blogid == 71){ ?> Novela das 7 Archives - TV tudo

TV tudo

Publicidade

Autores de Sangue Bom falam sobre a criação da nova novela das 7

Categorias: Globo, Novela das 7

Vale tudo mesmo para ficar famoso? Essa é uma das perguntas que prometem agitar a curiosidade do público de Sangue Bom, a próxima novela da 19h, no ar na Globo a partir do dia 29 de abril. Na trama de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, o que não faltam são personagens para lá de interesseiros. Tem a it-girl que só quer saber de aparecer bem na foto, as mulheres-fruta que posam para todo e qualquer clique e uma atriz falida que tem um só objetivo na vida: ficar sob os holofotes.

Claro que para se manter no pedestal da mídia essa turma vai ter que rebolar ao se deparar com situações hilárias e embaraçosas. O cenário para as confusões e confissões da trama são bairros elegantes da rica sociedade paulistana, e também da simpática zona norte da cidade.

Os autores deram entrevista ao site de Rede Globo, explicando como foi a concepção da novela. Confira:

Por que o nome Sangue Bom? De quem foi a escolha?

Maria Adelaide – “Foi do Vincent. Confesso que num primeiro momento o “Sangue” me incomodou, mas tinha tudo a ver com a história e me empenhei pessoalmente na defesa desse título”.

Por que escolheram falar do mundo da moda e da badalação em volta das celebridades?

Vincent – “O universo das celebridades, por despertar tanto fascínio nas pessoas e estar cada vez mais acessível – afinal, graças principalmente à internet e aos reality shows, hoje qualquer pessoa pode se tornar nacional ou mundialmente conhecida sem nenhum trabalho ou talento expressivo -, revelou-se o pano de fundo ideal para expressar as carências, desejos e frustrações dos nossos personagens. Hoje as pessoas necessitam serem admiradas e amadas pelo maior número possível de pessoas, mas sem se dar ao exaustivo trabalho de retribuir. Essa ânsia pela conquista, por ter, por possuir, foi contaminando todas as relações: amorosas, familiares, profissionais, de tal modo que hoje é comum uma mãe sonhar para um filho que ele seja uma estrela de reality show, por exemplo. São esses curiosos valores, hoje tidos como absolutamente naturais, que nós abordamos e questionamos”.

Há celebridades decadentes, instantâneas, de internet e subcelebridades na trama. Além das personalidades que de fato têm algo a oferecer, não só sua fama. Mostrando esses diferentes níveis de popularidade, a intenção de vocês é fazer uma crítica ao culto às celebridades de modo geral ou a algum comportamento específico delas?

Maria Adelaide – “Não tenho nada contra a fama ou contra as celebridades quando o sucesso e notoriedade são baseados no trabalho e no talento. Porém, a busca desesperada pela fama sem qualquer mérito que a justifique acaba criando personagens cômicas ou patéticas. Em consequência, são uma fonte de inspiração dramatúrgica. A obsessão pelo sucesso pessoal é uma doença. Acreditar que alguém sem notoriedade não tem valor social e perseguir desesperadamente um lugar ao sol como garantia de felicidade é se condenar a um tipo novo de escravidão. Pois quando você coloca todas as suas fichas na realização exterior, o resultado é o vazio interior, o empobrecimento da vida íntima e da sua relação com os outros”.

Como foi a pesquisa de campo para escrever a novela? Conviveram com it-girls, frequentaram muito o bairro da Casa Verde?

Vincent – “Nasci e morei durante vinte anos no bairro do Imirim, vizinho à Casa Verde e que também será mostrado na novela. A rua da Casa Verde, onde mora boa parte dos nossos personagens, é, de certa forma, a rua da minha infância, onde os vizinhos participavam uns das vidas dos outros, comemoravam, brigavam, se divertiam, entravam pela porta que era normalmente mantida aberta. Então, é um ambiente muito natural para mim”.

Teve algum personagem que foi mais difícil de criar?

Vincent – “Para mim, não. Em algumas situações específicas, geralmente nuances do comportamento feminino, recorro a Adelaide para saber o olhar dela sobre a questão, pois sei que será mais rico que o meu. Mas não há nenhum personagem desta novela que seja distante ou estranho a mim, e creio que para Adelaide também não”.

