blogid == 71){ ?> junho 2011 - TV tudo

TV tudo

Publicidade

Insensato Coração: Norma obriga Léo a chafurdar no lixo

Categorias: Sem categoria

A vingança de Norma (Glória Pires) contra Léo (Gabriel Braga Nunes) em Insensato Coração promete. Nos próximos capítulos da novela da Globo, a viúva de Teodoro (Tarcísio Meira) obrigará o vilão a passar por diversas situações humilhantes. Depois de contratá-lo como “escravo”, Norma colocará Léo em um cômodo improvisado nos fundos de sua mansão, onde antes existia um canil. O filho de Wanda (Natália do Vale) dormirá em uma cama velha e terá que tomar água da torneira. Também será obrigado a comer restos de comida para se alimentar.

Além disso, de acordo com Patrícia Kogut, colunista de O Globo, a técnica em enfermagem o obrigará a cumprir tarefas humilhantes, como engraxar os sapatos de Ismael (Juliano Cazarré) e remexer em latões de lixo, sem luvas. Para esta tarefa, Norma dirá que perdeu a aliança de casamento, sua “mais preciosa lembrança de Teodoro”. Ela explica que já procurou pela casa toda, mas que falta apenas um lugar: as lixeiras.

Léo será levado por Ismael ao exterior da casa, onde há alguns latões de lixo, e transmitirá as ordens: “Procura aí. E tem que ser rápido, por que a coleta do lixo é daqui a pouco. Você tem que abrir os sacos de lixo, revirar tudo até achar o anel e depois juntar toda a imundície de volta nos sacos antes do lixeiro passar”. Detalhe: Ismael avisa que, se não der tempo, Léo terá de guardar o lixo “no único lugar vago da casa” (o quarto onde ele dorme), até o lixeiro passar outra vez.

Veja também:

Insensato Coração: Milton morre após descobrir passado de Norma

Insensato Coração: Ismael beija Eunice e ela revida com tapa na cara

Insensato Coração: autores escrevem cena de sexo gay

Xuxa comemora 25 anos de Globo em programa especial

Categorias: Sem categoria

No próximo sábado, 2 de julho, Xuxa vai comemorar 25 anos de Globo em um programa especial, no qual receberá diversos convidados. Para marcar o aniversário, Ivete Sangalo vai comandar o TV Xuxa. Pelo palco do programa, passarão Caetano Veloso, Maria Gadu, Zezé di Camargo e Luciano, Daniel e Vitor e Leo. Os cantores interpretarão sucessos de Xuxa, como “Doce Mel”, “Lua de Cristal”, “Nosso Canto de Paz” e “Marquei um X”.

Além disso, o especial contará com depoimentos gravados de Angélica, Luciano Huck, Faustão, Ana Maria Braga e Renato Aragão, estrelas globais que, assim como Xuxa, iniciaram a carreira fora da Globo. Outros artistas também estiveram presentes na comemoração: Bruno e Marrone, Durval Lelys do Asa de Águia, Alinne Rosa da banda Cheiro de Amor, Bruno do Sorriso Maroto, Saulo da Banda Eva, Dodô do Pixote, Thiaguinho e Péricles do Exaltasamba e Xande do Revelação.

Apesar de estar celebrando 25 anos de Globo, Xuxa não tem tido motivos para comemorar. A apresentadora passa por um momento difícil com a família. A mãe e o irmão estiveram internados em um hospital do Rio de Janeiro recentemente. Durante a gravação do especial, ela chegou a chorar ao falar sobre o assunto. Na vida profissional, a situação da rainha dos baixinhos também não é boa. Xuxa anda desprestigiada pela Globo e pelo público. Por causa da audiência, a menor nas tardes de sábado, seu programa é tirado do ar com frequência para dar espaço a competições esportivas .

