Logo do Jornal ODiário.com
Informaçãos Gerais
01/08/2010 - 11h39 - visualizações

LIDERANÇA

Autor inforgospel.com

.
Miquéias foi um profeta do reino do Sul, e contemporâneo de Isaías, sendo embora mais moço que ele. Seu ministério foi exercido de 724 a 690 a.C., nos reinados de Jotão, Acaz e Ezequias. Enquanto Isaías era profeta da corte, nobre, Miquéias, à semelhança de Amós, era do campo. Em sua profecia ele denunciou o pecado que dominava o povo de Judá e Israel (Miquéias 1:1), concentrando sua atenção principalmente nos líderes a quem cabia a responsabilidade de dirigir o povo. Juízes corruptos, sacerdotes e profetas mercenários, eram, segundo a profecia de Miquéias, a grande causa da iniqüidade do povo.

A mensagem nos adverte, portanto, do perigo da má liderança.

Miquéias 3:

1 Disse eu: Ouvi, agora, vós, cabeças de Jacó, e vós, chefes da casa de Israel: Não é a vós outros que pertence saber o juízo?

2 Os que aborreceis o bem e amais o mal; e deles arrancais a pele e a carne de cima dos seus ossos;

3 que comeis a carne do meu povo, e lhes arrancais a pele, e lhes esmiuçais os ossos, e os repartis como para a panela e como carne no meio do caldeirão?

4 Então, chamarão ao SENHOR, mas não os ouvirá; antes, esconderá deles a sua face, naquele tempo, visto que eles fizeram mal nas suas obras.

5 Assim diz o SENHOR acerca dos profetas que fazem errar o meu povo e que clamam: Paz, quando têm o que mastigar, mas apregoam guerra santa contra aqueles que nada lhes metem na boca.

6 Portanto, se vos fará noite sem visão, e tereis treva sem adivinhação; pôr-se-á o sol sobre os profetas, e sobre eles se enegrecerá o dia.

7 Os videntes se envergonharão, e os adivinhadores se confundirão; sim, todos eles cobrirão o seu bigode, porque não há resposta de Deus.

8 Eu, porém, estou cheio do poder do Espírito do SENHOR, cheio de juízo e de força, para declarar a Jacó a sua transgressão e a Israel, o seu pecado.

9 Ouvi, agora, isto, vós, cabeças de Jacó, e vós, chefes da casa de Israel, que abominais o juízo, e perverteis tudo o que é direito,

10 e edificais a Sião com sangue e a Jerusalém, com perversidade.

11 Os seus cabeças dão as sentenças por suborno, os seus sacerdotes ensinam por interesse, e os seus profetas adivinham por dinheiro; e ainda se encostam ao SENHOR, dizendo: Não está o SENHOR no meio de nós? Nenhum mal nos sobrevirá.

12 Portanto, por causa de vós, Sião será lavrada como um campo, e Jerusalém se tornará em montões de ruínas, e o monte do templo, numa colina coberta de mato.

Liderança civil - O princípio de autoridade, criado pelo próprio Deus está relacionado à necessidade

.
de ordem na vida humana. Às autoridades cabe a distribuição da justiça, a garantia da ordem e do bem estar social, para que indivíduos e famílias se desenvolvam com segurança. A má liderança cuvíl, a liderança nas mãos de pessoas corruptas, leva a sociedade toda a sofrer pesadas e perigosas conseqüências.

Miquéias responsabilizou os líderes civis, príncipes e juízes, pelo estado degradadante do povo. Cabia-lhes conhecerem a maneira reta de viver, e garantí-la para o povo (Miquéias 3:1). Eram, entretanto, devassos e exploradores do pobre (Miquéias 3:2,3). Os juízes davam sentenças não à luz da justiça, mas conforme os presentes que recebiam (Miquéias 3:9,11). Pesados impostos oprimiam o povo, e a cidade era edificada com luxo, à custa do sacrifício do povo.

Liderança religiosa - Se o poder civil tem por finalidade preservar a ordem e aplicar a justiça para equilíbrio social, o poder religioso tem por finalidade desenvolver a vida espiritual das pessoas, pelo ensino.Entre os judeus havia duas classes de líderes religiosos:1) Sacerdotes, que intercediam a Deus pelo povo, apresentando seus sacrifícios para remissão dos pecados, e que também ensinavam. Embora Deus tivesse providenciado meio de sustento do sacerdócio, nos dias de Miquéias a ganância tinha levado os sacerdotes a comercializarem sua função.