Você é conhecida por grandes sucessos e pelo tom de comédia nos textos. Sangue Bom tem um texto muito divertido. Como encontram esse tom exato que o público sempre elogia?

Maria Adelaide – “O que se espera de uma novela das 19h é que ela seja engraçada – sem negligenciar, é claro, a parte do romance e do melodrama. Nesse sentido, a parceria com Vincent é fundamental, porque a nossa concepção da vida, do mundo e do humor é muito semelhante. Além disso, respeitamos a nossa intuição que é fundamental para estabelecer a conexão com o público”.

De quem foi a ideia de unir novamente Malu Mader e Felipe Camargo como um casal, par que eles já formaram em Anos Dourados (quando interpretaram Marcos e Lurdinha)?

Vincent – “Foi minha. A Malu tive ideia assim que a personagem foi construída, porque a Rosemere é como se fosse uma Glorinha da Abolição (personagem da Malu na novela O Outro) vinte anos mais velha. Enviamos a Malu um perfil da personagem, sem compromisso. Ela se encantou e rapidamente manifestou o desejo de fechar conosco. Como Rosemere e Perácio formam um dos casais mais fortes da novela, era preciso um ator que tivesse química inequívoca com a Malu e a sensibilidade necessária para dar a dimensão da fragilidade e da melancolia deste homem. Então nós realocamos o Felipe, que já estava na novela, em outro papel, e temos certeza de que não poderia haver escolha melhor”.

Não há exatamente um casal protagonista, mas sim um sexteto formado por Sophie Charlotte, Humberto Carrão, Jayme Matarazzo, Marco Pigossi, Fernanda Vasconcellos e Isabelle Drummond. Isso é algo novo em tramas, por que essa escolha? Imaginam para quem o público vai torcer mais?

Vincent – “A história foi sendo naturalmente tecida conforme os personagens e suas relações iam surgindo, não premeditamos ter jovens protagonistas, mas, se é verdade que os personagens escolhem seus criadores, então Adelaide e eu fomos escolhidos por eles. Estamos muito curiosos para saber por quem o público irá torcer. Amora (Sophie Charlotte), por exemplo, é uma heroína ambígua, capaz tanto de amores sinceros e profundos quanto de gestos da mais absoluta mesquinheza, e deverá dividir a opinião do público. Mas Bento (Marco Pigossi), Malu (Fernanda Vasconcellos) e Giane (Isabelle Drummond) serão certamente queridos”.

Para vocês, qual será o grande diferencial da novela que vai torná-la um sucesso?

Maria Adelaide – “Quando sentamos para escrever uma sinopse, pensamos apenas em escrever uma história boa, com tramas, personagens interessantes e capazes de atrair o público. E isso inclui a nós. Sempre nos perguntamos: gostaríamos de assistir essa novela? São muitos meses, às vezes mais de um ano de trabalho insano, entre a sinopse e o último capítulo, e é importante que a gente se apaixone pelo que faz e a redação de cada novo capítulo seja um enorme prazer. Então, só vamos descobrir o diferencial de Sangue Bom quando a novela estiver no ar”.

Veja também:

Com baixa audiência, novela Salve Jorge terá mudanças em sua história

Ti-ti-ti: saiba o que acontece no capítulo final

Violência em São Paulo obriga Globo a mudar locações de novela

Categorias: Globo, Novela das 7, Novela das 9

A violência que se alastra em algumas regiões de São Paulo está interferindo na produção de novelas da Globo. Depois de alterar locações onde serão gravadas cenas da próxima novela das sete, Sangue Bom, agora é a vez de alterar os bairros nos quais a trama da nova novela das nove irá se passar. De acordo com Keila Jimenez, colunista da Folha, a emissora está revendo os locais de externas para as gravações de Em Nome do Pai, o título provisório da história escrita por Walcyr Carrasco.

A Vila Brasilândia, na zona norte, havia sido escolhida pelo diretor Wolf Maya e pelo autor para ser o principal cenário do folhetim, que terá núcleos de personagens moradores da periferia paulistana. Após visitar diversos bairros de São Paulo, a dupla optou pela Vila Brasilândia, que ganharia também uma versão cenográfica, menor, nos estúdios do Projac, no Rio.