Veja também:

Na TV argentina, padre diz que música de Xuxa é satânica

Globo deixa Xuxa fora do ar durante três meses

Programa da Record noticia falsa morte de humorista

Categorias: Sem categoria

Foi na manhã desta terça-feira, 28 de junho, que o Hoje em Dia pagou um de seus maiores micos. O programa da Record noticiou um boato que correu a internet dizendo que o promoter e humorista Amin Khader teria morrido. A “notícia” foi dada com grande destaque por Celso Zucatelli, com direito a link ao vivo do Rio de Janeiro, onde mora Amin. Confira o vídeo:

http://www.youtube.com/watch?v=VD8p79QF0oU&feature=youtu.be

O boato sobre o falecimento de Amin Khader surgiu após o promoter David Brazil postar a “informação” no twitter. Brazil deu detalhes, dizendo que Amin havia sido encontrado morto pela empregada, na casa em que mora, na Barra da Tijuca. Disse ainda que o corpo seria velado e enterrado em Petrópolis, onde mora a família do humorista.

No entanto, tudo isso não passou de um grande boato. Amin está ‘vivinho da Silva’ e anunciou pelo twitter que participará do programa Cidade Alerta, apresentado por José Luiz Datena, nesta terça. Atualmente, ele trabalha como repórter do programa Show do Tom, também da Record.

Veja também:

TV Fama dá como séria informação inventada por site de humor

Siga-me no twitter.

Novela Roque Santeiro voltará em julho na TV

Categorias: Sem categoria

Marcada para 18 de julho a data de estreia da novela Roque Santeiro, um clássico da televisão brasileira. A produção retorna no canal pago Viva, na faixa da madrugada, que atualmente exibe Vale Tudo. Vinte e seis anos depois de ter ido ao ar na Globo, ainda existem histórias dos bastidores da novela inéditas para o grande público. Uma delas foi revelada pela Folha de São Paulo, na edição deste domingo, 26 de junho. De acordo com reportagem de Lauta Mattos, na época em que Roque Santeiro foi ao ar, uma complicada disputa entre os autores Dias Gomes (1922-1999) e Aguinaldo Silva obrigou a direção da emissora a intervir diversas vezes nos trabalhos de produção.

Na década de 1980, Dias Gomes era o mais importante escritor da Globo, e Aguinaldo Silva, então com 42 anos, fazia um de seis primeiros trabalhos na TV. O argumento original de Roque Santeiro foi escrito por Dias, em 1975, quando a novela foi censurada. Dez anos depois, com o fim da ditadura militar, a Globo resolveu tirar a trama da gaveta e Dias Gomes chamou Aguinaldo para trabalhar na nova versão.

Como a história de Roque (José Wilker), da Viúva Porcina (Regina Duarte) e de Sinhozinho Malta (Lima Duarte) acabou se tornando um estrondoso sucesso, fenômeno de ibope e faturamento, uma rivalidade entre os autores surgiu. Dias Gomes havia iniciado os trabalhos, mas estava cansado do ritmo da TV e passou as rédeas para Aguinaldo. O rumo da história acabou por dividi-los e, segundo a Folha, por pouco Roque não foi outra novela.

A trama girava em torno do falso mito que sustentava a fé e o comércio na cidade de Asa Branca. Roque, dado como morto 17 anos antes e feito santo, regressa, mas os poderosos querem manter o mito. No capítulo 87, antes de a novela chegar à metade, o padre Albano (Cláudio Cavalcanti) reúne as pessoas na praça para contar a verdade.

Aguinaldo achava que o argumento original de Dias – que então estava de férias na Europa – tinha se esgotado. Queria que, a partir dali, a novela tratasse da reconstrução da cidade sem o mito. Colaboradores da novela, Marcílio Moraes e Joaquim de Assis o convenceram de que o mito tinha de seguir até o fim. Assim, no momento em que Albano vai falar, o beato Salu (Nelson Dantas) sai do coma: seria um novo milagre de Roque, e o padre desiste.

A menos de dois meses do fim da trama, o choque entre os autores se agravou, e a Globo teve de intervir. Dias quis retomar a trama. Aguinaldo não se conformou e a direção teve de convencê-lo a se afastar, e parte da intriga veio a público. Além disso, o rompimento deixou em situação difícil os colaboradores, que foram obrigados a tomar partido e ficar ao lado de Dias Gomes, que os convidara para participar da novela.