2) Profetas, que tinham por missão proclamar as mensagens de Deus, orientando povo e autoridades. Eram arautos da revelação de Deus. Nos dias de Miquéias eram falsos e mercenários. Não diziam o que recebessem de Deus, mas profetizavam conforme o interesse. Para os que lhes dessem mantimentos (Miquéias 3:5), profetizavam que haveria paz; para os que não lhes davam, ameaçavam com o juízo de Deus (Miquéias 3:5). Tais líderes religiosos deixavam o povo desnorteado e errante (Miquéias 3:5), e na falta do verdadeiro conhecimento de Deus, entregavam-se à idolatria e às adivinhações. É o que ocorre, exatamente, em  nosso país.

O problema da liderança - Diante do perigo da má liderança, o cristão tem uma dupla responsabilidade: quanto à liderança civil, e quanto à liderança religiosa:

1) Responsabilidade do cristão, para com a liderança civil. Em resumo é esta:01) Orar pelas autoridades;02) Ser cidadão ordeiro e cumpridor dos seus deveres;03) Ser vigilante, exigindo o cumprimento da lei;04) Ser criterioso na escolha de candidatos aos cargos de direção, vereadores, deputados, prefeitos, governadores, senadores e presidente da república. O cristão não vota para o que lhe promete um emprego, mas para o que tem qualidades morais para o cumprimento da missão publica a que se propõe.05) Ser interessado ativamente na liderança. É dever dos cristãos subirem às posições mais elevadas, a fim de governarem segundo a justiça que aprenderam da Palavra de Deus.

2) Responsabilidade do cristão para com a liderança religiosa. Três são as atitudes que precisam ser tomadas:01) Pregar com mais intensidade o verdadeiro evangelho para que o povo, tendo luz, perceba que está vivendo mal orientado e explorado por falsos ministros de Deus;02) Estarmos vigilantes contra as investidas das seitas falsas;03) Estarmos vigilantes para que lobos devoradores não assumam a direção de nossas igrejas. É preciso haver cuidado ao recomendar candidatos aos seminários; é preciso cuidado no exame e consagração de candidatos ao ministério; é preciso cuidado no convite de um obreiro para o pastorado.

Finalizando o cristão deve estar interessado na administração de sua cidade, de seu estado e de seu país. Deve encarar as eleições como uma grande responsabilidade, e dar o seu voto com oração. É pela administração feita com justiça que teremos assegurados nossos direitos, e particularmente a liberdade religiosa.

Os cristãos que já ocupam cargo de liderança em sua comunidade, ou cargo federal devem lembrar-se de que são mordomos de Deus, para a prática da justiça, e assim, no cumprimento de seus deveres, reflitirem sua natureza de regenerados, para a glória de Deus.

Sacerdotes e profetas em Israel, estavam pecando pelo amor ao dinheiro. Os ministros de hoje também correm o risco de se desviarem pelo interesse. No tocante ao sustento, convém que se mantenham livres de favores por parte de cristãos, individualmente, grupos e famílias.

As igrejas só devem recomendar para o Seminário, o jovem de que tenha certeza, é realmente chamado, e idôneo para o ministério. é preciso que guardemos a igreja de Jesus de 'falsos profetas' que induzam o povo de Deus ao erro e à confusão.

Os sacerdotes e profetas ensinavam que nenhum mal sobreveria ao povo, porque Deus era por eles. Era a idéia do privilégio pelo nome da religião. Devemos ensinar ao povo, entretanto, que Deus olha para a vida, e não para a forma religiosa.

Miquéias 6 8 Ele te declarou, ó homem, o que é bom e que é o que o SENHOR pede de ti: que pratiques a justiça, e ames a misericórdia, e andes humildemente com o teu Deus.

O povo tinha se afastado, por culpa da liderança, do conceito exato da verdadeira relação com Deus. O Senhor não se compraz com ritual, mas com justiça (Dt 10:12), com a beneficência (ou bondade, ou misericórdia) e com a humildade do coração que se submete para obedecer a sua vontade.

Que Deus continue nos ajudando e nos abençoando! Que a Graça, a Paz e a Misericórdia do Senhor e Salvador Jesus Cristo; Que o Grande, Eterno, Infinito e Sublime Amor de Deus; e que as Consolações, o Conforto, a Comunhão e o Poder do Espírito Santo, sejam com todos, hoje, sempre, eternamente! Amém!

Parceiro inforgospel:

.
Pastor Elcy França – Igreja Missionária Central – Maringá-Pr


ISBL: Centro Educacional Evangélico
E-mail: [email protected]
630797
0 Comentários
Foto do usuário que comentou a matéria

Relacionadas