Mês: abril 2018



Amanhã eu faço!

Artigo semanal da psicóloga Mariana Caldeira Hugo

Você tem aquela “mania” de deixar as coisas para depois? Aquela visitinha ao médico? Ou aquele trabalho da faculdade super importante?
Isso se chama PROCRASTINAÇÃO refere-se ao atraso desnecessário de uma tarefa ou tomada de decisão. Esse comportamento pode ocorrer em benefício de alguma cousa mais rápida e fácil que provoque menos ansiedade. Trata -se de um comportamento comum mas que pode gerar culpa e insatisfação.
Estudos mostram que esses comportamentos tendem a ser mais estudados durante a vida estudantil, na qual por volta de 80% dos estudantes procrastinam e, destes, 50% têm prejuízos significativos devido a essa condição (Dryden & Sabelus, 2012; Enumo & Kerbauy, 1999). Na vida adulta, as pessoas procrastinam em tarefas rotineiras, e pesquisadores têm apontado um aumento desse comportamento na população geral, indicando que a procrastinação afeta cronicamente 15 a 20% dos indivíduos adultos (Harriott & Ferrari, 1996; Kachgal, Hansen, & Nutter, 2001).
A procrastinação pode ser algo comum, porém em alguns casos pode gerar prejuízos significativos na qualidade de vida das pessoas.
Deixar para depois está te causando prejuízos???

Comente aqui


Maio Amarelo começa na quarta-feira em Londrina

Informa o NCOM, que a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) inicia na próxima quarta-feira (2), às 9h, na Praça Nishinomiya, região leste, o Maio Amarelo 2018 em Londrina. O evento tem participação da Guarda Municipal (GM), Polícia Militar (PM), Polícia Rodoviária Estadual (PRE), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Detran. Marcam presença também alunos da rede municipal e representantes do Corpo de Bombeiros, do Tiro de Guerra, da Econorte e de empresas parceiras.

Na oportunidade, como largada no calendário de ações, os participantes farão uma caminhada de aproximadamente 500 metros para chamar a atenção para o grande número de mortos e feridos no trânsito local.

Na quinta e na sexta-feira (dias 3 e 4), em avenidas de grande movimentação em diversas áreas da cidade, blitze educativas da campanha “Olhe e Sinalize” vão orientar condutores sobre a importância de dar preferência ao pedestre durante as travessias nas faixas de segurança. A iniciativa será acompanhada por distribuição de panfletos e adesivos alusivos ao tema.

Entre os dias 7 e 12, com o mote “Ambulância não é carona”, encenações curtas e impactantes, realizadas no período noturno em bares e restaurantes, pretendem sensibilizar o público quanto aos perigos da combinação letal entre álcool e direção.

Do dia 15 ao dia 19, o patrulhamento contra o excesso de velocidade será intensificado nas vias do município, inclusive durante a noite. O objetivo é que os motoristas flagrados abusando do acelerador no decorrer das diligências sejam parados e recebam instruções educativas.

Voltada exclusivamente aos motociclistas, a blitz “Pilote em direção à vida”, desenvolvida nos dias 24 e 25, visa trazer orientações gerais de segurança a esta parcela do trânsito tão afetada pela violência viária.

Já no final da programação, entre os dias 29 e 30, mais uma edição da pedalada Ciclo Sesc, somada a intervenções em vagas de estacionamento, propõem incentivar formas de transporte que favoreçam a mobilidade urbana.

Maio Amarelo – Desenvolvido em várias cidades como ferramenta no combate ao alarmante número de pessoas mortas e feridas na dinâmica viária, o movimento Maio Amarelo visa unir poder público e sociedade na discussão e proposição de soluções para o problema da violência no trânsito.

Além de propor ações que valorizem a vida e incentivem comportamentos de tolerância e empatia, a iniciativa tem por objetivo evidenciar a responsabilidade de cada um na construção de relações humanizadas no dia a dia das ruas. Só em 2017, 90 pessoas morreram no trânsito em Londrina. No total, as vias do município contabilizaram 3.711 acidentes com 4.395 feridos.