Um ano e meio depois do fim da trama, Dias e Aguinaldo ainda disputavam os direitos autorais. Segundo a reportagem, o que cada um queria era reivindicar para si a paternidade do fenômeno. Em novembro de 1986, Gomes escreve a José Bonifácio de Oliveira, o Boni. Diz ao diretor da Globo ser autor de 99 capítulos: os 51 iniciais e os 48 finais – o total era de 209. Ressalta ser autor da peça “Berço do Herói”, que deu origem à novela. Propõe 60% de participação (50% pelos capítulos e 10% pela peça). Aguinaldo ficaria com 30%, e os outros 10% iriam para os colaboradores.

Em dezembro é a vez de Aguinaldo se dirigir a Boni. Afirma que, além de ter feito 110 capítulos, atualizara os iniciais, de 1975. A proposta: 40% para si, 40% para Dias e 20% para os colaboradores. Essa acabou sendo a divisão acordada pela Globo. Mas a amizade entre eles morreu para sempre.

Veja também:

Autores de novela se estranham e direção da Globo intervém

‘Azeda’ clima entre autor de novela e diretor da Globo

Mesmo sob críticas, autor escala Carolina Dieckmann para novela

Insensato Coração: Milton morre após descobrir passado de Norma

Categorias: Sem categoria

Milton (José de Abreu) será o próximo a morrer em Insensato Coração. E Norma (Glória Pires) será, indiretamente, a responsável pelo crime. Depois de descobrir o passado da técnica de enfermagem e chantageá-la, o produtor cultural pedirá uma alta quantia de dinheiro à ex-presidiária. Norma não aceitará a chantagem e pedirá para Ismael (Juliano Cazarré) dar um “susto” em Milton.

“Tem que ser definitivo, mas sem pesar a mão. No fundo, o Milton é um covarde, um susto já vai deixar ele fora de ação”, dirá ela ao capanga.

Acreditando que Norma topou a chantagem e que lhe dará a quantia pedida, Milton chegará ao local combinado com ela para realizar o negócio. Mas só encontrará Ismael. Violento, Ismael agarrará Milton pela roupa e o ameaçará mostrando uma arma sob a camisa:

“Se alguém ficar sabendo de alguma coisa da Norma, você vai amanhecer com a boca cheia de formiga, seu folgado, assim aprende a só se meter com quem pode! Tem uma azeitona aqui com o teu nome escrito. E, se bobear, tem outra para tua filha, quer companhia no inferno?”

Em pânico, depois de levar mais um soco, Milton vai jurar que não contará nada a ninguém. Mas, num ímpeto, sairá correndo. Ismael sairá atrás dele. Desnorteado, Milton cruzará uma pista sem olhar para os lados e será atropelado por um ônibus. No acidente, ele morre, fazendo Norma se sentir muito culpada.

As cenas vão ao ar nesta quinta-feira, 23 de junho.

Veja também:

Insensato Coração Ismael beija Eunice e ela revida com tapa na cara

Insensato Coração: autores escrevem cena de sexo gay

Atriz passa mal na gravação de Insensato Coração

Estreia de Datena eleva em 70% audiência da Record

Categorias: Sem categoria

O retorno de José Luiz Datena à Record fez bem para a audiência da emissora de Edir Macedo. Com a estreia do Cidade Alerta, o índice registrado pelo Ibope aumentou em cerca de 70%, na medição prévia feita na Grande São Paulo. O programa, exibido entre 17h e 19h25, registrou 10 pontos de média e pico de 16 pontos, dando o segundo lugar ao canal, ficando atrás da Globo, que marcou 20 pontos. No horário, a Record costumava exibir a série Todo Mundo Odeia o Chris, que dava média de 6 pontos.

Com a estreia, a Band foi a maior prejudicada. O Brasil Urgente, que era apresentado por Datena e agora está sendo ancorado por Luciano Faccioli, registrava médias de 6 pontos, mas, nesta segunda-feira, 20 de junho, no confronto direto com o Cidade Alerta, marcou apenas 2 pontos.

