blogid == 71){ ?> emílio surita Archives - TV tudo

TV tudo

Publicidade

Mesmo proibido pela Justiça, Pânico imita Sílvio Santos e poderá ser multado

Categorias: Band, Pânico na TV, SBT, Silvio Santos

Mal estreou a temporada 2013 e o programa Pânico na Band já está envolvido em polêmica. Na noite deste domingo, 17 de fevereiro, a equipe de humoristas voltou a apresentar ao vivo a atração, com um elemento surpresa: todos estavam vestidos de Sílvio Santos. De acordo com Daniel Castro, colunista do R7, a emissora autorizou os humoristas a se fantasiarem de Silvio baseada em uma decisão do juiz Francisco Shintate, da 5ª Vara Cível de Pinheiros, em São Paulo.

Em sentença datada de 26 de novembro, o juiz condenou a Band a pagar R$ 200 mil de indenização a Silvio Santos por ter exibido imagens não autorizadas do apresentador. Nos programas de 6 e 13 de maio do ano passado, os humoristas do Pânico tentaram entrevistar Silvio em frente ao salão do cabeleireiro Jassa. Ele se recusou a falar, mas o programa usou as imagens e o dublou, colocando um palavrão em sua boca.

Para o juiz Shintate, a divulgação dessas imagens ocorreu de “modo ilícito”, causando danos morais ao dono do SBT. Daí a indenização de R$ 200 mil. No entanto, o magistrado rejeitou os demais pedidos de Silvio Santos. O apresentador queria a proibição da captação e exibição de imagens suas pela Band e a proibição aos humoristas do Pânico de se aproximarem dele em um raio de cem metros, além do veto a imitações e caricaturas.

Como apenas um dos tópicos do processo foi aceito, a Band teria agido dentro da lei ao mostrar o elenco do Pânico vestido de Silvio Santos.

Entretanto, há uma decisão do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, de 28 de maio de 2012, que proíbe o Pânico de captar e exibir imagens de Silvio Santos, bem como a apresentação de imitações e caricaturas do apresentador. A decisão também impede os humoristas de se aproximarem de Silvio.

No entendimento dos advogados do dono do SBT, a decisão do Tribunal de Justiça, assinada pelo desembargador Vito Guglielmi, continua em vigor e é superior à sentença do juiz Shintate, de Pinheiros. Os advogados da Band discordam. A emissora diz que o Pânico imitou Silvio Santos amparado na sentença do juiz Shintate. Já a assessoria de Silvio Santos diz que o ato da Band feriu a decisão do Tribunal de Justiça e “medidas necessárias” serão tomadas.

Veja também:

Band tira programa de Adriane Galisteu do ar

Justiça proíbe Pânico de entrevistar e imitar Sílvio Santos

RedeTV! tira filho de Emílio Surita do ar e coloca Restart no lugar

Categorias: Pânico na TV, RedeTV!

Como diz o ditado, “a vingança vem a cavalo”. E a da RedeTV! chegou com tudo. A emissora decidiu tirar o filho de Emílio Surita, Dudu, da apresentação do programa Estação Teen, exibido de segunda a sexta, às 18h45. A estreia foi há poucas semanas. Só pra lembrar, Emílio Surita é um dos líderes do Pânico, grupo que deixou a emissora de Osasco e se transferiu para a Band.

Dudu foi contratado pela RedeTV! quando o Pânico ainda estava no canal. O rapaz é conhecido na internet por ter sido “colírio” da revista Capricho. No lugar dele, a emissora irá colocar os meninos da banda Restart, que fizeram teste em estúdio nesta quarta-feira, 23 de maio. De acordo com comunicado da emissora, a chegada do grupo faz parte da “readequação do conteúdo do programa”.

Com os novos apresentadores, a atração deverá ganhar um enfoque mais musical. Ainda segundo o comunicado, Dudu Surita segue com contrato, apesar de ter sido tirado do ar. Provavelmente, vai para a geladeira.

Além do Pânico ter trocado a RedeTV! pela Band, há uma disputa judicial com Emílio e com o empresário do grupo, Tutinha. Essa história ainda vai longe…

Veja também:

Pânico estreia na Band no dia 1 de abril com novas panicats

Crise na RedeTV! leva à demissão de 30% dos seus funcionários

Pânico mudou para a Band com a condição de ter liberdade total

Pânico estreia na Band no dia 1 de abril com novas panicats

Categorias: Band, Pânico na TV, RedeTV!

A esperada estreia do Pânico na Band (inicialmente prevista para março) será no próximo domingo, 1º de abril. O programa de humor vai ao ar no mesmo horário em que era exibido na RedeTV!. Para anunciar as novidades, os integrantes da atração se reuniram nesta terça, 27 de março, em São Paulo, onde concederam entrevista coletiva à imprensa. O diretor da atração, Alan Rapp, aproveitou a oportunidade para alfinetar os antigos patrões.

Segundo ele, a verba de produção na Band é o dobro do que eles tinham na ex-emissora. “A Rede TV! é página virada, tanto que, depois de mais de 400 programas, zeramos a contagem”, afirmou.

Uma das principais novidades será a reformulação do time de panicats. As que estavam na RedeTV! foram demitidas, e as novas assistentes de palco terão o perfil ninfeta, sem corpo “bombado” e musculoso. No entanto, elas não foram apresentadas na coletiva e só vão ser reveladas na estreia do programa.

