Logo do Jornal ODiário.com
Sem Categoria-72
24/01/2019 - 15h53 - visualizações

Técnico do MFC tem 'mais juízo' que sorte

Autor Cláudio Viola

No bom empate que o Maringá FC obteve na quarta-feira, no Couto Pereira, diante do Coritiba, o técnico Antônio Pícoli apresentou suas credenciais. Se dúvida havia sobre a competência do ainda pouco conhecido treinador, ela dissipou-se com a ousada atitude do profissional ainda na primeira etapa. A estratégia que ele desenhara estava se borrando por conta de um detalhe que sua experiência detectou: com cartão amarelo já nos movimentos iniciais do confronto, o volante Renan Paulino comprometia o sistema de marcação, temeroso de ser expulso. Pícoli, então, o tirou de campo, com 32 minutos de partida e fez entrar Jean Neves. Reconfigurou o jogo, com reflexo imediato, já que poucos minutos depois Orobó igualou o marcador. Jean Neves foi um dos destaques da equipe que na segunda etapa chegou a merecer o gol da virada. Teve juízo o treinador, mas lhe faltou sorte, pois o jogador acabou expulso no último minuto da partida e ele perdeu uma importante peça para enfrentar o Paraná Clube no domingo.

735174
0 Comentários
Foto do usuário que comentou a matéria

Relacionadas