Comente aqui


Prefeitura entrega uniformes para alunos da rede municipal

escola.principal.03

Foi em clima de muita emoção e euforia que o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, realizou a entrega de uniformes escolares para os alunos da rede municipal. A solenidade ocorreu na Escola Municipal Noêmia Alaver Garcia Malanga, no Jardim Olímpico, com a participação da secretária municipal de Educação, Maria Tereza de Moraes, alunos, professores e profissionais da unidade, além de gestores de outras escolas municipais.

Ao todo, mais de 42 mil crianças receberão o uniforme escolar. Neste primeiro momento, cada uma delas receberá, gratuitamente, duas camisetas de manga curta e uma bermuda que fazem parte do uniforme de verão. Para isso, o Município adquiriu cerca de 127 mil peças, ao custo total de R$ 1.921.388,59.

escola04Marcelo, que foi recepcionado com muita alegria pelos estudantes, confessou durante o evento que estava muito emocionado. “Isso não é uma obra física, e sim de amor. Há cinco anos a Prefeitura não fornecia o uniforme aos alunos da rede municipal. Então este é um momento histórico, muito importante, que valoriza a Educação e a estabelece como prioridade da nossa administração”, frisou.

O prefeito citou que é a primeira vez que os uniformes são cedidos também aos alunos das unidades filantrópicas conveniadas com o Município. “Eu já tive mães que disseram: ‘o que mais me dói é saber que o meu filho vai para a escola com uma roupa mais mal tratada, do que a do amiguinho’. Ter um uniforme faz a diferença, cria um padrão nas escolas municipais e filantrópicas. E estes são uniformes de qualidade, produzidos em sua grande maioria aqui em Londrina, o que vai dar mais segurança para as crianças”, afirmou.

Maria Tereza parabenizou toda a equipe das secretarias municipais de Educação e de Gestão Pública, pelo empenho e esforço para que a licitação de compra dos uniformes ocorresse com sucesso. “Agradeço também os diretores das outras escolas que estão aqui, e adianto que um cronograma será iniciado para entrega dos uniformes nas demais unidades”, disse.

De acordo com a secretária municipal de Educação, os pais e responsáveis dos alunos terão até o final de maio para retirarem o uniforme de verão e assinarem o termo de doação, na sede da escola em que seus filhos estão matriculados. O prazo para a primeira fase de entrega será de 30 dias, por conta da existência de situações em que será necessária troca de peças devido alterações nos tamanhos.

Na maioria das escolas, CMEIs e CEIs a partir de quarta-feira (02/05), os pais poderão retirar o uniforme de seus filhos, de acordo com a disponibilidade. “É importante que as crianças tenham uniforme pela própria segurança, pois onde as pessoas as virem, saberão que são alunos da rede municipal de ensino. Além disso, com o uniforme há uma padronização na roupa dos alunos, o que diminui a comparação e ações como o risco de bullying”, explicou Maria Tereza.

escola.diretora.05A gestora da Escola Municipal Noêmia Alaver Garcia Malanga, Arlette Adriana Carrero, agradeceu o fato de a escola ser a primeira a receber os uniformes. E a chefe do Núcleo Regional de Educação (NRE) de Londrina, Luzia Maria Alves, lembrou que muitos dos alunos da rede municipal passam, com o decorrer dos anos, a compor a rede estadual, por isso é importante que todos se unam em prol da educação. “É muito importante que a Prefeitura conceda esses uniformes, é algo super merecido não só pela segurança, mas também pela economia que trará aos pais”, considerou.

As peças foram aprovadas pela aluna Lorrayne dos Santos, uma das primeiras a receber seu uniforme. “Gostei muito de ganhar o uniforme, eu gosto dessa cor azul. Estou ansiosa e já quero usar amanhã mesmo. Sentia falta de ter um uniforme novo, e vou ficar muito feliz por vir com ele para a escola”, comemorou.

A padronização das cores, modelo e inscrições no uniforme garantem a uniformização entre os alunos de forma isonômica, facilitando a identificação dos estudantes da rede municipal e dos CEI’s Filantrópicos. O pai de um dos estudantes, Edilson Pereira Lopes, acredita que a segurança é um dos principais fatores positivos que o uso do uniforme irá trazer. “Com essas peças será possível diferenciar as crianças na rua, na hora de buscar ou durante um passeio fora da escola. Além da economia que vai trazer, meu filho tem oito anos e gasta muita roupa, perde fácil porque cresce rápido, e com o uniforme essa será uma preocupação a menos para nós”, detalhou.

escola02Novas entregas- No momento, a Secretaria Municipal de Educação está investindo também na compra do uniforme de inverno. Estão sendo adquiridas cerca de 127 mil peças, sendo: uma jaqueta, uma calça e uma camiseta manga longa. Para isso, o Município empenhou R$ 2.841.382,95.