O apresentador deixou a Band na última quarta-feira e assinou com a Record por um período de cinco anos. Em TV, recomenda-se um período de férias para que o novo contratado desvincule sua imagem da antiga emissora. Nesse caso, a Record resolveu fazer diferente. Com a participação do comandante Hamilton, que também saiu recentemente da Band, o primeiro Cidade Alerta foi praticamente o mesmo programa que a dupla fazia na emissora do Morumbi.

Para anunciar a estreia de Datena, o apresentador teve que percorrer diversos programas da casa e foi obrigado a subir no palco do Programa do Gugu, no último domingo. De acordo com Keila Jimenez, colunista da Folha, apesar de terem passado por bons amigos, Gugu e Datena não se bicam. Segundo a Folha, houve resistência nos bastidores para que a participação não se concretizasse. Em 2003, Datena disse ter “nojo” de Gugu no ar após a falsa entrevista de integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital) para o Domingo Legal (SBT).

Veja também:

Guerra entre Globo e Record completa seis anos

Datena recebe proposta milionária da Record e pode deixar Band

Datena ameaça Record e manda recado para bispo

Renato Machado deixará bancada do Bom Dia Brasil

Categorias: Sem categoria

Comunicado divulgado nesta segunda, 20 de junho, pelo diretor geral de Jornalismo e Esporte da Rede Globo, Carlos Henrique Schroder, informa que várias mudanças serão efetivadas nos telejornais da emissora, a partir do mês de setembro. A principal delas é a saída de Renato Machado do Bom Dia Brasil. O apresentador passará a ser correspondente internacional em Londres e Chico Pinheiro, atualmente no SPTV, primeira edição, será transferido para o telejornal da manhã. Confira o comunicado, assinado por Schroder, enviado à imprensa:

“Há um mês, fui procurado por Renato Machado, que, depois de 15 anos à frente do Bom Dia Brasil, queria discutir o futuro. Renato sugeriu-me que era tempo de assumir outras missões. Diante do enorme êxito dele no Bom Dia, seja como editor-chefe, seja como apresentador, Ali (Kamel) e eu nos reunimos e chegamos à conclusão de que era importante usar a experiência dele no exterior, onde já esteve. Assim, a partir do fim de setembro, Renato começará a se preparar para assumir o posto de correspondente sênior em Londres. Lá, comentará ao vivo o noticiário internacional para o próprio Bom Dia, produzirá uma coluna semanal para o Jornal da Globo em que dará destaque aos assuntos que dominaram a semana na Europa e fará reportagens especiais para os telejornais da casa.

Ao procurar um substituto à altura de Renato, imediatamente pensamos no Chico Pinheiro. (…) Ao convidá-lo, Chico aceitou a missão com grande entusiasmo. (…) Companheira de bancada do Chico no SPTV, Mariana Godoy também vai nos ajudar em um novo desafio. (…) Ela passa a ancorar em São Paulo o Jornal das Dez, da Globo News, função que estava a cargo, interinamente, do repórter Ricardo Lessa, desde que Carlos Alberto Sardenberg precisou se afastar. Ricardo voltará à reportagem, como era desejo dele (…).

Para o lugar de Chico e Mariana, o SPTV passará a ser comandado pelo repórter Cesar Tralli. Com 18 anos de TV Globo, Tralli (…) aceitou a missão com grande animação. Certamente levará para o SPTV as mesmas qualidades que marcaram, até aqui, a sua trajetória profissional.

(…) Como disse no início, essas mudanças só acontecerão no fim de setembro e são anunciadas agora porque gostamos de trabalhar com transparência. Ao Renato, Chico, Mariana, Ricardo e Tralli, obrigado, felicidades e boa sorte.”

Veja também:

Imagens da fuga de bandidos no Rio rendem recorde de audiência para a Globo

Após censura, jornalista pede demissão no ar

Para atender público, canal reformula telejornais

Siga-me no Twitter

Guerra entre Globo e Record completa seis anos

Categorias: Sem categoria

Reportagem da Folha de São Paulo, publicada neste domingo, 19 de junho, destaca o aniversário de seis anos da disputa pela audiência entre Globo e Record. Segundo o jornal, a última “batalha” entre as emissoras foi a que envolveu os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro 2012, na qual a Globo saiu vitoriosa. Por causa disso, na última semana, a Record decidiu revidar, exibindo matérias em seus noticiários que colocaram o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, envolvido em acusações de corrupção.

