Acesf teve avanços e realizou diversas melhorias em Londrina em 2017

A Administração dos Cemitérios e Serviços Funerários de Londrina (Acesf) teve, em 2017, um ano de importantes avanços e realizações que fortaleceram e ampliaram a atuação do órgão na cidade. Desde o início da gestão do prefeito Marcelo Belinati, em janeiro do ano passado, a Acesf reorganizou as estratégias de trabalho, otimizou a aplicação de recursos próprios e conseguiu implementar diversas mudanças que estão colaborando para a melhoria de sua estrutura interna e da qualidade dos serviços que são oferecidos à comunidade. Nesta quarta-feira (31), o superintendente da autarquia municipal, Douglas Pereira (Tio Douglas), divulgou um balanço de 2017, com informações sobre esse processo de transformação do órgão e as ações que foram desenvolvidas.

pergolado.acesf.foto Alfredo Bela.2Nos últimos 13 meses, todos os cinco cemitérios municipais da área urbana de Londrina, bem como os oito cemitérios distritais, administrados pela Acesf, foram contemplados com diversas melhorias que ajudaram a tornar os espaços mais adequados e confortáveis para receber as famílias e visitantes. Os trabalhos incluíram obras, reformas estruturais, adequações e reparos como pintura de muros e outras áreas, limpeza interna e externa, novas instalações, poda e erradicação de árvores, plantio de flores, instalação de poços de monitoramento de água, ações de combate à dengue, entre outros.

As capelas mortuárias da área urbana e rural também passaram por revitalização com melhorias no sistema de iluminação, adequação de calçadas, limpeza e pintura, reforma de banheiros, entre outras mudanças. Em 2017, a Acesf fez adequações em sua sede administrativa, melhorando as instalações de atendimento aos familiares. Também firmou várias parcerias com outras secretarias municipais e órgãos de diferentes segmentos, visando ampliar os serviços e promover novas atividades, além de oferecer treinamentos para servidores e fazer reuniões para melhorias no serviço funeral e atividades institucionais.

Segundo Tio Douglas, que assumiu a direção da Acesf em janeiro de 2017, o balanço das ações é muito positivo e todas as melhorias e novas atividades que estão sendo realizadas pelo órgão são reflexo de um planejamento que buscou sempre valorizar os servidores e trazer soluções criativas com ideias práticas para resolver os problemas identificados. “É função do gestor municipal fazer o melhor e encontrar as soluções para as demandas da sociedade. Sou grato pela oportunidade e a autonomia que o prefeito Marcelo me deu para realizar este trabalho. É perceptível que a Acesf teve um grande crescimento no último ano, quando foi possível obter melhorias para a parte administrativa, criar novas parcerias, ampliar os serviços e melhorar a estrutura de cemitérios e capelas para melhor atender a população”, afirmou.

CemiterioSaudadeVHPO superintendente ainda frisou que, além das mudanças implementadas pela Acesf para trazer mais qualidade aos serviços, outro fator importante neste último ano foi a busca para melhorar a imagem institucional do órgão perante a sociedade. “Estamos conseguindo, aos poucos, fazer com que a Acesf fique mais próxima das pessoas com atuações positivas, como ações sociais, campanhas de arrecadação, doações de vasos feitos com materiais recicláveis junto às crianças das escolas de Londrina, além das parcerias com instituições de ensino e outros órgãos envolvidos com trabalhos em prol da comunidade”, disse.

Cemitérios – O Cemitério São Pedro, um dos mais antigos de Londrina, localizado na região central, recebeu serviços de pintura do cruzeiro e da praça interna, podas e levantamento de saias das árvores, e instalação de câmera de vídeo para monitoramento do local com apoio da Secretaria Municipal de Defesa Social. O muro do cemitério passou a ter um visual mais agradável após a grafitagem feita por vários artistas da cidade, durante um evento que ocorreu em parceria com as secretarias municipais de Cultura e Assistência Social. Parte do muro do São Pedro foi reconstruída após a queda de um trecho de 25 metros, em dezembro, ocasionada pelas fortes chuvas que afetaram a cidade.

