Logo do Jornal ODiário.com
Sem Categoria-92
22/08/2017 - 11h00 - visualizações

Barulho

Autor Diniz Neto

.

A Prefeitura reativou neste mês a Patrulha do Som depois de quase um ano em inatividade. Com o objetivo de conter a poluição sonora no município, a patrulha reúne as secretarias de Meio Ambiente, Fazenda, Mobilidade Urbana, Gestão, a Guarda Municipal e a Polícia Militar, além de contar com o apoio da Procuradoria-Geral do Município e do Gabinete do Prefeito. A patrulha tem como principal atividade a fiscalização integrada. Neste mês foram iniciadas operações em bares, postos de combustíveis e outros estabelecimentos com registros de diversas reclamações na Ouvidoria Municipal e alvos de inquéritos do Ministério Público. Com uso do decibelímetro, medidor que afere o nível de pressão sonora, não foram constatadas irregularidades quanto ao limite de decibéis toleráveis. O secretário de Meio Ambiente, Jaime Dallagnol, ressalta que a comunidade deve colaborar com o poder público e registrar as reclamações. “Nosso trabalho conta com o respaldo do Ministério Público o qual nos tem dado apoio para uniformizar as operações e trabalharmos em conjunto com outros órgãos”, destacou.
Entre as penalidades previstas para quem descumpre os limites do som, está a multa da lei municipal 218/97 que pode ultrapassar R$ 2.500, e nos casos de som automotivo, multa de trânsito de R$ 195,23 e perda de cinco pontos na habilitação, além da retenção do veículo.

639962
0 Comentários
Foto do usuário que comentou a matéria

Relacionadas