Logo do Jornal ODiário.com
Bahr Baridades
05/08/2011 - 18h05 - visualizações

Ficção ou realidade?

Autor Bahr-Baridades
.

Parece coisa de cinema – mas é realidade.

Policiais do Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) prenderam em Londrina um casal com 13 quilos de maconha em Londrina. Até aí uma história corriqueira.

A diferença está no fato de que a mulher de 37 anos é advogada na cidade de Cambe (vizinha à Londrina). E o companheiro, com quem vivia junto, é presidiário foragido de cadeia no Estado de São Paulo, onde cumpria pena por latrocínio e homicídio, andando com identidade falsa em Londrina.  O casal circulava em um Corsa com placa de Campinas/SP).

Parece ser cada vez mais comum mulheres advogadas apaixonarem-se por seus clientes presos por crimes – leves ou hediondos. Uma espécie de atração fatal pelo perigo.

Afinal, uma mulher com formação superior, com poder para circular em ambientes mais requintados, só pode mesmo ter problemas psíquicos – complexo de inferioridade, baixa estima, sentimento de rejeição – ou ser doida de pedra para se atirar de cabeça em lances tão perigosos.

617500
0 Comentários
Foto do usuário que comentou a matéria

Relacionadas