Logo do Jornal ODiário.com
Sem Categoria-56
18/08/2015 - 09h20 - visualizações

Saudade

Autor fernandonande

Por mais que se tente ter no coração
A negação do lusitano sentimento,
Daquilo que vai no peito guardado,
De modo que a vida pareça ilusão,
Ou uma coleção de tolos momentos,
Não há como se livrar do vento
Que tira o pó da memória
E expõe da dor o atrevimento.

Por isso, canto e digo por todo canto
Que não há caminho no peito
Que não dê em triste lembrança
Tão triste e de tristeza feita
Que lhe damos outro nome
A juntar silêncio e ausência:
Apenas Saudade, Saudade apenas.

.
535027
0 Comentários
Foto do usuário que comentou a matéria

Relacionadas