única



Russos dominam a única final do dia na Copa do Mundo de Tiro Esportivo em Deodoro

unnamed(1)

Vladimir Maslennikov e Sergey Kamenskiy levaram as medalhas de ouro e bronze. Chinês ficou em segundo

18-04-2016

Na única final desta segunda-feira (18.04) da etapa do Rio de Janeiro da Copa do Mundo de Tiro Esportivo, dois atletas russos subiram ao pódio. O ouro da prova masculina da carabina de ar 10m ficou com Vladimir Maslennikov, que fez 207 pontos, com apenas dois tiros abaixo de 10 pontos nos 20 que disparou na final. A prata foi para o chinês Cao Yifei, com 206. O bronze foi para o russo Sergey Kamenskiy, que vibrou bastante com sua primeira medalha da carabina de ar 10m em edições da Copa do Mundo.

Na decisão, os russos desbancaram o campeão mundial de 2014, Yang Haoran (China); o medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Londres-2012, Niccolo Campriani; e o campeão olímpico de Atenas-2004 e prata em Pequim-2008, o chinês Zhu Qinan. Os brasileiros que disputaram a fase classificatória foram Bruno Heck (63°), Samuel Lopes (81°) e Ivan Bastos (82°).

“Foi um ótimo resultado. Fiquei muito feliz por ter conseguido uma medalha e por ter visto o Maslennikov vencer”, afirmou Kamenskiy. Sobre a instalação que receberá o tiro olímpico em agosto, o atleta reclamou apenas da temperatura do estande das finais. “A estrutura é boa, os estandes oferecem equipamentos de boa qualidade. No entanto, a cidade é muito quente para nós, principalmente aqui na área das finais”.

Vladimir Maslennikov (Rússia), medalha de ouro da carabina de ar 10m. Copa do Mundo de Tiro Esportivo, no Centro Nacional de Tiro Esportivo, em Deodoro. Foto: Wagner Meier/CBTE

Vladimir Maslennikov (Rússia), medalha de ouro da carabina de ar 10m. Copa do Mundo de Tiro Esportivo, no Centro Nacional de Tiro Esportivo, em Deodoro. Foto: Wagner Meier/CBTE

A Copa do Mundo de Tiro Esportivo é o maior dos eventos-teste para os Jogos Rio 2016, com a participação de quase 700 atletas de 88 países. A competição segue até 24 de abril no Centro Nacional de Tiro Esportivo (CNTE), localizado em área do Exército Brasileiro, no Parque Olímpico Deodoro. O CNTE foi construído em 2007 para os Jogos Pan-Americanos. Com 50 mil metros quadrados e estandes para todas as provas dos programas olímpico e paralímpico, a instalação passou por reforma e ampliação para 2016, com investimento federal de R$ 38,3 milhões.

No torneio, o Comitê Organizador Rio 2016 está testando protocolos das áreas esportivas e de tecnologia, o sistema de resultados, a logística de competição, aspectos de arquitetura e engenharia da instalação, a segurança e a apresentação das provas, com locutores e DJs.

Pistola 50m

Os competidores masculinos da pistola 50m enfrentaram a prova eliminatória nesta segunda, pois há mais inscritos que vagas na fase classificatória. Os 60 melhores – entre eles os brasileiros Júlio Almeida, Felipe Wu e Vladimir Silveira – disputarão na manhã desta terça-feira (19.04) a passagem para uma das oito vagas na final. Wu Já está classificado os Jogos Olímpicos Rio 2016 e Júlio busca pontuação para ser o último indicado da Confederação Brasileira de Tiro Esportivo (CBTE) para as Olimpíadas. Ele e Bruno Heck (carabina) estão na disputa.

