Logo do Jornal ODiário.com
Sem Categoria-77
26/01/2017 - 18h55 - visualizações

Sanepar em xeque

Autor Francês

Mesmo depois da presença de seu presidente Mounir Chaowiche trazendo - ostensivamente - novos equipamentos que já deveriam ter sido instalados depois daquele período em que as torneiras dos maringaenses ficaram secas, a Sanepar terá muito trabalho para se manter como a exploradora dos sistemas de água e do caríssimo esgoto no município.


E a Sanepar pode deixar de lado as costumeiras loas à qualidade da água, à extensão das redes: tudo está aí por conta do contribuinte maringaense. Ele é quem paga pela excelência do serviço, inclusive com sobras para pagar salários de marajá e cobrir sistemas deficitários de outros municípios. Sem contar que quando surgem novos loteamentos, bairros, a prefeitura exige que os próprios empresários os dotem das necessárias redes para ligações de água e esgoto, presentes para a Sanepar aumentar seus faturamentos mensais.


Auto elogios e promessas de fornecimento de água ininterrupto, além de tratamento real dos dejetos de esgoto, a Sanepar que se prepare. O novo prefeito, como o anterior, também questiona a empresa. E constituiu uma Comissão Especial para discutir com as condições do contrato de concessão nº. 241/80. Ela é formada por Jean Carlos Marques Silva – Procurador do Município de Maringá (licenciado) e Vereador – Representando a Câmara de Maringá; José Carlos Valêncio – Presidente da Associação Comercial e Empresarial de Maringá; Walter de Souza Fernandes – Presidente do Conselho Arquidiocesano de Leigos e Leigas de Maringá (?). Em três meses esgotará o prazo para a comissão sugerir ao Município as medidas a serem tomadas.


Enquanto isso, demonstrando que a Sanepar continua falha, chuva forte ocorrida de anteontem para ontem em Umuarama causou, entre outros transtornos, o alagamento da casa de máquinas da estação de captação do Rio Piava. Ontem o sistema operava parcialmente, sem atender 30% dos moradores da cidade. Segundo gerente da Sanepar: "A água subiu tão rápido que tivemos os equipamentos molhados". Se hoje não estiver chovendo, o sistema começará a ser normalizado.

550687
0 Comentários
Foto do usuário que comentou a matéria

Relacionadas