PR Pesquisas: 82,0% não confiam na Presidente para conduzir o país rumo à estabilidade econômica

O brasileiro anda pessimista com o país e seus governantes. E não é para pouco. Se não bastasse a crise política, tem também, como diz Hélio Doyle, a gravíssima crise econômica e financeira, crise esta que se reflete, para baixo, nos estados e nos municípios.  Basta ver o que se passa no nosso cotidiano: preços mais altos, amigos e conhecidos desempregados, salários atrasados, lojas fechando, obras paralisadas, restaurantes mais vazios e por aí vai.

O reflexo desta grave situação está na opinião da população, como atestou a Paraná Pesquisas em um levantamento realizado com 2.004 brasileiros maiores de 16 anos em 26 Estados e Distrito Federal e 160 municípios brasileiros entre os dias 22 a 26 de janeiro de 2016.

Conforme o levantamento, 58,8% disseram que piorou nos últimos 6 meses, a situação econômica do entrevistado e a de sua família; 32,9% responderam que nem melhorou, nem piorou e apenas 6,8% disseram que a situação melhorou.

E o que chama a atenção nesta pesquisa, ao meu ver, é a total descrença na presidente Dilma na condução do país: 
82,0% disseram que não confia na Presidente Dilma para conduzir o país rumo à estabilidade econômica e apenas 15,5% confia na petista para mudar o rumo do Brasil. 2,5% disseram não saber.

De acordo com a Paraná Pesquisa, tal amostra representativa do Brasil atinge um grau de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de 2,0% para os resultados gerais.

Quem quiser acessar a pesquisa clique aqui: BRJan16_Divulgação1

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.