Confira os brasileiros já classificados para os Jogos Olímpicos

Felipe Wu – pistola
Cassio Rippel – carabina deitado
Emerson Duarte – pistola
Rosane Budag – carabina
Daniela Carraro – tiro ao prato
Janice Teixeira – tiro ao prato
Renato Portella – tiro ao prato
Roberto Schmits – tiro ao prato

Resultados da final desta segunda(18.04) da etapa do Rio da Copa do Mundo de Tiro Esportivo

Carabina de ar 10m (masculino)

1) Vladimir Maslennikov (Rússia)
2) Cao Yifei (China)
3) Sergey Kamenskiy (Rússia)
4) Julian Justus (Alemanha)
5) Haoran Yang (China)
6) Anton Rizov (Bulgária)
7) Niccolo Campriani (Itália)
8) Zhu Qinan (China)

Provas em disputa nesta terça (19.04)

Masculino
Pistola 50m (9h às 12h15)
Tiro ao Prato – Fossa Double (9h às 17h)

Abelardo Mendes Jr – brasil2016.gov.br

Ascom – Ministério do Esporte 

unnamed

Comente aqui


Única mulher brasileira, Stefany Serrão disputa Mundial de Motocross Feminino no Catar

honda14br29_ca_18102014005

Piloto Honda, convidada pela Federação Internacional de Motociclismo, já fez reconhecimento da pista e ajustes na moto; atividades da primeira etapa começam nesta sexta-feira (27)

26/02/2015 – Doha (Catar) – Campeã Brasileira de Motocross, Latino-Americana de Motocross Feminino e também da Copa Minas Gerais de Motocross, a piloto Stefany Serrão, de 19 anos, encara pela primeira vez uma etapa do Campeonato Mundial de Motocross Feminino. A prova de abertura da temporada 2015, que inclui as categorias MXGP e MX2, será realizada nesta sexta-feira e sábado (27 e 28), em pista montada no circuito de Losail, em Doha, no Catar.

O convite para a participação em uma das principais provas internacionais da modalidade veio da Federação Internacional de Motociclismo (FIM), devido aos ótimos resultados obtidos pela jovem paulista e piloto Honda no ano passado.
Na véspera das atividades, Stefany conheceu a pista e fez os ajustes na moto, a Honda CRF 250R. Nesta sexta acontecem os treinos livre e classificatório. No sábado terá duas corridas. “É uma pista muito bacana, tem saltos bem grandes e chão macio. É um solo que me agrada, porque estou mais familiarizada com esse tipo. Está sendo uma experiência incrível, já que estarei ao lado das melhores do mundo. Foram mais de 13 horas de viagem, bem cansativa, mas tudo está valendo muito à pena. Fiz uma preparação bastante intensa para essa prova. É uma oportunidade única e quero aproveitar ao máximo”, conta Stefany.

Programação – 1ª etapa Mundial de Motocross Feminino – Catar – (Horário de Brasília)
27 de fevereiro – Sexta-feira
10h45 – Treino livre WMX
12h15 – Treino classificatório WMX

28 de fevereiro – Sábado
10h30 – Warm-up WMX
12h15 – Corrida 1 WMX
15h10 – Corrida 2 WMX
Fonte: VIPCOMM
Assessoria de Imprensa Honda Racing
Jornalistas responsáveis: Ricardo Ribeiro/Carolina Yada

 

Comente aqui


VIII Rally Cuesta: Helena Deyama é a única mulher no comando dos UTVs

 


A piloto parte para Botucatu neste final de semana, de 16 a 18 de maio para disputa do Brasileiro Rally Baja

