermoto Brasil

 

Comente aqui


Confira os resultados da 4ª etapa do Supermoto Brasil Cup

Chiquinho Velasco vence categoria principal na quarta etapa do Supermoto Brasil Cup, neste domingo, 06 de julho na cidade de Registro (SP)

O maior campeonato de Supermoto do Brasil chega a sua metade com disputas eletrizantes. O certame foi disputado em 5 categorias e a cobertura de uma grande revista do meio das duas rodas. A grande surpresa da corrida foi o piloto novato Aurélio Hock, que foi rodando com sua moto de Curitiba (PR) para Registro, para participar pela primeira vez de uma corrida.A primeira classe a largar foi a SM3. Khadun Lima (KL Racing) e Roberto Gazquez (Master Supermoto Sports), travaram uma batalha e deixaram os outros pilotos para trás logo no começo da corrida. Abriram grande vantagem e se mantiveram assim até a chegada. Gazquez pressionou Khadun durante a corrida inteira, mas Khadun manteve a posição até a linha de chegada, com Roberto Gazquez em segundo, Indy Munoz (KL Racing) em terceiro, Gustavo Sinzinger em quarto e Aurélio Hock em quinto.

 

Na Categoria SM3 Pró Felipe Teixeira (KL Racing) fez a pole, seguido por Adelmo Vieira (equipe Dkindustries Motul). Adelmo logo assumiu o primeiro lugar, com Felipe na sua cola o tempo todo. Na última volta Felipe tentou a ultrapassagem e caiu, mas como tinha vantagem sobre o terceiro colocado conseguiu levantar e cruzar a linha de chegada na segunda posição. Alex Pavaneli que estava tranquilo na terceira posição viu uma chance com a queda de Felipe, foi pra cima dele para tentar a segunda posição e acabou caindo também, terminando a corrida com o quinto lugar. Com isso, a terceira posição caiu de bandeja no colo de Herbert Zangrossi. Octávio pinto finalizou em quarto, Gilson Viscardi em sexto, Dorival Junior em sétimo e Rodrigo Medeiros em oitavo.

Octavio sofreu uma punição de 10 segundos por ter queimado e largada, tendo então sua posição trocada com Alex Pavaneli.

 

Na categoria Sm2 tivemos um novato, o piloto Silvio Amadio, que teve seu primeiro contato com o Supermoto no dia da corrida e surpreendeu a todos com uma excelente colocação, mas quem deu um show de pilotagem foi o piloto Bruno Campanatti. Campanatti (equipe Genari Racing) largou na terceira posição e logo na primeira curva já assumiu a liderança, porém José Junior imprimiu um ritmo forte e ultrapassou Campanatti, Bruno pressionou Junior que acabou caindo. Guilherme Rocha que vinha mais atrás entrou na disputa pelo primeiro lugar com Campanatti, até chegou a assumir a liderança, mas teve problemas em sua motocicleta e foi obrigado a diminuir o ritmo.

O piloto Francisco Carneiro (Fox) que era um forte candidato ao título teve seu pneu furado no começo da corrida e teve que abandonar a prova, retornando somente no final para receber a bandeira quadriculada. Resultados: Campanatti em primeiro, José Junior em segundo, Guilherme Rocha em terceiro, Silvio Amadio em quarto, Thyrson Rodrigues em quinto e Francisco Fox em sexto.

 

Na Sm4 Emerson Menezes fez a pole, largou na frente e abriu boa vantagem sobre os concorrentes. A briga ficou mesmo entre Anderson Fornielles, Uanderson Menezes e José Luis Eboli.

Anderson Fornielles teve problemas com sua motocicleta e correu com uma moto emprestada, mas mesmo assim fez bonito e conquistou a segunda posição. Uanderson cruzou a linha de chegada em terceiro e José Luis em quarto.

 

Para fechar o dia com chave de ouro, a última a entrar na pista foi a categoria principal, a Sm1.

 

A Disputa entre Kleber Augusto (Master Supermoto Sports) – líder do campeonato e Chiquinho Velasco foi grande. Foi dada a largada e Chiquinho assumiu a liderança logo na primeira curva. Fernando Orsi foi pra cima de Chiquinho, mas a experiência falou mais alto. Kleber e Chiquinho travaram uma batalha intensa, trocaram de posição e levaram o público ao delírio. Chiquinho faturou a primeira posição com Kleber Augusto colado nele, tentando ultrapassar de todas as formas. A diferença entre eles na chegada foi de apenas 00:00.154.

Cleber Guimarães que está com com clavícula machucada não conseguiu acompanhar os ponteiros por causa das fortes dores, mas terminou a prova em terceiro lugar, acompanhado por Fernando Orsi em quarto e Sergio Prates em quinto.

A Race promoções e eventos mais uma vez proporcionou em belo espetáculo, com excelente organização, horários cumpridos, belos troféus e prêmios oferecidos pelos patrocinadores do campeonato aos pilotos. A próxima etapa do Supermoto Brasil Cup será dia 17 de agosto.

