Logo do Jornal ODiário.com
Sem Categoria-74
14/01/2013 - 10h49 - visualizações

Cidade Industrial e Tecnoparque

Autor Assessoria de Imprensa

O prefeito Roberto Pupin assina, na manhã desta segunda-feira (14), ordem de serviço no valor de R$ 43 milhões para iniciar a implantação da infraestrutura do Cidade Industrial e do Tecnoparque de Maringá.

Considerado o maior empreendimento industrial da história da cidade e região, com área praticamente duas vezes maior do que a soma de todos os parques industriais implantados pelas administrações municipais de Maringá, com investimento de valores dos recursos próprios do município, o novo espaço de desenvolvimento econômico abrigará nesta fase inicial os primeiros 183 lotes já comercializados para a instalação de 74 empresas. A previsão é que em torno de 400 empresas se instalem no local até o final da terceira e última etapa do projeto.

No final do ano passado as doze primeiras empresas (comércio atacadista, indústria e prestação de serviços) que irão se instalar no novo Parque Cidade Industrial assinaram contrato com a Prefeitura. Somente estas empresas deverão gerar inicialmente 451 postos de trabalho através de um investimento por volta de R$ 10 milhões em uma área ocupada de 70 mil metros quadrados.

Serão retomadas as obras de abertura de ruas e implantação das tubulações para drenagem, iniciadas no ano passado. Nas etapas posteriores serão executados a pavimentação e os serviços de urbanização da área de 87 alqueires localizada na estrada Pinguim, nas proximidades do futuro traçado do Contorno Sul e do Aeroporto Regional de Maringá.

Todo o processo para implantação da Cidade Industrial e do Tecnoparque já possui Licença Prévia concedida pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) – sob nº 30.927 e protocolo nº 07974840-4 – como também a Licença de Instalação do empreendimento, sob nº 15.020 e protocolo nº 7989703-5.

Parque Tecnológico

As prioridades de instalação na Cidade Industrial de Maringá e no Tecnoparque são para as empresas que já têm cadastros na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e que sejam de Maringá. Em atendimento a um pedido da Prefeitura, outro benefício oferecido ao empresariado é a linha de crédito especial adotada pela Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil para a aquisição de terrenos.

Empresas de base tecnológica como o Tecpar, Senai e Lactec – assim como a PUC e Cesumar – já assinaram protocolo de intenções para uso da área de 10 alqueires do Tecnoparque, que terá destinação específica para instalação de empresas do setor metalmecânico e de pesquisa aplicada, desenvolvimento experimental e engenharia do produto, além do desenvolvimento de protótipos, processos e sistemas de base tecnológica.

547206
0 Comentários
Foto do usuário que comentou a matéria

Relacionadas