Lula lidera pesquisa Vox Populi para a eleição presidencial de 2018

Fonte: Pragmatismo Político

Assim com as últimas pesquisas Datafolha e CNT/MDA, novo levantamento do instituto Vox Populi mostra ex-presidente Lula liderando disputa para a eleição de 2018. Confira os números e os cenários avaliados

eleições 2018 pesquisa vox populi

Pesquisa do instituto Vox Populi encomendada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) e divulgada nesta terça-feira (18) mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva liderando todos os cenários para as eleições de 2018.

O instituto Vox Populi divulgou nesta terça-feira (18) a sua mais nova pesquisa para as eleições de 2018.

Segundo o levantamento, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lidera em todos os cenários. As últimas pesquisas CNT/MDA e Datafolha também apresentaram Lula na frente da disputa.

A pesquisa apresenta três cenários com distintos candidatos do PSDB: Aécio, Alckmin e João Doria.

Confira abaixo os números e os cenários avaliados.

CENÁRIO 1
Lula (PT) — 45%
Jair Bolsonaro (PSC) — 11%
Marina Silva (REDE) — 10%
Aécio Neves (PSDB) — 9%
Ciro Gomes (PDT) — 4%
Brancos e Nulos: 15%
Não sabe: 7%

CENÁRIO 2
Lula (PT) — 45%
Jair Bolsonaro (PSC) — 12%
Marina Silva (REDE) — 11%
Geraldo Alckmin (PSDB) — 6%
Ciro Gomes (PDT) — 4%
Brancos e Nulos: 16%
Não sabe: 7%

CENÁRIO 3
Lula (PT) — 45%
Jair Bolsonaro (PSC) — 11%
Marina Silva (REDE) — 11%
João Doria Jr. (PSDB) — 5%
Ciro Gomes (PDT) — 5%
Brancos e Nulos: 16%
Não sabe: 7%

SEGUNDO TURNO

Nas simulações de segundo turno, Lula também vence todos os candidatos. Se as eleições fossem hoje, Lula venceria Aécio (PSDB) por 50% a 17% das intenções de voto; Geraldo Alckmin (PSDB) por 51% a 17%; Marina Silva (Rede) por 49% a 19%; e João Doria (PSDB) por 53% a 16%.

O levantamento do Vox Populi foi realizado entre os dias 6 e 10 de abril. A margem de erro é de 2,2%, estimada em um intervalo de confiança de 95%. Foram ouvidas pessoas com mais de 16 anos, residentes em áreas urbanas e rurais, de todos os Estados e do Distrito Federal, em capitais, regiões metropolitanas e no interior.

A íntegra da pesquisa pode ser vista aqui.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.