A mudança de planos veio após a série de ataques de criminosos a ônibus e comércios da região, no final do ano passado. Conforme Jimenez, fontes ligadas ao autor da novela confirmam que a emissora cancelou o projeto temendo problemas de segurança nas gravações.

A Globo busca agora outras locações em São Paulo para a trama, que terá ainda um hospital como cenário importante da história. As gravações começam no primeiro trimestre.

Veja também:

Após 6 anos na Record, atriz Françoise Forton voltará à Globo

Briga entre Aguinaldo Silva e Walcyr Carrasco continua rendendo

Atuais novelas da Globo ainda não emplacaram em audiência

Categorias: Globo, Guerra de audiência, Guerra dos Sexos, Lado a Lado, Novela das 6, Novela das 7, Novela das 9

O grande retorno de audiência e repercussão das novelas Avenida Brasil e Cheias de Charme não garantiram que os números do Ibope continuassem altos para a Globo. A atual safra de novelas enfrenta dificuldades para emplacar. De acordo com Keila Jimenez, colunista da Folha, tanto Lado a Lado, trama das 18h, como Guerra dos Sexos, das 19h, estão aquém de suas antecessoras na mesma faixa.

A média de audiência dos primeiros 30 capítulos de Lado a Lado é de 18,2 pontos. Sua antecessora no horário, Amor Eterno Amor registrou, após o mesmo número de capítulos, média de 21,4 pontos de audiência. Cada ponto equivale a 60 mil domicílios na Grande São Paulo.

Já o remake da trama de Silvio de Abreu marcou em seus primeiros 30 capítulos exibidos média de 22,5 pontos. O número é bem preocupante, já que, no mesmo período, a ex-ocupante do horário, Cheias de Charme, estava na casa dos 29,1 pontos de audiência.

As duas novelas têm apresentado algumas reações, mas é preciso mais tempo para saber se elas serão ou não um fiasco de audiência. O horário de verão e a entrada das novelas no ar na época da propaganda eleitoral obrigatória são apontados como fatores que prejudicaram as tramas. Ambos os folhetins deverão passar ainda neste ano por avaliação de grupos de discussão com telespectadores, para só depois ganharem as reformas necessárias.

A novela das nove, Salve Jorge, também está aquém do esperado, como foi informado neste post.

Veja também:

Lado a Lado: Laura e Edgar se reencontram após seis anos

Com audiência baixa, novela Salve Jorge terá mudanças em sua história

Cheias de Charme: descubra qual é o segredo de Inácio

Categorias: Cheias de Charme, Globo, Novela das 7

O segredo de Inácio (Ricardo Tozzi) será finalmente revelado em Cheias de Charme. Ele e Fabian (Ricardo Tozzi) não são irmãos gêmeos, como alguns imaginavam. De acordo com o jornal Extra, Inácio foi sequestrado por Dália (Maria Helena Chira), que é fanática por Fabian e fez uma cirurgia plástica nele para deixá-lo igual ao ídolo.

O crime praticado pela fabianática explica o terror que Inácio sempre sentiu ao ser confundido com o cantor. E esclarece o pavor dele ao descobrir que Rosário (Leandra Leal) era uma fabianática. A trama só será explicada no penúltimo capítulo da novela, que termina na sexta-feira, 28 de setembro.

Haverá ainda uma sequência de flashback mostrando Inácio antes da operação. O ator que faz o dublê de Fabian e Inácio deve interpretar essas cenas. Mas, como as gravações estão sendo feitas em cima da hora, a direção já avisou que esse flashback pode ficar fora da edição se não der tempo.

Ainda segundo o Extra, a direção tem feito um esquema de guerra para o fim não vazar. Ninguém recebeu os dois últimos capítulos e os roteiros foram enviados para a casa dos atores e produtores. O elenco só está recebendo suas falas quando chega ao estúdio e poucas pessoas têm acompanhado a gravação.

