Logo do Jornal ODiário.com
Bahr Baridades
24/01/2019 - 12h02 - visualizações

A tirania dos sanguinários

Autor Bahr-Baridades
.

Esse maluco do Maduro é emblemático. Ele representa todas as ações de ditadores que estiveram ou estão espalhados pelo mundo. Para eles, é o poder pelo poder. Agarram-se de qualquer maneira aos seus tronos, desrespeitam as Constituições dos seus países, cercam-se de um séquito de fiéis seguidores - geralmente seres não pensantes - e atropelam quem quer que lhes surja no caminho.

Pouco se lhes dá se milhares e milhares de compatriotas deixam seus países. Se a qualidade de vida é péssima ou sofrível. Se há alimentos para todos. Se há ou não inflação desenfreada. Se existe um atendimento hospitalar condizente.

Para eles, o importante é aniquilar a oposição, afastar quem ou o que lhes atrapalhe o caminho, prender quem muito lhes incomoda, preferencialmente calar a imprensa (quantos e quantos jornais e emissoras de rádio e tevê já foram fechadas por ditadores pelo mundo afora?), dominar seus Congressos ou suas Assembleias que realmente representam o povo e mandar prender e matar tantos quantos necessário for.

Pobre povo venezuelano (os que ainda ficaram no pais), que passa fome, não consegue medicamentos e convive com uma inflação de 1 milhão por ano. Uma cifra impensável para qualquer país.

A Síria foi praticamente destruída (é só acompanhar as imagens que nos chegam pela tevê), por obra de outro ditador, o Bashar al-Assad. E quem acompanha o dia-a-dia do mundo não pode deixar de lembrar de Hítler, Mussolini, Stálin, Sadam Hussein, Bashar al-Assad, Pinochet, Idi Amin Dada, Mao Tsé-Tung, Papa Doc, Bokassa e tantos outros déspotas.

Como se vê pelas manifestações na Venezuela, Maduro está totalmente podre!

735844
0 Comentários
Foto do usuário que comentou a matéria

Relacionadas