No total, a Prefeitura vai distribuir, entre uniforme de verão e de inverno, cerca de 254 mil peças, com investimento de cerca de R$ 4.762.771,54. Os uniformes foram adquiridos por meio de Pregão presencial divididos em 48 lotes. Foram vencedoras do certame 11 empresas, sendo seis delas de Londrina.

O secretário municipal de Gestão Pública, Fábio Cavazotti e Silva, participou da solenidade e contou aos alunos que o objetivo de todos os servidores envolvidos no processo era adquirir um bom uniforme, de qualidade. “Nós queremos que vocês possam usar um produto que qualquer criança da nossa cidade use, e nos esforçamos muito pra isso. Para nós, vocês são o futuro da cidade, tudo o que fazemos é em torno das nossas crianças e suas famílias, então poder entregar um produto feito por gente de Londrina para os futuros cidadãos de Londrina, com qualidade e respeito, é algo de muita satisfação. Espero que vocês gostem muito do uniforme, e estudem bastante, e se tornem pessoas que façam a diferença na nossa cidade”, contou.

Todas as camisetas contam com o brasão do Município com os dizeres “Prefeitura do Município de Londrina” na parte da frente, e são na cor azul turquesa. A jaqueta de inverno é produzida na cor azul marinho com um friso nas laterais na cor azul turquesa. Nas costas está estampado o nome do município. As bermudas são de helanca, na cor azul marinho, assim como as calças de inverno.

Ao final do evento de entrega dos uniformes, alunos da escola entregaram ao prefeito e à secretária municipal de Educação cartas que eles redigiram em sala de aula.

Texto e Fotos: N.Com

Comente aqui


Prefeitura confirma 11 UBSs no primeiro lote de reformas

Informa a Rádio Paiquerê, que o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, confirmou que a reforma de 11 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), estão adiantadas, com quatro unidades já homologadas. São elas: Lerroville, Ernani Moura Lima, Jardim do Sol e Vila Casoni. A logística será fundamental para o início das obras e quais unidades terão prioridade.

A intenção é reformar todas as unidades básicas do município, que são 54. O prazo de cada reforma é de 180 dias. Esse primeiro lote, de 11 unidades deve ter as obras concluídas até o final do ano. A intenção ainda é que haja uma manutenção dos locais para que as intervenções são sejam paliativas.

Comente aqui


‘Por que quero ser senador’

Artigo de Alex Canziani*

Neste ano, completo três décadas de vida pública. Desde minha primeira eleição como vereador, em 1988, foram diversas experiências gratificantes. Fui o mais jovem presidente da Câmara Municipal de Londrina até hoje, além de vice-prefeito da cidade e agora deputado federal, cargo que ocupo desde 1998.

Nestes trinta anos, acredito que correspondi à confiança de meus eleitores, que sempre me honraram com uma votação maior a cada eleição. Na ultima delas, em 2014, fui o segundo deputado federal mais votado do Paraná, com 187.475 votos. Essas duas décadas na Câmara Federal me levaram a conclusão que não há uma real união e harmonia das forças políticas em favor dos interesses do Estado.

Nos últimos 25 anos, as cadeiras do Paraná no Senado, por exemplo, foram ocupadas pelos mesmos atores, que tiveram uma atuação muito mais política do que em defesa de questões paranistas. Uma atuação eminentemente partidária, sem nunca descer do palanque. Isto precisa mudar. Nossa gente quer um senador que atue pelo Estado, em favor das pessoas e do futuro.

Creio que hoje reúno condições e experiência suficientes para novos desafios, para um salto maior, para uma nova frente de trabalho por meu Estado. O caminho natural para isto é uma candidatura para representar o Paraná no Senado da República, um espaço onde quero apresentar algumas propostas que venho pensando há alguns anos.

