Logo do Jornal ODiário.com
Bahr Baridades
15/11/2013 - 08h53 - visualizações

Haddad X Kassab

Autor Bahr-Baridades

.


Essa briga entre os "brimos" Haddad e Kassab - prefeito e ex-prefeito de São Paulo - evidencia um aspecto que a imprensa ainda não focou: a ineficiência e falta de controle da prefeitura paulistana no gerenciamento do ISS - Imposto Sobre Serviços. Funcionários fraudaram a prefeitura em valores astronômicos - citou-se a cifra de R$500 milhões.

Curiosamente, o atual prefeito fez referência a esse descontrole, o que soa muito estranho em pleno Século XXI, com todas as ferramentas da informática à disposição. O que o prefeito não citou foi o fato de que ainda na década de 1980 - sem computadores, sem informática - a prefeitura já ter controlado muito bem a arrecadação do ISS.

Minha agência de propaganda, ativa à época, teve em determinado ano daquela década um período difícil, com a perda de dois ou três grandes clientes. Obviamente essa perda se refletiu no faturamento da empresa e, por consequência, no recolhimento do ISS. Pois bem, poucos meses após a queda do faturamento recebemos a visita de um fiscal da prefeitura, munido de uma planilha onde constavam os últimos recolhimentos do imposto (em queda livre) e de outra planilha onde se podia analisar o comportamento do setor das agências de propaganda como um todo. A fiscalização tinha como objetivo averiguar se estávamos sonegando imposto e somente após muitas explicações, exibição da documentação e provas de que realmente havíamos perdido clientes, o fiscal se deu por satisfeito. Seu controle foi mais minucioso do que faria um sócio ou uma auditoria externa. (Talvez seja por isso que os empresários considerem o governo seu sócio mais ranzinza).

Por esta demonstração, carece de fundamenros e de verdade a afirmação de que há descontrole na prefeitura de São Paulo: o que existe de fato é um aparente desmonte proposital das estruturas que funcionavam na década de 1980, com um  bando de larápios agindo à luz do dia e a clara intenção do atual prefeito petista em desestabilizar o prefeito anterior, para encobrir a mesma incompetência já demonstrada quando foi ministro da Educação.

618637
0 Comentários
Foto do usuário que comentou a matéria

Relacionadas