 

Patrocínio: Metzeler / Tutto Moto / Shoei / Serve Peças.
Co-Patrocínio: America Sports / R2L / Stocovich Design / Laser Tech / Farmazello / Impacto Suspension / RB5 / Zeus Capacetes.
Texto:  Daniella Velasco

Fotos: Barbara Bonfim – Factor Media

Comente aqui


Chiquinho Velasco conquista vitória no Supermoto Brasil Cup

 

 

O piloto santista Chiquinho Velasco venceu ontem, 06 de julho a disputa na categoria principal do Supermoto Brasil Cup.

A cidade de Registro, no Vale do Ribeira (SP), sediou a quarta etapa do maior campeonato de Supermoto do país.

O Supermoto Brasil Cup reuniu cerca de 30 atletas em boas disputas nas 5 categorias participantes, mas o nome mais falado do evento foi do piloto Chiquinho Velasco, que não participou das outras provas e resolveu aderir ao campeonato já na sua metade. O piloto largou na segunda fila, trocou de posição com Kleber Augusto duas vezes logo no começo da corrida e conseguiu permanecer na liderança até a linha de chegada, apesar das investidas do concorrente.

“Esse ano eu ainda não tinha competido do Supermoto. Confesso que a saudade era grande. Isso aqui é uma grande família” – falou o piloto com satisfação.

Chiquinho conta com os patrocínios da: Apex, Vaz, Pro Mundial, Hícaro alumínios, ASW e Sensei Racing.

Texto e fotos: Daniella Velasco

1 Comentário


Chiquinho Velasco disputa a quarta etapa do Supermoto Brasil Cup no próximo fim de semana

Araraquara-1

A cidade de Registro, no Vale do Ribeira vai sediar a 4ª etapa do Supermoto Brasil Cup, no Kartódromo da cidade e reunirá os melhores pilotos da modalidade.

As disputas acontecerão neste domingo, dia 06, a partir das 11:30h e a entrada é franca. Serão 5 categorias e o piloto Chiquinho Velasco brigará pelo primeiro lugar na categoria principal, a Sm1.

Fique ligado!

Confira as notícias, resultados e fotos no https://www.facebook.com/Piloto.Chiquinho.Velasco

Chiquinho Velasco conta com os patrocínios: Apex, Hícaro alumínios, ASW, Pró Mundial, Vaz, Sensei Racing e Stocovich

Texto: Daniella Velasco

Foto: Divulgação

Comente aqui


4ª Etapa Supermoto Brasil Cup

CARTAZ 4 ETAPA

O Supermoto Brasil Cup parte para a quarta etapa neste final de semana, dia 6 de julho, na cidade de Registro (SP)

 
Os melhores pilotos do Brasil estarão presentes para um show de técnica e habilidade. 
Não percam, entrada franca, a partir das 11:30h.
O kartódromo de Registro possui heliponto próprio e está localizado ao lado da BR-116, no KM 448 da pista norte, próximo ao aeroporto de Registro.
Fonte: Supermoto Brasil
Comente aqui


Equipe Kl Racing sobe ao pódio na terceira etapa do Supermoto Brasil Cup


A cidade de Araraquara sediou no último final de semana, dias 14 e 15 de junho, a terceira etapa do Supermoto Brasil Cup.
A rodada foi um sucesso e contou com pilotos de vários estados.
A equipe KL Racing conquistou mais um bom resultado com a excelente atuação dos pilotos Khadun Lima, Felipe Teixeira e Indy Munoz.
Na Sm3 Khadun enfrentou mais uma vez problemas na sua moto ainda durante os treinos e largou com a moto da sua companheira de equipe Indy Munoz. O piloto fez uma excelente corrida, terminou na segunda colocação e subiu na tabela de pontuação para o segundo lugar.
Na Sm3 Pró, Felipe Teixeira fez o segundo melhor tempo, tentou investir contra Alex Pavaneli mas não conseguiu a liderança da prova. Terminou a corrida em segundo lugar, mas continua na disputa pelo título, que, com os resultados dessa etapa ficou bem equilibrada.
Já a iniciante no Supermoto Indy Munoz durante os treinos mostrou que não estava para brincadeira. A piloto mostrou seu talento, porém como está entrando no campeonato já na sua metade, acabou mudando de categoria para ceder sua moto para o companheiro de equipe Khadun, que está de olho no título.
Indy fez uma ótima corrida de iniciação, correu com uma CRF 230cc original na categoria Sm3 pró e terminou sexta colocação. “Me senti em casa com a família Supermoto. E para minha surpresa ganhei um macacão novo da Tutto Moto”, declarou a nova integrante da equipe.
A KL Racing tem o patrocínio de R2L, Cricri Motos, Oxxy e Master e Cia
Fotos: Factormedia
Texto: Daniella Velasco

Comente aqui