Logo do Jornal ODiário.com
Sem Categoria-82
07/08/2013 - 11h09 - visualizações

Serviço do Samu, que deveria ser 24 horas, parou no domingo em Maringá

Autor Luiz Fernando Cardoso

O Sindicato dos Servidores Municipais de Maringá (Sismmar) esteve no domingo, na unidade do Samu, próximo ao Hospital Municipal, para checar a denúncia da interrupção do serviço. Os atendimentos estavam parados por falta de controladores de frota. Segundo o sindicato, com apenas três trabalhadores para esta função, o risco da paralisação do serviço – que recebe recursos do governo federal para operar 24 horas – era iminente.

Recentemente, a Prefeitura anunciou que pretende contratar quase mil novos servidores, sendo 80% para as secretarias de Educação e Saúde (inclui Samu).

Leia mais aqui sobre a interrupção do Samu.

591987
0 Comentários
Foto do usuário que comentou a matéria

Relacionadas