Logo do Jornal ODiário.com
Sem Categoria-83
12/02/2015 - 10h10 - visualizações

Creche é advertida por impedir entrada de aluno com Down

Autor Luiz de Carvalho

A decisão de uma creche de Maringá, de não permitir a entrada de um aluno especial que chegou atrasado por ter ido ao médico, gerou uma denúncia na Secretaria Municipal de Educação (Seduc) e uma notificação à direção do estabelecimento.

O incidente aconteceu na manhã de ontem em um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) da Avenida Carneiro Leão, onde o bacharel em Direito Sérgio Pereira da Conceição Silva chegou às 8h45 com o filho de quatro anos, mas recebeu a informação de que a criança não poderia permanecer na creche por ter chegado atrasado. O pai disse que o menino, portador de Síndrome de Down, tinha sido levado para uma consulta previamente agendada com a pediatra da Apae e apresentou documentos que comprovavam que realmente houve a consulta.

“Não é o fato de ter que levar meu filho de volta para casa que me irritou, mas sim o constrangimento que passamos com a forma grosseira que fomos tratados”, disse o pai. Segundo ele, o caso foi levado até a diretoria e a resposta que recebeu foi de que a criança não entraria 'por que é o regulamento'.

Na Secretaria de Educação, Silva elogiou a forma especial que as professoras tratam a criança, mas criticou a intransigência e grosseria de quem o atendeu na creche.

A Gerência de Educação Infantil e a Gerência de Educação Especial da Seduc lavraram uma ata da denúncia e notificaram a direção do estabelecimento. Segundo foi apurado, a diretora estava atendendo em uma sala no momento e o incidente teria envolvido um secretário, que também foi advertido.

595418
0 Comentários
Foto do usuário que comentou a matéria

Relacionadas