Emilio Surita, criador e apresentador do Pânico na TV, falou sobre convivência com o CQC. “A gente sempre dividiu porta de festa. Sempre de forma amistosa”. “Mas ninguém morre de amores pelo CQC. A gente se respeita”. Em outro momento da entrevista em que a nova atração da Band foi apresentada, ele voltou ao assunto: “A gente tem o nosso mundo, o CQC tem o mundo dele. Cada um no seu quadrado, cada um no seu mundo.”

Tanto Surita quanto Rapp evitaram fazer previsões muito otimistas sobre o sucesso do Pânico na Band. “A expectativa é o público vir com a gente. Não agora no começo, mas a meta é atingir a mesma audiência que atingia na RedeTV!”.

O programa terá quadros inéditos: O Maior Arregão do Mundo, Face Truque e Prainha Gente Fina. O humorista Guilherme Santana é o novo integrante da trupe. Ele fará o personagem “Otário Mesquita”, uma sátira ao apresentador Otávio Mesquita, da própria Band. Santana também fará um tipo inspirado em William Bonner, o apresentador do Jornal Nacional, da Globo. O jornalista Boris Casoy é outro que ganhará imitação do Pânico.

Veja também:

Jô Suado não volta mais ao Pânico. ‘Perdi o tesão’, afirma Carioca

Band compra o passe do Pânico na TV; programa começa em março

Pânico mudou para a Band com a condição de ter ‘liberdade total’

Band compra o passe do Pânico na TV; programa começa em março

Categorias: Band, Pânico na TV, RedeTV!

Está batido o martelo: em 2012 o Pânico na TV passa a ser da Band. O passe da atração foi negociado na tarde desta quinta-feira, 16 de fevereiro. Conforme o acordo firmado, o programa irá estrear na nova emissora dentro de um mês, no mesmo dia e horário em que era exibido na RedeTV!: as noites de domingo. Eles vão manter o formato, mas ainda não se sabe se o elenco permanecerá o mesmo. A disputa que começa a ser travada agora entre os dois canais poderá provocar um racha na equipe de humoristas.

De acordo com a Folha, os integrantes do grupo possuem contratos diferentes, com cláusulas diferentes e até prazos de validade diferentes. A maioria dos contratos vence em 2013, mas cada um dos documentos possui características específicas. Na Rede TV!, será oferecido aos que quiserem ficar um novo programa, no mesmo horário, nos mesmos moldes. Alguns integrantes querem seguir carreira solo, e outros já pensavam em deixar o grupo.

A saída do Pânico da RedeTV! era uma “morte anunciada”. Por causa de constantes atrasos no pagamento do salário dos funcionários da atração, o dono do programa, Tutinha, frequentemente ameaça deixar a emissora de Amílcare Dallevo e Marcelo de Carvalho. Dessa vez, a ameaça foi cumprida.

Na Band, o Pânico terá novidades como novo cenário e quadros inéditos, que já estavam sendo pensados para essa temporada. A estrutura principal, entretanto, será mantida.

No meio de toda essa negociação, surge uma questão espinhosa: há espaço para duas equipes de humoristas no mesmo canal? Será que CQC e Pânico vão se estranhar? Aguardem os próximos capítulos…

Veja também:

Justiça manda RedeTV! pagar dívida de R$ 100 milhões da TV Manchete

RedeTV! tira do ar apresentadora que reclamou de salário atrasado

Jô Suado não volta mais ao Pânico. ‘Perdi o tesão’, afirma Carioca

Pânico e Fazenda lideram ranking da baixaria na TV

Categorias: Sem categoria

Programa da RedeTV! foi o mais denunciado em 2010 por telespectadores

Divulgado na última quinta-feira, 6 de janeiro, o 18° Ranking da Baixaria na TV, levantamento que é realizado pela Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados. Na lista, o programa Pânico na TV, da RedeTV!, foi o líder de reclamações. A atração humorística, exibida nas noites de domingo, foi a mais denunciada durante o ano de 2010 por telespectadores que se sentiram ofendidos pelo conteúdo veiculado na programação.

O ranking aponta os cinco programas de televisão que mais se excederam com conteúdos de baixo calão. A lista é formada também pelos programas Se Liga Bocão, da TV Itapoan (afiliada da Record na Bahia); Brasil Urgente, da Band; A Fazenda, da Record; e Chumbo Grosso, da TV Goiânia (afiliada da Band em Goiás).

O balanço é feito a cada seis meses e leva em conta o número de reclamações feitas por telespectadores no site www.eticanatv.org.br ou pelo Disque Câmara (0800 619 619). Em 2010, foram registradas 892 denúncias. As queixas mais comuns são quanto aos conteúdos de apelo sexual, incitação à violência, apologia ao crime, desrespeito aos valores éticos da família e preconceito.

A iniciativa é parte da campanha Quem financia a baixaria é contra a cidadania, uma parceria da Comissão de Direitos Humanos e Minorias com entidades da sociedade civil e tem como objetivo alertar as emissoras, os anunciantes, os telespectadores e o governo sobre os abusos e excessos na programação da televisão brasileira. Em casos extremos, as emissoras podem ser obrigadas a retirar a atração do ar, como aconteceu com o antigo programa Te vi na TV, apresentado por João Cléber, na RedeTV!.

Veja também:

Após agressão de Netinho, repórter Vesgo ganha indenização

Barracos levantam audiência de A Fazenda

Entrevista de Justin Bieber para o Pânico vira polêmica no Twitter

 

TV tudo

odiario.com 2010 - 2017 © Todos os direitos reservados à Editora Central Ltda.