Na disputa pelo Brasileirão, Teixeira teria ajudado a Globo nas negociações com os times que compõem o Clube dos 13, esvaziando a licitação vencida pela RedeTV! e tirando da Record  qualquer possibilidade de ganhar a transmissão das partidas. Obter os direitos do Campeonato Brasileiro era uma questão de honra para a Globo, que sofreu um duro golpe ao perder para a Record o Panamericano deste ano, que será em outubro, no México, e as Olimpíadas de 2012, a serem realizadas em Londres.

Na reportagem de Keila Jimenez, o vice-presidente comercial da Record, Walter Zagari, diz que o segundo lugar é o primeiro dos perdedores e que, por isso, a rede de Edir Macedo resolveu lutar pelo primeiro lugar. “Foi em 2005 que decidimos enfrentar o leão de frente. Não havia alternativa”, declarou.

Para bater de frente com a Globo, a estratégia adotada foi clonar a programação da líder. Nessa empreitada, a Record contratou profissionais da concorrente com propostas que triplicavam salários já altos de artistas, autores e jornalistas. Formatos como o do Fantástico e do Jornal Nacional foram xerocados, dando origem ao Domingo Espetacular e Jornal da Record, respectivamente.

“Nossa audiência cresceu muito em cinco anos. Tínhamos 10% do tamanho deles, hoje temos quase 50% da audiência nacional”, afirmou Walter Zagari para a reportagem da Folha. Segundo o vice-presidente, o planejamento é encostar na Globo em, no máximo, quatro anos.

No entanto, para a Globo, apesar do cenário de audiência ter mudado, a Record ainda não é considerada uma ameaça. Segundo a Folha, em 2005, no início da guerra pela audiência, a média/dia (das 7h à meia-noite) da Globo era de 21 pontos – cada ponto equivale a 58 mil domicílios na Grande São Paulo. Passou para 16,5 pontos em 2010 e 16,3 pontos neste ano (de janeiro a maio).

A Record foi de cinco pontos (2005) para 7,4 pontos em 2010. Neste ano, de janeiro a maio, marcou média de 7,3 pontos. Já o SBT, que era o segundo lugar absoluto em audiência cinco anos atrás, caiu de nove pontos (2005) para 5,5 pontos (2011).

“Não há mudança de audiência consistente se observarmos um período maior. Em 2000, a Globo tinha média/dia de 21 pontos, sendo a soma da segunda e da terceira emissoras não superior a 13 pontos”, declarou o diretor da Central Globo de Comunicação, Luís Erlanger. Segundo ele, nada mudou: em maio de 2011, as duas concorrentes somam os mesmos 13 pontos, enquanto a Globo caiu para 18.

Para a Globo, a queda de audiência é atribuída à perda de público para outras mídias, como a TV paga e televisores ligados em videogames e DVDs. A emissora considera que os pontos perdidos não migraram para a Record, já que o canal estagnou no patamar de sete pontos desde 2008. Erlanger ainda alfineta os bispos:

“Que talentos conseguiram mais que 15 pontos de audiência na concorrência?”, diz Erlanger. Este número é o pico de audiência obtida pelo programa O Melhor do Brasil, apresentado por Rodrigo Faro, ex-ator da Globo.

Veja também:

Record recebeu R$ 480 milhões da Igreja Universal em 2010

Ex-estrelas da Globo protagonizam nova novela da Record

Globo X Record: aperta disputa pela audiência do domingo

Comédia musical Glee estreia em julho na Globo

Categorias: Sem categoria

Produzida pela emissora Fox, dos Estados Unidos, a série Glee começa a ser exibida pela Globo a partir de julho.  A comédia musical, que é hit da internet, ainda não tem data e horário definidos, mas é bem provável que vá ao ar nos sábados pela manhã. Muito se especula a respeito da classificação indicativa do programa. Apesar de ser direcionada ao público adolescente, a série tem cenas picantes e diálogos pesados. Se for classificada como livre pelo Ministério da Justiça, deverá ir ao ar editada. Na TV paga, Glee é exibida às 22h.

