Logo do Jornal ODiário.com
Zeotavio
25/03/2019 - 23h34 - visualizações

Joice Hasselmann e Kim Kataguiri trocam ofensas nas redes sociais

Autor Zé Otavio

A líder do governo no Congresso, a deputada  Joice Hasselmann (PSL-SP), e o deputado Kim Kataguiri  (DEM-SP) trocaram ofensas pelo Twitter na noite desse domingo (24). "Cara de pau", "oportunista", "moleque" e "pega a chupeta e vai nanar neném" foram algumas das expressões utilizadas no bate-boca virtual. Joice não gostou do comentário em que o colega cobrava coerência do PSL em relação ao presidente da Câmara,  Rodrigo Maia  (DEM-RJ). Aliados do presidente Jair Bolsonaro (PSL) têm atacado Maia menos de dois meses após terem apoiado sua reeleição, alegando que ele era o único dos candidatos que tinha compromisso com a reforma da Previdência.

"Não seja mais oportunista que a média de sempre, Kim. Você não fala pelo PSL nacional. O partido em nenhum momento fez a afirmação citada por você. Honestidade pelo menos com seu seguidor faz bem. Nosso partido segue com o mesmo objetivo: aprovar a reforma da Previdência", respondeu a deputada.

"Tem de ser muito cara de pau para falar em oportunismo. Dizia que Maia era o demônio na Terra, arqui-inimigo da Lava Jato, o símbolo-mor da corrupção. Depois de eleita, passou a ser Maia desde criancinha. Tenha dó. Quer seguir o Carluxo [Carlos Bolsonaro, filho do presidente] e afundar o governo no Twitter também?", respondeu Kataguiri.


"Kim, você está realmente o que sempre foi: um moleque. Só isso e mais nada. Biruta de aeroporto. Seus comportamentos em relação ao Jair Bolsonaro no 1º e 2º turnos da eleição mostra bem isso. Pega a chupeta e vai nanar, neném, deixa os adultos trabalharem", devolveu. O deputado é o segundo mais jovem da Casa, com 23 anos.

Joice e Kim Kataguiri ganharam projeção nas manifestações de rua de 2013 e, principalmente, na campanha pelo impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Ela como jornalista do site da Veja; ele como líder do Movimento Brasil Livre (MBL). Durante a campanha do ano passado, o MBL entrou em atrito com Bolsonaro. Mas acabou se reconciliando na reta final da eleição.

No passado Joice também já fez críticas a Bolsonaro. A deputada foi peça-chave na costura do apoio do PSL a Rodrigo Maia, de quem ela se aproximou nos últimos meses. Por indicação dele, ela foi conduzida à liderança do governo no Congresso por Bolsonaro.

Kim Kataguiri chegou a lançar candidatura à presidência da Câmara contra Maia, no começo do ano. Acabou desistindo após contestação de que não poderia assumir o comando da Casa por ter menos de 35 anos, idade mínima exigida para quem está na linha de sucessão presidencial, como os presidentes do Legislativo e do Supremo Tribunal Federal. Informações do Congresso em Foco

753551
0 Comentários
Foto do usuário que comentou a matéria

Relacionadas