O Senado é um espaço democrático, que permite um debate aberto de propostas, ideais e sonhos. Eu defendo, há mais de 20 anos, a causa da educação, da ciência e tecnologia e da inovação. Sonho com gerações preparadas para uma sociedade diferente, educada e que respeite o próximo. Sonho com a revolução que a educação e a inovação podem proporcionar aos paranaenses que vivem do agronegócio e que fazem nossas metrópoles regionais crescerem.

Há outras bandeiras que acredito serem fundamentais para o futuro do nosso Paraná, como um planejamento estratégico de médio e longo prazo. Nosso Estado é importante demais para não ter isso claramente definido. Temos que unir, institucionalmente, todas as forças do Estado e consolidar um planejamento para os desafios do futuro.

Conheço Brasília! Quero trabalhar, quero fazer a diferença, quero ser um catalisador das forças produtivas, quero ser um senador realmente em favor do desenvolvimento permanente do Paraná.

Vou ser a ponte que unirá os interesses da nossa sociedade com os governos estadual e federal para transformar o Paraná que sonhamos. Como disse Peter Drucker, “Não podemos prever o futuro, mas podemos criá-lo’’.

* Alex Canziani, deputado federal é presidente do PTB do Paraná, presidente da Frente Parlamentar da Educação do Congresso Nacional, que reúne mais de 200 deputados e senadores, e pré-candidato a uma das duas cadeiras paranaenses no Senado nas eleições de outubro.

Comente aqui


Com foco na inovação, empresário de Londrina assume a Agricultura do Paraná

A governadora Cida Borghetti indicou o empresário e engenheiro agrônomo George Hiraiwa para comandar a Secretária de Estado da Agricultura e Abastecimento.
Curitiba, 25/04/2018.
Foto: Jonas Oliveira/ANPr

A governadora Cida Borghetti indicou o empresário e engenheiro agrônomo George Hiraiwa para comandar a Secretária de Estado da Agricultura e Abastecimento. Natural de Assaí, no Norte do Estado, Hiraiwa trará sua experiência na área de tecnologia para estimular a inovação na agricultura, focando na produtividade e também na permanência do jovem no campo.

“O novo secretário é um técnico com ideias inovadoras e muita experiência na área rural. Ele vai dar grande contribuição para o crescimento da nossa agropecuária e para o desenvolvimento tecnológico aplicado à produção agrícola”, afirmou Cida Borghetti ao anunciar a nomeação durante encontro com lideranças de Londrina no Palácio Iguaçu. Ela salientou a trajetória profissional, a visão empresarial e a capacidade do novo secretário.

Hiraiwa disse que o Paraná tem todas as condições de utilizar a tecnologia a favor da agricultura. “Muitos municípios, como Pato Branco, Jacarezinho e Toledo, já contam com parques tecnológicos desenvolvidos que podem contribuir com os nossos agricultores”, destaca. “Além de ampliar a produtividade e dar mais eficiência à agropecuária, os projetos de inovação também despertam o interesse dos jovens a continuar trabalhando no campo”, disse.

HACKATHON – O novo secretário da Agricultura foi o idealizador do primeiro hackathon do Brasil voltado para o agronegócio. A maratona envolve programadores, hackers, desenvolvedores e inventores para buscar soluções tecnológicas para o setor. O evento acontece desde 2016 em Londrina e resultou na criação da SRP Valey, um ecossistema de inovação que reúne a Sociedade Rural do Paraná e entidades como o Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) e o Sebrae com a proposta de apoiar projetos tecnológicos e startups do setor do agronegócio.

Hirawia também destacou que vai manter as boas parcerias com as entidades que representam o setor, como a Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep), a Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar) e a Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores Familiares do Estado do Paraná (Fetaep). “Tudo o que fizermos vai refletir no trabalho dos pequenos, médio e grandes agricultores, por isso caminharemos juntos para melhorar a produtividade e ampliar a inovação no campo”, salientou.

CURRÍCULO – Engenheiro agrônomo formado pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da Universidade de São Paulo (USP), George Hiraiwa trabalhou em diversas áreas da agricultura. Como empresário, atua no setor de franquias e presidiu a Associação Comercial e Industrial de Londrina (Acil). Também faz parte do Conselho de Administração do Sicoob.

