Bob Dylan



Clipe novo de Bob Dylan é feito por fãs no Instagram

Uma promoção realizada no site oficial de Bob Dylan pediu e os fãs atenderam: fizeram, com o aplicativo Instagram, imagens com cartazes contendo trechos da letra do novo single do compositor, a faixa “Duquesne Whistle“. As fotos enviadas se transformaram em um lyric video lançado nesta quarta-feira (24). VÊ:

1 Comentário


terceiro sorriso

e parece até um milagre o abrir de olhos

o levantar, cambaleante, da cama

mas não é milagre

é só mais um corpo humano,

fraco e debilitado

que já pede o clássico repositor hidroeletrolítico

e vale até um sorriso, em meio a tanta confusão mental,

simplesmente pelo fato de não ter nascido na Faixa de Gaza

vale o segundo sorriso por saber que,

mesmo com tantas estripulias,

ainda está vivo, andando

e com olhos claros que brilham em frente ao espelho

o terceiro sorriso ele quase dá, sentindo o cheiro dela

que impregnou em sua pele, que se faz outra vida em forma de aroma

que lhe faz rememorar tantos sabores, tanta maciez na pele,

mas o terceiro sorriso logo se esvai, assim como a água do seu banho

indo ralo abaixo

mesmo com tantos problemas neurológicos

envolvendo uma amnésia noturna assustadora

recorda-se, em recortes, de dois corpos na praça,

no motel, no táxi e, finalmente, um adeus taxativo,

uma lágrima representando o quanto ela gosta dele

e também o quanto não o quer mais

o terceiro sorriso nunca mais existiu

mas ele se reconforta na temperatura do banho

sabendo que é difícil fazer atentados mártires

depois de trinta minutos de um bom banho quente

e pela enésima vez naquele dia,

sem sorriso, sem açúcar, com café

botou para tocar no youtube

“Simple Twist of Fate”, de Dylan

Comente aqui
 

Mauricio Baia faz um bom som

Eu ainda não tinha ouvido, mas o cara já faz sucesso por aí afora. Pelo o que me parece, o cara acaba de lançar um DVD; quem indicou o seu som, por meio do Twitter, foi o comediante Bruno Mazzeo, filho do Chico Anísio e criador, roteirista e protagonista do programa Cilada.

Estou me referindo ao som de Mauricio Baia, que gostei bastante. Uma mistura, na minha opinião, de Raul Seixas, Bob Dylan, música brega, mas com uma pegada autoral muito forte, principalmente porque a sua voz nem é tão bonito, mas é marcante, assim como suas letras, emocionantes, criativas e que estimulam uma certa liberdade da alma. Chega de texto. VÊ!

http://www.youtube.com/watch?v=t4GXfVopE6k
1 Comentário