Logo do Jornal ODiário.com
Sem Categoria-56
17/07/2015 - 21h33 - visualizações

Beijos n'alma

Autor fernandonande

.
Namorei teus olhos antes de te conhecer
Nas noites em que me fazia só
E te esperei em cada amanhecer
Sem cansaço, em fé, em esperança

E quando tive teus olhos sobre mim
Senti-me completo e cheio de contentamento
E soube então que o fardo dessa existência
Leve me seria, poisque estás comigo

Tu és a alma que me alcança a água
Quando, cansado, tenho sede
Tu és a alma que me dá suave palavra
Quando meu espírito é desespero

Namorada minha, viver contigo é coisa tão boa
Que chego ter à-toa medo que tu me faltes
Não, não e não. Não fomos feitos para a solidão
A natural lei dá para cada coração uma companhia

Penada é a alma que a outra alma sua desdenha
E que encara essa vida como uma vazia travessia
Danada ponte ligando o nada ao nada
Pavimentada com sofrimentos e ausências

A verdade é que sem ti, vida minha,
Sou apenas um ser que, a contragosto,
Anda sozinho pelo mundo e respira
A gastar criminosamente o ar dos outros

E quando te faço abrasado carinho
Eis expresso desejo de acariciar o teu espírito
Porque tu me dás consolo e amor
Escandalosos beijos na alma minha.

534999
0 Comentários
Foto do usuário que comentou a matéria

Relacionadas