O encontro no Palácio Iguaçu teve a presença do secretário em exercício da Agricultura, Otamir Martins; do deputado estadual Tiago Amaral; do presidente da Associação Comercial e Industrial de Londrina (Acil), Cláudio Tedeschi; de Moacir Sgarioni, diretor administrativo da Sociedade Rural do Paraná e Ricardo Rezende, diretor de pecuária da mesma entidade; além do vereador londrinense Eduardo Tominaga.  Foto e informações da AEN

Comente aqui


Londrina será palco de Expedição Empreendedora

Se você é empreendedor, aspirante a empreendedor ou curioso, reserve os dias 11 e 12/05/2018 para participar de um evento no mínimo diferente! O Shopping Aurora vai ser sede do EXPEDIÇÃO EMPREENDEDORA — CONEXÃO LONDRINA, com 2 dias de palestras, painéis, debates, pitchs, stands, conexões, networking e muito empreendedorismo!

Alguns cases nacionais marcarão presença no saguão do Shopping Aurora, como Banco Neon, 99 (99 Taxis), ACE (Aceleradora), Edenred, FoxBit e outros. Esses grandes players do mercado contarão suas experiências num grande bate papo, numa co-autoria com os participantes que passarão de espectadores a agentes, numa via de 2 mãos.

“Será um evento sem formalidades, aproximando ao máximo a interação entre palestrantes, participantes, organizadores e patrocinadores/apoiadores. Se trata de um evento realizado por todas as partes”, explicou Mateus Eulâmpio, sócio da Opportunity Maker e líder da ação.

O que é o Expedição Empreendedora?

“Como o próprio nome diz, o evento é uma verdadeira Expedição ao redor de grandes cidades, levando o que é tendência no Brasil e no mundo para o conhecimento de todos. Uma autêntica aventura, constante atualização e interação com novas pessoas e ideias”, concluiu Mateus.

A quem se destina?

O evento é para todas as pessoas que são curiosas, desejam empreender e encarar uma aventura enriquecedora em todos os sentidos.

O evento tem apoio da Codel.

Comente aqui


Carroceiro é autuado por descarte irregular em área limpa pela CMTU

Informa o NCOM, que a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), em patrulhamento com agentes descaracterizados na região norte de Londrina, autuou em flagrante um carroceiro pelo descarte irregular de entulhos. A ação, realizada em parceria com a Secretaria do Ambiente (Sema), Força Verde e a Guarda Municipal (GM), ocorreu na tarde de ontem, segunda-feira (23), no cruzamento das ruas José Carlos Ferreira com João Marques da Silva, no jardim São Jorge.

Na oportunidade, foi constatado o despejo clandestino de cerca de 1 m³ de resíduos no local – área que, inclusive, desde o início do mês tem sido limpa pela CMTU e de onde, até a semana passada, tinham sido retirados 70 caminhões de lixo.

Segundo a coordenadora de fiscalização da companhia, Josiane Correia, durante a abordagem o cidadão se recusou a entregar os documentos pessoais para a lavratura do auto de infração. No entanto, mesmo diante da negação, os fiscais conseguiram realizar a identificação do responsável. Isso porque na carroça, pintado na cor vermelha, estava o número de série atribuído em março aos carroceiros atuantes na cidade.

Realizado por meio de mutirões, o cadastramento destes profissionais, bem como dos animais utilizados na atividade, ocorreu em função do Decreto nº 1.544, de 10 de janeiro. O texto, cujas determinações já entraram em vigor, proíbe a criação, circulação e manutenção de animais de grande porte na zona urbana de Londrina.

A coordenadora explicou que o cidadão foi autuado de acordo com o artigo 181 do Código de Posturas do Município, Lei nº 11.468/2011. “Fazer o descarte irregular de lixo é proibido pela legislação. Ainda mais por ser cadastrado junto à CMTU, o indivíduo tinha plena consciência de que a prática é fora da lei. Esses profissionais sabem da proibição e conhecem exatamente onde ficam os Pontos de Entrega Voluntária (PEVs), portanto não há justificativa para tal atitude”, frisou.

Josiane ressaltou que muitos carroceiros, mesmo com a existência de locais apropriados para a disposição de resíduos, insistem em fazer o despejo em espaços inadequados. Com a existência de um banco de dados sobre estes trabalhadores, no entanto, a tendência é que casos como o desta segunda não fiquem sem punição.