São Paulo, SP, 14 de maio de 2014 – Helena Deyama (Luart Rally) está pronta para mais um desafio na temporada e participa entre os dias 16 e 18 de maio da 8º edição do Rally Cuesta Off-road, prova válida pelo Campeonato Brasileiro de Rally Baja 2014, e que será realizada na cidade de Botucatu, localizada a 230 quilômetros da capital paulista. Contando com um histórico de bons resultados nos 19 anos de carreira no off-road nacional, a piloto, espera usar a prova para aprimorar a pilotagem em seu ano de estreia pela categoria UTV.
“A expectativa é muito grande para esta prova, a segunda etapa do Baja, que está super disputada entre os UTVs. Estou em segundo lugar na categoria Marathon 850, empatada em pontos com mais dois pilotos. Eu ainda estou aprendendo e “pegando a mão” na pilotagem do UTV e espero evoluir em cada etapa”, comentou.
O Rally Cuesta Off-road será composto por duas etapas e um total de 244 quilômetros de trechos cronometrados em duas especiais (sábado e domingo), sendo que o percurso passará por propriedades particulares de reflorestamento de eucalipto e pela Serra da Cuesta. Para Helena, as expectativas são as melhores possíveis. “Eu já participei de diversas edições do Cuesta, mas de carro. A região é muito bonita e propícia para o rali, com trechos bastante técnicos e montanhosos, onde o Arena (diretor de prova), que conhece bem o relevo de Botucatu, sempre consegue montar boas especiais”, comentou.
O UTV Polaris RZR 800 utilizado por Helena está pronto para encarar os próximos desafios. “Tenho muito orgulho de estar representando as mulheres nesta nova categoria que cresce cada vez mais dentro do Rally Brasileiro. Como primeira piloto mulher a competir nos UTVs, a responsabilidade é grande e a disputa dentro da categoria é maior ainda, pois hoje temos vários pilotos muito fortes correndo de UTV”, explicou Helena.
A experiente piloto acredita que o alto nível dos competidores e alto grau de exigência das provas deixará a competição ainda mais disputada, deixando a competição mais emocionante a cada etapa. “Este ano o campeonato está com a disputa muito acirrada. Desde o início, os resultados obtidos farão toda a diferença no final”, concluiu.
Helena Deyama conta com patrocínio da Polaris e apoio Luart Studio e Academia Bio Ritmo.
PROGRAMAÇÃO:
Data: 16 a 18/05/2014
Local: Botucatu-SP
Parque de Apoio: Ginásio de Esportes Mario Covas
Rua Maria Joana Félix Diniz, nº 1585- Vila Leopoldina, Botucatu, SP
(Próximo ao hotel Primar Plaza Hotel)
WP- 22°53’22.79″S 48°25’48.92″O
Waypoint em graus, minutos e segundos
16/05 – Sexta feira
13h30 às 19h00 – Secretaria de Prova
Primar Plaza Hotel
19h30 – Briefing e lançamento do Evento (Moto, Quadri e UTV) – Primar Plaza Hotel (Jantar Opcional)
20h00 – Briefing e lançamento do Evento (Carros e Caminhões) – Primar Plaza Hotel (Jantar Opcional)
14h00 às 18h00 – Ginásio de Esportes Mario Covas
Vistoria Motos , Quadris e UTV
Vistoria CBA: Carros e Caminhões
Local: Ginásio de Esportes Mario Covas
14h00 às 15h30 – Apresentação Protótipo-T1
– Apresentação Production-T2
– Apresentação Super Production e Pró Brasil
– Apresentação Caminhões
17h00 – Apresentação 2ª vistoria (com multa – 1 UP)
17/05 – Sábado – 1ª Prova
7h00 às 8h30 – Secretaria de Prova (Primar Plaza Hotel)
7h00 às 8h00 – vistoria motos , quadris, utv (Ginásio de Esportes Mario Covas)
8h00 – Largada 1º Carro no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas).
8h30 – Largada 1º Carro na especial.
9h00 – Largada 1ª Moto no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas).
9h30 – Largada 1ª Moto na especial.
15h30 – Super Prime (Pista anexa ao Ginásio de Esportes Mário Covas)
19h30 – Briefing motos e quadris.- (Primar Plaza Hotel – Jantar opcional)
20h00 – Briefing – carros e caminhões – (Primar Plaza Hotel – Jantar opcional)
18/05 – Domingo – 2ª Prova
7h00 – Largada 1º Carro no parque de apoio (Ginásio de esportes Mário Covas).
7h30 – Largada 1º Carro na especial.
8h00 – Largada 1ª Moto no parque de apoio (Ginásio de esportes Mário Covas).
8h30 – Largada 1ª Moto na especial.
13h30 – Super Prime (Pista anexa ao Ginásio de Esportes Mario Covas)
16h00 – Premiação (Primar Plaza Hotel – Almoço opcional)
Especial com 122 quilômetros, e abastecimento no quilômetro 69, cronômetro fechado. (nos dois dias de prova)
Super Prime com 3.600 metros, pista anexa ao Ginásio de Esportes Mário Covas.

