Logo do Jornal ODiário.com
Antoniomarcos
15/03/2019 - 17h39 - visualizações

Bosque das Grevíleas


Limpeza no Bosque das Grevíleas retira troncos apodrecidos e caça escorpiões

Autor Antonio Marcos

As secretarias do Meio Ambiente, Saúde e Serviços Públicos, da Prefeitura de Maringá, iniciaram na manhã de hoje operação conjunta de limpeza no Parque da Grevíleas, na zona 5 da cidade. A previsão inicial é retirar cerca de uma centena de árvores condenadas pela ação de cupins e outras pragas. Equipes especializadas do Centro de Zoonoses, da Secretaria de Saúde, acompanham o corte de árvores e capturam escorpiões.

 

“Troncos caídos e apodrecidos favorecem a presença de escorpiões, que se alimentam de insetos, entre eles os cupins”, afirma o secretário de Serviços Públicos, Vagner de Oliveira, lembrando que ações pontuais de retiradas de árvores mortas ou já condenadas pela ação de pragas são realizadas com frequência no local. “Mas agora concentramos esforços para fazer uma ampla limpeza em toda área do bosque”, explica o secretário.

 

O bosque ocupa área de 44,6 mil metros e grevíleas prevalecem como espécie principal, razão do nome do local. Pista de caminhada em torno do bosque é amplamente usada por moradores do entorno, que costumam cruzar a área em caminhos improvisados, o que é desaconselhado exatamente pela presença de aracnídeos, como o escorpião amarelo, cuja picada pode causar graves problemas de saúde - e até matar.

 

O trabalho de limpeza do local vai se prolongar pelas próximas semanas, sempre acompanhado por técnicos da área da saúde, encarregados de fazer a captura de escorpiões. Troncos e árvores condenadas serão incineradas em local apropriado, medida que busca evitar a eventual reprodução  da espécie.  Após a conclusão da remoção, será feito o plantio de mudas de grevíleas, repondo as árvores que foram retiradas.

 

Fonte: www.maringa.pr.gov.br

751933
0 Comentários
Foto do usuário que comentou a matéria

Relacionadas