A servidora da companhia relatou que já houve diversas oportunidades em que, flagrados e abordados pelos fiscais, os carroceiros se negavam a apresentar os documentos ou simplesmente não carregavam. “Agora, com o catálogo que contém nome, documentação e endereço, a CMTU consegue ao menos atribuir responsabilidade ao infrator, autuando-o pela prática ilegal”, destacou.

Além de proibido pela legislação municipal, o despejo clandestino de lixo e entulho pode ser considerado crime ambiental, cujo valor da multa alcança R$ 50 milhões. Denúncias podem ser encaminhadas à CMTU pelo telefone 3379-7900, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Comente aqui


Vereadora Daniele Ziober vai para o PP

Daniele Ziober. Foto: Devanir Parra/CML

Daniele Ziober. Foto: Devanir Parra/CML

A vereadora Daniele Ziober anunciou nesta terça-feira (24), em plenário da Câmara Municipal de Londrina, que se filiou ao Partido Progressista (PP), que é o mesmo do prefeito Marcelo Belinati e da governadora Cida Borghetti.

Com isso, o PP conta agora com quatro cadeiras no legislativo municipal, além de Daniele, Ailton Nantes, Guilherme Belinati e Jamil Janene

“Fique finalizada em dois, que seria o PV (Partido Verde) e o PP. Isso porque na verdade em âmbito nacional, tenho um deputado federal na causa animal que sigo há muito tempo, que é o Ricardo Izar (PP). Vou em todos os congressos dele e o convite veio a partir dele, justamente para formar uma grande união da causa animal, e claro da senadora Ana Amélia Lemos (PP), que esteve em Londrina e eu conheci. Com o convite dos dois não tive como falar não, visando a minha causa e a minha bandeira”, afirmou a vereadora que recebeu o convite de 13 partidos.

Entre as conversas, a vereadora foi convidada para disputar as eleições deste ano, mas ainda não tem uma decisão sobre a possibilidade. “Alguns dos partidos já me convidaram para essa frente, para tentar o cargo à deputada estadual. Porém ainda não tenho certeza, fui convidada pelo PP justamente por não ter alguém que represente essa bandeira a nível estadual. Ainda estou pensando com muito carinho nessa possibilidade, porém tenho alguns vizinhos que foram eleitos como vereadores da causa animal e ainda não falei com eles. Não adianta ir três, quatro, dez e brigar pela mesma causa. Mais fácil a gente se juntar e apoiar apenas um”.  Com informações da Rádio Paiquerê

Comente aqui


Execução Judicial Simepar x Milton Alves: prazo e arrecadação da ‘vaquinha’

Publicação em solidariedade ao amigo Milton Alves.

Texto e informações do blogueiro

Aos amigos e amigas, leitores do Blog, em razão da finalização do processo judicial com a minha condenação, venho através das redes sociais solicitar o apoio ao financiamento  coletivo para reunir os recursos necessários com o objetivo saldar a reparação por danos morais imposta ao Blog em ação judicial movida pelo Sindicato dos Médicos do Paraná (Simepar). Ação já transitada em todas as instâncias (ver sentença e a tramitação de todo o processo a seguir).

Neste sentido, iniciamos uma “vaquinha” com amigos para saldar a multa pecuniária e outros encargos fixados em 10.000,00 (dez mil reais), com prazo de vencimento no dia 07 de maio.

Até sexta-feira (19/4) recebi a contribuição de nove [email protected]( totalizando R$ 1.350,00), que agradeço de coração o apoio e a solidariedade. O blog, a partir de hoje, prestará contas diárias do andamento das contribuições e outras informações pertinentes ao assunto. 