Na região norte, o Cemitério Jardim da Saudade, o maior municipal de Londrina, teve melhorias significantes como a pavimentação da área do conjugado, reconstrução do muro, plantio de grama entre os jazigos, construção de um pergolado com jardim para melhor acomodar os visitantes, calçamento do setor administrativo e pavimentação das ruas internas do cemitério. Também foram realizadas obras no depósito de resíduos, sistema de escoamento e drenagem de água pluvial, recuperação de parte do muro, troca de portões e início da construção da área do ossário. Em parceria com a UEL, mais de 200 orquídeas foram plantadas no cemitério.

Nos cemitérios municipais João XXIII (região central), Padre Anchieta e São Paulo (região leste), a Acesf também promoveu adequações diversas, incluindo instalação de caixas d’água, adequação de calçadas, pintura de muro e poda de árvores, entre outros trabalhos. Também foram contemplados com uma série de melhorias os cemitérios distritais de Irerê, Heimtal, Paiquerê, Maravilha, Warta, São Luiz, Lerroville e Guaravera.

Várias capelas mortuárias, da área urbana e rural, passaram por revitalização com melhorias no sistema de iluminação, adequação de calçadas, limpeza e pintura, reforma de banheiros, entre outras mudanças. Em Lerroville, por exemplo, a capela foi 100% ampliada.

acesf.vazos.ARQUIVO.POs cinco cemitérios municipais da área urbana ganharam poços monitoramento de água que foram adquiridos pela Acesf. Cada local recebeu dois poços. Junto ao consórcio de asfalto Cindepar, a Acesf fez a reserva de R$100 mil para serviços de pavimentação e recape asfáltico.

Ideias criativas – O reaproveitamento de materiais foi um dos focos trabalhados pela autarquia durante o ano passado. Um dos exemplos é a iniciativa “Londrina Mais Flores”, idealizada pela Acesf, por meio da qual materiais recicláveis e orgânicos, que seriam descartados nos lixos dos cemitérios, passaram a ser transformados em vasos de flores em ações educativas e de empreendedorismo com crianças da rede municipal de ensino para o incentivo à sustentabilidade ambiental. O projeto foi o único de Londrina indicado para participar do V Prêmio Gestor Público Paraná (PGP/PR) de 2017, organizado pelo Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná (SINDAFEP). Na ocasião, recebeu um certificado de reconhecimento pelo bom serviço executado.

A Acesf distribui, mensalmente, 20 mil vasos de flores, que chegam à UEL, Iapar e às escolas da rede municipal. Este projeto conta com apoio da Secretaria Municipal de Educação, da Universidade Estadual de Londrina (UEL) e do Instituto Agronômico do Paraná (lAPAR).Também prestam suporte o Patronato Penitenciário de Londrina, Rotary Club, Cáritas e outros parceiros.

Reaproveitando madeiras que foram descartadas no IBC, a Acesf construiu pergolados em cemitérios e capelas mortuárias para receber e acomodar os visitantes. Os materiais também foram utilizados para a adequação e modernização visual da sede administrativa da Acesf, na região central de Londrina.

mutirão.acesf.DPMutirões – Várias das ações ocorreram por meio dos mutirões de serviços, que foram uma das estratégias repaginadas pela Acesf e ampliadas, desde janeiro de 2017, para melhorar a manutenção dos cemitérios. As atividades foram realizadas por servidores do órgão e, em várias etapas, contaram com o apoio do Patronato Penitenciário de Londrina (PLDA), que é parceira do Município e disponibiliza mão de obra para os trabalhos com pessoas que estão em penas alternativas, tendo como contrapartida a redução da pena e a inclusão social. Outro parceiro das ações é o Tiro de Guerra de Londrina.

Atendimentos – Em 2017, a autarquia realizou um total de 6.106 atendimentos diversos e foram emitidos 500 novos Títulos de Concessão de Uso de Jazigos a familiares. A Acesf realizou atendimento itinerante nos distritos de Londrina, em ação conjunta com a Secretaria Municipal de Fazenda. Houve a implantação da cobrança através de dívida ativa em parceria com a Controladoria-Geral do Município, Procuradoria e DTI. No ano passado, foram contratados 7 novos servidores e 3 estagiários.

Projeção – Entre as ações planejadas pela Acesf para 2018, estão a viabilização de um novo cemitério na região sul de Londrina, aquisição de novos veículos para realização dos serviços, avaliação de jazigos abandonados, pavimentação em cemitérios e capelas, novas ações para servidores e obras de reformas em diferentes unidades atendidas pelo órgão.

Texto: NCOM – Fotos: Vivian Honorato e Divulgação

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.