Logo do Jornal ODiário.com
Sem Categoria-82
03/09/2013 - 11h27 - visualizações

Mais1Livro: O livro que não pode esperar

Autor Luiz Fernando Cardoso

Por João Oliveira*, de Buenos Aires

Garanto que aí na sua estante, em um cantinho esquecido, tem pelo menos um livro comprado há um bom tempo, só esperando pela oportunidade de ser lido. Por aqui eu tenho vários. E eles vão esperando, sem perder o charme, pois livros são pacientes.


Quem não tem tanto tempo são os autores, principalmente os jovens. Escritores estreantes correm contra o tempo, precisam ser lidos, conhecidos, comentados, divulgados. Senão, dificilmente chegarão ao segundo livro. Jovens escritores não podem esperar.

Partindo dessa ideia, a editora e livraria argentina Eterna Cadencia lançou “El libro que no puede esperar”, uma antologia com alguns dos melhores jovens escritores latinos publicados pela editora, impresso em uma tinta especial que reage em contanto com a luz e o ar, “desaparecendo” após apenas dois meses. O resultado é uma sensação de urgência para ler o livro e conhecer a obra dos escritores antes que as páginas fiquem em branco.

Como o livro é embalado a vácuo, o tempo começa a correr assim que o consumidor compra e abre suas páginas. A publicação foi um sucesso de mídia e vendas, com a primeira edição esgotada em apenas um dia. A criação é da DraftFCB Buenos Aires. Veja a apresentação do projeto, abaixo.

[youtube]http://youtu.be/gHl8IqCqza8[/youtube]

.
 * João Oliveira é publicitário, formado pela Faculdade de Pato Branco (Fadep), na cidade onde nasceu. Graduado, mudou-se para Maringá em 2010, onde trabalhou como redator em agências de publicidade. Nesse período, criou o site literárioMais1Livro que, apesar de jovem – pouco mais de três anos -, já foi elogiado por escritores de renome. Hoje, Oliveira vive em Buenos Aires, na Argentina, de onde segue como editor de Mais1Livro. Sua coluna homônia no Café com Jornalista é publicada toda quarta-feira. Contatos pelo @Mais1Livro (Twitter) ou pelo e-mail: [email protected].
592053
0 Comentários
Foto do usuário que comentou a matéria

Relacionadas