UPE de volta para casa, Palácio dos Estudantes será reinaugurado

Do Portal Vermelho, com UNE

A União Paranaense dos Estudantes (UPE) volta para casa neste sábado (29). O Casarão, que já foi palco de uma série de lutas históricas, atualmente conhecido como o Palácio Dos Estudantes, será reinaugurado a partir das 9 horas, com um ato político. O endereço é bastante conhecido dos jovens paranaenses, Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 1157, no bairro São Francisco em Curitiba.

Reprodução

O espaço que é símbolo de resistência da juventude paranaense passou anos fechado e agora volta a ser utilizado como polo culturalO espaço que é símbolo de resistência da juventude paranaense passou anos fechado e agora volta a ser utilizado como polo cultural

O Casarão se tornou patrimônio da UPE em 1958. Em 1964, o prédio foi tomado pela Ditadura Militar e só voltou a pertencer aos estudantes em 1983, pouco antes da redemocratização do Brasil, por meio de um comodato junto à prefeitura.

O local marcou gerações e registrou uma série de acontecimentos que apontam grandes contribuições da UPE à sociedade paranaense. Neste espaço já teve um pouco de tudo: Restaurante Universitário, gráfica clandestina, grandes manifestações artísticas e culturais. Foi ainda ponto da boemia e da intelectualidade curitibana com o famoso Bar do Cardoso.
O ato de reinauguração vai contar com a participação da Prefeitura Municipal de Curitiba e do presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcos Cordiolli.

A UPE está de volta para a sua antiga sede graças a um decreto da Prefeitura Municipal de Curitiba, realizado no dia 13 de março de 2013. A ação determinou que o Palácio dos Estudantes poderia ser compartilhado entre a UPE e a Fundação Cultural de Curitiba. A entidade tinha muitas dificuldades em se manter, sozinha, no Casarão. O local está inteiro reformado e pronto para ser usufruído pelos estudantes paranaenses.

A presidente da UPE, Elys Zioli, afirma que a nova casa será uma referência para os estudantes e a parceria contribuirá para o engrandecimento da cultura na região. “Encontramos aqui uma parceria forte, sólida e ligada a um dos principais anseios da juventude e dos estudantes – a cultura. Poderemos focar atividades culturais para nossos estudantes. Outra novidade é que a Secretaria Municipal de Esporte Lazer e Juventude, que também se conecta ao dia-a-dia do estudante e da juventude curitibana e paranaense, fará parte desse novo momento”.

Elys disse que ainda há muito a ser feito na sede para que ela possa se tornar um polo de políticas públicas e atividades artísticas: “Temos trabalhado para tornar esse espaço um local onde todos sintam-se à vontade. Aqui é onde os pontos em comum da juventude se encontram e se disseminam, onde o jovem leva pra sua escola, universidade ou bairro aquilo que vem sendo pensado por jovens de todos os cantos do nosso estado”.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.