Fonte: Assessoria de Imprensa Helena Deyama
SIG Comunicação – Silvana Grezzana Santos
www.sigcomunicacao.com.br

Fotos: Luciano Santos/SigCom, Nelson Santos Jr. e Fernando JS

Comente aqui


Quinta roda da Fontaine é única no país 100% nacional

  • Quinta roda de 3 e ½ polegadas da Fontaine foi desenvolvida para atender as necessidades do transportador dos segmentos canavieiro e madeireiro
  • Sistema exclusivo da Fontaine elimina o risco do falso engate do implemento rodoviário e permite maior segurança no transporte de cargas          

A Fontaine, uma das maiores produtoras mundiais de quinta roda lançou no Brasil a quinta roda de 3 ½ polegadas 100% nacional. Trata-se do único equipamento do mercado brasileiro inteiramente desenvolvido e produzido no País. Exposto no estande da empresa na Fenatran 2013, o novo equipamento chamou a atenção dos visitantes.

Com a nacionalização, a Fontaine passou a oferecer uma resposta às necessidades do mercado brasileiro, principalmente do segmento canavieiro e madeireiro. De acordo com Marcos Moraes, gerente comercial da Fontaine Brasil, o corpo de engenharia brasileiro elaborou o projeto juntamente com centro de desenvolvimento e pesquisa do Alabama, EUA, e chegaram à criação da quinta roda de 3 e ½ polegadas de ferro fundido modular. “O Brasil precisava de um produto com maior capacidade, específico para equipar caminhões 6×4”, afirma o executivo.

“A nacionalização total da quinta roda certamente contribui para aumentar o nível de nacionalização dos veículos fabricados no Brasil, facilitando, assim, o acesso ao Finame”, diz Alessandro Poletto, diretor de Marketing do Grupo Ibero, proprietário da Fontaine Brasil.

De acordo com o executivo, a equipamento foi testado e certificado pelo Inmetro, por órgãos norte-americanos, europeus e canadenses e também será oferecido aos mercados destes países. A Fontaine exportará sua quinta roda de 3 ½ polegadas para a América Latina, Europa e Estados Unidos e  será a única fabricante de quinta roda no Brasil a exportar seus produtos para outros países.

Exclusivo sistema anti falso engate

Seguindo o rigoroso padrão norte-americano de segurança em transporte rodoviário de carga, a Fontaine oferece em toda sua linha de quintas rodas de 2 polegadas, produzidas no Brasil, o exclusivo sistema anti falso engate. “Este sistema oferece total segurança no engate, evitando graves acidentes”, enfatiza o Moraes.

Única do gênero produzida em série no Brasil e no mundo, o sistema não acopla caso o pino rei não esteja posicionado e travado corretamente. De acordo com Moraes, durante a Fenatran os visitantes puderam visualizar a diferença entre outros engates do mercado e entender seu funcionamento.

Crescimento contínuo

A experiência do Grupo Ibero no segmento de implementos rodoviários foi crucial para o aumento de participação no mercado nacional da Fontaine. Desde que foi adquirida pelo Grupo, de capital nacional, há dois anos, a Fontaine vem aumentando continuamente sua participação de mercado junto às fabricantes de caminhões Scania, Volvo, Mercedes-Benz e recentemente Iveco, sem falar nos produtos que já estão em fase final de testes e aprovação na MAN. Antes da aquisição, a marca detinha 10% mercado das fabricantes de caminhões e hoje já alcança 23% de participação. No mercado de implementos, a participação também vem apresentando alta. Em 2011, a Fontaine detinha 13% e hoje já possui 62% de participação, com a liderança no fornecimento de quinta roda a este segmento.

Em 2012, a empresa atingiu faturamento de 25 milhões de reais, mesmo em um ano de queda de vendas no segmento de caminhões. Em 2011, a Fontaine recebeu um aporte de 11 milhões de reais que foram destinados ao desenvolvimento de novos produtos. Para 2015 a perspectiva é que haja um aumento de participação da marca no mercado de quinta roda para 35% no Brasil e a necessidade da construção da nova planta.

A Fontaine Brasil se transformou em um centro de excelência e referência, exportando seus produtos para o Canadá, Estados Unidos, Europa e América do Sul. A expectativa é que sejam exportadas de 1000 a 1500 peças entre 2013 e 2014.

Fontaine – Com sede em Trussville, Alabama, EUA, a Fontaine é um dos maiores fabricantes de Quinta Roda do mundo com diversas unidades industriais nos Estados Unidos, Europa e Brasil. Atende fabricantes de caminhões, fabricantes de implementos rodoviários e mercado de reposição. A Fontaine faz parte do Marmon Group, associação internacional de unidades de negócios que operam de forma independente em setores diversificados. Em Abril de 2011, o Grupo Ibero comprou a operação brasileira da Fontaine.