Veja também:

Cheias de Charme: Socorro dá rasteira em Chayene e estreia como Lady Praga

Cheias de Charme: vazamento de novo clipe levará ao fim das empreguetes

Sílvio de Abreu conta detalhes sobre nova versão de Guerra dos Sexos

Cheias de Charme: Socorro dá rasteira em Chayene e estreia como Lady Praga

Categorias: Cheias de Charme, Globo, Novela das 7

Uma reviravolta na vida de Chayene (Cláudia Abreu) promete movimentar a reta final da novela Cheias de Charme, que termina no dia 28 de setembro. A cantora terá seus dias de empreguete após levar uma rasteira de Laércio (Luiz Henrique Nogueira). Com raiva da patroa, ele comunica a ela que Socorro (Titina Medeiros) será sua nova estrela.

“Lembra daqueles contratos que você assinava sem ler? Um deles era uma procuração me dando plenos poderes. Tudo que era seu agora está no meu nome! E o seu castigo será ver a sua fiel curica brilhar no seu lugar! Você não pode nem mesmo usar o nome Chayene, Jociléa, já que fui eu que inventei. Cê tá nas minhas mãos”, dirá Laércio para espanto de Chayene.

Socorro, então, diz que passa a atender pelo nome de Lady Praga. “Quem mandou Chayzinha tentar me trolar! Eu ouvi direitinho tu dizer que ia me trancar no banheiro pra eu não cantar no show mais Luan! Acabou provando do próprio veneno!”, falará Socorro, enquanto cantarola “Bad romance”. “Tu tinha dois cães fiéis, Chay, mas tu não deu valor! Agora, bebé, é tudo de seu Laé! E Fabian vai ser meu, meu, só meu!”.

Chayene avança sobre ela e Socorro prende a “curica” na gaiola. “Sem truques, Jociléa, cê tá numa prisão humanitária, com comida e acesso ao banheiro. Eu não tive o mesmo tratamento quando fiquei preso nessa gaiola”, explicará Laércio.

Chayene consegue fugir da gaiola e vai ao encontro de Madame Kastrup (Lady Francisco). “A profecia se concretizou, Madama! Perdi tudo que nem tu disse! Mas preciso ter certeza de uma coisa! A mulher que tu disse que ia tirar tudo de mim! Preciso saber se essa disgramada dos infernos é S.O.S. e não Roselba!”, pergunta, aflita, Chay.

Ao tirar uma carta, Madame Kastrup confirma as desconfianças da cantora. “Então era S.O.S.! Era a curica dos infernos que sempre quis tirar tudo de mim! E eu correndo atrás de Rogéria! Mas essa curicanha traidora me paga! Eu vou arrancar os olhos dela”. Mas a vidente diz que Chayene não poderá fazer nada contra a rival, pois isso faz parte de um ciclo que precisa ser fechado sem interferência. Do contrário, sua vida ficará ainda pior.

A cartomante prevê ainda que a cliente voltará para onde veio. Para não atrapalhar o destino, Chayene resolve ficar quieta, troca de lugar com Socorro e passa servir a ex-empregada.

Veja também:

Cheias de Charme: vazamento de novo clipe levará ao fim das empreguetes

Veja Tony Ramos e Irene Ravache como Otávio e Charlô, os primos inimigos do remake de Guerra dos Sexos

Cheias de Charme: vazamento de novo clipe levará ao fim das Empreguetes

Categorias: Cheias de Charme, Globo, Novela das 7

O vazamento do novo clipe das Empreguetes, na novela Cheias de Charme, dará início a mais uma reviravolta na trama, que começa a entrar em sua fase final. Em entrevista para o site da Rede Globo, os autores Izabel de Oliveira e Filipe Miguez revelaram algumas das surpresas que vem por aí. Depois do clipe ser colocado na internet (assista clicando aqui), o trio entrará em crise e vai acabar se desfazendo.

A empresa patrocinadora cobrará explicações pelo vazamento. O clima ficará tenso e Chayene (Cláudia Abreu) vai meter o bedelho na história. Dirá que as Empreguetes quiseram passar a perna na mineradora. O clima fica pesadíssimo e Tom Bastos (Bruno Mazzeo) cancela a coletiva. Sem saber como o vídeo vazou, as três acabarão brigando.

