Logo do Jornal ODiário.com
Messiasmendes
25/01/2019 - 21h37 - visualizações

Flávio e os milicianos

Autor Messias Mendes

O repórter Fernando Molica, da revista Veja, mostra que a medalha Tiradentes da Assembleia Legislativa do Rio, concedida ao major PM (na época tenente) Adriano Magalhães da Nóbrega, foi entregue dentro da cadeia.

Adriano é atualmente suspeito de comandar a milícia Escritório do Crime, de onde teria saído a ordem para executar a vereadora Marielle Franco. Relata Molica, em reportagem da Veja: “No dia 9 de setembro de 2005, o então tenente da Polícia Militar Adriano Magalhães da Nóbrega, hoje foragido, foi protagonista de uma cena inédita. Preso, acusado de homicídio, ele recebeu na cadeia a maior condecoração do Poder Legislativo fluminense, a Medalha Tiradentes. A homenagem foi uma iniciativa do deputado estadual Flavio Bolsonaro – procurado, o senador eleito pelo PSL não negou ter feito a entrega da medalha em solenidade realizada no Batalhão Especial Prisional da PM”.

736336
0 Comentários
Foto do usuário que comentou a matéria

Relacionadas