Para mais informações, visite: www.fifthwheel.com

Fonte:

MM Editorial – www.mmeditorial.com.br

Marta de Souza – Evelyn Haas

 

Comente aqui


Única marca chinesa na Fenatran, Shacman mostrou protótipo do primeiro caminhão brasileiro

Primeira chinesa a ser habilitada ao Inovar-Auto apresentou caminhão-conceito com nacionalização superior a 60%

São Paulo (SP), 5 de novembro de 2013 –  O primeiro protótipo do caminhão Shacman brasileiro, que será produzido a partir do segundo semestre do próximo ano, foi a principal atração do estande da Metro-Shacman na Fenatran, que se realizou no Parque Anhembi, em São Paulo. Única marca de origem chinesa participante do evento, mostrou o veículo Shacman TT 440 6×4 com índice de nacionalização superior a 60%, obtido por intermédio de parceria estabelecida com mais de 40 empresas brasileiras do segmento de autopeças.

Ao lado do Shacman TT 440 6×4, a empresa apresentou também um driveline – conjunto formado por motor Cummins, transmissão Eaton automatizada de 18 marchas, eixo dianteiro e cardãs Dana, eixos traseiros Meritor, pneus Goodyear, freios Master, rodas Maxion Wheels – entre as mais de 40 empresas participantes do projeto do caminhão brasileiro.

O veículo revela também um dos resultados do departamento de engenharia da empresa com o motor Cummins ISM 11P7, de 6 cilindros em linha e 10,8 litros de capacidade cúbica, com potência elevada para 440 cv, e a opção de transmissão Eaton automatizada de 18 velocidades ou ZF manual de 16 velocidades.

Após a Fenatran, a empresa dará início ao programa de certificação do veículo, por intermédio de testes de durabilidade e desempenho, em diversas condições de utilização, tipos de estradas e clima no Brasil. O programa envolverá a utilização do veículo com tração de semirreboques e diferentes configurações de implementos utilizados no segmento de transporte de cargas do Brasil.

Na Fenatran, a Metro-Shacman anunciou a ampliação da rede de vendas e serviços para 16 pontos em diversos Estados brasileiros.

Fonte: Secco Consultoria de Comunicação – www.secco.com.br

Comente aqui


X Motos do Brasil disponibiliza única bateria inteligente do país

Não ser pego de surpresa. Este é o principal objetivo do produto que está ganhando o mercado brasileiro de motos: a bateria outdo, da X Motos do Brasil.

A bateria é a única no país em gel com a tecnologia exclusiva do chip teste, com a qual o usuário consegue verificar em segundos o nível da carga. Se a carga estiver baixa é só colocar o outdo teo carregador que vem incluso na tomada e recarregar a bateria.

Além disso, a bateria X Motos não vaza,  não queima a pele; e tem maior durabilidade, pois regula eletronicamente a carga, mantendo-se ativa por muito mais tempo. Por ser em gel e ter maior durabilidade, diminui os riscos de contaminação do meio-ambiente.

Alicerçada em mais de 20 anos de atuação nas áreas técnicas, comercial e administrativa; a empresa tem uma preocupação contínua com a eficiência e a qualidade. Prova disso é que a X Motos é proprietária de nove marcas de moto peças na linha de reposição para motocicletas de rua e seus produtos contam com grande variedade para melhor atender o mercado.

Fonte:

Patrícia Stedile

ENGENHARIA DE COMUNICAÇÃO

www.engenhacom.com

1 Comentário


Turismo Light: única categoria com vagas no Rally Transcatarina

Para quem procura tranquilidade e diversão, a categoria certa é a Turismo Light. Roteiro privilegiará belas paisagens, com paradas em diversos pontos turísticos, destacando o melhor dos produtores artesanais de Santa Catarina

