Logo do Jornal ODiário.com
Dinizneto
05/04/2019 - 11h37 - visualizações

O Assunto é Política


More, Mori, Maringá: Eventos, Twitter e os maringaenses

Autor Diniz Neto
.

MORO CRIA PERFIL NO TWITTER

O portal GMC On Line noticiou ontem e já estou seguindo... Sérgio Moro criou um perfil no Twitter, ontem. O perfil é verificado, ou seja, é dele mesmo: https://twitter.com/SF_Moro

Ele afirmou que rede social é um “instrumento poderoso de comunicação”, por isso vai utilizá-la para divulgar propostas e ações do ministério.

A primeira postagem do ministro ocorreu às 11 horas de ontem.

Hoje, às 8h29, Moro já estava com 406 mil seguidores e tinha feito 12 postagens (tuites).

Ele segue 5 perfis: Jair Bolsonaro (verificado), Polícia Rodoviária Federal, Ministério da Justiça e Segurança, Polícia Federal e Ministério Público Federal.

Será, com certeza, um dos mais movimentados perfis do Twitter, no Brasil.

 

 

 

 

“SEMANA MORE” HOMENAGEIA O “HOMEM CINEMA”

Começa neste sábado, dia 6 de abril, a “Semana More” organizada pela Secretaria de Cultura de Maringá. A homenagem é justa e quero falar um pouco sobre ela hoje.

 

---

 

A Secretaria de Cultura de Maringá realizará, de 6 a 12 de abril, a "Semana More", uma mostra de cinema com exposição de cartazes, exibição de filmes e debates, homenageando a Morimassa Miyazato, organizador da 1ª Mostra de Cinema de Maringá, em 1979.

 

Esta é mais uma etapa do projeto de homenagear, a cada ano, uma personalidade que contribuiu com a arte da cidade. O acerto desta homenagem é total. Morimassa Miyazato, o More, dedicou a sua vida ao cinema, com uma trajetória de dedicação, superação e paixão que vai muito além do pioneirismo idealista e gigante da realização da mostra de cinema, em 1979.

 

O secretário de Cultura, Miguel Fernando, lembra que o homenageado é o mais perfeito exemplo de apaixonado por cinema. “Não poderíamos esquecer de More, uma memória viva da trajetória cinematográfica mundial nesses mais de cem anos do cinema e que tem seu nome registrado na história cultural do município”, enfatiza.

 

Para More, a homenagem deve ser um estímulo para audiência de obras-primas. “O cinema é meu oxigênio por excelência. Da mesma forma que foi transformador em minha vida, pode ser para outras pessoas também”, destaca.

 

Minhas dívidas com More - Há algum tempo, More me entregou um formulário onde me pediu que fizesse a minha lista de filmes preferidos. Carrego comigo a lista, que não preenchi. Deveria fazê-lo aqui, mas o farei apenas parcialmente.

 

More, meu filme preferido é "Casablanca", em preto e branco, filmado em 1942 (você vê se é isso mesmo), o primeiro que trouxe as telas os efeitos de gruas e outros avanços. Tem uma bela história, filmada em meio à segunda guerra, algo impressionante uma época de limitações. Um filme impressionante pelo que representou e continua representando para quem gosta de cinema e arte.

 

O primeiro filme que assisti no cinema, no Rio de Janeiro, foi "Os Rebeldes", dirigido por Mark Rydell, com Steve McQueen (I), Rupert Crosse. Filmado em 1969, contando a história ocorrida em Jefferson (Mississipi).

 

"Summer of '42", no Brasil "Houve uma vez um verão", 'também é especial para mim. Filmada em 1971, dirigido por Robert Mulligan e estrelado por Jennifer O'Neill, tem uma das mais belas trilhas do cinema em todos os tempos, composta por Michel Legrand, que morreu recentemente, no dia 26 de janeiro de 2019.

 

Minha homenagem ao More é esta lista incompleta, que vou terminar e entregar para ele em um happy hour, que também estou devendo para ele.

 

Parabéns Secretaria de Cultura pela homenagem e que ela se perpetue, além de uma ou outra gestão, pois Maringá tem muitas pessoas que certamente merecem ter as suas ações e paixões pelas artes compartilhadas e reveladas para todos.

 

Quem é More - Filho de emigrantes japoneses, nascido em Cravinho, no interior de São Paulo, “More”, como o homenageado prefere ser chamado, desenvolve trabalhos na área do audiovisual desde o início da década de 1970. Gerenciou de forma inovadora dois cinemas em Dracena/SP e, na mesma década, veio para Maringá. Aqui, por um bom período, manteve uma coluna relacionada ao tema cinema em O Diário do Norte do Paraná.

 

A partir de então, reforçou um dos seus principais atributos de colecionador, aumentando seu acervo composto por milhares de trilhas sonoras, folhetos, cartazes, filmes, fotos e, principalmente, centenas de autógrafos de personalidades do universo cinematográfico nacional e internacional. Dentre suas muitas atuações, destaca-se uma década de trabalho no Museu de Artes Contemporâneas (Rio de Janeiro), onde desenvolveu atividades de preservação e valorização do cinema nacional.

 

Já na Cidade Canção em 1979, organizou e realizou, de forma heroica, a 1ª Mostra de Cinema de Maringá. A Mostra propiciou a exibição de inúmeros filmes e contou com a participação de figuras de destaque nesse seguimento artístico como uma das principais artistas da época, Sandra Bréa.

 

Programação

Exposição Cinema de Papel

06.04 a 26.04

Local: Centro de Ação Cultural (Avenida Paraná. 793)

Horário: Das 8 às 17 horas

 

Mostra de Cinema - 08 a 12/04

Local: Centro de Ação Cultural (Avenida Paraná. 793)

Horário: Sessões iniciam às 19h30

 

08/04 -Um convidado bem trapalhão (1968) - Diretor: Blake Edwards -

09/04 -Billy Jack (1971) -Tom Laughlin

10/04 -Operação Dragão - Bruce Lee - (1973) - Diretor: Robert Clouse ***Cinema a Céu Aberto Especial - Praça Nadir Cancian (Praça do Teatro Barracão)

11/04 - O grande ditador (1940) - Diretor: Charles Chaplin

12/04 -Yajimbo (1963) - Diretor Akira Kurosawa

 

 

 


755534
0 Comentários
Foto do usuário que comentou a matéria

Relacionadas