A seguir relação das contribuições – pessoas, datas e valores:

28/3 -Nelson – empresário R$ 50,00 (cinquenta reais); Nair Silva -funcionária pública R$ 200,00 (duzentos reais). 03/4 – Dimas (Casla) R$, 300,00 (trezentos reais); 05/4 – Profª Edilene (ufpr) R$ 200 (duzentos reais); 10/4 – Castanho Mafalda, funcionário público, R$ 50,00 (cinquenta reais); Vana Goulart, jornalista, R$ 100,00 (cem reais); 11/4.- Professor Barra (ufpr) R$ 200 (duzentos reais); 13/4 – Mônica Giovanetti, ativista sindical, R$ 150,00 (cento e cinquenta reais); 19/4 – Professor William Wending (ufpr) R$ 100,00 (cem reais) – Total arrecadado em 19/4 – R$ 1.350,00

vaca-de-enfermeira-1883064 blog

Contribuição para pagamento da multa ao Blog

Raimundo Milton Alves de Souza

CEF – Agência 0369 – Conta Corrente 00045812-6

CPF — 18440118287

____________________________________________________

Demanda judicial do Simepar – Sindicato dos Médicos do Paraná – contra o Blog em razão da defesa do Programa Mais Médicos em 2013. O sindicato alegou na ação judicial que o autor do blog ofendeu a imagem da entidade e demandou judicialmente a reparação por danos morais. Vale ressaltar que os advogados de defesa do Blog — Escritório Passos & Lunard — tentaram uma saída negociada e extrajudicial para a situação criada, durante o transcorrer de todo o processo judicial. Trâmite final: Condenação no  Superior Tribunal de Justiça (STJ).  A seguir os documentos do processo judicial que resultou na condenação do blog, com multa pecuniária e outras penalidades, totalizando o montante R$ 10.000,00 (dez mil reais). 

Saiba mais:

Histórico da demanda judicial contra o Blog que tramitou nas três esferas da Justiça. A seguir os documentos de todo o processo e resultado final, com a condenação do editor do Blog http://www.miltoncompolitica.wordpress.com

STJ – tramitação agravo de instrumento (4)

APELAÇÃO CÍVEL Nº 1298981-4

DE CURITIBA – 2ª VARA CÍVEL

Apelante: SINDICATO DOS MÉDICOS DO ESTADO DO PARANÁ – SIMEPAR

Apelado: RAIMUNDO MILTON ALVES DE SOUZA

Relator: JUIZ SERGIO LUIZ PATITUCCI

Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação Cível sob nº 1298981-4, de Curitiba – 2ª Vara Cível, em que é apelante Sindicato dos Médicos do Estado do Paraná – Simepar e apelado Raimundo Milton Alves de Souza.

I – RELATÓRIO

Documento assinado digitalmente, conforme MP n.° 2.200-2/2001, Lei n.° 11.419/2006 e Resolução n.° 09/2008, do TJPR/OE O documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.tjpr.jus.br

Página 1 de 8

(um mil e Rhm Apelação Cível nº 1298981-4

Sindicato dos Médicos do Estado do Paraná – Simepar ajuizou Ação de Obrigação de Fazer cumulada com Reparação de Danos perante a 2ª Vara Cível de Curitiba, autuada sob nº 0035395-78.2013.8.16.0001, em face de Raimundo Milton Alves de Souza, narrando, em síntese, que o requerido proferiu ofensas contra o sindicato em seu “blog”, utilizando termos como “pelegos” e “apedeutas”, para depreciar a parte autora.

Postulou, em sede de antecipação da tutela, fosse o requerido obrigado a retirar a publicação ofensiva de seu “blog”, abstendo-se de refazê-la por qualquer outro meio, sob pena de multa diária. No mérito, requereu fosse confirmada a tutela antecipada, e que fosse o réu condenado a indenizar o autor, por danos morais, em valor não inferior a R$ 15.000,00 (quinze mil reais)…

Inconformado, o autor apela…

Documento assinado digitalmente, conforme MP n.° 2.200-2/2001, Lei n.° 11.419/2006 e Resolução n.° 09/2008, do TJPR/OE O documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.tjpr.jus.br

 Contrarrazões às fls. 205/215, defendendo a manutenção da sentença…

 

O relatório…

Documento assinado digitalmente, conforme MP n.° 2.200-2/2001, Lei n.° 11.419/2006 e Resolução n.° 09/2008, do TJPR/OE O documento pode ser acessado no endereço eletrônico 

http://www.tjpr.jus.br Documento assinado digitalmente, conforme MP n.° 2.200-2/2001, Lei n.° 11.419/2006 e Resolução n.° 09/2008, do TJPR/OE O documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.tjpr.jus.br

Comente aqui