20 de junho de 2013 – Sucesso absoluto! A quinta edição do Rally Transcatarina já não tem mais vagas para as categorias Super Máster, Graduados, Júnior e Turismo Adventure. Quem bobeou… Dançou! Mas, para quem não quer entrar no clima de disputa e deseja participar do evento em ritmo de passeio, ainda há uma chance: a Turismo Light – porém, restam poucos lugares.
Entre os dias 17 a 20 de julho, serão percorridos aproximadamente 800 quilômetros entre Fraiburgo e Balneário Camboriú, SC. Fazem parte do roteiro Timbó Grande, Canoinhas, Mafra, Rio Negrinho e Guaramirim, além de outras 21 cidades que estão ao longo do percurso.
A Turismo Light é destinada aos participantes que almejam apenas se divertir, sem ter que se preocupar com tempo e pontuação. O objetivo é conciliar a tranquilidade com a aventura de praticar o off-road, usufruindo do melhor da natureza.
Trata-se de uma ótima oportunidade para conhecer outros lugares e viver experiências incríveis a bordo do veículo 4×4. “A categoria atende perfeitamente a nossa expectativa, pois nós gostamos de fazer trilhas para relaxar, sem estresses ou preocupações com tempo”, contou Claudiana Künzel, que ao lado do marido Paulo Vitor Künzel, participará pela segunda vez.
De acordo com o diretor de trilha da Turismo Light, Telmo Ferreira Bastos, este ano terá um trajeto totalmente inédito, já que novas cidades entraram no circuito. “Será um caminho bem diversificado, diferente do que estamos acostumados, com áreas de reflorestamentos, lavouras, serra e litoral”, declarou Bastos. “Para tornar o tour ainda mais atraente, programamos diversas paradas para conhecer pontos turísticos, além de produtores de alimentos e bebidas locais, a exemplo de vinícolas – muito tradicionais nesta região. Preparamos tudo pensando naquilo que as pessoas gostariam de encontrar. Esperamos agradar e que todos levem ótimas recordações”, enfatizou Bastos.
Roteiro – 5º Rally Transcatarina
17 de julho – Prológo em Fraiburgo
18 de julho – Fraiburgo – Timbó Grande – Canoinhas
19 de julho – Canoinhas – Mafra – Rio Negrinho
20 de julho – Rio Negrinho – Guaramirim – Balneário Camboriú
O 5º Rally Transcatarina tem patrocínio de Ensimec, Hankook Pneus, Hotel Renar, Troller Veículos Especiais S.A, Santur, Petrobras e Governo Federal
Apoio de Infinity Blue, Trilha SC, Ativa, Grafimax, Prefeitura Municipal de Balneário Camboriú, Prefeitura Municipal de Rio Negrinho, Prefeitura Municipal de Fraiburgo, Prefeitura Municipal de Canoinhas, Prefeitura Municipal de Guaramirim, Prefeitura Municipal de Mafra, Governo do Estado de Santa Catarina, Funturismo e Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte
Realização: SC Racing
Supervisão: CBA e FAUESC

Crédito das Fotos: Doni Castilho/DFOTOSMárcio Machado/DFOTOSJúnior Almeida

Fonte:
Liberdade de Ideias
Isis Moretti

www.liberdadedeideias.com.br

Comente aqui


Ford é a única grande montadora na lista das 50 empresas mais inovadoras do mundo

A Ford é a única grande fabricante de automóveis a figurar na lista de 2013 das 50 empresas mais inovadoras do mundo, elaborada pela publicação “Fast Company´s”, dos Estados Unidos. Os editores destacaram entre as conquistas recentes da Ford o lançamento do Novo Fusion 2013, o sistema SYNC e a inauguração de um laboratório no Vale do Silício, na Califórnia, onde seus engenheiros podem compartilhar ideias com algumas das mentes mais brilhantes da tecnologia.

Entre os equipamentos inovadores já disponíveis nos veículos da Ford é citado o sistema de conectividade SYNC, que permite ao motorista se manter conectado a dispositivos móveis por comando de voz, sem tirar as mãos da direção nem desviar os olhos da pista.

Segundo a publicação, o novo Fusion 2013 conta com um dos sistemas mais completos de assistência ao motorista da indústria, incluindo piloto automático adaptativo e sistema de manutenção na faixa, por um custo acessível na categoria. Os pesquisadores da Ford também trabalham no desenvolvimento de futuros sistemas, como o que estima a carga de trabalho do motorista para ajudar a controlar situações de estresse ao volante.