Com o plano concluído, Socorro (Titina Medeiros) cobrará de Chay a promessa de fazer com que a empregada se torne cantora, mas a rainha do eletroforró tentará passar a perna na curica.

Além disso, ela irá até o fim no objetivo de destruir Rosário (Leandra Leal), que tentará seguir a carreira de cantora, mesmo com o fim das Empreguetes. Por causa das visões de Madame Kastrup (Lady Francisco), a musa do Piauí não larga a ideia de que Rosário é a responsável por todas as desgraças que aconteceram em sua vida e não vai sossegar enquanto não acertar as contas.

Veja também:

Cheias de Charme: Cida vai descobrir que é filha de Sarmento

Cheias de Charme: empreguetes fazem mega show e lançam novo hit

Cheias de Charme: clipe gravado pelas empreguetes vira hit na web

Veja Tony Ramos e Irene Ravache como Otávio e Charlô, os primos inimigos do remake de Guerra dos Sexos

Categorias: Globo, Guerra dos Sexos, Novela das 7, Silvio de Abreu

Com estreia marcada para setembro, o remake de Guerra dos Sexos terá Tony Ramos e Irene Ravache como os personagens Otávio e Charlô, os primos inimigos que na primeira versão foram interpretados por Paulo Autran e Fernanda Montenegro. Os atores gravaram suas primeiras cenas e a Globo acaba de divulgar como o casal aparecerá na novela. O bigodinho branco de Tony Ramos tem chamado atenção nos bastidores.

Na trama de Sílvio de Abreu, após receber uma herança deixada pelos tios, os primos são obrigados a dividir a mesma casa e passam a viver feito cães e gatos. A novela sucederá a Cheias de Charme e também terá no elenco Reynaldo Gianecchini e Mariana Ximenes, que repetirão a parceria de Passione.

O ator, recuperado de um câncer, será Nando, motorista da família Alcântara Pereira Barreto. Ele não sabe o efeito que causa nas mulheres, e acha que não tem a menor sorte com o sexo oposto. Vai acabar se apaixonando por Juliana, personagem de Mariana Ximenes, mas se envolverá com Roberta Leone (Glória Pires).

No elenco da história de Sílvio de Abreu também estão Edson Celulari, Luana Piovani, Guilhermina Guinle, Paulo Rocha, Jesuela Mouro entre outros. A direção é de Jorge Fernando. A primeira versão de Guerra dos Sexos foi exibida em 1983.

Veja também:

Após câncer, Gianecchini volta a gravar novelas e participa de cenas de ação

Sílvio de Abreu conta detalhes sobre nova versão de Guerra dos Sexos

Passione: saiba como será o final dos vilões Fred e Clara

Cheias de Charme: Cida vai descobrir que é filha de Sarmento

Categorias: Cheias de Charme, Globo, Novela das 7

Nos próximos capítulos da novela Cheias de Charme, uma reviravolta promete abalar os sentimentos de Cida (Isabelle Drummond). A empreguete descobrirá que é filha de Ernani Sarmento (Tato Gabus Mendes). De acordo com Patrícia Kogut, colunista de O Globo, o próprio advogado vai procurar a filha para contar a verdade e deixará a cantora transtornada.

Tudo começará quando Sarmento perder o direito de exercer a profissão depois de ter as falcatruas de seu escritório descobertas. Ele perderá muito dinheiro e deixará a família revoltada. Deprimido, irá atrás de Valda (Dhu Moraes) para conversar sobre seus erros e terminará o papo disposto a repensar as atitudes. Sarmento, então, sairá de casa e avisará Sônia (Alexandra Richter) por meio de um bilhete. Sem dinheiro, será obrigado a se hospedar numa pensão humilde no Borralho.

Depois de se acomodar, ele vai ao encontro de Cida, que, a esta altura, estará reformando o apartamento de Rosário (Leandra Leal) para morar. Sarmento irá procurar a cantora em sua nova casa e será mal recebido. “Refleti muito sobre a vida. Vim abrir meu coração e pedir perdão pelo erro mais terrível que cometi na vida”, dirá, antes de contar toda a história do passado de Cida.