A trama conta a história de Will Schuester (Matthew Morrison), um jovem professor otimista que tenta transformar o clube do coral de seu colégio em um dos melhores dos Estados Unidos. O coral costumava estar no topo das competições, mas, depois de uma série de escândalos, se transformou no refúgio dos alunos desajustados e rejeitados pelos colegas. Entre os protagonistas há um paraplégico, uma japonesa gaga, uma negra obesa, uma nariguda e um gay assumido.

Fazem parte do grupo Kurt (Chris Colfer), um soprano com um grande talento para o drama, Mercedes (Amber Riley), uma diva que se recusa a fazer segunda voz, Artie (Kevin McHale), um guitarrista meio nerd que passa a maior parte do tempo fugindo dos valentões, e Tina (Jenna Ushkowitz), uma garota que precisa superar sua gagueira antes de subir ao palco.

A única esperança do professor são os talentos natos Rachel Berry (Lea Michele), uma garota perfeccionista que está convencida de que o clube do coral é seu passaporte para o estrelato, e Finn Hudson (Cory Monteith), o jogador de futebol americano mais popular do colégio que tem que proteger sua reputação com a namorada líder de torcida, Quinn (Dianna Agron), e seu colega de time arrogante, Puck (Mark Salling).

Motivado por segredos de seu passado, Will está determinado a fazer o que for preciso para devolver a glória ao clube, ainda que todos a sua volta – da sua esposa Terri (Jessalyn Gilsig) à chefe das líderes de torcida Sue Sylvester (Jane Lynch) – pensem que ele está louco.

Veja também:

Série Game of Thrones lidera indicações em prêmio da TV americana

Governo diz que TV Globinho é imprópria para menores de 10 anos

Globo compra reality show que é sucesso nos EUA

Insensato Coração: Ismael beija Eunice e ela revida com tapa na cara

Categorias: Sem categoria

Deborah Evelyn e Juliano Cazarré gravaram na noite do dia 15, no Rio, as cenas do primeiro beijo entre seus personagens, Eunice e Ismael, de Insensato Coração. Na trama, o capanga de Norma (Gloria Pires) vê a perua saindo de uma cartomante no bairro da Lapa, paga um moleque para roubar a bolsa dela e depois a resgata, fazendo-se passar por herói. A madame agradece, quer pagá-lo com R$ 10, mas Ismael não perde tempo.

Com a desculpa do calor, ele tira a camisa e, do nada, agarra Eunice e tasca o maior beijão. Ela fica perdida, mas quando escapa dos braços dele, dá um tapa estalado e reclama indignada: “Some daqui, senão eu chamo a polícia!”. “Desculpe, achei que você estava gostando…”, ele responde.

Eunice ensaia mais desacatos, mas ele vai direto ao que lhe interessa: “Madame, escuta! A gente sabe que rolou um lance forte, está rolando. Ninguém aqui é criança.” “Não está rolando nada! Você deve estar me confundindo com outro tipo de mulher! Eu não sou dessas, não!”, rebate. “Não estou confundindo. Você é bem o tipo de mulher que eu estou pensando. Fina, de classe, educada”, diz o ex-presidiário. Depois, ele a enfia em um táxi e a manda embora. Mas ela ficará mexida.

O encontro dos dois personagens acontece porque Norma vai pedir a Ismael para seguir Eunice. Esse será a primeira de muitas cenas apimentadas que estão programadas para o casal. A sequência gravada na Lapa vai ao ar na quinta-feira, dia 23 de junho.

Veja também:

Insensato Coração: autores escrevem cena de sexo gay

Autor tem dificuldade para montar elenco da próxima novela das 9

Insensato Coração: Cecília e Rafa tem a primeira noite de amor

TV tudo

odiario.com 2010 - 2017 © Todos os direitos reservados à Editora Central Ltda.