A pesquisa Empresas Mais Inovadoras é o projeto editorial mais importante da Fast Company´s. Nela aparecem empresas de ponta, como Nike, Apple, Amazon e Google, além de novatas como Square, Fab e Tumblr. A equipe editorial passa meses reunindo e selecionando informações para identificar as empresas que representam o que há de melhor no mercado ao redor do mundo. O resultado é a lista daquelas que ousam ser diferentes, não só no crescimento da receita e margens de lucro, mas também no espírito criativo e modelo progressivo de negócios.

Uma curiosidade este ano é a ausência de gigantes das mídias sociais, como Facebook e Twitter. “Nenhuma delas produziu inovações que merecem destaque”, explica a revista na matéria que acompanha a pesquisa. “Na história da nossa lista, menos de um terço das empresas volta a entrar no ranking do ano seguinte. Este ano, apenas sete são presenças consecutivas, uma indicação de que muito mais empresas, de vários lugares do mundo, estão inovando para atingir um patamar competitivo, aumentando cada vez mais o padrão.”

Além da versão impressa, a publicação está disponível online no www.fastcompany.com/MIC e também na forma de aplicativo no iTunes.

Maior retorno sobre inovação

No Brasil, a Ford também foi a marca que apresentou o maior retorno de vendas por investimento em inovação entre 2000 e 2011, segundo uma pesquisa feita pela consultoria Pieracciani com as oito maiores montadoras. O estudo aponta que a Ford aumentou a média anual dos emplacamentos em 731 unidades, ou 5,5%, a cada inovação lançada no mercado.

A Pieracciani colheu os dados de oito montadoras que representaram no período cerca de 95% dos licenciamentos de automóveis – Volkswagen, Fiat, General Motors, Honda, PSA Peugeot Citroën, Renault e Toyota, além da Ford. Depois, dividiu a média de crescimento anual nas vendas pelo número de inovações apresentadas ao público.

A Ford teve 18 lançamentos no período, com inovações que foram mais bem aceitas pelo consumidor que as concorrentes. Exemplo disso, segundo Daniel de Moraes Rodrigues, um dos responsáveis pela pesquisa, é o utilitário esportivo Ford EcoSport. “Foi um grande lançamento que gerou aumento de vendas sustentável durante alguns anos”, diz.

Fonte: Imprensa Ford – (13/02/2013)

Comente aqui


Unilance consolida-se como a única administradora no segmento de consórcio de aeronaves

A empresa paranaense participou da 14ª Expo Aero Brasil, realizada este mês em São José dos Campos (SP)

CURITIBA, 26/07/2011 – Neste mês, o Consórcio Unilance participou da 14ª Expo Aero Brasil (EAB), feira internacional de aeronáutica, realizada no DCTA (Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial), em São José dos Campos (SP). O evento, realizado pelo terceiro ano consecutivo na cidade, já se tornou uma das maiores feiras internacionais de aeronáutica e espaço na América Latina e tem estimulado o pólo aeroespacial do município, tido como o segundo maior empregador do setor no mundo.

Neste ano, o evento teve recorde de público – mais de 30 mil visitantes – reunindo  pessoas de todas as regiões do país e das mais variadas classes sociais, do comprador de consórcio de uma moto até um de consorcio de aeronave. Durante os dias do feira, as pessoas puderam visitar os estandes de dezenas de indústrias e organizações voltadas para o desenvolvimento, produção e venda de equipamentos e serviços de uso aeronáutico e aeroespacial. “A presença na EAB possibilitou para o público vislumbrar a possibilidade real de adquirir sua própria aeronave, sem pagar juros, com uma taxa de administração que não se compara a nada no mercado”, conta Élcio Monteiro, diretor do  Consórcio Unilance, que este ano participou do evento ao lado de duas grandes empresas de aeronaves: Cirrus e Robinson.

Segundo dados da organização do evento – que nesta edição também alcançou também um recorde de negócios, movimentando mais de US$40 milhões – o Brasil é um dos cinco maiores países no mercado aeroespacial e tem a segunda maior frota de aeronaves. O setor fatura cerca de US$ 20 bilhões e emprega, direta e indiretamente, um milhão de pessoas altamente qualificadas. Uma tendência que deve ser ainda maior devido à realização da Copa do Mundo de futebol, em 2014, e da Olimpíada, em 2016.

Fonte: 

Augusto Köech

Lide Multimídia – Assessoria de Imprensa

 

Comente aqui