Logo do Jornal ODiário.com
Sem Categoria-77
19/05/2016 - 18h46 - visualizações

Alemães apresentam tecnologias para saneamento básico em Maringá

Autor Francês

Representantes de duas empresas alemães apresentar hoje na Unicesumar,, propostas na área de saneamento básico visando unir o conhecimento da universidade às necessidades da região.


O encontro é o primeiro resultado de um termo de cooperação assinado em fevereiro deste ano entre a Unicesumar e a DBZ, entidade que agrega mais de cem instituições universitárias, empresariais e centros de pesquisas alemães, com atuação em diversos países e também no Brasil por meio de um projeto de saneamento desenvolvido na zona rural do Estado do Rio de Janeiro com financiamento do Banco Mundial. Participaram da reunião, intermediada pelo reitor Wilson de Matos Silva, os presidentes da Acim, José Carlos Valêncio, e do Codem, Edson Luiz Cardoso Pereira, representantes da Sanepar, da Associação dos Engenheiros e Arquitetos e do Instituto de Arquitetos do Brasil.


Os pesquisadores Jaime Cardona e Ingo Töws apresentaram modelos de tratamento descentralizados de águas residuais e experiências de pesquisas aplicadas e potenciais para a América Latina. Segundo Cardona, o saneamento básico é uma preocupação mundial e o custo do tratamento centralizado é alto se comparado à gestão descentralizada dos efluentes. Apresentou vários sistemas de tratamento que funcionam na Alemanha e que podem ser adaptados a outras regiões e países.


De acordo com o pesquisador, é interessante que haja alianças entre o setor privado e a academia para a geração de conhecimento e a implementação de projetos: “Por isso buscamos essa parceria com a Unicesumar, assim como já fazemos com várias outras universidades”.


Para o reitor Wilson Matos, existe um interesse comum entre as partes, uma vez que o Programa de Mestrado em Tecnologias Limpas busca soluções sustentáveis para os problemas do meio ambiente: “Nossa intenção é contribuir com o desenvolvimento regional e as pesquisas bilaterais podem trazer avanços para a nossa população”.


Para o gerente regional da Sanepar ,Valteir Galdino,“Foi uma reunião esclarecedora por se tratar de uma empresa internacional oferecendo a oportunidade de consultoria em saneamento, uma área que é carente de novas tecnologias no Brasil. As novas ideias e uma visão de fora, de um país como a Alemanha que é avançado nesta área, são muito bem-vindas”.

550561
0 Comentários
Foto do usuário que comentou a matéria

Relacionadas