Logo do Jornal ODiário.com
Sem Categoria-93
25/03/2011 - 15h04 - visualizações

Convention Bureau, esse desmancha-prazeres

Autor José Pedriali

O procurador do município de Londrina, Fidélis Canguçu, baseia a defesa enviada à Câmara dos Vereadores, sobre a denúncia de que o prefeito Homero Barbosa pegou carona na festa de final de ano no Igapó para se promover pessoalmente, alegando que ela foi promovida pelo Londrina Convention Bureau. A Prefeitura, segundo ele, foi apenas "incentivadora" da festa, que consumiu R$ 600 mil, parte deles financiados pelos cofres públicos.

O acusador é o vereador (e quem mais poderia ser?) Joel Garcia, que usa a faixa, estendida durante a festa, que dizia "a família Barbosa Neto agradece a sua presença" como argumento. Diz também que a frase constou de um vídeo apresentado na ocasião.

Se a festa teve a prefeitura apenas como "apoiadora" e o Convention Bureau como realizador, pronto, no entender do procurador, tá tudo resolvido. Se houve tal faixa e tal inserção no vídeo, o problema é dos organizadores.

Ponto final.

Ponto final?

O problema é que o presidente do Convention & Visitors Bureau (eta nome esdrúxulo!), Reinaldo Júnior, é um desmancha-prazeres. Ele diz que não é bem assim, não.

Segundo ele - a informação consta de reportagem do diario.com de hoje - "os dizeres do palco e do telão estavam sob a responsabilidade da Companhia de Desenvolvimento de Londrina (Codel), órgão da prefeitura." (que aliás tem outra denominação: Idel - Instituto de Desenvolvimento de Londrina)

E agora, José?

Rememorando: Antonio Belinati foi cassado em seu terceiro mandato, em 2000, por ter gasto R$ 200 mil na festa de inauguração do Pronto Atendimento Infantil. Naquela época o Ministério Público era cumpridor dos seus deveres.

642035
0 Comentários
Foto do usuário que comentou a matéria

Relacionadas