Sarmento revelará que passou uma noite com Dolores, mãe da jovem, durante uma crise no casamento com Sônia. Depois, descobriu a gravidez da empregada, mas foi informado por ela de que o pai da criança era Santos, motorista da casa. Após a morte de Dolores, ele conversou com Valda e ficou desconfiado. Por isso, roubou uma escova de cabelo de Cida e fez o exame de DNA.

“Rezei muito para você ser minha filha. Hoje, tenho certeza de que seria a única a não virar as costas para mim”, dirá, deixando a garota aos prantos.

Veja também:

Cheias de Charme: empreguetes fazem mega show e lançam novo hit

Cheias de Charme: clipe gravado pelas empreguetes vira hit na web

Após câncer, Gianecchini volta a gravar novelas e participa de cenas de ação

Categorias: Globo, Novela das 7

Recuperado de um câncer no sistema linfático, Reynaldo Gianecchini voltará à tela da Globo em breve, na nova novela das sete, Guerra dos Sexos. O ator já começou a gravar suas cenas e surpreendeu a equipe nas sequências rodadas em Angra dos Reis, litoral do Rio de Janeiro. Na gravação, o personagem é sequestrado no dia do casamento e as cenas envolviam peripécias como pular de um barco, subir numa árvore, correr e nadar. O ator dispensou o dublê e contagiou a equipe com sua disposição.

Para aparecer na novela, Gianecchini escureceu os cabelos, que, depois da quimioterapia, cresceram grisalhos e enrolados, como na foto acima. O visual poderá ser conferido no Programa do Jô, que vai ao ar nesta semana. “Voltar está sendo ótimo. Estava com saudades de entrar nessa adrenalina. Essa coisa de humor é ótimo e muito divertido”, comentou o ator nos bastidores do programa.

Na entrevista para Jô Soares, Gianecchini falou como foi raspar a cabeça. “Achei que fiquei com cara de guerreiro”. Segundo o ator, ele também escreveu para Carolina Dieckmann para falar o que estava sentindo. Disse ainda que vai lançar um livro contando sua história. “A gente está no processo. No principio, não tinha pensado em fazer, mas recebi tanta proposta. Vou contar a minha história, mas é a parte leve”, revela.

Veja também:

Sílvio de Abreu conta detalhes sobre nova versão de Guerra dos Sexos

Gianecchini aparece careca na Globo pela primeira vez

‘Não fui criticado, fui achincalhado’, diz Gianecchini em entrevista

Sílvio de Abreu conta detalhes sobre nova versão de Guerra dos Sexos

Categorias: Globo, Novela das 7, Silvio de Abreu

Próxima novela das sete a estrear na Globo, após Cheias de Charme, o remake de Guerra dos Sexos está sendo tratado como ‘uma nova novela’. É assim que o autor Silvio de Abreu classificou a versão da história que começa a ir ao ar na TV neste semestre. Durante encontro com a equipe na Central Globo de Produção, no Rio de Janeiro, o autor deu detalhes sobre a nova trama. Escrita em 1983, a novela apresentou a disputa entre Charlô (Fernanda Montenegro) e Otávio (Paulo Autran), primos que se odiavam e foram obrigados a conviver após receberem uma herança.

Na versão escrita atualmente por Silvio, houve a necessidade de modificar a história. “Eu imaginei que faria um remake, porém, 30 anos se passaram e o mundo está diferente, a mulher e o homem estão diferentes. Então eu comecei a repensar toda a história baseado em toda a estrutura dramática que eu tinha e, surpreendentemente, saiu um novo produto”, contou.

A trama original também é de autoria de Silvio. Jorge Fernando foi o diretor na década de 80 e repetirá a dobradinha com o autor em 2012. No elenco da nova versão, estão nomes como Tony Ramos, Irene Ravache, Edson Celulari, Reynaldo Gianecchini, Drica Moraes e Luana Piovani.

Veja também:

Cláudia Raia será a vilã da próxima novela de Glória Perez

‘Não fui criticado, fui achincalhado’, diz Gianecchini em entrevista

Sucesso de Ti-ti-ti encoraja Globo e fazer mais remakes

TV tudo

odiario.com 2010 - 2017 © Todos os direitos reservados à Editora Central Ltda.