Logo do Jornal ODiário.com
Sem Categoria-56
16/04/2015 - 18h12 - visualizações

Plantio

Autor fernandonande
E o Céu amanhece num azul de sonhoCom rendas de nuvens de claras em neveNuvens de não chover, só para fazer bonitoE na barra da saia do Céu, o vermelho encardidoSe arrasta e se mistura com a terra roxaA mesma que é cavada pela enxada do peãoE o peão é só capricho - tudo limpinhoSem mato, e cova após cova recebe nua sementeNuma puxadinha de terra daqui e outra daliE o Sol, que lá do horizonte a tudo olha e espiaÉ patrão exigente, porque só fará com sua luz crescerO que é plantado com amor, dedicação e zelo.
Poesia, Brasil, Curitiba, José Fernando Nandé, Curitiba. Poemas.poesia de amor, literatura.
534906
0 Comentários
Foto do usuário que comentou a matéria

Relacionadas